BLOG VEJA AGORA - Notícias com veracidade dos fatos

Ricardo Murad diz que está pronto para governar o Maranhão

Pré-candidato ao governo do Maranhão, Ricardo Murad (PRP), diz que o Maranhão pode ter um governador gestor

É preciso cobrar uma gestão eficaz, apoiando alguém que paire acima dessa política rasteira, responsável pelo nosso atraso, os políticos e quem não me conhece, me condenam. Aqui não se governa, se faz politicagem, e das mais baixas, tudo é justificável em nome do poder. Os políticos não perdem, eles se protegem. Chega!

As eleições de outubro estão próximas e teremos a chance de ter um governador gestor.

Eu me considero apto para a missão. A política não me domina, a gestão e o resultado, sim. Foi assim quando estive no executivo. Quem se lembra da época que fui presidente da Assembleia, prefeito eleito de Coroatá, gerente Metropolitano de São Luís e recentemente secretário de Saúde do Estado sabe do que estou falando.

Mudei a realidade por onde passei. Quero fazer o mesmo pelo Maranhão como governador.

Ricardo publicou este texto em suas redes sociais e é inegável o poder de administração da coisa pública por onde passou, e de fato ele realizou grandes feitos.

Vereador Marquinhos defende maior ganho aos trabalhadores do Uber

Vereador Marquinhos defende a redução dos ganhos dos aplicativos cobrados aos trabalhadores, de 25 para 15%

Atualmente, os aplicativos cobram de 20 a 25%, aos trabalhadores que utilizam a plataforma, a ideia do vereador é garantir que o “chofer de praça”, receba mais pela corrida. 25% para o Uber é muito alto e inviabiliza os ganhos do trabalhador, sem contar os engarrafamentos e a buraqueira de São Luís.

O vereador defende que os aplicativos diminuam o percentual cobrado aos trabalhadores, para no máximo 15%.

Marquinhos defendeu também os trabalhadores dos taxis e disse que a Câmara precisa regulamentar uma proposta que defenda a todos, sem distinção de classes.

“Quero garantir um aumento no ganho do trabalhador por meio de aplicativos, que as plataformas diminuam seus lucros, baixando de 25, para 15%. Defendo também outras formas de mobilidade urbana em nossa Capital, o atual sistema está sucateado e falido”, defendeu o vereador Marquinhos.

“A ideia do vereador é muito importante, uma vez que pode garantir um ganho a mais aos trabalhadores do Uber e os outros aplicativos. O nosso ganho é pouco, porque a corrida é barata e as vezes tem corrida que mal paga a gasolina”, afirmou João Ricardo.

Carreta sai da pista, tomba e condutor morre na BR-230 no Maranhão

Acidente que aconteceu na madrugada de domingo (11) próximo a cidade de Carolina vitimou fatalmente Josivan Sena Fonseca, de 39 anos.

Uma equipe da Polícia Rodoviária Federal (PRF), de plantão na cidade de Balsas, atendeu da noite de sábado (10) para a madrugada de domingo (11) um acidente do tipo saída de pista seguida de tombamento. A ocorrência se deu no km 568 da BR-230, próximo à cidade de Carolina, no sudoeste do estado do Maranhão.

A combinação de veículos transitava descarregada no sentido decrescente da rodovia e era tracionada por um Volvo emplacado no estado de Goiás. O condutor do veículo que foi identificado como Josivan Sena Fonseca, de 39 anos, residia na cidade de Estreito teve morte imediata após ficar preso entre as ferragens.

Informações de familiares deram conta que o mesmo iria para Balsas, fazer um carregamento, quando aconteceu o acidente. O corpo da vítima ficou preso às ferragens, sendo preciso a equipe dos bombeiros utilizar ferramentas especializadas para realizar o desencarceramento do mesmo. O corpo foi levado para o Hospital de Carolina.

Os policiais rodoviários que atenderam a ocorrência tentam descobrir o que teria motivado a saída de pista. Os primeiros indícios e levantamentos apontam para dormir na direção, mas nenhuma outra possibilidade será descartada.

Veja Agora!!! Zé Inácio (PT) propõe discutir “O Golpe de 2016” como matéria nas Universidades do Maranhão

 
O impeachment da ex-presidenta Dilma Rouseff, em 2016, proporcionou danos irreparáveis à democracia brasileira, instabilidade na política, vista antes apenas durante o período da Ditadura Militar, em 1964. O governo golpista de Michel Temer causou o agravo de problemas sociais e a concentração do poder nas mão das elites empresariais.
 
Devido a esse cenário, o Deputado Zé Inácio (PT) ao utilizar o plenário da Assembleia Legislativa, nesta quinta-feira 08/03, apresentou a proposição aos reitores Nair Portela, da Universidade Federal do Maranhão, Gustavo Pereira da Costa, Reitor da Universidade Estadual do Maranhão, Elizabeth Nunes Fernandes, da Universidade Estadual do Maranhão do Sul e a Roberto Brandão, Reitor do Instituto Federal do Maranhão, para que seja oferecida a disciplina “O golpe de 2016 e o futuro da democracia no Brasil”, na carga horária das universidades nos cursos de Ciências Sociais.
“Esses temas fazem parte da nossa história, que tem esse triste momento que precisa ser resgatado, discutido e trabalhado o conceito de democracia e desmocratização no país, e sobre o processo que destituiu o governo da Presidenta Dilma e instituiu o governo golpista do Michel Temer”, lembrou Zé Inácio. 
A disciplina irá tratar sobre a ditadura, o pós-golpe de 1964, o surgimento do PT, a deposição da presidente Dilma Rousseff, analisar o governo presidido por Michel Temer e investigar o que sua agenda de retrocesso nos direitos e restrição às liberdades diz sobre a relação entre as desigualdades sociais e o sistema político no Brasil.
Sendo já realizada no Instituto de Ciência Política (IPOL) da Universidade de Brasília/UNB, Universidade Estadual de Campinas, além das Universidades Estaduais da Paraíba, Bahia e Amazonas. E já demonstraram interesse a Universidade Federal de Sergipe (UFS), Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Universidade Federal de São João Del-Rei (UFSJ), Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) e Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), além da USP.

Prefeitura de São Vicente Férrer realiza homenagem ao Dia Internacional da Mulher

A prefeitura municipal de São Vicente Férrer realizou ações no Dia Internacional da Mulher

A prefeita Conceição Castro esteve presente na ação comemorativa ao Dia Internacional da Mulher. A programação incluiu uma palestra sobre a Lei Maria da Penha e a violência doméstica.

Conceição disse está mobilizando as mulheres da município de São Vicente Férrer, para momentos de lazer, rodas de conversas, apresentações culturais, leituras e reflexão sobre o papel delas na sociedade.

“Estamos grantindo um espaço paras as mulheres em nossa gestão, não apenas no dia de hoje e mque comemoramos este importante dia. Sou mulher, negra e batalhadora e conheço a realidade das mulheres de nossa cidade. Neste dia, estamos fazendo um enfrentamento a todas as formas de violência contra as mulheres. Mostrando a todas, que temos um compromisso nesta gestão, que é  o compromisso com a vida”, afirmou a prefeita Conceição.

Ex-prefeito de Bom Jardim é condenado a devolver ao erário R$ 163 mil

O Poder Judiciário em Bom Jardim publicou nesta segunda-feira (5) sentença na qual condena, por atos de improbidade administrativa, o ex-prefeito Antônio Roque Portela. De acordo com a sentença, ele deverá ressarcir o erário o valor de R$ 163 mil, referente a convênios que não tiveram a devida prestação de contas. O ex-gestor deverá, ainda, pagar multa civil no valor correspondente a cinco vezes o valor da remuneração mensal recebida à época dos fatos (dezembro de 2012), enquanto exercia o cargo de Prefeito de Bom Jardim. Ele já havia sido condenado em maio do ano passado, por contratação irregular de serviços, obras e aquisições.

A sentença também condena o ex-prefeito à suspensão de seus direitos políticos por cinco anos (a contar do trânsito em julgado da decisão) e, ainda, à proibição de contratar com o Poder Público e receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócia majoritária, pelo prazo de três anos. A multa civil deverá ser revertida em favor do erário municipal de Bom Jardim, já que os recursos repassados pelo referido convênio passaram a integrar os cofres municipais no período.

Conforme a sentença – que tem como autor o Município de Bom Jardim – Antônio Roque, enquanto prefeito, celebrou os Convênios N° 277/2007 e 442/2007, entre a Secretaria Estadual de Saúde SES/MA e o Município de Bom Jardim, para a construção de abastecimento de água na localidade Porto Seguro e ampliação e reforma de dois Postos de Saúde nos povoados Novo Carú e São Pedro Carú. Alega que o então gestor, mesmo tendo recebido as verbas dos convênios, deixou de realizar a devida prestação de contas.

O autor anexou ao processo cópia dos ofícios emitidos pela Secretaria Estadual de Saúde requisitando informações acerca da irregularidade encontrada nas prestações de contas referentes ao convênios, que tornaram o município de Bom Jardim inadimplente. O ex-prefeito apresentou contestação pedindo que fosse declarado extinto o processo sem análise do seu mérito, e que fosse reconhecida a inadequação da ação de improbidade. Após intimação, Antônio Roque manifestou-se, requerendo a produção de vistoria por oficial de justiça nos locais dos poços objetos dos convênios.

“De acordo com a documentação acostada aos autos, o convênio não teve sua prestação de contas apresentadas de forma regular até a data da presente ação, não havendo quaisquer documentos nos autos que demonstre o contrário. A administração pública encontra-se obrigada ao princípio da legalidade, insculpido no art. 37, caput, da Constituição Federal, só podendo agir conforme a lei”, frisou o juiz.

A sentença explica que, considerando que não foi apresentada a prestação de contas e sendo inviável apurar se os recursos foram devidamente aplicados, deduz-se a extrema gravidade dos atos contra os interesses da coletividade, devendo o ex-gestor, portanto, ser condenado ao ressarcimento integral do dano, equivalente ao valor repassado ao Município por decorrência do referido convênio, no importe total de R$ 163.424,82 (cento e sessenta e três mil quatrocentos e vinte e quatro reais e oitenta e dois centavos).

Veja!!!! Vereador de Amapá do Maranhão pode perder o mandato por faltar as sessões

A  Câmara Municipal de Amapá do Maranhão poderá realizar um fato inédito: Cassar um Vereador por faltar as reuniões. Trata-se do vereador mais votado nas eleições 2016 Semaias Ribeiro Gonçalves, popularmente conhecido como BAIA (PSL), que pode perder o mandato por faltar às sessões na Câmara.  
A Mesa diretora abriu um inquérito e enviou uma cópia do Processo para o Vereador Baia se defender, o documento foi assinado nesta quarta feira pelo vereador que terá dez dias para apresentar sua defesa. 
Conforme informações o Vereador Semaias Ribeiro Gonçalves,o Baia, que reside em Amapá do Maranhão compareceu apenas a 8 das 16 reuniões realizadas durante o ano de 2017.
Segundo o regulamento da instituição, o vereador que faltar um terço das sessões pode perder o mandato. A Câmara de Amapá do Maranhão realiza apenas duas reuniões por mês e cada parlamentar recebe R$ 2.700,00 mensal.
As Sessões Ordinárias e Extraordinárias é o momento principal do mandato do vereador. Claro que existem outras atribuições, como por exemplo, fiscalizar a administração pública. 
Se um funcionário público que ganha apenas um salário mínimo pelo cumprimento de uma carga horária de oito horas diárias, chegando a ser penalizado caso venha a faltar com suas obrigações, o que deve acontecer com um vereador que falta mais de 50% das sessões e ganha R$ 2.700,00 para participar de apenas duas sessões por mês? 
A denúncia foi feita pela suplente do vereador, Maria das Dores Oliveira Nascimento,que caso o vereador perca o mandato, ela como suplente deve assumir. 
fonte: Neto Weba

Deputado Rogério Cafeteira é alvo de investigação da Polícia Federal

A PF investiga denúncias envolvendo o deputado estadual Rogério Cafeteira (PSB)

As movimentações do deputado, consideradas suspeitas, foram informadas pelo relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) e encaminhadas à Receita Federal, Ministério Público Federal e à Polícia Federal.

Atendendo a pedido da Procuradoria Regional da República, que tem competência para investigar e denunciar deputados estaduais, a PF abriu inquérito e investiga se houve ilícitos nas transações bancárias do parlamentar.

Líder do governo Flávio Dino (PCdoB) na Assembleia, Cafeteira já prestou, inclusive, depoimento na Superintendência da Polícia Federal do Maranhãoe mantém sob extremo sigilo o caso.

O Conselho de Controle de Atividades Financeiras – COAF, é o órgão responsável pela prevenção e combate a prática do crime de lavagem de dinheiro.

Se for denunciado, Rogério Cafeteira pode ser enquadrado no artigo 1º da Lei 9613 (Lavagem de dinheiro) – “Ocultar ou dissimular a natureza, origem, localização, disposição, movimentação ou propriedade de bens, direitos ou valores provenientes, direta ou indiretamente, de infração penal”.

Outra Investigação
Em 2011, o deputado Rogério Cafeteira foi investigado pela Polícia Federal, decorrente do esquema de super faturamento de obras de assentamento do Incra no Maranhão. A PF acabou descobrindo, mas o delegado que estava à frente do caso, Pedro Meireles, achacava para tentar tirar Rogério da investigação.

Vargem Grande: Prefeito Carlinhos Barros empossa 16 novos agentes comunitários de saúde

Na tarde desta segunda-feira (05) o prefeito de Vargem Grande Carlinhos Barros (PCdoB) assinou e entregou as portarias dos 16 novos agentes comunitários de saúde do município. Eles estavam como excedentes do último concurso público, realizado em 2014, e foram convocados agora pela nova administração.
Participaram deste importante momento os secretários Toinho Juvenil (Chefe de Gabinete) e Nicoly Mesquita (Saúde). O prefeito Carlinhos Barros desejou boas vindas aos novos servidores públicos e que eles obtenham sucesso na profissão.
“Esse gesto do prefeito mostra a sua preocupação com a saúde pública e com a melhoria da qualidade de vida da população, pois a classe dos agentes comunitários de saúde é de fundamental importância para o acompanhamento das famílias, bem como facilita o trabalho de vigilância e de promoção da saúde”, explicou a secretária de Saúde Nicoly Mesquita.

Com a chegada dos novos profissionais, foram feitas as redistribuições das áreas e das micro áreas, para assim, aumentar a abrangência dos serviços existentes aos vargem-grandenses.

A jovem Ellen Araújo, umas das pessoas empossadas como agente comunitária de saúde, falou da alegria em poder contribuir com a saúde do município. “Estamos extremamente felizes com a nossa nova profissão, confiantes que estaremos aqui para somar com a equipe da saúde e em melhorar a qualidade de vida da população vargem-grandense”, contou.

Direito de Resposta!!! Grupo Folclórico esclarece os fatos veiculados pelo Blog

O Grupo Folclórico Brilhoso do Sol e Mar esclarece os fatos divulgados pelo Blog

Neste domingo o Grupo Folclórico Brilhoso do Sol e Mar completa 15 anos de vida. Nasceu dentro da União de Moradores do Sol e Mar como uma brincadeira mirim, com objetivo principal de ocupar os jovens e adolescentes e tirar das ruas dando uma opção para ocupar suas mentes.
Desde a sua fundação o brilhoso do Sol e Mar utiliza como sede a União de Moradores do Sol e Mar, que  hoje mantém convênio com a SEMCAS – com atendimento a 50 idosos.
Todas as entidades que estão com a documentação sem problema fiscal, faz parceria para execução de projetos.  A entidade informa que os recursos recebidos são devidamente aplicadosa como manda o projeto e fica responsável pelo pagamento de impostos, despesas e posterior prestação de contas.

Chegamos aos 15 anos de muito trabalho e superação para alcançar o respeito na cultura maranhense no grupo especial. Agradecemos francamente os nossos parceiros e a família brilhoso.

Bom seria se pudessemos obter recursos para trabalhar com projetos através da LEI DE INCENTIVO A CULTURA, porém as empresas CEMAR, MATEUS, AMBEV e outras, dificilmente contemplam as brincadeiras folclóricas com algum tipo de parceria.

Captar recursos através de projetos para cultura tem que ter: credibilidade e competência. Executamos e prestamos contas de cada centavo que recebemos por meio de nossas ações.