BLOG VEJA AGORA - Notícias com veracidade dos fatos

Inscrição para o Enem 2016 termina nesta sexta-feira

12/03/2015 Crédito: Carlos Vieira/CB/D.A Press. Brasil. Brasília - DF. Enem -  on Line. Welbert França e Vitória Neres.

Candidatos terão até quarta-feira (25) para pagar boleto e confirmar inscrição. Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) será em 5 e 6 de novembro.

As inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio ( Enem ) 2016 serão encerradas às 23h59 desta sexta-feira (20). Os participantes devem acessar a páginahttp://enem.inep.gov.br/participante/#/inicial .

A taxa de inscrição custa R$ 68 – R$ 5 a mais que na edição do exame no ano passado. Dessa vez, ela poderá ser paga em qualquer agência bancária, casa lotérica ou agência de Correios (antes, só era possível quitar a guia no Banco do Brasil).

Para se inscrever, os candidatos precisam ter em mãos o RG e o CPF – menores de idade que ainda não tiverem os documentos precisarão providenciá-los. Também será obrigatório informar um endereço de e-mail e um celular, o município onde farão a prova e a língua estrangeira do teste de Linguagens (inglês ou espanhol).

Provas
Neste ano, as provas serão realizadas nos dias 5 e 6 de novembro. No primeiro dia, sábado, o candidato terá 4 horas e 30 minutos para responder questões de ciências humanas e de ciências da natureza. No domingo, ele terá 5 horas e 30 minutos para as perguntas de linguagens, códigos e suas tecnologias, matemática e redação.

Os portões serão abertos às 12h e fechados às 13h, no horário de Brasília. As provas começarão, nos dois dias, às 13h30. Os gabaritos oficiais das questões objetivas serão divulgados pelo Inep até o dia 9 de novembro. Já os resultados ainda não têm data marcada para serem apresentados.

O Enem deste ano tem uma estimativa de 8 milhões de inscrições. Destas, 2,2 milhões são de estudantes que estão no último ano do ensino médio.

Isenção
Aqueles que irão concluir o ensino médio em 2016 e estiverem matriculados na rede pública de ensino terão direito à isenção automática da taxa de inscrição.

Já os que pertencerem a famílias de baixa renda, mas que não sejam concluintes de escola pública, poderão declarar carência para conseguir a isenção. Durante o período de inscrição, o sistema avisará se o pedido foi aceito.

Lembrando que, a partir deste ano, os estudantes que conseguiram a isenção da taxa em 2015 e não compareceram à prova, sem justificar a ausência, vão perder o direito de não pagar a inscrição em 2016.

Atendimento especializado
Os candidatos que precisarem de atendimento especializado (com baixa visão, cegueira, visão monocular, deficiência física, auditiva e intelectual, surdocegueira, dislexia, déficit de atenção, autismo, discalculia ou outras condições especiais) devem indicar na inscrição qual o recurso que desejam para fazer a prova. Também podem solicitar auxílio: gestantes, lactantes, idosos, estudantes em classe hospitalar e sabatistas.

Entre os dias 1º e 8 de junho, pela plataforma do Inep, a pessoa deve enviar o documento que comprova sua condição. Ele deve conter o nome completo, o diagnóstico com a descrição do que motiva o pedido de atendimento especial e a assinatura de um médico ou profissional especializado, com seu CRM (registro no Conselho Regional de Medicina).

As adaptações que o candidato pode solicitar são: prova em braile ou com letra ampliada (fonte 18, com imagens maiores) ou super-ampliada (fonte 24, com imagens maiores), tradutor-intérprete de Libras (Língua Brasileira de Sinais), guia-intérprete para pessoas com surdocegueira, auxílio para leitura (inclusive a labial) e transcrição, sala acessível e tempo extra de uma hora em cada dia da prova.

A participante lactante que precisar amamentar durante as provas deve levar um acompanhante adulto, que ficará em uma sala reservada e cuidará do bebê enquanto a mãe fizer o Enem. Já aquele que estiver internado para tratamentos de saúde deve assinalar a opção “classe hospitalar”. O Inep entrará em contato com o hospital em que a pessoa estiver para verificar as condições necessárias para que a prova seja feita.

Os sabatistas precisam marcar a alternativa “guardador do sábado por convicção religiosa” para fazê-la em outro horário. Eles entrarão no local de prova quando os portões abrirem, às 12 horas, juntos com os demais, e aguardarão até as 19 horas para fazer a prova.

Nome social
Travestis e transexuais que quiserem tratamento pelo nome social devem informar o pedido ao Inep na inscrição, além de enviar cópia do documento de identificação, com foto recente e formulário preenchido, entre os dias 1º e 8 de junho.

Criado para avaliar os conhecimentos dos estudantes que concluíram o ensino médio, a prova também substitui vestibulares no acesso a instituições federais de ensino superior. No entanto, essa não é sua única função.

Para que serve o Enem
As notas do Enem podem ser usadas por quem tem mais de 18 anos para obter a diploma do ensino médio. Também são exigidas para o candidato que pretende uma bolsa de estudos pelo ProUni ou financiamento estudantil pelo Fies.

O Ciência sem Fronteiras é outro programa federal que pede boas notas no exame nacional como critério de seleção.

VEJA ABAIXO AS FUNÇÕES DO ENEM

Seleção para universidades
As notas do Enem são usadas para selecionar alunos para as vagas em universidades federais e outras instituições de ensino.

As universidades podem usar o Enem como único método de seleção, pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), ou fazer uma combinação entre as notas do Enem e seu vestibular próprio. O Sisu já recebeu a adesão da maioria das universidades e institutos federais e, na última edição, ofereceu mais de 205 mil vagas.

Programa Universidades Para Todos (Prouni)
Para disputar uma bolsa de estudos do Prouni, que varia de 50% a 100% do curso de uma instituição de ensino superior privada, o candidato precisa ter obtido nota mínima de 450 pontos no Enem e não pode ter zerado a redação. Na última edição do programa, foram ofertadas 213.113 bolsas em 1.117 instituições.

Financiamento Estudantil (Fies)
Estudantes que concluíram o ensino médio a partir de 2010 e querem solicitar o Fies devem ter feito Enem, caso contrário, não poderão solicitar o benefício. A partir deste ano, o candidato precisa ter obtido 450 pontos no exame nacional e não pode ter zerado a redação.

Pelo Fies é possível financiar os cursos de graduação bem avaliados junto ao MEC. A taxa de juros é de 3,4% ao ano para todos os cursos. Ele pode ser solicitado pelo estudante em qualquer etapa do curso e em qualquer mês.

Seleção para ensino técnico (Sisutec)
Quem estiver interessado em uma vaga gratuita de cursos técnicos oferecidos em instituições públicas e privadas pelo Sisutec deverá ter feito as provas do Enem. As notas no exame serão usadas para classificação dos concorrentes.

Ciência Sem Fronteiras
O programa do governo federal oferece bolsas de estudo para intercâmbios no exterior destinado a alunos de graduação e pós. Para participar da seleção de bolsas durante a graduação, é preciso ter feito qualquer edição do Enem a partir de 2009 e conseguido a média mínima de 600 pontos. Os candidatos também são avaliados de acordo com seu aproveitamento acadêmico na universidade.

Certificação para o Ensino Médio
Quem tem no mínimo 18 anos e não concluiu o ensino médio pode conseguir a certificação por meio do Enem. A pontuação mínima é 450 pontos em cada uma das áreas de conhecimento e 500 pontos na redação.

Parceria, Paço do Lumiar e Governo incentivam produtores rurais do município

paço do lumiar 1

A Prefeitura de Paço do Lumiar e o Governo do Estado iniciaram, na quarta-feira (18), a distribuição de sementes de grãos selecionadas aos agricultores do município. A ação é resultado da parceria entre a Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa) e a Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural do Maranhão (AGERP/MA).

A entrega das sementes visa fortalecer as ações para o desenvolvimento da agricultura familiar em Paço do Lumiar, dando suportes às famílias do campo e contribuindo para a melhoria da qualidade de vida da população nas comunidades rurais.

Conforme o secretário de Agricultura de Paço do Lumiar, Rodrigo Costa, a atividade dará tranqüilidade aos produtores rurais quanto à aquisição de sementes para o plantio. “A gestão Josemar tem buscado apoio dos órgãos ligados a agricultura para que possamos dar continuidade aos programas de incentivo à produção e a economia local”.

Foram disponibilizadas, nesta primeira etapa, 2 mil kg de sementes de feijão, beneficiando agricultores cadastrados no Programa de Distribuição de Sementes. Cada agricultor receberá de acordo com a demanda de sua área. Cerca de 250 famílias serão atendidas em diversas localidades do município.

“Essa ação é muito importante porque estamos incentivando a produção agrícola na zona rural e garantindo alimentos na mesa das famílias de Paço do Lumiar. Estamos trabalhando conjuntamente com a equipe competente da secretaria de Agricultura do município, que tem se esforçado para dar assistência a todas as famílias, de acordo com as necessidades dos agricultores locais. O período chuvoso é intenso na região, sinal de que a colheita será boa para nosso povo”, destacou o titular da Semapa.

“A distribuição das sementes para o município se torna muito importante, principalmente porque nós trabalhamos com a agricultura familiar e as sementes ajudam diretamente o pequeno agricultor. As sementes têm um alto poder de germinação e, assim, o que contribui para um aumento no tamanho da área plantada de cada família”, explicou a Engenheira Agrônoma da AGERP/MA, Vilacir Reboucas.

Para o presidente da Associação dos Agricultores e Agricultoras Familiares da Vila Residencial Nova Canaã, Raimundo Silva, a garantia de entrega de sementes de grãos é mais um importante apoio à agricultura de Paço do Lumiar. “Recebemos os kits com as sementes de feijão e daremos início ao plantio para garantir a colheita de um produto com qualidade, possibilitando um aumento na produção agrícola em toda zona rural do município, ajudando a nós que vivemos da comercialização desses produtos”, concluiu.

Boa notícia aos agentes penitenciários do Maranhão, TJ julga procedente ação do sindicato

Cezar Bombeiro

A juíza Luzia Madeiro Nepomucena, da 1ª Vara da Fazenda Pública da Capital, decidiu em ação protocolada pelo Sindicato dos Servidores  do Sistema Penitenciário do Maranhão – SINDSPEM, que agentes e inspetores penitenciários têm direito a gratificação de nível superior de 160% sobre os seus vencimentos. A magistrada reconheceu os princípios emanados das Leis 8.956/2009 e 8.593/2007, as quais determinaram que as categorias de agentes e inspetores se tornaram categorias de nível superior.

Na sentença, a juíza determina a implantação do percentual de 160% aos vencimentos dos agentes e inspetores penitenciários, que efetivamente tenham curso superior.

Como o Governo do Estado pode recorrer da decisão, o presidente do SINDSPEM, o agente penitenciário Cézar Bombeiro vai propor uma reunião da diretoria do Sindicato com os Secretários de Estado de Gestão e Previdência e de Administração Penitenciária, para juntos, chegarem a um acordo que contemple ambos.

Trata-se de uma luta de longos anos em que buscamos os nossos direitos e recorremos a justiça depois de esgotarmos todos os meios pacíficos para a garantia dos direitos“, acrescentou Cézar Bombeiro.

Fogo consome pousada no Centro Histórico de São Luís

incendio_2

Uma grande combustão destruiu nesta segunda-feira (16) uma pousada situada na Rua do Giz, no Centro Histórico de São Luís.

Segundo informações do Corpo de Bombeiros, o incêndio que aconteceu no início da noite desta segunda foi causado por um vazamento de gás. Ainda conforme os bombeiros, o fogo atingiu sete cômodos em três pavimentos do casarão onde funciona a pousada.

Apesar das grandes proporções das chamas, tanto hóspedes como funcionários conseguiram sair ilesos do prédio. Eles foram encaminhados para um anexo pertencente à pousada.

A equipe do Corpo de Bombeiros irá interditar o casarão onde funciona a pousada a fim de periciar o espaço.

bombeiro

Bomba!!! Prefeito de São Bento recebeu 100 milhões em repasses constitucionais e não paga servidores

Carrinho

O atual prefeito do município de São Bento, Carlos Alberto Lopes Pereira (PSDB), mais conhecido como “Carrinho Muniz”, filho do saudoso João Muniz, ex-prefeito da cidade, já recebeu em repasses de verbas constitucionais do Governo Federal, a bagatela de R$ 98.501.000,00 (Noventa e oito milhões e quinhentos e um mil reais), em repasses federais, entre os anos de 2015 e nos cinco primeiros meses de 2016.

O prefeito não paga o salário dos servidores a cerca de cinco meses e anda espalhando pela cidade que o problema é a crise, mas, como você pode observar nos nos documentos extraídos pelo Blog, no portal da transparência, o governo federal vem repassando normalmente os recursos aos cofres do município de São Bento. A cidade está jogada às traças, hospitais fechados, escolas sem merenda segundo informantes do Blog.

O Blog recebeu a informação e está levantando, que o prefeito “Carrinho” comprou carros de luxo e uma mansão no bairro Chácara Brasil em São Luís. Na próxima semana o Blog trará com exclusividade, fotos da mansão.

Veja abaixo os documentos com as informações dos repasses feitos ao município, e não estamos levando em conta a arrecadação do município e nem os repasses estaduais.

São Bento 2015 São Bento 2015 2 São Bento 2015 3 São Bento 2015 4

São Bento São Bento 2 São Bento 3

São Bento SUS 2015 São Bento Detalhamento SUS 2015

São Bento SUS 2016 São Bento Detalhamento SUS 2016

Semed e Plan firmam parceria para inclusão social de crianças e jovens em Paço do Lumiar

Plan

Com o intuito de avaliar e ampliar a parceria para o desenvolvimento de projetos de formação cidadã de alunos rede de ensino municipal, a Secretaria de Educação (Semed) de Paço do Lumiar recebeu, esta semana, a visita de representantes da Organização Não Governamental Plan International.

O encontro foi presidido pelo secretário de Educação, Júlio Sales, que reafirmou à equipe o interesse em manter a parceria solidificada com a instituição, garantindo, desta forma a continuidade das ações de inclusão social realizadas pelas duas entidades em benefício dos cidadãos luminenses.

“Desde o início da atual gestão temos desenvolvido projetos nas comunidades e escolas municipais em prol da proteção de crianças e adolescentes e contra a violência e abusos de todo tipo, contra a pobreza, a desigualdade e a degradação do meio ambiente e por uma boa alimentação, saúde e educação. Esse foi um encontro bastante produtivo, uma vez que tivemos a oportunidade de avaliar os trabalhos já realizados bem como de planejarmos as próximas ações”, destacou Júlio Sales.

O secretário fez uma explanação acerca dos projetos executados pela ONG no município de Paço do Lumiar, como por exemplo, o “Cambalhotas”, no Cumbique; o “Futebol” e o “Projeto Geração”, ambos na Pindoba.  “Esses projetos tem como objetivo assegurar que meninas e meninos com idades entre 11 e 14 anos sejam estimulados para concluir sua educação básica, focando no desenvolvimento de suas habilidades para a vida, bem como educação financeira e empreendimentos sociais em um ambiente escolar inclusivo e seguro, acompanhando a transição do ensino fundamental para o médio”, explicou.

As atividades acontecem nas escolas UEB Benjamim Peixôto, UEB Luís Pires da Fonseca e UI Tácito Caldas desde 2015, atendendo a cerca de 60 alunos que participam de oficinas socioeducativas sobre educação social e financeira por meio da metodologia Aflatoun, que éuma rede de organizações não governamentais que desde 2005 já ensinou um total de 500 mil crianças de 25 países a enveredar pelo mundo do micro empreendedorismo, financeiro e social.

Além do Secretário Municipal de Educação, professor Júlio Sales, participaram da reunião técnicos da SEMED; Fabiane Sereno, líder de projetos da Plan International Brasil; Any Parker, especialista em educação da Plan International Inglaterra; Mateus Luterfo, gerente de operações de programas da Plan Internacional Brasil e Nadja Calabria, representante da Aflatoun.

SOBRE A PLAN INTERNATIONAL

A entidade é uma organização não-governamental humanitária, sem filiação política ou religiosa, presente em 70 países, sendo uma das maiores e mais antigas organizações que atuam pelo desenvolvimento das crianças do mundo, por meio de projetos sociais com o compromisso de garantir que as crianças tenham acesso aos seus direitos.

No Brasil, a Plan International Brasil desenvolve programas e projetos desde 1997, com o objetivo de capacitar e empoderar crianças, adolescentes e suas comunidades, para que adquiram competências e habilidades que os ajude a transformar a realidade onde vivem.

Suspeito, empresa de pequeno porte ganha licitação para a merenda escolar em São Vicente Férrer

A empresa Diego Assunção dos Santos (Comercial Divina) forneceu os alimentos no ano de 2014.

No ano de 2014, a empresa Diego Assunção dos Santos (Comercial Divina) foi a detentora do contrato para fornecer os gêneros alimentícios para a merenda escolar do Município de São Vicente Férrer. O valor destinado para a prestação de serviço foi de R$ 154.779,50. O que desperta a atenção não é a quantia emprega em si, mas o porte da empresa contratada.

A empresa em questão está situada no Bairro da Alemanha, no Município de São Luís, conforme o comprovante de inscrição do Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica. De acordo com a denúncia encaminhada ao Blog, o pequeno estabelecimento dificilmente teria condições de atender a grande quantidade de alimentos exigida no edital da licitação. “A não ser que a mesma venha fornecer nota fiscal de forma irregular para maquiar contas púbicas”, frisa um trecho da denúncia.

 

empresa de pequeno portecomprovante 2 comprovante-1

Mais um projeto do deputado Wellington é implantado pelo Governo e resulta em combate ao analfabetismo no Maranhão

welogton do curso

Pautada na defesa incondicional da educação, mais uma proposição do deputado estadual Wellington do Curso (PP) já é realidade. Trata-se do Programa “Sim, eu posso!”, que objetiva combater o analfabetismo no Maranhão.

A proposta do deputado Wellington foi encaminhada, através da Indicação 777/2015, no dia 09 de setembro de 2015, solicitando que o Governador apreciasse a possibilidade de implantar o referido projeto. A proposta foi aceita e o Governo levará a ação alfabetizadora do “Sim, eu Posso!” para oito municípios com baixo IDH.

“É com muita alegria que vemos mais uma proposição de nossa autoria sendo implantada em nosso estado. Ao apresentarmos essa solicitação, em 2015, o nosso objetivo foi (e é) combater o analfabetismo no Maranhão, tendo em vista os inúmeros casos de jovens, adultos e idosos analfabetos. O passo inicial já foi dado. Agora, precisamos ampliar o Programa, a fim de que o número de pessoas contempladas seja cada vez maior. Acreditamos que o desenvolvimento de um estado está intimamente relacionado ao desenvolvimento de seu povo. E tal desenvolvimento só será plenamente possível quando a educação alcançar os mais humildes e o conhecimento for bem comum entre ricos e pobres. ”, destacou.

O QUE É O PROGRAMA “SIM, EU POSSO!”?

O Programa “Sim, eu posso” é um dos métodos de combate ao analfabetismo mais propagados na atualidade, por ter apresentado resultados “positivos”, de acordo com parâmetros da UNESCO, em mais de 15 países, com destaque para a Venezuela, que foi declarada “território livre do analfabetismo”.
Inicialmente, o projeto será desenvolvido em oito municípios, dentre os 30 com menor IDH. A meta é atender mais de 14 mil pessoas, com idade igual ou superior a 15 anos, fortalecendo, assim, a parceria com o Governo Federal para o Programa Brasil Alfabetizado, que atendeu, no ciclo 2013 exercício 2014/2015, 111 municípios, beneficiando 45.014 jovens, adultos e idosos.

João Bispo Serejo realizou festa dos dia das mães em Cajapió

Mães Bispo serejo

Centenas de mães foram prestigiadas no município de Cajapió, por meio de uma linda homenagem realizada pelo grupo de amigos de João Bispo Serejo. A festa em comemoração pela passagem do dia das mães, aconteceu no ultimo domingo dia 8, e foi bastante comemorada.

As mães que estiveram presentes foram recebidas com um café da manhã e durante o encontro festivo, foi realizado sorteio de presentes e lembranças, quem participou saiu bastante feliz.

Ações desta grandeza, devem sempre ser repetidas, no intuito de proporcionar amor e carinho àquela que nos deu a vida” enfatizou Serejo.

Empossado para presidir TSE, Gilmar diz que país leniente 'ficou para trás'

Na cerimônia em que foi empossado como presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), na noite desta quinta-feira (12), o ministro Gilmar Mendes afirmou que o “país se reorientou” e que o Brasil “leniente e apático ficou para trás”. A declaração foi dada quando o magistradao se referia ao julgamento do mensalão e à operação Lava Jato, que investiga esquema de corrupção na Petrobras.

Gilmar Mendes, que também é ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), ocupará a vaga de presidente do TSE no lugar de Dias Toffoli. O mandato se encerra em fevereiro de 2018, quando Gilmar deverá deixar o tribunal. Nesse período, o vice-presidente da Corte será Luiz Fux, também ministro do Supremo.

“Não remanesce qualquer dúvida de que o país se reorientou, guiando-se agora pelos ventos incontroláveis da participação cidadã. Se, no julgamento do mensalão, iniciou-se a decisiva sinalização de que, vez por todas, a era da impunidade e da complacência com os poderosos sucumbia […], as competentes investigações em curso na Operação Lava Jato comprovam, de forma cabal, que o Brasil leniente e apático ficou para trás”, disse o ministro em discurso.

Ao lado do presidente em exercício Michel Temer, que assumiu a presidência da República nesta quinta, após o Senado aprovar a admissibilidade do processo de impeachment de Dilma Rousseff, Gilmar Mendes fez duras reflexões sobre a crise que atravessa o país. Ao final, desejou “sucesso ao professor Michel Temer nesta difícil missão”, depois de agradecer a presença do ex-presidente José Sarney, presente na cerimônia.

No discurso, Mendes se referiu ao período recente da vida pública como “tragédia de erros que desestabilizou a economia e destroçou o sistema político-eleitoral”. Ele falou em “explosivos problemas”, “terríveis e ininterruptas tempestades”, “abissal crise política”, e “presidencialismo de cooptação”. A final de cada crítica, porém, ressaltava a importância e força das instituições brasileiras para enfrentar os problemas.