BLOG VEJA AGORA - Notícias com veracidade dos fatos

“Querem transformar o Brasil no Caldeirão do Huck”, diz Lula.

A poucos dias de ser julgado em segunda instância, pelo TRF4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região), no caso do tríplex do Guarujá (SP), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) participou nesta terça-feira (16)  de um encontro com artistas e intelectuais no Rio de Janeiro. Batizado de “Em Defesa da Democracia e de Lula”, o evento reuniu cerca de 1.000 pessoas no teatro Oi Casagrande, no Leblon, zona sul da capital fluminense.

Entre os presentes estavam a escritora Conceição Evaristo, a filósofa Márcia Tiburi, os cantores Beth Carvalho e Otto, os atores Osmar Prado, Dira Paes e Elisa Lucinda, o humorista e escritor Gregório Duvivier e o cineasta Silvio Tendler. Outros, como Leonardo Boff e Yamandu Costa, enviaram mensagens de apoio ao evento. O cantor e compositor Chico Buarque participou da mobilização para o evento, mas não pôde comparecer.

Também participaram o líder do MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem Teto) Guilherme Boulos, a presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR), o senador Lindbergh Farias (RJ), o ex-ministro Celso Amorim e a ex-governadora do Rio Benedita da Silva.

Primeiro colocado nas principais pesquisas de intenção de voto para a eleição presidencial de outubro, Lula aproveitou o ato para provocar alguns dos possíveis candidatos à presidência. Ele citou tanto o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), quanto o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ), que já manifestaram interesse em concorrer, além do apresentador de televisão Luciano Huck, que tem dito que não disputará cargos eletivos.

“Eles querem transformar o Brasil no Caldeirão do Huck. O Congresso tem um pouco a forma do caldeirão”, gracejou, depois citando sua terra-natal. “Por que não podem ver o cadeirão de Garanhuns?”.

Na avaliação de Lula, os outros partidos estão com dificuldades de achar um candidato capaz de derrotá-lo nas urnas.

Fonte: UOL

 

Veja Agora!!! Prefeitura de Pinheiro inova e realiza ‘Pré-carnaval’ para movimentar economia

Caravanas de outros municípios maranhense já se organizam para curtir também o Pré-Carnaval de Pinheiro

A Prefeitura Municipal de Pinheiro inovou e lançou o primeiro Pré-Carnaval oficial que foi um sucesso total. O município que recebe visitantes e turistas de todo o Brasil, além de se destacar como o melhor carnaval do Maranhão, investe pesado também no pré-carnaval.

O prefeito Luciano sabe que investir nas festividades carnavalescas movimenta a economia do municipio, com empregos diretos e indiretos. Pinheiro é só alegria no Carnaval e agora também, durante as prévias carnavalescas.

Tradicional no Carnaval maranhense, caravanas já se organizam para curtir além do carnaval, as prévias que ainda terão 4 semanas, no município.

BARRA DO CORDA: Professor é encontrado morto dentro de casa

O professor Agnaldo Fernandes Galvão que faria 37 anos no próximo dia 17 de fevereiro foi encontrado morto na noite deste domingo (14) por volta das 20:00h no interior de sua residência no Bairro Altamira próximo ao CETECMA em Barra do Corda.

De acordo com informações, o professor morava sonzinho e tinha o hábito de visitar a casa da mãe todos os dias. No final da tarde deste domingo a família sentiu sua falta e foi até a casa dele.

Ao chegar no local uma irmã teria presenciado o corpo da vítima caído no chão em meio a uma poça de sangue.

Ainda de acordo informações, Agnaldo Galvão, que é professor do Centro de Ensino João Pedro Freitas da Silva teria sido visto pela última vez no Povoado Abacaxi na companhia de alguns amigos no sábado passado.

A polícia está investigando o caso e trabalha com a hipótese de latrocínio; roubo seguido de morte.

Veja Agora!!!! Ex-prefeita de Paço do Lumiar é condenada por improbidade administrativa

Bia Venâncio foi condenada por irregularidades apontadas pelo TCE na prestação de contas do Município no exercício financeiro de 2009.

Com base em uma Ação Civil Pública

(ACP) proposta pela 1ª Promotoria de Justiça da Comarca de Paço do Lumiar, a Justiça condenou a ex-prefeita Glorismar Rosa Venâncio, mais conhecida como Bia Venâncio por improbidade administrativa. Também foram condenados os ex-secretários Celso Antonio Marques (Educação), Balbina Maria Rodrigues (Desenvolvimento Social), Pedro Magalhães de Sousa Filho (Orçamento e Gestão) e Francisco Morevi Rosa Ribeiro (Orçamento e Gestão).
A ação baseou-se em irregularidades apontadas pelo Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE-MA) na prestação de contas do Município no exercício financeiro de 2009.
Na sentença Bia Venâncio foi condenada ao ressarcimento de R$ 1.904.730,37, além de multa de R$ 380.946,07. A ex-prefeita também teve os direitos políticos suspensos por oito anos e está proibida de contratar ou receber benefícios do Poder Público pelo prazo de cinco anos.
O ex-secretário Celso Antonio Marques foi condenado à devolução de R$ 1.211.576,85 aos cofres municipais e ao pagamento de multa de R$ 242.315,37. A sentença também suspende os direitos políticos do ex-titular da pasta de Educação por cinco anos e o proíbe de contratar ou receber benefícios do Poder Público pelo mesmo período.
A mesma proibição foi aplicada a Pedro Magalhães de Sousa Filho, que teve seus direitos políticos suspensos por seis anos. O ex-secretário de Orçamento e Gestão deverá ressarcir R$ 309.757,51 ao erário e arcar com multa de R$ 61.951,50. Balbina Maria Rodrigues deverá devolver R$ 69.871,00 ao Município de Paço do Lumiar e pagar multa de R$ 13.974,20. Os direitos políticos da ex-secretária de Desenvolvimento Social foram suspensos por cinco anos, mesmo prazo pelo qual ela não poderá receber benefícios ou contratar com o Estado.
Também é de cinco anos o prazo de suspensão dos direitos políticos e de proibição de contratar com o Poder Público e receber benefícios ao qual foi condenado Francisco Morevi Rosa Ribeiro. De acordo com a sentença, ele também deverá devolver R$ 80.455,00 aos cofres municipais e pagar multa de R$ 16.091,00.

Veja Agora!!!! Servidores confirmam ato público contra salários atrasados em Presidente Juscelino

O Sindicato Intermunicipal dos Servidores Municipais – Sismurb realizou nesta quinta-feira, 11, uma assembléia com servidores públicos municipais do município de Presidente Juscelino.

O encontro aconteceu na Igreja Católica de Santo Antônio, onde os Servidores aprovaram um ato público que se realizará na próxima quinta-feira, 18 de janeiro em protesto pelos salários de dezembro que já se encontra vencido no município.

A concentração segundo o sindicato está marcada para acontecer às 8h na subsede do SISMURB. O sindicato confirmou a presença da Fetram, Cut, servidores de Bacabeira e Rosário.

Ricardo chama Dino para o embate e diz que ele não fez e acabou com o que encontrou

“Você vai confiar em quem fez e fará, ou em quem prometeu, não fez e ainda destruiu o que encontrou???”

O pré-candidato ao governo do Maranhão, Ricardo Murad, chamou ontem (10), o governador Flávio Dino (PC do B), para debater com ele sobre a saúde pública, segundo ele, o comunista não fez o que prometeu e ainda destruiu o que encontrou.

Ricardo fez “zoada” nas redes sociais desqualificando as ações comunistas para a saúde, e disse que o governo comunista é um fracasso, que o desespero só aumentou com os números IBGE que constatou o crescimento da pobreza no Maranhão comunista.

“Há mais de três anos sem fazer nada além de destruir o que construímos com tanto sacrifício, ainda pensa que pode enganar as pessoas como fez pra se eleger. Eu pergunto a você, quem pode concluir e colocar esses centros para funcionar? Eu, que projetei e implantei o maior e mais qualificado programa de saúde pública do Brasil, ou Flávio Dino, que ao longo de todo o seu mandato que já está no fim, só destruiu e sucateou a rede de hospitais, upas e centros de especialidades”, afirmou Ricardo.

Administrando o estado de longe, às vezes pelas redes sociais, será que Flávio Dino vai aceitar o debate, ou vai começar a jogar deboches pelo Twitter??? É esperar, uma vez, que o governador goza férias nos Estados Unidos e Europa.

Veja Agora!!!! Prefeito Jadson Passinho é acionado por não aparecer para trabalhar

A Promotoria de Justiça da Comarca de Cedral ingressou, em 15 de dezembro, com uma Ação Civil Pública por ato de improbidade administrativa contra Jadson Passinho Gonçalves, prefeito do município. O motivo foi a constante ausência do gestor público de Cedral, não exercendo as funções para as quais foi eleito.

Uma representação anônima foi feita ao Ministério Público, noticiando que o prefeito e vários secretários municipais não vinham exercendo expedientes regulares. De acordo com as informações colhidas pela promotoria, Jadson Passinho de fato não comparece com regularidade ao município, não exercendo as atividades regulares e obrigatórias do cargo que ocupa.

Segundo o promotor de justiça Ariano Tércio Silva de Aguiar, a conduta do gestor municipal atenta contra os princípios da legalidade, moralidade e eficiência, além de causar prejuízos aos cofres municipais. “Como é possível se extrair das certidões e declarações apresentadas, os atos praticados pelo prefeito, que deixa de comparecer ao expediente regular no ente municipal, não sendo encontrado na cidade para a prática de quaisquer atos inerentes ao exercício de sua função, configuram condutas ímprobas”, observa.

Além disso ao receber sem estar no efetivo exercício do cargo, o prefeito de Cedral causou danos ao erário, “pois recebeu contraprestação sem prestar o serviço público que deveria, prejudicando a municipalidade de Cedral, que arcou com o pagamento”, explica Ariano Tércio.

Se condenado por improbidade administrativa, Jadson Passinho Gonçalves estará sujeito a penalidades como o ressarcimento integral do dano, perda dos bens ou valores acrescidos ilicitamente ao patrimônio, perda da função pública, suspensão dos direitos políticos de cinco a oito anos, pagamento de multa de até duas vezes o valor do dano e proibição de contratar ou receber benefícios do Poder Público, ainda que por intermédio de empresa da qual seja sócio majoritário, pelo prazo de cinco anos.

Alerrandro, cantor do “The voice Kids” foi apoiado pelo ‘Viva Bem Mais’ do vereador Marquinhos

Cantor do ‘The Voice Kids’ foi divulgado pela primeira vez aqui neste Blog, quando se apresentou no Arraial da Vila Luizão, apoiado pelo vereador Marquinhos

O Cantor mirim Alerrandro Costa, foi divulgado pela primeira vez aqui neste Blog, durante as festas juninas do ano passado, no ‘Arraial da Vila’, idealizado e patrocinado pelo vereador Marquinhos (DEM).

Naquela oportunidade, o cantor mirim foi gravado e divulgado também por este Blog, que reconheceu o tamanho talento de Alerrandro, reveja a matéria no link abaixo.

Vídeo: Cantor mirim faz sucesso em arraial na Vila Luizão

Na tarde do último domingo (7), os maranhenses que acompanharam a estreia do programa ‘The Voice Kids’ tiveram uma grande surpresa quando um garoto chamado Alerrandro Costa se apresentou.

Ele cantou “É o Amor”, da dupla Zezé de Camargo e Luciano. E foi escolhido por dois dos três jurados: a dupla Simone e Simária e o cantor Carlinhos Brown.

“Quero agradecer a oportunidade que vocês me deram ao virar a cadeira, que é a melhor coisa [que poderia ter acontecido]. Mas eu escolho Simone e Simária”, disse o garoto, arrancando suspiros dos jurados e da platéia.

A dupla escolhida comemorou a decisão de Alerrandro. “Nós vamos arrebentar e você vai fazer muito sucesso neste país”, desejou Simone. Simária empolgada, disse: “Você vai ser um Cristiano Araújo da vida, rapaz!”.

Este Blog também encerrou a postagem dizendo que era para lembrar bem deste nome, uma vez que o menino era um talento nato.

Alerrandro se apresentou no Arraial da Vila, que é de iniciativa do vereador Marquinhos, e ele faz parte do projeto ‘Viva Bem Mais’, que conta com o apoio irrestrito de vereador.

Veja abaixo, como foi a apresentação de Alerrandro, no arraial da Vila Luizão. 

 

 

Veja Agora!!!! Prefeita de São Vicente Ferrer rebate acusações do MP, aponta falhas na ação e anuncia obras para os próximos dias

Atual prefeita está pagando milhões em dívidas deixadas pela ex-prefeita de São Vicente

A prefeita de São Vicente Ferrer, Conceição Castro, rebateu as acusações do Ministério Público Estadual, que ingressou com uma Ação Civil Pública pedindo a sua condenação por não pagar funcionários da Prefeitura Municipal. Na ação, a promotora Alessandra Darub aponta, também, débitos que deveriam ser pagos pela ex-prefeita Maria Raimunda.

Nas declarações da atual prefeita, o município se encontra desse jeito devidos aos milionários débitos deixados pela ex-prefeita Maria Raimunda e que até agora, impossibilitam a sua gestão. Ela também apontou diversas falhas na ação ministerial e diz que as testemunhas arroladas pela promotora foram nomeadas dias antes da ex-prefeita deixar o mandato. Vejam abaixo as declarações da prefeita Conceição dadas em um grupo, na internet, aos seus aliados.

“Boa noite meus amigos do grupo, agora que eu tive tempo de comunicar o que aconteceu comigo sobre o Ministério Público, que requer minha condenação por atos de improbidade administrativa. Tudo bem, fico triste porque esse presidente do Sindicato dos Servidores Municipais está faltando com a verdade que é Donga.

Assim que eu assumir o governo esse presidente me procurou para eu assinar um documento, fazendo acordo para efetuar o pagamento dos funcionários do mês novembro e dezembro do ano de 2016. Falei que não iria assinar, porque os dois sindicatos fizeram juntos os documentos, depois de alguns dias voltou só o presidente do sindicato eu assinei para ele e eu paguei para a Educação o mês de dezembro e o terço de férias. Tenho testemunha que não assinei para esse presidente ficar mentido, mas vou responder para a promotora de acordo o que aconteceu.

Outra coisa que fala, sobre dois funcionários que não recebeu, o que aconteceu: como no meu governo com a ex-prefeita não teve transição, procurei a promotora que não ficou a folha de pagamento. Ela que me deu a folha de pagamento para mim efetuar o pagamento de servidores, não tinha nome desses dois funcionários saber por que? Eles foram os que tem a portaria do mês de dezembro, que a ex-prefeita deu, como a folha que a promotora me deu foi do mês de setembro, não sei, porque eu já falei com a promotora pessoalmente, mais vou responder juridicamente.

Quanto ao presidente, por que não fala que eu paguei o mês de dezembro e o décimo terceiro salário para os funcionários da saúde e administração concursados e estável? No processo fala perda dos bens e valores acrescidos e patrimônio, onde eu comprei com dinheiro público posso perder. A justiça ainda não deixou comprar nem uma bicicleta neste município, só pagando dois milhões de precatórios. Se não fosse isso não estava devendo funcionários. E mais, tenho mais duzentos e cinquenta mil bloqueados pela justiça.

É triste e lamentável quem quer trabalhar. É assim mesmo, as árvores que têm frutos todos jogam pedras. Não pensem que eu baixo a minha cabeça, quem não deve não teme. Eu sirvo um Deus. Eu vou dá a volta por cima e enquanto estão me crucificado, estou em busca de algo para nosso município lindo e maravilhoso.

E quero convidar os amigos para comparecerem na quarta-feira, às 10 horas da manhã, na Rita de Cassia para dar ordens de serviço no poço artesiano na Escola ‘Tia Ducarmo’. Um sonho de todos e assim que terminar de fazer esse, vamos partir para Santa Rosa, Casa grande e sede e Ponta de Paulo. Deus é por mim, sei que ele vai me ajudar para pegar todos os funcionários, pois Ele conhece meu coração”.

Conceição Castro, prefeita de São Vicente Ferrer