BLOG VEJA AGORA - Notícias com veracidade dos fatos

Veja Agora!!!!! Secretaria divulga alterações para concurso da Polícia Militar do Maranhão

Provas serão realizadas no dia 17 de dezembro.

Alterações de datas foram divulgadas, nesta sexta-feira (10), pela a Secretaria de Estado da Gestão e Previdência do Maranhão (Segep) para o concurso de 1º tenente e soldado da Polícia Militar do Maranhão.

Com base no edital, as inscrições vão até 27 de novembro e podem ser feitas pelo site www.cespe.unb.br/concursos/pm_ma_17. São duas opções, para nível superior a taxa é de R$ 150 e para nível médio o preço da inscrição é de R$ 100. A isenção desta pode ser solicitada até 13 de novembro.

As provas objetivas serão realizadas no dia 17 de dezembro. Etapas como exames médicos e odontológicos, teste de aptidão física, exame psicotécnico e investigação social e Curso de Formação são as demais etapas do concurso.

Ao todo, são 1.214 vagas. Para 1º Tenente, o salário inicial é de R$ 6.913,74. São 43 para candidatos graduados em odontologia, medicina, medicina veterinária e psicologia. A apresentação do diploma e o registro profissional no órgão da categoria são obrigatórios.

Para o cargo de soldado, o certificado de conclusão do nível médio ou curso técnico equivalente, habilitação para direção de veículo de, no mínimo, categoria “A” ou “B” são exigências básicas. Para este cargo, são 1.171 vagas abertas com salário inicial de R$ 4.019,62.

UMES elogia governo Flávio Dino após conceder passe-livre aos estudantes

A União Municipal dos Estudantes – Umes de São Luís mais uma vez marca o seu lado na história ao lado dos estudantes, a favor da educação pública de qualidade e a favor do estado democrático de direito.

Entendemos que o benefício concedido por parte do governo do Maranhão, aos estudantes que estão realizando as provas do Exame Nacional do Ensino Médio -ENEM, é sem dúvida um avanço que deve ser compartilhado, aplaudido e copiado por outras gestões do Brasil.

A UMES jamais será contra qualquer benefício aos estudantes maranhenses, por menor que seja. A entidade tem como bandeira de luta junto aos mais diversos movimentos sociais nas ruas, nas escolas e universidades o objetivo comun que é o Passe-Livre aos estudantes, e tal incentivo realizado pelo governo do Maranhão, sinaliza que pode ir muito além do que apenas o dia de avaliações nacionais.

Por isso, queremos aqui reiterar votos de estima e apreço pela liberação da catraca por meio do Cartão Estudantil aos estudantes e abrir o diálogo com o governo do estado e a prefeitura de São Luís, para que o benefício seja estendido a todos os estudantes maranhenses.

Em favor da Democracia, pelas eleições diretas, pelo Maranhão e pelos estudantes a Umes será uma eterna vigilante.

Marcelo Thiago Matos
União Municipal dos Estudantes – UMES

06 de Novembro de 2017.

Presidente do Avante diz que PT está em boas mãos com Augusto Lobato

O presidente municipal do Avante, Alvaro Pires avalia que o Partido dos Trabalhadores está em boas mãos com Augusto Lobato

Presidente do Avante avalia que o comando do PT no Maranhão está em boas mãos

Presidente do Avante publicou nas redes sociais que o PT está sob o comando de um homem sensato, humilde e grande articulador político, trata-se do militante petista Augusto Lobato, que foi eleito em maio deste ano, onde obteve a maioria dos votos dos delegados do partido numa votação bastante disputada e com a participação efetiva dos petistas.

“Venho conversando com o Augusto, e seu nome já diz tudo, homem com altivez, articulador político nato e acima de tudo tem uma humildade muito grande, nós do Avante estamos discutindo semanalmente os acertos para a eleição do ano que vem, juntos vamos somar mais pelo Maranhão”, afirmou Alvaro Pires.

Tudo indica que o partido deverá se coligar nas eleições proporcionais do ano que vem, há quem diga também que podem fechar também na majoritária, é aguardar para conferir.

No Maranhão, o principal objetivo do PT, sob o comando de Lobato, é a eleição do ex-presidente Lula e parece que não será uma tarefa muito difícil, uma vez que o principal petista tem elevados índices de preferência do eleitorado maranhense.

Veja Agora!!!!Padrasto confessa que estuprou e matou Alanna Ludmila

Robert Serejo Oliveira, o padrastro da garota Alanna Ludmila – encontrada morta e enterrada no quintal de casa já confessou à polícia que é o autor do crime.

Em depoimento a delegados que investigaram o caso, na sede do Comando Geral da Polícia Militar, ele admitiu o assassinato, além do estupro – negando a participação da mãe da criança, Jaciane Pereira.

Em entrevista coletiva, os delegados disseram que Robert revelou ter ido à casa onde estava Alanna já com o intuito de estuprá-la. Ele tinha uma chave e sabia que a criança estava sozinha.

Ao chegar ao local, o acusado encontrou a vítima apenas de toalha e blusa, quando, então, foi atacada, abusada e assassinada.

Ainda de acordo com os delegados, foi o próprio acusado quem retirou da casa uma mochila da garota, jogando-a num terreno no Paranã – o que acabou reforçando a tese de que Alanna poderia ter sido levada da residência.

Estudante instala câmera em banheiro feminino de universidade e registra imagens

Estudante teria instalado uma câmera escondida no banheiro feminino e registrou cenas das universitárias

 

Uma grande confusão se formou no Instituto Florence Superior, localizado na rua Rio Branco, em São Luís. De acordo com o Blog Maranhão de verdade, um estudante do curso de Odontologia, mais conhecido por Danielzinho, instalou uma câmera escondida no banheiro feminino e registrou cenas das universitárias trocando de roupa ou mesmo fazendo necessidades fisiológicas.

Uma das universitárias desconfiou da presença do aparelho e o caso foi parar na supervisão da faculdade, na qual o aluno teria ido acompanhado do pai e de advogados para a exclusão da memória do celular toda as imagens íntimas, mas não é seguro afirmar que ele não tenha compartilhado com outros amigos.

O Florence ainda não se manifestou a respeito, mas existem informações de que até algumas professoras também teriam sido registradas pelo aparelho.

Duas universitárias ficaram chocadas com a ousadia do aluno e gravaram o áudio abaixo:

Provas do concurso da PM serão realizadas em São Luís, Imperatriz e Caxias

Três cidades vão receber as provas objetivas do concurso para 1.215 vagas na Polícia Militar do Maranhão: São Luís, Imperatriz e Caxias. As inscrições já estão abertas e vão até o dia 30 de novembro.

Os cargos em disputa são de 1º Tenente do Quadro de Oficiais de Saúde da Polícia Militar (nível superior) e para o cargo de Soldado do Quadro de Praça (nível médio).

As provas objetivas para os cargos de nível superior terão a duração de 3 horas e 30 minutos e serão aplicadas na data provável de 28 de janeiro de 2018, no turno da manhã. As provas objetivas para o cargo de nível médio serão no mesmo dia, mas à tarde.

Em 18 de janeiro, deve ser divulgado edital sobre os locais e horários exatos das provas. Os gabaritos estão previstos para o dia 31 de janeiro. O resultado final das provas objetivas e a convocação para os exames médicos e odontológicos devem sair no dia 27 de fevereiro de 2018.

Os exames médicos e odontológicos, o teste de aptidão física, o exame psicotécnico e a investigação social serão realizados somente na cidade de São Luís.

As inscrições para o concurso devem ser realizadas exclusivamente no site do Cespe (www.cespe.unb.br/concursos/pm_ma_17).

O concurso tem validade de dois anos, podendo ser prorrogado por igual período, contados a partir da data de homologação.

Fonte: Secap

Veja Agora!!!!! Projeto de regulamentação do Uber – PLC 28 é alterado e volta para a Câmara

O Plenário do Senado aprovou com alterações, nesta terça-feira (31), o projeto (PLC 28/2017) para regulamentar os serviços de transporte que usam aplicativos, como Uber, Cabify e 99. Foram 46 votos favoráveis, 10 contrários e uma abstenção. O relator de Plenário, senador Eduardo Lopes (PRB-RJ), acatou três das 20 emendas apresentadas e o texto volta para análise da Câmara dos Deputados.

Duas das mudanças aprovadas foram decididas por acordo dos líderes partidários. Elas retiram a obrigatoriedade do uso de placas vermelhas e a exigência de que o condutor seja proprietário do veículo.

Também foi aprovada emenda que atribui ao município apenas a competência para fiscalizar o serviço dos aplicativos. A prefeitura não terá o papel de autorizar o exercício da atividade como estava previsto no texto original da Câmara.

O aplicativo será obrigado a mandar para a prefeitura a sua base de dados, o seu cadastro. A prefeitura vai ter acesso a quantos são os motoristas do Uber, onde estão e quem são. Se houver alguma dúvida do poder público em relação a algum ponto, ele entra em contato com o Uber e decide se a pessoa sai do serviço ou continua — explicou o relator.

Com essa alteração, caiu o ponto principal do PLC 28/2017, do deputado Carlos Zarattini (PT-SP), que estabelecia que empresas como o Uber são prestadoras de serviço público, dependentes de regulamentação, e que os motoristas precisariam de permissão para trabalhar.  Pelo texto, cada município (e o governo do Distrito Federal) cobrariam os devidos impostos.

O texto ainda prevê que os motoristas devem possuir Carteira Nacional de Habilitação na categoria B (automóvel, caminhonete, utilitário) ou superior; inscrição como contribuinte individual no INSS; e contratação de seguros de Acidentes Pessoais a Passageiros (APP) e Obrigatório de Danos Pessoais causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres (DPVAT).

A favor do projeto da Câmara, os senadores do PT Lindbergh Farias (RJ), Gleisi Hoffmann (PR) e Humberto Costa (PE) declararam que o partido não quer a extinção do Uber. No entanto, eles defenderam a regulamentação do serviço para proteção dos direitos dos trabalhadores e dos usuários. Eles ainda criticaram a empresa pelo valor percentual cobrado dos motoristas.

Não pode o Uber entrar aqui e achar que pode levar 25% do trabalhador, até porque o motorista é responsável pela manutenção do carro, pelo seguro, pela gasolina. Não tem direito trabalhista, não paga INSS, não vai ter direito à previdência e ainda tem que pagar 25% para usar uma plataforma? — questionou Gleisi Hoffmann.

Contra o PLC 28, os senadores Ricardo Ferraço (PSDB-ES) e Reguffe (sem partido–DF) entendem que a proposta é uma forma de estatizar o serviço dos aplicativos e interfere na livre escolha dos usuários, podendo reduzir a oferta, causar desemprego e restringir o uso do transporte pelo aplicativo.

O PLC tem viés intervencionista em atividade privada. Não estamos tratando de concessão pública, não devemos ultrapassar o limite do bom senso. Não afastemos a capacidade empreendedora e a liberdade das pessoas decidirem, de fazer suas escolhas, disse Ricardo Ferraço, autor das três emendas acatadas.

Caminhada outubro rosa foi um sucesso em todos os sentidos

Com o objetivo de prevenir o câncer de mama, projeto Viva Bem Mais realizou caminhada pelas comunidades da Vila Luizão, Sol e Mar e Planalto Turu

No último sabádo (28), o projeto Viva Bem Mais realizou a I CAMINHADA OUTUBRO ROSA VIVA BEM MAIS, com o claro objetivo de concientizar a população do respeito à prevenção ao cancer de Mama.

A caminhada teve como ponto de partida a praça da Vila Luizão e percorreu as principais avenidas dos bairros Vila Luizão, Sol e Mar e Planalto Turu, onde se finalizou o evento. Durante o percurso houve palestras educativas sobre a prevenção ao cancer e muita animação.

O encerramento contou com apresentações dos alunos do projeto viva bem mais, com as modalidades de Jiu Jitsu, Ballet e Hip Hop e um aulão de zumba para os presentes.

A caminhada contou com o apoio da Secretaria de Saúde do Municipio de São Luís – SEMUS, Vereador Marquinhos, Secretaria de Saúde do Estado do Maranhão – SES, Secretaria da Mulher, Corpo de Bombeiros e Policia Militar do Estado do Maranhão.