BLOG VEJA AGORA - Notícias com veracidade dos fatos

Veja Agora!!! Dilma supera Aécio e lidera pesquisas para o Senado em Minas Gerais

A presidente deposta Dilma Rousseff poderá dar a volta por cima nas eleições de 2018; isso porque ela lidera as pesquisas para o Senado em Minas Gerais e poderá bater, mais uma vez, o senador Aécio Neves (PSDB-MG), que, após ser derrotado por ela na disputa presidencial de 2014, se uniu ao ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) para golpear a democracia brasileira; Dilma tem 12% das intenções espontâneas e aparece à frente de Aécio, com 10%, que ainda pode desabar com a divulgação de seus grampos com a JBS, em que ele fala em matar o primo Fred Pacheco, que recebeu malas de R$ 2 milhões; outro senador que concorreria com Dilma seria Zezé Perrela (SD-MG), também envolvido no escândalo JBS, uma vez que o dinheiro das malas foi encaminhado a uma das suas empresas.

Pré-campanha: Weverton ao Senado acontece neste sábado (23), em Imperatriz

O Deputado Federal Weverton Rocha estará em Imperatriz neste sábado (23), pra mais um encontro em torno do seu projeto eleitoral de 2018

Weverton fará o lançamento da sua pré-campanha ao Senado Federal, para prefeitos e lideranças estaduais da Região Tocantina, neste sábado (23), na oportunidade, o pré-candidato discutirá com as lideranças regionais, melhorias e propostas para que sejam levadas ao Senado.

O pre-candidato vem reunindo a classe política, empresarial e demais setores, para juntos, firmaram um compromisso de desenvolvimento do Maranhão, cidades como Santa Inês, Balsas, Barra do Corda, Codó Balsas, Pedreiras e Santa Inês já receberam a “Caravana”. O último encontro foi na cidade de Pedreiras, onde mais de 40 prefeitos se fizeram presentes.

Agora é a vez da Princesa do Tocantins receber a pré-campanha Weverton Senador, já confirmaram presença, vereadores, deputados estaduais, deputados federais e prefeitos, além de secretários de estado.

O quê ???? Pré-campanha Weverton Senador

Onde ??? Imperatriz

Local ?? Loja Maçônica – Rua Alagoas – Bairro Bacuri

Hora ? A partir das 14

“Distritão” é rejeitado por deputados em votação na Câmara

Depois de muitas idas e vindas, o plenário da Câmara rejeitou nesta terça-feira, 19, a proposta para alterar o sistema eleitoral do País. Foram 205 votos a favor, 238 contra e uma abstenção. Por se tratar de uma emenda à Constituição, o texto precisava do voto favorável de 308 dos 513 deputados.
Diante do resultado, os deputados devem abandonar a votação dos demais itens dessa proposta, que incluía também a criação de um fundo público para financiamento de campanha.
A votação desta terça-feira encerra uma discussão de meses. Sem consenso, líderes da Casa tentaram por diversas vezes aprovar a PEC, mas não conseguiram chegar a um texto de acordo.
Partidos como PMDB, PP e PSDB eram a favor da mudança do sistema eleitoral, mas resistiam em apoiar a criação do fundo. PT, PCdoB e PDT apoiavam o fundo, mas não aceitavam o distritão.
A aposta dos deputados agora para não enterrar de vez a reforma a política é retomar a PEC que foi relatada pela deputada Shéridan (PSDB-RR), que acaba com as coligações para as eleições proporcionais e estabelece uma cláusula de desempenho para que as legendas possam ter acesso aos recursos do fundo partidário e ao tempo de propaganda no rádio e na TV.

Veja Agora! Começa a segunda edição do programa Moto Legal

O Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran-MA) começa a atender os interessados em aderir ao programa “Moto Legal” do Governo do Estado, a partir desta segunda-feira (18). O objetivo é a regularização de motocicletas através do pagamento de tributos em atraso.

Essa é a segunda edição do programa “Moto Legal” e vai permitir a legalização do veículo com o pagamento de R$ 50,00 (cinquenta reais) por cada ano de atraso. Desse montante, R$ 20,00 (vinte reais) corresponde ao licenciamento, e R$ 30,00 (trinta reais) ao IPVA. Ou seja, se a moto estiver com o IPVA e o licenciamento atrasados há um ano, a quantia a ser paga é de R$ 50,00 (cinquenta reais). Se forem dois anos: R$ 100,00 (cem reais), e assim sucessivamente.

O programa também oferece vantagens para a quitação do IPVA 2017. Nesse caso, o beneficiado é dispensado de pagar juros e multas por atraso, e ainda tem um desconto de 50% do valor devido.

O “Moto Legal” beneficia apenas pessoas físicas com Carteira Nacional de Habilitação devidamente regularizada. Veículos pertencentes a empresas ou outro tipo de pessoa jurídica não podem participar. As motos também não podem ter multas em aberto, as quais deverão ser quitadas para que o proprietário faça jus ao benefício.

A adesão aos benefícios deve ser feita nos postos do Detran-MA somente até o dia 18 de dezembro de 2017. O programa não inclui a quitação de débitos relativos ao DPVAT, que é de competência federal.

Vale ressaltar que as multas em aberto deverão ser quitadas.

Cleomar Tema quer redução da taxa de iluminação paga pelos municípios

Em reunião com com diretores da Companhia Energética do Maranhão (Cemar), o presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem), Cleomar Tema, solicitou que a empresa estude a possibilidade de reduzir, de 5% para 2%, a cobrança da taxa de administração da iluminação pública paga pelos municípios maranhenses. Ele pleiteou também a redução, em 10%, da cobrança por estimativa dos Parques Municipais de Iluminação Pública.

As reivindicações tratam-se de sugestões apresentadas por gestores públicos municipais que participaram, este mês, do evento Diálogo Municipalista promovido, em São Luís, pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM) e que teve o apoio da Famem.

“Os municípios do Maranhão, assim como dos demais estados, passam por sérias dificuldades financeiras. Portanto, este tipo de redução no setor da iluminação pública contribuirá no trabalho de equilíbrio das contas”, ressaltou Tema.

Ficou definido que nos próximos dias a Famem formalizará a reivindicação por meio de ofício que será encaminhado a Cemar.

Segundo a assessoria de imprensa da entidade municipalista, o diretor da Companhia, José Jorge Leite Soares, elogiou a iniciativa e avaliou como perfeitamente cabível a implementação do pleito em favor dos municípios.

Deputado Wellington do curso realiza sessão solene em homenagem ao Dia do Soldado

Ao fazer referência ao Dia do Soldado, celebrado hoje (25), o deputado estadual Wellington do Curso (PP) realizou, na última quinta-feira (24), uma sessão solene em homenagem à data comemorativa, contando com a presença de praças e oficiais do Maranhão. Estiveram presentes o Diretor do Centro de Lançamento de Alcântara, Coronel Engenheiro Luciano Valentim Rechiuti; Comandante Geral da Polícia Militar, Coronel José Frederico Pereira; representante do Corpo de Bombeiros, Coronel Roberth; do 24º BIL, na pessoa do Coronel Marcus Vinicius Soares Guimarães de Oliveira.

Na ocasião, o deputado Wellington, que foi sargento do Exército durante 15 anos, destacou a importância das funções desempenhadas pelos militares no Maranhão.

“Servi ao Exército por 15 anos e foi ali que aprimorei as maiores lições, que trago, inclusive, até os dias atuais. Tenho muito orgulho por ter sido sargento do Exército durante 15 anos. Aprendi o significado de disciplina, de hierarquia e de comprometimento. Sem dúvida alguma, os militares exercem grande papel na sociedade e é por isso que, no Parlamento Estadual, tenho feito uma defesa incondicional dos interesses da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros do Maranhao desde o início do mandato. Apresentei a indicação, já em 2015, que resultou na gratificação aos policiais militares por arma apreendida, por exemplo. Nosso apoio é irrestrito a cada militar, homens e mulheres, que defende a nossa população com a coragem de quem sabe que tem uma das mais belas missões: a de proteger a vida. Todo militar, independentemente da patente, é também um soldado. A vocês, o meu muito obrigado, em nome do povo do Maranhão”, disse Wellington.

“Nós ficamos muito dignificados quando somos homenageados aqui na Assembleia Legislativa”, disse o tenente-coronel do 24º Batalhão de Infantaria Leve, Marcos Vinícius. Ele informou que no Estado do Maranhão, existem três organizações militares: O 24º Batalhão de Infantaria Leve; a 27º Circunscrição do Serviço Militar, sediados em São Luís e o 5º Batalhão de Infantaria de Selva, localizado em Imperatriz. “Todas essas unidades operacionais estão destinadas a participar da segurança integrada do nosso Estado e cumprir a sua função constitucional, defendendo a pátria. Nossa rotina de preparo é diária, constante, para sempre estarmos prontos para cumprir a sua missão. Hoje, nós temos no Exército 480 homens e mulheres”, disse Marcos Vinícius.

O comandante da Polícia Militar do Estado do Maranhão, Cononel Pereira disse que ficou muito feliz pela homenagem e agradeceu ao deputado Wellington pela homenagem. “A Semana do Soldado é muito significativo para nós. Todos nós somos soldados; sabemos que uma democracia só pode subexistir se tiver soldado trabalhando em função dela. As polícias militares e os militares, obviamente, são os sustentáculos da ordem em qualquer país, seja ele de que regime for. Esse é o momento que a gente homenageia os nossos policiais militares e eu agradeço à Assembleia Legislativa que tem um carinho muito especial pela Polícia Militar. Não é a primeira vez que os nossos eventos são feitos aqui: recentemente, nós tivemos o Encontro das Mulheres Policiais Militares”, afirmou o coronel Pereira.

“Sou grato a Sarney”, diz Lula, em Pernambuco

O ex-presidente Lula (PT) demonstrou hoje (25) gratidão ao ex-presidente José Sarney (PMDB) e pelo apoio que teve do peemdebista quando este foi presidente do Senado.

Em entrevista a rádios durante sua passagem pela cidade de Xexéu (PE), o petista disse ser grato.

“Sou grato a Sarney. É importante que se diga. Sou grato a Sarney como presidente do Senado”, declarou.

E acrescentou: “Teve um tempo que as pessoas queriam que eu rompesse com Sarney. E eu iria ganhar de presente o Marconi Perillo [PSDB] como presidente do Senado. Eu deixaria de ter um tubarãozinho manso para ter um tubarão louco mordendo até o pé”.

A gratidão de Lula a Sarney tem um motivo: foi o maranhense um dos primeiros a articular no Congresso um movimento contra o impeachment do petista, entre 2005 e 2006.

Em 2014, durante a campanha eleitoral, a então ministra das Relações Institucionais do governo Dilma Rousseff (PT), Ideli Salvatti (PT), destacou o tema, num evento realizado em São Luis.

“Eu fiz questão de vir, para que tenham clareza. Aquilo que eu falei no palanque é verdade: a gente pode ter muitas críticas, mas o Sarney e a Roseana são aliados de primeiríssima hora”, destacou.

No discurso, ela lembrou a lealdade do senador José Sarney (PMDB-AP) e seu grupo ao ex-presidente Lula, quando a oposição ensaiou um pedido de impeachment. “Quem inverteu aquela lógica do impeachment do Lula foi um discurso do Sarney. Então, eu acho que a gente não pode esquecer nunca disso nunca. Porque o PMDB só veio bem depois. Sarney, Roseana, Lobão, esses estão desde o primeiro momento”, pontuou.

(Com informações da Folha)

Deputado Antônio Pereira cobra poço artesiano para a Vila São João, em Imperatriz

O deputado Antônio Pereira (DEM) protocolou projeto de indicação na Assembleia Legislativa, pedindo que o governo do Estado – por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes) – mande perfurar, com urgência, um poço artesiano na Vila São João, próximo ao Bairro Lagoa Verde, no município de Imperatriz.

O pedido foi encaminhado pela Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, por meio de ofício, ao governador Flávio Dino (PC do B) e ao secretário da Sedes, Neto Evangelista. A expectativa é que ambos determinem a imediata perfuração do poço, uma antiga reivindicação dos moradores da Vila São João.

No documento, Antônio Pereira ressalta que a perfuração do poço artesiano atende aos anseios da comunidade e bairros

vizinhos, que enfrentam problemas com a falta d´água. “A obra foi um prometida pelo governador Flávio Dino, durante reunião com os vereadores na Câmara Municipal de Imperatriz”, lembra.

Antônio Pereira sugere que o poço artesiano da Vila São João seja equipado pela Caema com moderno sistema de abastecimento, incluindo captação, recalque, adução, armazenamento e distribuição, projetados para beneficiar as comunidades que enfrentam problemas ocasionados pela falta d’água.

Veja Agora! Ministra Cármen Lúcia mantém contratos entre prefeituras do MA e escritório de advocacia

Por Marcelo Galli

A ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal, mantevecontratos de prefeituras do Maranhão com escritório de advocacia para reclamar repasses menores que os de direito da verba do Fundef, o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental. A decisão foi tomada em recurso do Tribunal de Contas maranhense.

Deputado estadual Júnior Verde assina projeto de Lei que resolve a questão dos limites da Ilha de São Luís

Deputado estadual Junior Verde

Mesmo não sendo integrante da Comissão de Assuntos Municipais da Assembleia Legislativa, o deputado estadual Júnior Verde (PRB) assinou nesta quarta (12) o projeto de Lei que resolve a questão das divisas territoriais dos municípios da Ilha de São Luís. O parlamentar é autor de um projeto de Lei que buscava o mesmo objetivo, e por isso ratificou o documento, que agora aguarda sanção do governador, após aprovação no legislativo estadual. O projeto foi cuidadosamente discutido e aprovado pela Comissão, presidida pelo deputado Bira do Pindaré (PSB).

Júnior Verde comemorou a aprovação, pois acompanhou todos os passos dados para chegar ao projeto que será sancionado. No ano passado, o parlamentar apresentou um projeto de Lei com o objetivo de estabelecer os limites dos quatro municípios, chegando a entregá-lo nas mãos do prefeito da capital, Edivaldo Holanda.

“Foi um passo histórico, possível graças um trabalho incansável dos deputados que integram a Comissão, e todos estão de parabéns. Mesmo não sendo membro do Colegiado, participei de todas as etapas dessa construção coletiva”, recordou Júnior Verde.

Até chegar à versão final do projeto, a Comissão envolveu a população, a Assembleia Legislativa, os prefeitos dos quatro municípios da Ilha, o Estado, a Procuradoria da República, a Justiça Federal – que homologou o acordo entre os gestores -, e os Institutos Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos (IMESC) e Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) – órgãos técnicos que deram todo o embasamento para a atualização.