BLOG VEJA AGORA - Notícias com veracidade dos fatos

Polícia Federal deve fazer operação na Secretaria de Educação de São Luís

A Justiça Federal afirma que Moacir Feitosa deixou de comprovar a regularidade de aplicações de milhões de reais, quando foi Secretário de Educação de São Luís no período 2009 e 2010

Secretário Moacir Feitosa é Réu na Justiça Federal

A Justiça Federal acusa o atual secretário de educação da gestão Edivaldo Holanda Júnior (PDT), Moacir Feitosa, de não aplicar corretamente os recursos do FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvido da Educação) para aplicação no PNAE (Programa Nacional de Alimentação Escolar), o dinheiro era para a merenda escolar das crianças de São Luís.

O período que foi constatado a não aplicação dos recursos foi de 01/01/2009 e 25/03/2010.

O secretário enfrenta um desgaste com a classe dos professores, a secretaria não paga fornecedores e prestadores de serviços e esta acusação pode desencadear uma Operação da Polícia Federal, nos próximos dias.

A gestão do prefeito Edivaldo está indo de mal a pior e com péssimos gestores à frente dos órgãos municipais. Desvios e investigações estão sendo efetivados em quase toadas a secretarias do município.

Réu na Justiça Federal, o secretário Moacir Feitosa não reúne mais elementos para permanecer no cargo que exerce no município, a acusação do Ministério Público é de desvios de dinheiro da Merenda Escolar, o prefeito Edivaldo tem que tomar uma medida urgente.