BLOG VEJA AGORA - Notícias com veracidade dos fatos

Veja o documento que derrubou o comandante do BPRV

O tenente-coronel Carlos Augusto Magalhães não é mais o comandante do Batalhão de Polícia Rodoviária. Depois da repercussão negativa da controvérsia abordagem de PM’s contra o vereador  Édson Gaguinho (PHS), na terça-feira (3) no bairro Janaína, foi anunciada a exoneração de Carlos Augusto. A demissão do comandante do BPRV acontece no mesmo dia que um grupo formado por 20 vereadores assinaram uma nota  pela qual manifestam repúdio aos integrantes da Polícia Rodoviária que de forma truculenta abordaram o veículo do parlamentar, fato esse gravado em vídeo pelo próprio vereador por meio de seu aparelho celular. O novo comandante do Batalhão deve ser anunciado pelo Comandante da PM-MA, Cel. Luongo na próxima sexta-feira 

“Ela é brava , vai me dar dor de cabeça ” diz Flávio Dino sobre Thaíza Hortegal

Por: Marcelo Vieira

Recentemente logo após anunciar a médica pediatra Thaiza Hortegal como pré-candidata a deputada estadual, o prefeito de Pinheiro, João Luciano, acompanhado do Deputado Federal André Fufuca, fez uma visita de cortesia ao Governador do Maranhão Flávio Dino.

Questões importantes sobre o município de Pinheiro foram levadas ao governador Flávio Dino, entre elas o convênio que foi autorizado pelo governador e logo em seguida assinado com a secretaria estadual de infraestrutura no valor de 2,3 milhões (dois milhões e trezentos mil reais), o recapeamento das ruas danificadas pela Caema, poços artesianos que estão incluídos no projeto de abastecimento da cidade entre outros.

Durante o encontro o prefeito Luciano conversou sobre administrar uma cidade pólo sem representantes nas esferas estadual e federal; aproveitou para agradecer de forma oficial na presença do Governador, o papel importantíssimo do Deputado Federal André Fufuca que abraçou o município destinando emendas e do apoio que tem dado ao projeto da Dra. Thaiza Hortegal para o pleito de 2018.

Sobre a pré-candidatura da primeira-dama Thaiza Hortegal, Flávio Dino recebeu a notícia com entusiasmo e declarou: “Já contamos com Thaizinha no próximo ano na assembleia; Ela é muito brava, já vi que vou ter dor de cabeça”. Brincou o governador.

O prefeito de Pinheiro afirmou que a baixada necessita urgentemente de uma representação comprometida: “Nesse 1 ano e 3 meses de gestão tive que desempenhar o papel de deputado estadual e federal além de prefeito; nosso sistema de governo foi desenvolvido para trabalhar em conjunto, infelizmente a baixada, em especial Pinheiro, não conta com essa contribuição; em 2018 iremos buscar essa representação através do Deputado Federal André Fufuca que vem pra reeleição e já mostrou que tem compromisso com a população pinheirense e a Dra. Thaiza que irá nos representar na assembleia, assim, eu enquanto prefeito, poderei me dedicar único e exclusivamente a Pinheiro com a certeza de que o povo estará bem representado.” Declarou o prefeito.

Vereador Marquinhos diz que seu partido perdeu a ideologia de apoiar o povo

Fiz o melhor de mim para fortalecer o partido e também ajudar a cidade de São Luís mas eu percebi que ao longo do tempo a filosofia do partido que hoje eu faço parte é totalmente o inverso daquilo que eu penso enquanto cidadão

Vereador de quase de 8 mil votos em São Luís dá sinais que vai migrar para outra sigla

O Democratas, agora sob o comando dos comunistas no Maranhão, e partido da qual o vereador Marquinhos faz parte, teve os seus dirigentes duramente criticados pelo parlamentar, da tribuna da Câmara Municipal de São Luís.

O vereador disse que o partido se nega a discutir com as suas bases e que há muito tempo perdeu a ideologia em apoiar o povo. Afirmou também que sente que o partido não lhe dará legenda a disputar o Senado, segundo ele por ser de origem humilde, advindo das camadas mais populares da sociedade.

“Fiz o melhor de mim para fortalecer o partido e também ajudar a cidade de São Luís mas eu percebi que ao longo do tempo a filosofia do partido que hoje eu faço parte é totalmente o inverso daquilo que eu penso enquanto cidadão que luta para defender o interesse da população, a ideologia do partido não condiz com seu estatuto e a filosofia de atender a demanda do povo. Existe uma grande dificuldade de discutir com o partido, que eu deixei bem claro a minha intenção e disposição em disputar o Senado, mas o partido já deixa claro que não tem interesse, deve ser por causa de minha situação oriunda da classe baixa, líder comunitário e pertencer a uma camada mais popular da sociedade”, afirmou o vereador Marquinhos.

A bem da verdade, o deputado federal Juscelino Filho, atual mandatário do democratas no Maranhão, faz um jogo para que o partido seja subserviente ao PC do B, do governador Flávio Dino, vendendo o partido em troca do tempo de televisão no horário político e espaços no governo comunista.

Duarte Júnior é alvo de representação eleitoral

De O Estado

O presidente do Instituto de Promoção e Defesa do Cidadão e Consumidor (Procon) do Maranhão e coordenador do Viva, Hildélis Duarte Júnior, foi denunciado à Procuradoria Regional Eleitoral do Maranhão pelo advogado Thiago Brhanner, por utilização de atos administrativos do órgão vinculados à sua imagem pessoal, tendo em vista as eleições 2018. Trata-se de suposto abuso de poder político, que pode levar Duarte a multa eleitoral e/ou inelegibilidade.

Duarte Júnior é pré-candidato a deputado estadual pelo PCdoB. A pré-candidatura foi anunciada pelo governador Flávio Dino (PCdoB) por meio de seu perfil, no twitter. Na oportunidade, o comunista informou que o auxiliar deixará o cargo no dia 2 de abril.

Na representação, Brhanner faz a relação entre o uso de atos administrativos do Procon por Duarte Júnior, uma entrevista concedida pelo gestor em dezembro do ano passado, quando admitiu a possibilidade de candidatura nas eleições 2018, e o anúncio feito por Flávio Dino no twitter, na semana passada.

O advogado fundamenta a representação, com fatos que atestam que a conduta de Duarte – desmedida, segundo ele -, é também objeto de uma Ação Popular, que tramita na Vara de Interesses Difusos e Coletivos de São Luís.

“Na referida ação foram demonstradas violações aos princípios de impessoalidade, moralidade e probidade administrativas, além de práticas autopromocionais”, destaca o advogado.

Thiago Brhanner afirmou que o teor da ação judicial na qual Duarte figura como réu demonstra “propaganda extemporânea a um possível cargo eletivo”.

“Inclusive em 23.10.2017, o mesmo deu uma entrevista onde, ao expor as atuações do órgão o qual preside também relatou sobre uma suposta candidatura. Ressalta-se que a simples menção a candidatura de um cargo eletivo é conduta ilícita, tipificada no artigo 36-A, caput da Lei 9.504/97. A conduta se torna ainda mais ilícita ao vincular os atos da Administração Pública com a pessoa que exerce cargo público”, sustenta a representação.

Anúncio

Brhanner também aponta o anúncio da pré-candidatura a deputado estadual de Duarte Júnior como prova de que o presidente do Procon tem agido para beneficiar-se eleitoralmente do cargo.

“Ora, a finalidade das realizações administrativas é o interesse público, e não satisfazer o ego de quem ocupa cargo em órgão público. E o que se ratifica atualmente é a menção a uma suposta candidatura tornando-se realidade. O que de fato veio a ser confirmado pelo govenador Flávio Dino. Com efeito, a conduta ora narrada merece, s.m.j., no mínimo, apuração por esse órgão ministerial”, sustentou.

O advogado sugeriu a abertura de processo administrativo no Ministério Público Eleitoral para que sejam apurados os fatos apresentados, bem como aplicadas as sanções previstas na legislação eleitoral, caso constatadas as ilicitudes apontadas.

Absurdo!!! Membro da FMF chama torcedores de quadrilheiros

Torcedores registraram Boletim de Ocorrência e entrarão com queixa-crime contra o diretor da Federação Maranhense de Futebol e também contra a entidade

Diretor da FMF, Márcio Biguá responderá ofensas com processos criminais

Outro torcedor que foi agredido pelo advogado é vereador Marcial Lima (PEN), o mesmo entrará também com processo criminal contra Márcio Biguá e articula uma moção de “Persona Non Grata” contra o advogado da FMF.

Em documento público da FMF, dirigente afirmou à Polícia que as torcidas do Moto Club de São Luís, são conhecidas por sua violência desmedida e destemida. Afirmou ainda que os mesmos são quadrilheiros, ao relatar que o chamamento da PM seria para evitar a ocorrência de crimes diversos, tais como: dano, lesão, corporal, formação de quadrilha, etc.

O que se viu na verdade, foi uma clara tentativa de intimidação da FMF, que culminou com a não ida das Torcidas Organizadas. Os que estiveram presentes foram senhores e senhoras de bem, não vinculados às torcidas organizadas. Boa parte estão registrando boletins de ocorrências contra a FMF e o advogado da entidade, Márcio Biguá, que deverá ser Réu em ações criminais.

Democracia motense: torcedores vão à Justiça, Ministério Público e fazem manifestação na FMF

Torcedores entrarão com pedido de Ação Civil Pública no Ministério Público e medida cautelar na Justiça; Torcidas Organizadas se uniram e farão prostesto na FMF
Um grande movimento pelas redes sociais promete modificar por inteiro as decisões da Federação Maranhense de Futebol – FMF, as torcidas organizadas se uniram e vão protestar nesta segunda-feira (26), a partir das 15h, no Palácio dos Esportes em São Luís e prometem ocupar a sede da federação.

Ministério Público e Justiça

Outro grupo de torcedores motenses encaminharam um Pedido de Ação Civil Pública, ao Ministério Público Estadual e a Promotora Lítia Cavalcante, prometeu receber uma comissão ainda nesta semana, para SUSPENDER a PORTARIA Nº 05/2018 – DCO, que marcou os horários das finais na partida de IDA no dia 05/04/2018 (quinta), às 21:45 horas; e a partida de VOLTA, para o dia 08/04/2018 (domingo), às 18:00 horas;

Este calendário saiu da cabeça de ninguém menos do que Hans Nina, que marcou a primeira partida entre Moto e Imperatriz, para quinta-feira (5), de abril, às 21h45, no Estádio Castelão.

A torcida do Moto Club, afirma que não vai aceitar e vai atuar em todas as instâncias para modificar esta atrocidade praticada pelo diretor de competições da FMF.

 

Deputado Júnior Verde capota carro próximo a Vargem Grande

O deputado estadual Júnior Verde (PRB), sofreu um acidente de carro na manhã deste domingo (25), na altura do município de Vargem Grande. Segundo informações, o veículo aquaplanou devido à forte chuva. O parlamentar que estava na companhia de um amigo foram socorridos por um motorista de uma van que passava pela local no momento do acidente e levado para o hospital São Domingos, em São Luís, ambos já estão em casa e passam bem.

Júnior Verde estava indo para a cidade de Afonso Cunha onde iria participar de reuniões políticas e inaugurações.

Weverton Rocha parabeniza a cidade de Balsas pelo seu centenário

Weverton Rocha parabeniza o povo de Balsas e destaca investimentos ao município

Weverton e o ex-vereador Saraiva, que contribuiu bastante para a história da cidade

O deputado federal Weverton Rocha (PDT), homenageou a cidade de Balsas pelos 100 anos da cidade da soja, mais acolhedora do Brasil, que recebe pessoas de todos os lugares do mundo e que construiu uma história irretocável de beleza e trabalho aos maranhenses.

“Uma grande honra participar do centenário do Balsas, celebrado hoje, e encontrar com personagens que fazem parte da história do município. É o caso do ex-vereador Saraiva. Nos seus três mandatos, ele contribuiu bastante para o desenvolvimento local, tanto na zona rural quanto urbana, investindo em áreas importantes como educação e transporte público”, disse Weverton.

O deputado afirmou também que trabalha fortemente no Congresso Nacional para garantir recursos para a cidade e se orgulha de ter conseguido benefícios para a Saúde, Edução e para a Associação de Pais e Amigos – APAE.

“Hoje, a gente trabalha para dar continuidade a este legado. No ano passado destinei 350 mil reais para a saúde do Balsas e 100 mil reais para a APAE, além de disponibilizar máquinas agrícolas e apoiar a requalificação do aeroporto. Em 2018, teremos mais investimentos. Os balsenses podem continuar contando comigo. Parabéns, Balsas, por este centenário, Vamos em frente”, finalizou o pré-candidato ao Senado, Weverton Rocha.

#CentenárioDoBalsas #Balsas #Maranhão

Vereador Astro de Ogum homenageia ex-presidentes da Câmara Municipal

Astro de Ogum entrega placa a Pereirinha, ao lado do prefeito Edivaldo Holanda Júnior e dos vereadores Honorato Fernandes, Marquinhos, e Josué Pinheiro

Uma sessão solene marcou a entrega de placas em homenagens aos ex-presidentes da Câmara Municipal de São Luís. O evento foi realizado nesta quarta-feira (21) numa proposta do atual presidente da Câmara, vereador Astro de Ogum (PR), por meio do requerimento 078/2018.

Objetivo da solenidade foi lembrar o serviço prestado pelos ex-presidentes que ainda estão vivos e trabalharam com dedicação para o crescimento do Legislativo Ludovicense. Enoque Almeida Filho, Edivaldo Holanda, Manoel Ribeiro, Deco Soares, Pavão Filho, Chico Carvalho, Sousa Bentivi, Ivan Sarney e Isaias Pereirinha receberam placas de honra ao mérito.

Segundo o vereador Astro de Ogum, a sessão marca o começo das comemorações dos 400 anos da Câmara Municipal de São Luís, a quarta casa legislativa do Brasil. “Vamos comemorar esta data não apenas com festa, mas lembrando das pessoas que ajudaram construir a história. A participação de todos os ex-presidentes foi fundamental para o avanço do parlamento são-luisense”, exclamou.

Para o ex-presidente e deputado estadual Edivaldo Holanda Braga, a Câmara Municipal é a escola que todo político deveria iniciar a carreira. “Tive a honra de presidir essa casa em momento importante para história da política maranhense. Me sinto honrado por ser homenageado por um companheiro que ocupa atualmente a mesma cadeira que um dia ocupei”, disse.

O presidente Astro ainda destacou que sempre teve vontade de homenagem os ex-parlamentares em vida.

“Estou há três anos na presidência da casa e nunca imaginei ocupar esse lugar nem por brincadeira. Hoje me sinto feliz em homenagear esses homens que ainda

destacou que sempre teve vontade de homenagem os ex-parlamentares em vida.

“Estou há três anos na presidência da casa e nunca imaginei ocupar esse lugar nem por brincadeira. Hoje me sinto feliz em homenagear esses homens que ainda contribuem e muito para a política do nosso estado”, afirmou.

Texto: Daniel Matos 

Não, Marielle não foi casada com Marcinho VP, não engravidou aos 16 e não foi eleita pelo Comando Vermelho

Uma série de informações falsas circulam nas redes sociais desde a morte da vereadora carioca Marielle Franco (PSOL) na noite da última quarta-feira (14). Uma corrente de WhatsApp reproduzida pela desembargadora do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro Marilia Castro Neves e um tweet do deputado federal Alberto Fraga (DEM-DF) replicaram o boato de que Marielle foi casada com um traficante e tinha associação com o crime. O tweet do deputado foi deletado, mas o estrago já estava feito: nada disso é verdade.

Morta na última quarta-feira (14), Marielle tinha 38 anos de idade e uma filha de 19, chamada Luyara Santos. Isso significa que ela engravidou entre os 18 e 19 anos — e não aos 16.

“Mataram a minha mãe e mais 46 mil eleitores! Nós seremos resistência porque você foi luta! Te amo”, escreveu sua filha nas redes sociais.

Conforme já mostrou o site Boatos.org, Marielle nunca foi casada com ex-traficante — seja lá qual Marcinho VP a corrente de WhatsApp insinua ser. É que existem dois Marcinhos: Márcio Amaro de Oliveira, traficante carioca que atuava na favela Santa Marta, em Botafogo, zona sul do Rio, e Márcio dos Santos Nepomuceno, traficante carioca do Complexo do Alemão, zona norte da capital fluminense.

O primeiro morreu em 2003, dentro do presídio de Bangu 3, e é o personagem central do livro “Abusado”, do jornalista Caco Barcellos. Integrante do Comando Vermelho, estava preso desde abril de 2000, quando foi encontrado no Morro do Falet, no Rio Comprido, zona norte do Rio. Ele estava foragido desde 1997 fora do Rio. Ou seja, a cronologia não bate: na época de sua prisão, Marielle tinha em torno de 20 anos, já tinha uma filha e estudava em pré-vestibular comunitário na Maré. Antes disso, ele sequer estava no Rio.

O Marcinho VP menos midiático é Márcio dos Santos Nepomuceno, preso desde 1997. Foi capturado em Porto Alegre, mas, desde então, também já esteve em Mossoró, no Rio Grande do Norte, e em Catanduvas, no Paraná. A data e os locais também inviabilizam a narrativa de que Marielle fora casada com o traficante.

Por Tai Nalon e Ana Rita Cunha