BLOG VEJA AGORA - Notícias com veracidade dos fatos

veja agora!!!! Conselheiro Tutelar é preso com vários papelotes de cocaína!!!

Conselheiro Tutelar, Luís Felipe (camisa amarela) e Ildeman dos Santos presos com drogas. Foto/PM

Após recebimento de denúncia, foi montado uma operação para checar o informe, que resultou na prisão em flagrante de Luís Felipe Farias da Costa e Ildeman dos Santos e Santos. Eles estavam na MA 006 a bordo de um veículo marca VW, modelo gol, cor branca, de placa OXX-8413.
Com os mesmos havia 11 papelotes ensacados de cocaína prontos para o consumo. Dos 11 papelotes, 10 estavam dentro da carteira porta cédulas do Luís Felipe e 01 no bolso do Idelman.
Luís Felipe atualmente trabalha no conselho tutelar da cidade de Arame, e o carro estava disposição do órgão para suas atividades. Toda e qualquer denúncia de tráfico de entorpecentes será devidamente checada pela polícia militar, e caso seja constatado a veracidade será realizado os procedimentos pertinentes, informou o Major Nelson, comandante da Companhia.
O caso ocorreu no Povoado Vila do Incra, zona rural do município de Buriticupu, por volta das 17 horas, desta quinta-feira (16) e quem efetuou as pressões foi a Força Tática e Velado de Buriticupu. Os suspeitos aguardam decisão da justiça

A advogada Shirley Pinto lançou seu nome para disputar uma das 18 vagas para a Câmara Federal do proximo ano no Maranhão.

Ela disse está pronta para representar o estado e a região da Baixada Maranhense, de olho no fortalecimento da democracia e moralizacao política.

Com o objetivo de implantar um pensamento político voltado para atender verdadeiramente aos anseios da sociedade maranhense, Shirley Pinto disse está motivada por amigos que acreditam em seus projetos e caráter de pessoa do bem, por grupos sociais, pela militância do seu partido, o Partido Socialista Brasileiro, e pela necessidade de contribuit para o fortalecimento da democracia e moralização política tão desgasta nos últimos tempos.

Em conversa com o Blog a advogada disse que ” é um desafio, mas a decisão não foi à toa, sao meses de análise por uma equipe até se chegar a essa conclusão”.

Shirley começou sua luta política na cidade de São Vicente Ferrer, na Baixada Maranhense e conhece com profundidade os problemas sociais que assolam esta e demais regiões do Maranhão. Conhecimento este, que foi alcançado e com o olhar feminino e sensibilidade que a sustenta. Ela disse acreditar acima de tudo em Deus que tudo pode mudar e na fé que move montanhas. “Vou seguir em frente com determinação, coragem e com o coração esperançoso em poder ter a oportunidade de fazer da nossa Baixada e do nosso estado do Maranhão um lugar melhor de se viver”, finalizou.

Além de presidente do PSB em São Vicente Ferrer, Shirley Pinto é advogada e esposa do ex-prefeito Nonato Pinto. Também disputou diversas eleições na cidade e desponta agora como candidata a deputada federal.

Elevador superlotado despenca e deixa feridos na Faculdade Pitágoras

Urgente!

Um elevado da Faculdade Pitágoras despencou na noite desta quinta-feira (10). O incidente ocorreu no prédio antigo da instituição localizado na Avenida São Luís Rei de França, bairro da Turu na capital maranhense.

A capacidade máxima do elevador era de 7 pessoas, segundo informa a placa afixada dentro da cabine. Segundo informações obtidas pelo editor do blog, doze pessoas estavam no elevador quando ele caiu e deixou pessoas feridas. O acidente ocorreu por volta de 21h30.

Os feridos foram levados por equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e Corpo de Bombeiros, mas nenhum deles corre risco de morte.

Caso Alanna Ludmila: Vereador Marquinhos defende castração química para estuprador

O vereador Marquinhos Silva (DEM), subiu à tribuna da Câmara de São Luís para defender que todo estuprador tenha castração química

O vereador se sensibilizou com a família e emocionado afirmou ao Blog, que não a luta pela reforma do Código Penal, se depender dele será lembrada todo dia na Câmara Municipal de São Luís, embora seja competência do Congresso Nacional

“Não adianta um monstro deste ser preso e daqui há cinco anos ser solto com o indulto do dia das crianças e voltar a cometer uma atrocidade desta”, disse o vereador.

“Um crime bárbaro como foi este, era para um monstro deste sofrer essa penalidade, o congresso nacional tem que regulamentar o Código Penal vigente, para servir de exemplo”, finalizou.

Quantas meninas e meninos ainda terão que ser vítimas para que se regulamente o ultrapassado Código Penal Brasileiro, que é da década de 1940?

Atirador entra em igreja batista nos EUA e mata 26 pessoas com rifle.

Um atirador abriu fogo em uma igreja batista na pequena cidade de Sutherland Springs, no Texas, Estados Unidos, e deixou 26 mortos e 20 feridos neste domingo (5). O suspeito foi encontrado morto após uma pequena perseguição, mas as autoridades ainda não sabem se ele cometeu suicídio ou foi morto por um morador. O FBI ajuda nas investigações.

“Vinte e seis vidas foram perdidas”, disse o governador do estado, Greg Abbott. “Não sabemos se o número vai subir ou não, tudo o que sabemos é que são muitos e essa será uma longa manhã de luto para queles que sofrem”.

Abbott classificou o ato como o pior tiroteio em massa da história moderna do Texas.

Freeman Martin, porta-voz do Departamento de Segurança Pública do Texas, disse que 23 vítimas morreram dentro da igreja, outras duas do lado de fora e uma durante o transporte para o hospital. Algumas pessoas que estavam dentro da igreja conseguiram escapar.

Segundo Freeman Martin:

O homem foi visto todo vestido de preto e usando um colete à prova de balas por volta das 11h20 (horário local) em um posto de gasolina.

Ele atravessou a rua, saiu do veículo e começou a atirar na igreja.

Em seguida ele foi para o lado da igreja atirando, entrou no local e continuou a atirar.

Quando ele deixava a igreja, uma pessoa não identificada conseguiu desarmar o atirador e ele fugiu.

Outra pessoa da área o perseguiu. O suspeito bateu com seu veículo.

Ele foi encontrado morto depois de fugir do local. A polícia ainda não sabe dizer se ele levou um tiro ou atirou em si mesmo durante a perseguição.

No carro, foram encontradas outras armas.

Ao todo, são 20 feridos, mas não se sabe ainda quantas pessoas acompanhavam o culto.

As idades das vítimas variam de 5 a 72 anos de idade.

O suspeito

Ainda segundo Martin, o suspeito é um homem branco “talvez com seus 20 poucos anos”. Ele também disse que a pessoa que conseguiu desarmar o atirador não se feriu. As autoridades agora trabalham para identificar as vítimas e notificar as famílias.

Segundo a agência de notícias AP, duas fontes policiais que não quiseram se identificar por conta das investigações em andamento, identificaram o atirador como Devin P. Kelley, de 26 anos. Um dos policiais disse que Kelly vivia nas proximidades de San Antonio e não parece estar associado a grupos terroristas.

Ele disse ainda que foram analisados posts que Kelley pode ter feito em redes sociais antes do ataque de domingo, incluindo um em que uma arma AR-15 é mostrada.

Feridos

De acordo com comunicado divulgado pelo hospital Connally Memorial Medical Center, oito pessoas foram atendidas no local com ferimentos de bala. Quatro delas foram transferidas para o hospital da Univerdade de San Antonio para tratamento sendo uma em estado crítico. Três pacientes foram tratados e liberados e um permance internado no hospital.

Além do Connally Memorial, pelo menos outros dois hospitais da região receberam feridos, mas ainda não há informações sobre o estado de saúde dos pacientes.

Sutherland Springs é uma pequena comunidade do Texas e tem cerca de 362 habitantes.

De acordo com uma testemunha ouvida pela KSAT, afiliada da rede ABC no local, um homem entrou na Igreja Batista e abriu fogo por volta das 11h30 do horário local (15h30, pelo horário de Brasília). Ainda de acordo com a TV, policiais e dos bombeiros chegaram ao local do tiroteio e helicópteros foram ao local para transportar vítimas a hospitais.

Sherry Pomeroy, mulher do pastor Frank Pomeroy da igreja, contou a CNN que a filha deles, de 14 anos, morreu no local durante o tiroteio. Nem Sherry nem o pastor estavam na igreja neste domingo, 5.

Além do Connally Memorial, pelo menos outros dois hospitais da região receberam feridos, mas ainda não há informações sobre o estado de saúde dos pacientes.

Sutherland Springs é uma pequena comunidade do Texas e tem cerca de 362 habitantes.

De acordo com uma testemunha ouvida pela KSAT, afiliada da rede ABC no local, um homem entrou na Igreja Batista e abriu fogo por volta das 11h30 do horário local (15h30, pelo horário de Brasília). Ainda de acordo com a TV, policiais e dos bombeiros chegaram ao local do tiroteio e helicópteros foram ao local para transportar vítimas a hospitais.

Sherry Pomeroy, mulher do pastor Frank Pomeroy da igreja, contou a CNN que a filha deles, de 14 anos, morreu no local durante o tiroteio. Nem Sherry nem o pastor estavam na igreja neste domingo, 5.

WHATSAPP LIBERA PARA TODOS FUNÇÃO ‘APAGAR MENSAGEM JÁ ENVIADA’

Usuários têm até sete minutos para deletar mensagens. Aplicativo exibe aviso de que “esta mensagem foi apagada”.

No sistema da Apple, a novidade apareceu na versão 2.17.71, disponível para download na última segunda-feira. Já quem utiliza a plataforma do Google precisa ter a versão 2.17.395 instalada. A função, ao contrário do recurso de apagar mensagens que já existia no app, permite excluir o conteúdo dos smartphones de todos os usuários da conversa, incluindo a notificação que o contato recebeu. Vale lembrar que a ação de deletar um recado precisa ser feita em até sete minutos após seu envio.
A ferramenta pode ser útil para quem enviou uma mensagem para a pessoa errada ou com algum erro. Apesar disso, o fato de apagar um conteúdo já enviado não garante que a outra pessoa não irá ler. Caso ela esteja com a conversa aberta, poderá ver o recado antes de ser apagado. O recurso “Apagar para todos” do WhatsApp pode ser usado tanto em conversas individuais como em grupos. De acordo com o mensageiro, ainda não é possível apagar conteúdos enviados em lista de transmissão.
O procedimento para deletar mensagens enviadas é semelhante nos dois sistemas. Basta selecionar o recado e clicar no ícone de apagar. Depois, o usuário deve escolher a opção “Apagar para todos”. Veja abaixo como utilizar a novidade no Android e no iPhone.
Como apagar mensagem enviada no Android
Abra a conversa e pressione a mensagem que deseja apagar – lembre-se do limite de sete minutos. Em seguida, toque no ícone de lixeira para apagar. Confirme a ação em “Apagar para todos”.

Provas do concurso da PM serão realizadas em São Luís, Imperatriz e Caxias

Três cidades vão receber as provas objetivas do concurso para 1.215 vagas na Polícia Militar do Maranhão: São Luís, Imperatriz e Caxias. As inscrições já estão abertas e vão até o dia 30 de novembro.

Os cargos em disputa são de 1º Tenente do Quadro de Oficiais de Saúde da Polícia Militar (nível superior) e para o cargo de Soldado do Quadro de Praça (nível médio).

As provas objetivas para os cargos de nível superior terão a duração de 3 horas e 30 minutos e serão aplicadas na data provável de 28 de janeiro de 2018, no turno da manhã. As provas objetivas para o cargo de nível médio serão no mesmo dia, mas à tarde.

Em 18 de janeiro, deve ser divulgado edital sobre os locais e horários exatos das provas. Os gabaritos estão previstos para o dia 31 de janeiro. O resultado final das provas objetivas e a convocação para os exames médicos e odontológicos devem sair no dia 27 de fevereiro de 2018.

Os exames médicos e odontológicos, o teste de aptidão física, o exame psicotécnico e a investigação social serão realizados somente na cidade de São Luís.

As inscrições para o concurso devem ser realizadas exclusivamente no site do Cespe (www.cespe.unb.br/concursos/pm_ma_17).

O concurso tem validade de dois anos, podendo ser prorrogado por igual período, contados a partir da data de homologação.

Fonte: Secap

Veja Agora!!!!! Projeto de regulamentação do Uber – PLC 28 é alterado e volta para a Câmara

O Plenário do Senado aprovou com alterações, nesta terça-feira (31), o projeto (PLC 28/2017) para regulamentar os serviços de transporte que usam aplicativos, como Uber, Cabify e 99. Foram 46 votos favoráveis, 10 contrários e uma abstenção. O relator de Plenário, senador Eduardo Lopes (PRB-RJ), acatou três das 20 emendas apresentadas e o texto volta para análise da Câmara dos Deputados.

Duas das mudanças aprovadas foram decididas por acordo dos líderes partidários. Elas retiram a obrigatoriedade do uso de placas vermelhas e a exigência de que o condutor seja proprietário do veículo.

Também foi aprovada emenda que atribui ao município apenas a competência para fiscalizar o serviço dos aplicativos. A prefeitura não terá o papel de autorizar o exercício da atividade como estava previsto no texto original da Câmara.

O aplicativo será obrigado a mandar para a prefeitura a sua base de dados, o seu cadastro. A prefeitura vai ter acesso a quantos são os motoristas do Uber, onde estão e quem são. Se houver alguma dúvida do poder público em relação a algum ponto, ele entra em contato com o Uber e decide se a pessoa sai do serviço ou continua — explicou o relator.

Com essa alteração, caiu o ponto principal do PLC 28/2017, do deputado Carlos Zarattini (PT-SP), que estabelecia que empresas como o Uber são prestadoras de serviço público, dependentes de regulamentação, e que os motoristas precisariam de permissão para trabalhar.  Pelo texto, cada município (e o governo do Distrito Federal) cobrariam os devidos impostos.

O texto ainda prevê que os motoristas devem possuir Carteira Nacional de Habilitação na categoria B (automóvel, caminhonete, utilitário) ou superior; inscrição como contribuinte individual no INSS; e contratação de seguros de Acidentes Pessoais a Passageiros (APP) e Obrigatório de Danos Pessoais causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres (DPVAT).

A favor do projeto da Câmara, os senadores do PT Lindbergh Farias (RJ), Gleisi Hoffmann (PR) e Humberto Costa (PE) declararam que o partido não quer a extinção do Uber. No entanto, eles defenderam a regulamentação do serviço para proteção dos direitos dos trabalhadores e dos usuários. Eles ainda criticaram a empresa pelo valor percentual cobrado dos motoristas.

Não pode o Uber entrar aqui e achar que pode levar 25% do trabalhador, até porque o motorista é responsável pela manutenção do carro, pelo seguro, pela gasolina. Não tem direito trabalhista, não paga INSS, não vai ter direito à previdência e ainda tem que pagar 25% para usar uma plataforma? — questionou Gleisi Hoffmann.

Contra o PLC 28, os senadores Ricardo Ferraço (PSDB-ES) e Reguffe (sem partido–DF) entendem que a proposta é uma forma de estatizar o serviço dos aplicativos e interfere na livre escolha dos usuários, podendo reduzir a oferta, causar desemprego e restringir o uso do transporte pelo aplicativo.

O PLC tem viés intervencionista em atividade privada. Não estamos tratando de concessão pública, não devemos ultrapassar o limite do bom senso. Não afastemos a capacidade empreendedora e a liberdade das pessoas decidirem, de fazer suas escolhas, disse Ricardo Ferraço, autor das três emendas acatadas.

Veja Agora!!!!! Maioria da bancada maranhense vota a favor de Temer

O presidente Michel Temer (PMDB) escapou hoje (25) de uma segunda denúncia formulada pelo ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot.

O peemdebista foi acusado pelo Ministério Público Federal (MPF) de obstrução da Justiça. Segundo o PGR, ele integra uma organização criminosa que teria recebido ao menos R$ 587 milhões em propina. Os seus comparsas seriam os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Secretaria-Geral).

Com a rejeição da denúncia pela Câmara, o processo fica suspenso, até o fim do mandato do presidente.

Abaixo, a lista de votos dos deputados federais maranhenses.

MARANHÃO

Aluisio Mendes (Podemos) – SIM

André Fufuca (PP) – SIM

Cleber Verde (PRB) – SIM

Eliziane Gama (PPS) – NÃO

Hildo Rocha (PMDB) – SIM

João Marcelo Souza (PMDB) – SIM

José Reinaldo (PSB) – SIM

Julião Amin (PDT) –  NÃO

Junior Marreca (PEN) – SIM

Juscelino Filho (DEM) – SIM

Luana Costa (PSB) – AUSENTE

Pedro Fernandes (PTB) – SIM

Rubens Pereira Júnior (PCdoB) – NÃO

Sarney Filho (PV) – SIM

Victor Mendes (PSD) – SIM

Waldir Maranhão (Avante) – NÃO

Weverton Rocha (PDT) – NÃO

Zé Carlos (PT) – NÃO

Polícia deflagra operação para combater a pedofilia em São Luís e Rosário

A Polícia Civil do Maranhão através do Departamento de Combate a Crimes Tecnológicos (DCCT) da Superintendência Estadual de Investigação Criminal (SEIC), Laboratório de Lavagem de Dinheiro( LAB) e em parceria com a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), deflagrou no início da manhã desta sexta-feira (20), a operação integrada Luz na Infância.

Com o objetivo de apurar crimes de exploração sexual contra crianças, estão sendo cumpridos 04 mandados de busca e apreensão nos municípios de São Luís e Rosário.

Os alvos da operação Luz na Infância foram identificados através de um levantamento de informações pela Senasp e a Embaixada dos Estados Unidos da América no Brasil. Com base em informações e evidências coletadas em ambientes virtuais, a Polícia Civil instaurou inquérito policial e representou pela busca e apreensão junto ao Poder Judiciário, visando apreender computadores e dispositivos informáticos onde estão armazenados os conteúdos de pedofilia, indiciar e prender os criminosos.

As investigações que resultaram na operação Luz na Infância vêm sendo feitas há seis meses e resultam do aprimoramento do trabalho de inteligência de segurança pública e atuação em modelo de força tarefa, que reúne em um mesmo ambiente de trabalho policiais com expertise e capacitação na repressão aos crimes virtuais e de pedofilia. Um cenário ideal para coletar e preservar evidências criminosas, garantindo, como consequência, a identificação e posterior condenação dos criminosos pela Justiça.

A pedofilia é classificada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como uma doença de transtorno da preferência sexual. Pedófilos normalmente são pessoas adultas que tem preferência sexual por crianças pré-púberes ou no início da puberdade. O complexo ambiente da internet e a ausência de fronteiras no mundo virtual são elementos que propiciam terreno fértil à atuação desses criminosos.