BLOG VEJA AGORA - Notícias com veracidade dos fatos

Bloco #Las bibas vira tradição na Brisa do Mar/Sol e Mar

Maquiagem, unhas coloridas, perucas e roupas provocantes são adereços comuns em festas de carnaval. Mas na Brisa do mar /Sol e Mar, não são as mulheres que brilham nas ruas de terça feira dessa festividade. São os homens e esse brilho vem acompanhado com muito glitter. Todos anos eles se transformam e se vestem de mulheres e caem no bairro fazendo a festa da comunidade.

Criado por um grupo de jovens da Brisa do Mar / Sol e Mar desde 2012 as terçãs feira de carnaval não foram mas as mesmas , os Las bibas se concentram na Avenida Argentina brisa do mar, a partir das 8 hs, e seguem em direção a praia do olho d’água para realizarem uma partida de futebol de homens vestidos de mulheres, e depois retornam para o bairro e assim seguem o dia inteiro com carros de som na rua e  muita feijoada.  esse ano o bloco contou  com a parceria do grupo bora beber que foi só brincadeira que entrou pela noite.

Hoje estou realmente me sentido uma Las biba de verdade quero extravasar e soltar a franga assim disse Rafael Castro um dos organizadores do bloco.

 

Assis Filho está envolvido em escândalo de enriquecimento ilícito, diz Lauro Jardim, de O Globo

Assis está envolvido em um processo que causou o afastamento do prefeito de Pio XII (MA)

Saiu hoje no Diário Oficial, a nomeação do novo secretário Nacional da Juventude, cargo que, na semana passada, ganhou as páginas por causa da visão hidrófoba do seu ex-ocupante, Bruno Júlio.

Será mesmo o maranhense Assis Filho. Atual superintendente da EBC no Nordeste, Assis está envolvido em um processo que causou o afastamento do prefeito de Pio XII (MA), município em que nasceu.

Motivo: enriquecimento ilícito e violação de princípios administrativos.

De acordo com o MP do Maranhão, a gestão de Paulo Veloso tinha uma série de funcionários fantasmas em sua folha de pagamento, cujos valores variavam de um salário mínimo a R$ 5 mil.

Vereador Pedro Lucas é diplomado pela Justiça Eleitoral para o segundo mandato

Na tarde desta segunda-feira (19), o vereador Pedro Lucas (PTB), foi diplomado pela Justiça Eleitoral para seu segundo mandato em São Luís. A solenidade aconteceu no Centro de Convenções Pedro Neiva de Santana. Pedro Lucas foi o terceiro mais bem votado da Capital.

Pedro Lucas vem realizando um trabalho destacado na Câmara Municipal de São Luís, tanto que foi aprovado nas urnas e a diplomação pelo Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão é a garantia que o parlamentar está desempenhando suas funções, tanto administrativa como também em benefícios para a sociedade ludovicense.

Bastante propositivo, o parlamentar desempenha seu papel no legislativo municipal sempre com o intuito de beneficiar as comunidades da capital maranhense.

O melhor nome para a prefeitura de Raposa, é Talita Laci diz Flávio Dino durante Convenção

Os três espaços do Clube Estrela no bairro do Inhaúma ficaram pequenos para milhares de pessoas presentes na Convenção do PCdoB, PSDB, Solidariedade, PT e PDT que homologou o nome de Talita Laci candidata a prefeita e Alan da Madeireira vice, em Raposa.

Durante o evento, nada menos que 44 candidatos a vereadores usaram da palavra para reafirmarem apoio a filha do ex-prefeito José Laci.

O  ponto alto do evento foi a chegada do governador Flávio Dino que elogiou o amadurecimento de Talita e fez um chamamento para os raposenses elegerem melhor nome para a prefeitura.

Em determinado trecho do empolgante discurso, o governador falou da importância do trabalho do governo com o município: “Quando duas pessoas remam em uma canoa, cada um para lados diferentes, a canoa não sai do lugar, mas, quando os dois remam na mesma direção, a canoa se desenvolve, pega vento, pega rumo e vai em frente, assim é na política, governo e prefeito juntos, fica bem mais fácil pro nosso município se desenvolver”, salientou.

Talita Laci discursou logo após, citou o nome de todos os pré-candidatos a vereadores, agradeceu os presentes, além do apoio de Flávio Dino: “(…) Esta data é inesquecível, começamos hoje a mudança na política, seguimos renovados com essa grandiosa Convenção que é somente o pontapé da nossa campanha(…)”, disse.

talita

Ricardo Murad elogia apoio de Andrea a Fábio Câmara: "Decisão que só os grandes políticos tomam"

13382203_10208841956233510_1631835130_n

Uma carta da deputada Andrea Murad distribuída à imprensa, neste final de semana, anunciando sua desistência da candidatura à Prefeitura de São Luís, em nome da unidade do PMDB, foi elogiada hoje pela manhã pelo ex-deputado Ricardo Murad.

Em uma pequena postagem na sua página no Facebook, Murad parabenizou a filha e afirmou que decisões como estas só os grandes políticos tomam.

—Decisão que só os grandes políticos tomam. Parabéns Andrea. Sempre mais orgulhoso de você — comentou.

Na carta, Andrea diz que vai apoiar o vereador Fábio Câmara, mas cobrou das lideranças do partido, como o senador João Alberto e a ex-governadora Roseana Sarney que assumam, de fato, o apoio integral ao vereador na disputa em São Luís.

– Mantendo a mesma disposição do primeiro dia em que anunciei a intenção de ser a candidata do meu partido à prefeitura de São Luís, espero que o senador João Alberto e a ex-governadora Roseana Sarney apoiem a candidatura do vereador Fábio Câmara sem condicionantes e não levem o PMDB para uma posição de mero coadjuvante do processo eleitoral apoiando uma candidatura de outra agremiação – declarou a deputada.

O motivo da preocupação da deputada não foi externada no artigo, mas fica claro nos bastidores: São cada vez mais fortes os indícios de que a cúpula do PMDB tenta levar o partido a uma aliança com o prefeito Edivaldo Júnior (PDT), o que destruiria a carreira política de Fábio Câmara.

Para Andrea Murad, nem deve cogitar este apoio a Edivaldo, defendido, sobretudo, pelo deputado estadual Roberto Costa.

– Continuo defendendo a candidatura própria do PMDB, seja qual for a circunstância, seja qual for o candidato. E se por qualquer hipótese o vereador Fábio Câmara não for candidato, estarei pronta para ser a candidata do PMDB – disse.

Presidente da Assembleia Legislativa leva "chá de cadeira" na Secretaria de Saúde

Do Blog do Aquiles Emir

O deputado Humberto Coutinho (PDT), presidente da Assembleia Legislativa do Estado, ainda não conseguiu digerir a descortesia a ele dispensada, quarta-feira (01), na Secretaria Estadual de Saúde, onde levou um chá de cadeira do secretário Carlos Lula (ex-assessora jurídico da AL), de mais de 2 horas. Ele estava acompanhado de dois deputados, de um ex-deputado e de um prefeito, todos aliados do governador Flávio Dino (PCdoB), que ficaram ainda mais perplexos quando uma funcionária perguntou se ele não gostaria de ser recebido pela secretária do secretário, pois esta se encarregaria de dar andamento às demandas.

Coutinho levou chá de cadeira de mais de duas horas na Saúde

De acordo com um dos deputados que estavam na comitiva, a audiência com o Dr. Carlos Lula foi marcada com bastante antecedência, para às 16h, o que sugeria que a agenda deveria estar liberada para atendê-lo, até porque trata-se do presidente de outro Poder, portanto o que teria a tratar seria assuntos de Estado. Procurando ser o mais “britânico” possível, Humberto Coutinho chegou alguns minutos antes do horário. Ele estava acompanhado dos deputados Carlinhos Florêncio (PHS) e Rigo Teles (PV), do ex-deputado Raimundo Louro (PR) e do prefeito de Tuntum, Cleomar Tema (PDT). A pauta do encontro seria resolver pendências nas áreas de saúde nas regiões de atuação dessas lideranças políticas.

Depois de se anunciar, o presidente da Assembleia foi acomodado, com seus acompanhantes, na sala de espera e o tempo passando: meia hora, uma hora, uma hora e meia, duas horas…. e somente por volta das 18h20, o secretário se dispôs a recebê-los. De dentro do gabinete teria saído o deputado Othelino Neto (PCdoB), que ao ver Humberto Coutinho aguardando para ser recebido teria se desculpado, pois se soubesse do agendamento não teria esticado tanto a conversa com o secretário, que não se deu conta disto.

O ato descortês de Carlos Lula foi comentado entre os deputados e os demais integrantes da comitiva e um deles teria brincado que aquilo jamais seria tolerado pelos ex-presidentes da AL Celso Coutinho, Nagib Haickel, Manoel Ribeiro e outros, mas Humberto Coutinho teria feito apenas uma advertência: “vamos engolir mais este sapo”, numa clara demonstração de que o descontentamento dos parlamentares com o tratamento que o Executivo dispensa ao Parlamento vem se acentuando a cada dia, por falta de uma maior articulação política no Palácio dos Leões, ou seja, falta alguém na equipe de Flávio Dino com a experiência de um José Burnet, de um José Teixeira, de um Lourenço Vieira da Silva. É, o Maranhão realmente mudou. Avante!

Polícia desmonta esquema de fraude à Previdência em Santa Inês

Policiais da 7ª Delegacia Regional de Polícia Civil, do 1º Distrito Policial (DP) e do 2º DP de Santa Inês (MA), município localizado a 250 km de distância de São Luís, desarticulou nesse sábado (4) uma organização criminosa suspeita de fraudar benefícios previdenciários no Maranhão. A Polícia Civil não divulgou a estimativa de valor desviado pela quadrilha, mas acredita que a fraude é milionária.

Quadrilha usava documentos falsos para fraudar Previdência Social (Foto: Divulgação/SSP-MA)

Foram presos Jane Isterfany; seu marido Michael Ribeiro; seu irmão Marcos da Conceição; Maria Raquel e seu marido Felipe Augusto. A mãe de Isterfany, Isabel da Conceição está foragida e é considerada a mentora do esquema.

A polícia investiga ainda a participação de outras pessoas na organização, já que para fraudar os benefícios, acredita-se que os golpistas contavam com a ajuda de servidores do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e de bancos para facilitar o esquema montado.

Segundo a Polícia Civil, os suspeitos já atuavam há vários anos pelo interior do Estado. Com eles, foram apreendidas 50 carteiras de identidade falsificadas; 150 carteiras de trabalho falsificadas; 100 cartões de crédito e de benefício fraudados; documentos e procurações falsificadas; carimbos utilizados para falsificar as carteiras de trabalho; uma quantia de R$ 11 mil em dinheiro; dois automóveis e duas motocicletas; aparelhos telefônicos; computador; cadernos contendo anotações da contabilidade e de contas e benefícios e comprovantes de saques e de consultas bancárias e do INSS.

As investigações foram iniciadas após casos de arrombamentos ocorridos no posto do ‘Viva Cidadão’ – órgão prestador de serviços públicos – da cidade, de onde foram levadas várias cédulas de identidade em branco; além de várias ocorrências registradas sobre empréstimos fraudulentos em Santa Inês.

Autuação
Os suspeitos foram autuados por estelionato previdenciário; falsificação de documentos públicos; falsificação de documentos particulares; falsidade ideológica; uso de documentos falsos e pelo crime de organização criminosa.

Jane Isterfany e Maria Raquel serão encaminhadas para o Presídio Feminino no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís. Já Michael Ribeiro, Marcos da Conceição e Felipe Augusto ficarão na Unidade Prisional Ressocialização de Santa Inês (UPRSI). Ambos ficarão à disposição da Polícia Federal e da Justiça Federal.

Uso do crachá funcional será obrigatório, a partir desta quarta-feira, dia 1º de junho de 2016

sejap

O secretário de Estado de Administração Penitenciária (Seap), Murilo Andrade de Oliveira, informa aos servidores lotados na sede desta secretaria que, a partir desta quarta-feira, 1º de junho de 2016, o acesso às dependências do prédio administrativo só será possível com o uso do crachá funcional, mediante reconhecimento digital de matrícula, nas catracas eletrônicas instaladas na recepção.

Servidores lotados em unidades prisionais de todo o estado, ou em outros setores que funcionam fora da sede administrativa, porém, terão acesso liberado por meio de identificações eletrônicas extras e temporárias, de modo que o trânsito comum de funcionários não seja comprometido. O uso do crachá funcional para aqueles que já o possuem, portanto é estritamente obrigatório para o cumprimento do expediente.

 

Secretário-Murilo-Andrade-e1428433616358

Murilo Andrade de Oliveira, SECRETÁRIO DE ESTADO DE ADMINISTRAÇÃO PENITENCIÁRIA

PF cumpre 12 mandados em ação contra crimes previdenciários no MA

Prejuízos causados por esquema fraudulento chegam a R$ 1,65 milhão.
Entre mandados, um é de prisão preventiva e quatro de condução coercitiva.

A Polícia Federal cumpre nesta terça-feira (24) em São Luís (MA) 12 mandados judiciais, sendo um de prisão preventiva, quatro de condução coercitiva e sete de busca e apreensão dentro da Operação Casa Cheia, que apura esquema com prejuízos de aproximadamente R$ 1,65 milhão contra a Previdência Social.

Entre os mandados, consta também a previsão de arresto de bens imóveis e de veículos no nome dos investigados, além da determinação para que o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) suspenda ou bloqueie o pagamento de 43 benefícios de amparo social ao idoso e realize auditoria em outros 27 benefícios dessa mesma espécie.

A Operação Casa Cheia teve investigações iniciadas em 2015, que levaram à identificação de um esquema criminoso com atuação desde 2011, responsável pela concessão de benefícios de amparo social ao idoso fraudulentos, segundo a Polícia Federal. Os titulares eram pessoas fictícias, criadas virtualmente através da falsificação de documentos públicos.

O esquema criminoso tinha participação de pelo menos três servidores do INSS e de intermediários. Eles serão proibidos de frequentar o local de trabalho e afastados das funções públicas pelo prazo de 90 dias.

A operação realizada pela Força-Tarefa Previdenciária – formada pelo Departamento de Polícia Federal, Ministério do Trabalho e Previdência Social e Ministério Público Federal – foi batizada ‘Casa Cheia’ por causa dos titulares de 42 benefícios identificados supostamente residirem em apenas duas residências, levando-se em conta o endereço cadastrado nos benefícios.