BLOG VEJA AGORA - Notícias com veracidade dos fatos

Bomba!!! Prefeito que recebeu 226 milhões em repasses federais, mora em mansão

Carrinho Muniz

O prefeito do município de São Bento, Carrinho Muniz (PSDB), que recebeu até este mês de agosto, R$ 226 (duzentos e vinte e seis milhões de reais), durante sua administração.

O prefeito anda alardeando que não paga o funcionalismo por conta que não recebe recursos suficientes para honrar com a folha de pessoal.

Mas, em seu mandato de quase 4 anos, deixou de morar numa casa na Rua Maria Alice no bairro da Divinéia, área periférica de São Luís, em que o imóvel era avaliado em 30 mil reais, para morar em área nobre, situada no turú – Chácara Brasil, na Rua Minas Gerais, número X.

Andam falando que o maior medo de Carrinho Muniz, é que os eleitores da cidade de São Bento descubram seu endereço, este Blog divulga com exclusividade, as duas moradias, a anterior antes de ser prefeito e a de agora exercendo o mandato de prefeito.

O prefeito que andava em um Fiat Siena, modelo antigo, agora desfila com carros importados, Toyota -SW4, Honda -New Civic e num Hyundai – HB20.

O Blog procurou os endereços acima citados e procurou o atual gestor para prestar informações sobre as denúncias e o mesmo não obteve êxito.

Casa em que o prefeito carrinho morava antes de ser prefeito, avaliada em 40 mil reais

(ANTES) Casa em que o prefeito carrinho morava antes de ser prefeito, avaliada em 40 mil reais 

Mansão avaliada em mais de 1 milhão de reais, situada na Chácara Brasil, área nobre de São Luís

(DEPOIS) Mansão avaliada em mais de 1 milhão de reais, situada na Chácara Brasil, área nobre de São Luís

Vereador Pedro Lucas quer definir MA's dentro de Sao Luis

O objetivo do vereador é evitar punições desnecessárias a motoristas, a partir da Lei 13.290/16, que obriga o uso do farol aceso durante o dia nas estradas

Pedro Lucas Fernandes 3

Em conversa com jornalistas, o vereador Pedro Lucas Fernandes (PTB), afirmou que tão logo retorne do recesso parlamentar, vai apresentar uma indicação ao governador Flávio Dino, para que o Executivo redefina as MA’s dentro de São Luís.

O objetivo do vereador é evitar punições desnecessárias a motoristas, a partir da Lei 13.290/16, que obriga o uso do farol aceso durante o dia nas estradas.

“Essa chega a ser uma obrigatoriedade sem qualquer fundamento ou lógica, visto que temos MA’s que interligam avenidas e não São Luís a outra cidade. Imagine sair da Avenida Carlos Cunha, entrar na Via Expressa e, se não estiver de farol aceso, o cidadão ser multado? Temos que ser práticos. A Via Expressa integra o percurso de milhares de pessoas que por ali passam todos os dias e, portanto, compõe a malha viária de dentro de São Luís. É por esse motivo que assim que retornar do nosso recesso, na indicação que farei ao governador, pedirei a redefinição das MA’s que cortam a cidade para que ninguém seja punido desnecessariamente”, afirmou Pedro Lucas.

A obrigatoriedade do uso de farol aceso durante o dia está em vigor desde o dia 8 de julho, quando terminou o prazo para que motoristas se adaptassem à nova medida.

Prefeitura de Paço do Lumiar começa a pagar primeira parcela do 13º salário na próxima quarta-feira (20)

logomarca-da-prfeitura-de-paço-do-lumiar.

A Prefeitura de Paço do Lumiar inicia, no próximo dia 20 de julho, o repasse da primeira parcela do 13º salário de 2016.  O pagamento será creditado nas contas dos servidores de acordo com uma programação definida por órgão de lotação no município.

Pelo calendário da Secretaria de Administração e Finanças (SEMAF), os servidores da Secretaria Municipal de Educação (SEMED) terão seus benefícios depositados já nesta quarta-feira (20), com destaque para a categoria dos professores. Já no dia 20 de agosto, será a vez da SEMAF e as secretarias vinculadas a ela. O escalonamento prossegue pela Secretaria de Desenvolvimento Social (SEMDES), na data de 20 de setembro, finalizando em 15 de novembro, pelos funcionários da Saúde.

A programação foi iniciada pelos aposentados e pensionistas do PrevPaço, os primeiros beneficiados com a medida, que tiveram os 50% do 13º  disponibilizados ainda no mês de junho.

A legislação prevê que a primeira parcela deve ser quitada até o dia 30 de novembro, e mesmo com a crise econômica que atinge o país, e que tem provocado inúmeras perdas financeiras para as cidades e estados da federação, Paço do Lumiar fará o repasse da primeira parcela do 13º salário antes do fim do prazo.

“Mesmo em um momento financeiro difícil para o município, estamos trabalhando para liquidar esta primeira parcela, que corresponde a 50% das vantagens. Tal ação só foi possível graças ao ajustamento financeiro feito com responsabilidade nas contas municipais”, enfatizou o titular da SEMAF, Gean Monteiro.

Nova tragédia na BR-135 volta a gerar revolta em deputados na Assembleia

César Pires classificou de covarde a classe política, que não consegue convencer o Governo Federal da importância da duplicação da rodovia, palco de acidentes fatais

BR 135

A ocorrência de mais uma tragédia na BR-135, justamente no trecho em que se arrastam desde setembro de 2012 as obras de duplicação da rodovia – entre o Estreito dos Mosquitos e a cidade de Bacabeira –, reacendeu na Assembleia Legislativa o debate sobre o atraso na conclusão do serviço.
No domingo, 3, oito pessoas que estavam em um carro de passeio usado para fretamento morreram após o veículo colidir frontalmente com um caminhão de lixo, que tentava fazer uma ultrapassagem no Campo de Perizes.
Esta é a segunda ocorrência de maior repercussão na rodovia. Em março, a bailarina Ana Duarte foi assassinada no trecho da BR-135 dentro da Ilha de São Luís, quando reduziu a velocidade do seu veículo por causa da buraqueira.
“Nós somos todos covardes. Não temos sido competentes para pressionar devidamente o Governo Federal a concluir essa obra”, afirmou o deputado César Pires (PEN), citando entre os “culpados”, além da União, os deputados estaduais e federais e os senadores maranhenses, além do Governo do Estado.

LAMENTAÇÕES
O parlamentar citou, além da falta de duplicação, outros problemas da via. “Até quando, desta tribuna aqui, nós vamos continuar na lamentação”?
Não tem sinalização horizontal também nesses 17 quilômetros, não tem acompanhamento da Polícia Rodoviária Federal nesses 17 quilômetros. Serão precisos mais mortos para que a gente possa vir aqui fazer cara de mercador, ou tentar fazer média para a imprensa por sensibilidade, quando na verdade nós também somos culpados disso?”, questionou.

César Pires classificou de covarde a classe política, que não consegue convencer o Governo Federal da importância da duplicação da rodovia, palco de acidentes fatais.

PALIATIVOS

Logo após o assassinato da bailarina Ana Duarte, o Dnit reforçou as equipes de recuperação emergencial da BR-135 no trecho dentro da Ilha de São Luís. O ritmo da duplicação, no entanto, segue muito lento. Apesar disso, o órgão garante que as obras não estão paradas.
Dnit só age após registro de tragédias dades e imprudências, o deputado Cabo Campos (DEM) classificou o trecho da BR-135 de “lixo”.
“Oito vidas de uma só vez. Vidas que cruzaram com uma caçamba carregada de lixo. Um verdadeiro lixo que é a BR-135”, disse. Sem citar um culpado específico para a tragédia, ele insinuou que a responsabilidade é do Governo Federal.

DEPUTADO EDUARDO BRAIDE QUER QUE O EXERCITO ASSUMA A OBRA

O deputado Eduardo Braide (PMN) revelou que apresentará requerimento que, se aprovado, possibilitará o encaminhamento de um pedido formal ao Ministério dos Transportes para que a obra de duplicação seja delegada ao Departamento de Engenharia e Construção (DEC) do Exército.

O parlamentar decidiu fazer esse encaminhamento após uma reunião com o comandante do 24º Batalhão da Infantaria Leve (BIL), tenente-coronel Azevedo, ainda na semana passada. “Ele me disse que o Exército tem condições e efetivo para executar essa obra. Apresentaremos um requerimento para que seja encaminhada essa solicitação ao Ministro dos Transportes, para que ele possa fazer essa mudança”, afirmou. 

Prefeitura de Paço antecipa pagamento de servidores

A Prefeitura de Paço do Lumiar antecipará, mais uma vez, o pagamento de todos os servidores municipais

Josemar-Concurso

A determinação dada pelo prefeito Josemar Sobreiro para que a Secretaria de Administração e Finanças deposite os salários do mês de maio na conta dos funcionários, já nas primeiras horas deste sábado (28), deve aquecer as vendas do comércio local neste período.

“Apesar da crise financeira que se abate sobre o país, temos conseguido manter o pagamento integral do funcionalismo antes mesmo do fechamento do mês. Desde que assumimos a administração de Paço do Lumiar nos preocupamos em manter a folha em dias, o que só foi possível porque temos trabalhado diuturnamente para otimizar a arrecadação, priorizando a deliberação da nossa receita para áreas estratégicas e pontuais para que a gestão possa continuar avançando”, destacou Josemar.

O prefeito Josemar disse ainda, que mais uma vez, o pagamento aos servidores estará liberado antes do prazo previsto, que poderia ser até a próxima sexta-feira, dia 3 de junho, ou seja, no terceiro dia útil do mês seguinte, conforme lei orçamentária de 2016.

Esta medida só foi possível por conta do ajuste financeiro e administrativo que vem sendo feito pelo executivo municipal luminense.

Bomba!!! Prefeito de São Bento recebeu 100 milhões em repasses constitucionais e não paga servidores

Carrinho

O atual prefeito do município de São Bento, Carlos Alberto Lopes Pereira (PSDB), mais conhecido como “Carrinho Muniz”, filho do saudoso João Muniz, ex-prefeito da cidade, já recebeu em repasses de verbas constitucionais do Governo Federal, a bagatela de R$ 98.501.000,00 (Noventa e oito milhões e quinhentos e um mil reais), em repasses federais, entre os anos de 2015 e nos cinco primeiros meses de 2016.

O prefeito não paga o salário dos servidores a cerca de cinco meses e anda espalhando pela cidade que o problema é a crise, mas, como você pode observar nos nos documentos extraídos pelo Blog, no portal da transparência, o governo federal vem repassando normalmente os recursos aos cofres do município de São Bento. A cidade está jogada às traças, hospitais fechados, escolas sem merenda segundo informantes do Blog.

O Blog recebeu a informação e está levantando, que o prefeito “Carrinho” comprou carros de luxo e uma mansão no bairro Chácara Brasil em São Luís. Na próxima semana o Blog trará com exclusividade, fotos da mansão.

Veja abaixo os documentos com as informações dos repasses feitos ao município, e não estamos levando em conta a arrecadação do município e nem os repasses estaduais.

São Bento 2015 São Bento 2015 2 São Bento 2015 3 São Bento 2015 4

São Bento São Bento 2 São Bento 3

São Bento SUS 2015 São Bento Detalhamento SUS 2015

São Bento SUS 2016 São Bento Detalhamento SUS 2016

Empossado para presidir TSE, Gilmar diz que país leniente 'ficou para trás'

Na cerimônia em que foi empossado como presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), na noite desta quinta-feira (12), o ministro Gilmar Mendes afirmou que o “país se reorientou” e que o Brasil “leniente e apático ficou para trás”. A declaração foi dada quando o magistradao se referia ao julgamento do mensalão e à operação Lava Jato, que investiga esquema de corrupção na Petrobras.

Gilmar Mendes, que também é ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), ocupará a vaga de presidente do TSE no lugar de Dias Toffoli. O mandato se encerra em fevereiro de 2018, quando Gilmar deverá deixar o tribunal. Nesse período, o vice-presidente da Corte será Luiz Fux, também ministro do Supremo.

“Não remanesce qualquer dúvida de que o país se reorientou, guiando-se agora pelos ventos incontroláveis da participação cidadã. Se, no julgamento do mensalão, iniciou-se a decisiva sinalização de que, vez por todas, a era da impunidade e da complacência com os poderosos sucumbia […], as competentes investigações em curso na Operação Lava Jato comprovam, de forma cabal, que o Brasil leniente e apático ficou para trás”, disse o ministro em discurso.

Ao lado do presidente em exercício Michel Temer, que assumiu a presidência da República nesta quinta, após o Senado aprovar a admissibilidade do processo de impeachment de Dilma Rousseff, Gilmar Mendes fez duras reflexões sobre a crise que atravessa o país. Ao final, desejou “sucesso ao professor Michel Temer nesta difícil missão”, depois de agradecer a presença do ex-presidente José Sarney, presente na cerimônia.

No discurso, Mendes se referiu ao período recente da vida pública como “tragédia de erros que desestabilizou a economia e destroçou o sistema político-eleitoral”. Ele falou em “explosivos problemas”, “terríveis e ininterruptas tempestades”, “abissal crise política”, e “presidencialismo de cooptação”. A final de cada crítica, porém, ressaltava a importância e força das instituições brasileiras para enfrentar os problemas.


 

Edmar Cutrim sabia da nomeação do filho de Waldir Maranhão

Médico que mora em São Paulo, Thiago Augusto Maranhão recebia R$ 7,5 mil do tribunal maranhense

Edmar-Cutrim

O médico Thiago Augusto Maranhão Cardoso, filho do presidente interino da Câmara, deputado Waldir Maranhão (PP-MA), recebeu mais de R$ 235 mil como assessor de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE-MA), mesmo sem dar expediente.

Ele foi exonerado ontem, a pedido do próprio conselheiro, que o nomeou em seu gabinete no dia 1º de novembro de 2013, apesar de trabalhar em São Paulo, onde também cursava uma pós-graduação.

Nem Thiago Maranhão nem o pai dele se pronunciaram sobre o caso. Em reportagem de O Estado, a partir de dados disponíveis em fontes abertas e no Portal da Transparência da Corte de Contas, mostra que o filho do presidente em exercício da Câmara passou pelo menos dois anos e meio lotado num cargo identificado como TC-04 no TCE.

O salário mensal bruto era de R$ 7,5 mil, complementado com um auxílio-alimentação de R$ 575,00 – depois reajustado para R$ 800, em março de 2014. Houve ainda, nos anos de 2014 e de 2015, sempre no mês de junho, recebimentos de R$ 3,75 mil. O pagamento foi identificado como “Outros”, mas deve se referir à metade do 13º salário.

Não há valores registrados para os meses de abril de 2015 e de 2016. Do levantamento não constam, também, os totais recebidos em novembro e dezembro de 2013, porque o Portal da Transparência só permite consultas a partir de janeiro de 2014.

O Diário Oficial do TCE mostra, ainda, que antes da nomeação no cargo, Thiago Maranhão já ocupava um de simbologia DANS-I, também de assessor de conselheiro. Também não há no Portal da Transparência dados sobre os pagamentos por esse cargo.

Vídeo: Delatora faz grave acusação contra Waldir Maranhão

Waldir Loira

Uma longa investigação de Roberto Cabrini, do SBT, revelou como funcionou o esquema de propinas que envolve políticos dos mais variados escalões.

O deputado federal Waldir Maranhão (PP), agora presidente em exercício da Câmara dos Deputados é um dos denunciados pela modelo Luciane Lauzimar Hoepers, ex-namorada do doleiro Fayed Traboulsi que participou da organização criminosa quebra o silêncio. Ela aponta diretamente Waldir, como recebedor de propina no esquema da operação Miquéias e Lava-jato.

Encontros secretos, escutas telefônicas, acertos fraudulentos, subornos, pagamentos, cofres públicos lesados…

Tudo isso no documentário “Brasília, lado B”. Veja o vídeo:

Fábio Câmara quer criação de ZPE em São Luís

Fábio-Câmara

SÃO LUÍS – O vereador Fábio Câmara, que é pré-candidato a prefeito de São Luís pelo PMDB, propôs hoje (3), através de requerimento protocolizado na Câmara Municipal, para que o executivo viabilize estudo técnico para a criação de Zona de Processamento de Exportação – ZPE. Segundo o vereador, a implantação de uma área voltada para a exportação de produtos dentro da capital ludovicense, iria atrair investidores e aqueceria a geração de emprego e renda que São Luís muito necessita.

Fábio já conta com estudo prévio de viabilidade da ZPE em São Luís e colocará a criação da zona de exportação em seu plano de governo.

Incentivado pelo empresário e especialista em comércio exterior e câmbio, CEO (Diretor Executivo) da Empresa SEED – Gestão em Contatos, Carlos Fernandes, foi quem desenvolveu o projeto de implantação da zona de exportação em São Luís e está prestando consultoria técnica a Fábio.

Em tempo de crise exportações bateram recordes e geraram empregos

BRASÍLIA  –  A balança comercial brasileira registrou superávit de US$ 4,861 bilhões em abril, de acordo com números divulgados nesta segunda-feira (2) pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (Mdic). Segundo a pasta, trata-se do melhor mês de abril de toda a série histórica, iniciada em 1989. O valor é quase dez vezes o registrado no mês de abril de 2015 (US$ 490 milhões).

O número é resultado de exportações de US$ 15,374 bilhões de dólares (crescimento de 1,4% contra um ano antes) e de importações de US$ 10,513 bilhões (queda de 28,3%).

No acumulado do ano, o saldo comercial alcança superávit de US$ 13,249 bilhões de dólares. O número é resultado de exportações de US$ 55,948 bilhões (retração de 3,4% contra o mesmo período de um ano antes) e importações de US$ 42,699 bilhões (queda de 32,2% na mesma comparação).

Os produtos semimanufaturados puxaram a queda das exportações no acumulado do a do ano. A categoria de bens registrou recuo de 5,4%, seguida pelos básicos (-3,1%) e manufaturados (-1,8%). Dentro de semifaturados, o destaque de baixa ficou com ferro e aço, alumínio bruto, óleo de soja em bruto, ferro-ligas, couro e peles.

Entenda o que é um Zona de Processamento de Exportação – ZPE

As Zonas de Processamento de Exportação – ZPEs são distritos industriais incentivados, onde as empresas neles localizadas operam com suspensão de impostos, liberdade cambial (podem manter no exterior, permanentemente, as divisas obtidas nas exportações) e procedimentos administrativos simplificados, com a condição de destinarem pelo menos 80% de sua produção ao mercado externo. A parcela de até 20% da produção vendida no mercado doméstico paga integralmente os impostos normalmente cobrados sobre as importações.

Objetivos

A ZPE é o instrumento mais utilizado no mundo para promover, simultaneamente, os seguintes objetivos:

• Atrair investimentos estrangeiros voltados para as exportações;

• Colocar as empresas nacionais em igualdade de condições com seus concorrentes localizados em outros países, que dispõem de mecanismos semelhantes;

• Criar empregos;

• Aumentar o valor agregado das exportações e fortalecer o balanço de pagamentos;

• Difundir novas tecnologias e práticas mais modernas de gestão; e

• Corrigir desequilíbrios regionais.

Requerimento ZAP