BLOG VEJA AGORA - Notícias com veracidade dos fatos

Edmar Cutrim sabia da nomeação do filho de Waldir Maranhão

Médico que mora em São Paulo, Thiago Augusto Maranhão recebia R$ 7,5 mil do tribunal maranhense

Edmar-Cutrim

O médico Thiago Augusto Maranhão Cardoso, filho do presidente interino da Câmara, deputado Waldir Maranhão (PP-MA), recebeu mais de R$ 235 mil como assessor de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE-MA), mesmo sem dar expediente.

Ele foi exonerado ontem, a pedido do próprio conselheiro, que o nomeou em seu gabinete no dia 1º de novembro de 2013, apesar de trabalhar em São Paulo, onde também cursava uma pós-graduação.

Nem Thiago Maranhão nem o pai dele se pronunciaram sobre o caso. Em reportagem de O Estado, a partir de dados disponíveis em fontes abertas e no Portal da Transparência da Corte de Contas, mostra que o filho do presidente em exercício da Câmara passou pelo menos dois anos e meio lotado num cargo identificado como TC-04 no TCE.

O salário mensal bruto era de R$ 7,5 mil, complementado com um auxílio-alimentação de R$ 575,00 – depois reajustado para R$ 800, em março de 2014. Houve ainda, nos anos de 2014 e de 2015, sempre no mês de junho, recebimentos de R$ 3,75 mil. O pagamento foi identificado como “Outros”, mas deve se referir à metade do 13º salário.

Não há valores registrados para os meses de abril de 2015 e de 2016. Do levantamento não constam, também, os totais recebidos em novembro e dezembro de 2013, porque o Portal da Transparência só permite consultas a partir de janeiro de 2014.

O Diário Oficial do TCE mostra, ainda, que antes da nomeação no cargo, Thiago Maranhão já ocupava um de simbologia DANS-I, também de assessor de conselheiro. Também não há no Portal da Transparência dados sobre os pagamentos por esse cargo.

Vídeo: Delatora faz grave acusação contra Waldir Maranhão

Waldir Loira

Uma longa investigação de Roberto Cabrini, do SBT, revelou como funcionou o esquema de propinas que envolve políticos dos mais variados escalões.

O deputado federal Waldir Maranhão (PP), agora presidente em exercício da Câmara dos Deputados é um dos denunciados pela modelo Luciane Lauzimar Hoepers, ex-namorada do doleiro Fayed Traboulsi que participou da organização criminosa quebra o silêncio. Ela aponta diretamente Waldir, como recebedor de propina no esquema da operação Miquéias e Lava-jato.

Encontros secretos, escutas telefônicas, acertos fraudulentos, subornos, pagamentos, cofres públicos lesados…

Tudo isso no documentário “Brasília, lado B”. Veja o vídeo:

Fábio Câmara quer criação de ZPE em São Luís

Fábio-Câmara

SÃO LUÍS – O vereador Fábio Câmara, que é pré-candidato a prefeito de São Luís pelo PMDB, propôs hoje (3), através de requerimento protocolizado na Câmara Municipal, para que o executivo viabilize estudo técnico para a criação de Zona de Processamento de Exportação – ZPE. Segundo o vereador, a implantação de uma área voltada para a exportação de produtos dentro da capital ludovicense, iria atrair investidores e aqueceria a geração de emprego e renda que São Luís muito necessita.

Fábio já conta com estudo prévio de viabilidade da ZPE em São Luís e colocará a criação da zona de exportação em seu plano de governo.

Incentivado pelo empresário e especialista em comércio exterior e câmbio, CEO (Diretor Executivo) da Empresa SEED – Gestão em Contatos, Carlos Fernandes, foi quem desenvolveu o projeto de implantação da zona de exportação em São Luís e está prestando consultoria técnica a Fábio.

Em tempo de crise exportações bateram recordes e geraram empregos

BRASÍLIA  –  A balança comercial brasileira registrou superávit de US$ 4,861 bilhões em abril, de acordo com números divulgados nesta segunda-feira (2) pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (Mdic). Segundo a pasta, trata-se do melhor mês de abril de toda a série histórica, iniciada em 1989. O valor é quase dez vezes o registrado no mês de abril de 2015 (US$ 490 milhões).

O número é resultado de exportações de US$ 15,374 bilhões de dólares (crescimento de 1,4% contra um ano antes) e de importações de US$ 10,513 bilhões (queda de 28,3%).

No acumulado do ano, o saldo comercial alcança superávit de US$ 13,249 bilhões de dólares. O número é resultado de exportações de US$ 55,948 bilhões (retração de 3,4% contra o mesmo período de um ano antes) e importações de US$ 42,699 bilhões (queda de 32,2% na mesma comparação).

Os produtos semimanufaturados puxaram a queda das exportações no acumulado do a do ano. A categoria de bens registrou recuo de 5,4%, seguida pelos básicos (-3,1%) e manufaturados (-1,8%). Dentro de semifaturados, o destaque de baixa ficou com ferro e aço, alumínio bruto, óleo de soja em bruto, ferro-ligas, couro e peles.

Entenda o que é um Zona de Processamento de Exportação – ZPE

As Zonas de Processamento de Exportação – ZPEs são distritos industriais incentivados, onde as empresas neles localizadas operam com suspensão de impostos, liberdade cambial (podem manter no exterior, permanentemente, as divisas obtidas nas exportações) e procedimentos administrativos simplificados, com a condição de destinarem pelo menos 80% de sua produção ao mercado externo. A parcela de até 20% da produção vendida no mercado doméstico paga integralmente os impostos normalmente cobrados sobre as importações.

Objetivos

A ZPE é o instrumento mais utilizado no mundo para promover, simultaneamente, os seguintes objetivos:

• Atrair investimentos estrangeiros voltados para as exportações;

• Colocar as empresas nacionais em igualdade de condições com seus concorrentes localizados em outros países, que dispõem de mecanismos semelhantes;

• Criar empregos;

• Aumentar o valor agregado das exportações e fortalecer o balanço de pagamentos;

• Difundir novas tecnologias e práticas mais modernas de gestão; e

• Corrigir desequilíbrios regionais.

Requerimento ZAP

Prefeito de Cajapió já recebeu 26 milhões em transferências do governo federal entre 2015 e 2016

nonato

A prefeitura municipal de Cajapió, já recebeu durante os anos de 2015 e até agora em 2016, o montante de 26 milhões de reais em transferências constitucionais, isso sem contar outros repasses por meios de convênios e verbas da saúde (SUS).

O que se ver na cidade toda, seja na parte de infraestrutura, educação e saúde é uma verdadeira calamidade pública, o ministério público precisa agir com eficiência na fiscalização do dinheiro público que era para ser investido na cidade.

Veja abaixo, os valores recebidos pelo prefeito Nonato Silva (PC do B).

PMCAJAPIO 3 PMCAJAPIO 4 PMCAJAPIO 1 PMCAJAPIO 2

Blitz urbana retira bares do Olho D'água

Em uma ação conjunta da Blitz Urbana e o Ministério Público Estadual, que culminou na manhã desta quarta-feira (20), com a demolição de 5 bares que estão localizados na faixa de praia do Olho d’Água, em São Luís. A operação visa coibir, principalmente a prostituição infantil, que é intensa na área. Os estabelecimentos demolidos foram o Caranguejo Bar, Bar Real, Bar Olho d’água, Zé do Forró, Bar Dunas.

Caranguejo bar

foto_blitzurbana

Prefeito Edivaldo Júnior é marginal, afirma Fábio Câmara

FABIO-CAMARA

Em duro discurso na tribuna da Câmara Municipal de São Luís, nesta terça-feira, (5), o vereador Fábio Câmara (PMDB), chamou o prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT), de marginal. “Já disse aqui nesta Casa que o prefeito Edivaldo é marginal. Ou seja, aquele que está à margem da lei é marginal. Fora da lei não há salvação”, declarou o parlamentar.

A afirmativa do vereador se deu quando ele criticava a grande quantidade de ônibus velhos que trafegam pelas avenidas da capital maranhense. Na oportunidade, o parlamentar cobrou do Procon iniciativa de punir empresários que se utilizam do sistema e não dão qualidade aos usuários do sistema de transporte.

Ele ainda voltou a criticar o reajuste de R$ 0,30 na tarifa do transporte coletivo, concedido pela Prefeitura de São Luís, durante o período da Semana Santa.

Com informações do Blog do Mário Carvalho

Waldir Maranhão é mais sujo que Dilma, afirma jornal norte-americano

Políticos que votam impeachment são acusados de mais corrupção que Dilma, diz jornal americano. A afirmação é do jornal americano Los Angeles Times. Segundo a Transparência Brasil, dos 65 membros da comissão, 37 enfrentam acusações de corrupção ou outros “crimes graves”

Waldir Maranhão responde vários processos na justiça

Waldir Maranhão responde vários processos na justiça

A crise política brasileira continua atraindo as atenções da imprensa internacional. O jornal americano Los Angeles Times divulgou um levantamento feito pela ONG Transparência Brasil sobre os políticos que estão incumbidos de analisar o pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff.

No título da reportagem, a publicação diz: “Os políticos que votam o impeachment da presidente do Brasil são acusados de mais corrupção do que ela”.

LA Times

Ao longo do texto, o jornal cita números pesquisados pela ONG sobre os integrantes da Comissão Especial do Impeachment, formada na Câmara para emitir um parecer sobre o pedido de afastamento da petista, e o Congresso como um todo.

Segundo a Transparência Brasil, dos 65 membros da comissão – formada por deputados de partidos que apoiam o governo, da oposição e dos chamados independentes –, 37 enfrentam acusações de corrupção ou outros “crimes graves”, conforme cita a publicação americana.

“Cinco membros da comissão são acusados de lavagem de dinheiro, outros 6 de conspiração e 19 são investigados por irregularidades nas contas; 33 são acusados ou de corrupção ou de improbidade administrativa; ao todo, 37 membros foram acusados, alguns deles de crimes múltiplos”, afirma.

O Los Angeles Times pondera que os dados fornecidos pela ONG ainda não incluem as informações mais recentes da 26ª fase da Operação Lava Jato, deflagrada na semana passada, e que tem como alvo executivos da Odebrecht e doleiros.

Uma lista da construtora citando mais de 200 políticos de diversos partidos que teriam recebido doações da empresa foi divulgada pela Polícia Federal – e depois colocada sob sigilo pelo juiz federal Sergio Moro –, mas ainda não há confirmação sobre a legalidade ou não desses repasses.

“Dilma Rousseff, por sua vez, nunca foi investigada oficialmente ou acusada de corrupção, apesar de ela ter uma impopularidade gigantesca atualmente e ser considerada culpada pela recessão profunda em que o país se encontra”, afirma o jornal americano.

A abertura do processo de impeachment precisa de aprovação de dois terços dos deputados antes de ir ao Senado. A presidente só será afastada caso a maioria simples dos senadores também dê aval à decisão da Câmara. Caso isso ocorra, ela ficará afastada por até 180 dias à espera do julgamento final pela Casa.

Dos onze deputados eleitos para compor a presidência e mesa diretora da Câmara, oito têm ou tiveram problemas na Justiça ou nos Tribunais de Contas (a média da casa é de 57%). Na lista, há compra de votos, lavagem de dinheiro, fraude em licitações e submissão de trabalhadores a regime análogo à escravidão, entre outros. Dos oito, quatro já sofreram alguma condenação.

Eduardo Cunha (PMDB-RJ)

Cargo: Presidência

Crimes: O parlamentar foi multado juntamente com Domingos Brazão (PMDBRJ) por captação ilícita de sufrágio e por uso eleitoral de serviços custeados pelo poder público na campanha eleitoral de 2006. Brazão ofereceu benefícios de um programa estadual a condomínios em Jacarepaguá e na Baixada Fluminense que apoiassem a campanha política dos dois candidatos. Embora a lei eleitoral preveja cassação de mandato em caso de compra de votos, o parlamentar recebeu apenas multa porque a Justiça Eleitoral decidiu pela condenação somente em 2012, quando seu mandato já havia terminado. Cunha recorre da condenação.

Waldir Maranhão (PP-MA)

Cargo: 1ª Vice-Presidência

Crimes:  Teve rejeitada prestação de contas referente às eleições de 2010 para deputado federal por recebimento de recurso de fonte não identificada. Recorreu da decisão, que foi mantida.  É alvo de inquéritos que apuram crime de lavagem de dinheiro no esquema investigado pela Operação Miqueias da Policia Federal, que consistia em desvio de recursos de fundos de pensão e lavagem de dinheiro. É alvo de representação movida pelo Ministério Público Eleitoral por captação ilícita de recursos. Processo corre sob segredo de justiça.

PREFEITURA DE PAÇO DO LUMIAR SORTEIA, HOJE, 500 CASAS PARA O POVO LUMINENSE

A Prefeitura de Paço do Lumiar realiza, hoje (29), às 14h, o sorteio dos endereços dos 500 mutuários contemplados com as unidades habitacionais da primeira etapa do Residencial Morada do Bosque, na Estrada de Iguaíba.

loteamento_01

A ação integra o Programa ‘Minha Casa, Minha Vida’, fruto do convênio da Administração Municipal com o Governo Federal e a Caixa Econômica Federal (CEF). Os contemplados deverão comparecer ao local do sorteio com Carteira de Identidade e CPF. A relação nominal está disponível no site www.pacodolumiar.ma.gov.br.

O evento acontece no Convento das Irmãs da Purificação, na Avenida 4 do Maiobão, com as presenças do prefeito Josemar Sobreiro; de representantes da CEF e da Construtora Canopus Engenharia.

A segunda fase de sorteios está prevista para o mês de maio. Até o final do ano, serão 2.855 famílias de Paço do Lumiar contempladas com imóveis do Minha Casa, Minha Vida.

SERVIÇO
O QUÊ: Sorteio dos endereços de 500 mutuários do Residencial Morada do Bosque I
QUANDO: HOJE (29), às 14h
ONDE: Convento das Irmãs da Purificação (Avenida 4 do Bairro Maiobão)

ATENÇÃO MINISTÉRIO PÚBLICO / GAECO / PF !!! ESQUEMA DE CORRUPÇÃO NA SECRETARIA DE SAÚDE DO ESTADO PRECISA SER INVESTIGADO

Jerry PF

A exoneração repentina de Rosângela Curado (PDT), como Secretária Adjunta da Secretaria de Estado da Saúde – SES e a saída de Taíza Hortegal, do Centro de Hemoterapia – Hemomar, esposa do suplente de Deputado Estadual Luciano Genésio (PSDB), abre um precedente muito grande e indagações que apenas o secretário de articulação política pode responder.

QUE ESQUEMA GIGANTESCO É ESTE NA SAÚDE QUE CHEGOU AO CONHECIMENTO DO SECRETÁRIO DE ARTICULAÇÃO POLÍTICA, MÁRCIO JERRY???

E PORQUÊ ROSÂNGELA CURADO E THAÍZA HORTEGAL, REPASSARAM A MÁRCIO JERRY O ESQUEMA DE CORRUPÇÃO QUE ESTA(VA) ACONTECENDO, E ELE AO CONTRÁRIO DE MANDAR INVESTIGAR, AS DUAS FORAM EXONERADAS???

O AINDA SUPERINTENDENTE REGIONAL DE ARTICULAÇÃO DE PINHEIRO, LUCIANO GENÉSIO, DIZ NA CONVERSA QUE “CURADO FOI CHAMADA AO PALÁCIO DOS LEÕES E JERRY MOSTROU PROVAS“, QUAIS PROVAS FORAM ESTAS E PORQUÊ MÁRCIO JERRY NÃO MANDOU INVESTIGAR????

DE CERTO, AS ACUSAÇÕES DE LUCIANO GENÉSIO DEVEM SER INVESTIGADAS PELO MINISTÉRIO PÚBLICO E O SECRETÁRIO MÁRCIO JERRY DEVE SER CONVIDADO / CONVOCADO, NO MÍNIMO, NA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA PARA ESCLARECER ESTAS ACUSAÇÕES.

VEJA ABAIXO, A CONVERSA DO SUPERINTENDENTE DO GOVERNO DINO, EM UMA REDE SOCIAL.

LG 1 LG 2 LG 3 LG 4

Com informações do Blog do Filipe Mota

ESCÂNDALO EM SÃO VICENTE FÉRRER: PREFEITA RECEBEU QUASE 5 MILHÕES PARA A SAÚDE E O MUNICÍPIO NÃO TEM NADA

Maria Raimunda fotoA prefeita Maria Raimunda, do  município de São Vicente Férrer, recebeu durante o ano de 2015, R$ 4.361.342,85 (Quatro milhões, trezentos e sessenta e mil, trezentos e quarenta e dois reais e oitenta e cinco centavos), em repasses do governo federal em verbas para serem aplicadas na saúde do município.

O Ministério Público do Estado do Maranhão ajuizou duas ações contra o Município de São Vicente Férrer. A Ação Civil Pública de Obrigação de Fazer bloqueou as contas do município no Banco do Brasil para garantir o pagamento de parte dos salários atrasados. Os servidores da saúde estão há 10 meses sem perceberem seus vencimentos, os três postos de saúde do município estão fechados, exames laboratoriais estão suspensos desde o começo da gestão de Maria Raimunda.

No hospital municipal Jacinto Santos, nunca houve exames preventivos nos últimos três anos e material básico para sutura e curativos simples, os servidores, enfermeiros, técnicos estão 4 meses sem salários.

O blog recebeu também denúncias de que os filhos da prefeita e seus parentes estão lotados nas secretarias municipais, é o caso Linda (filha), Secretária de Saúde; Valdecir Araújo (filho), Secretário de Cultura; Magno Araújo (filho), Secretário de Finanças. O filho da prefeita e secretário de cultura do município é conhecido na cidade como o “Rei do Paredão”, por ter criado uma estrutura de sonorização em uma pick-up, já o outro filho que é o dono do cofre municipal, é conhecido como Magno Ostentação, que enfrenta sérios problemas com álcool e a filha, a Linda está atolada até o pescoço com problemas na área da saúde.

Veja abaixo, os repasses feitos pelo governo federal para o município e tire suas conclusões:

Maria RaimundaMaria Raimunda 2