BLOG VEJA AGORA - Notícias com veracidade dos fatos

WHATSAPP LIBERA PARA TODOS FUNÇÃO ‘APAGAR MENSAGEM JÁ ENVIADA’

Usuários têm até sete minutos para deletar mensagens. Aplicativo exibe aviso de que “esta mensagem foi apagada”.

No sistema da Apple, a novidade apareceu na versão 2.17.71, disponível para download na última segunda-feira. Já quem utiliza a plataforma do Google precisa ter a versão 2.17.395 instalada. A função, ao contrário do recurso de apagar mensagens que já existia no app, permite excluir o conteúdo dos smartphones de todos os usuários da conversa, incluindo a notificação que o contato recebeu. Vale lembrar que a ação de deletar um recado precisa ser feita em até sete minutos após seu envio.
A ferramenta pode ser útil para quem enviou uma mensagem para a pessoa errada ou com algum erro. Apesar disso, o fato de apagar um conteúdo já enviado não garante que a outra pessoa não irá ler. Caso ela esteja com a conversa aberta, poderá ver o recado antes de ser apagado. O recurso “Apagar para todos” do WhatsApp pode ser usado tanto em conversas individuais como em grupos. De acordo com o mensageiro, ainda não é possível apagar conteúdos enviados em lista de transmissão.
O procedimento para deletar mensagens enviadas é semelhante nos dois sistemas. Basta selecionar o recado e clicar no ícone de apagar. Depois, o usuário deve escolher a opção “Apagar para todos”. Veja abaixo como utilizar a novidade no Android e no iPhone.
Como apagar mensagem enviada no Android
Abra a conversa e pressione a mensagem que deseja apagar – lembre-se do limite de sete minutos. Em seguida, toque no ícone de lixeira para apagar. Confirme a ação em “Apagar para todos”.

Provas do concurso da PM serão realizadas em São Luís, Imperatriz e Caxias

Três cidades vão receber as provas objetivas do concurso para 1.215 vagas na Polícia Militar do Maranhão: São Luís, Imperatriz e Caxias. As inscrições já estão abertas e vão até o dia 30 de novembro.

Os cargos em disputa são de 1º Tenente do Quadro de Oficiais de Saúde da Polícia Militar (nível superior) e para o cargo de Soldado do Quadro de Praça (nível médio).

As provas objetivas para os cargos de nível superior terão a duração de 3 horas e 30 minutos e serão aplicadas na data provável de 28 de janeiro de 2018, no turno da manhã. As provas objetivas para o cargo de nível médio serão no mesmo dia, mas à tarde.

Em 18 de janeiro, deve ser divulgado edital sobre os locais e horários exatos das provas. Os gabaritos estão previstos para o dia 31 de janeiro. O resultado final das provas objetivas e a convocação para os exames médicos e odontológicos devem sair no dia 27 de fevereiro de 2018.

Os exames médicos e odontológicos, o teste de aptidão física, o exame psicotécnico e a investigação social serão realizados somente na cidade de São Luís.

As inscrições para o concurso devem ser realizadas exclusivamente no site do Cespe (www.cespe.unb.br/concursos/pm_ma_17).

O concurso tem validade de dois anos, podendo ser prorrogado por igual período, contados a partir da data de homologação.

Fonte: Secap

Dr. Damasceno deixa PSL e será candidato a Senador pelo PSDC

O advogado João Damasceno Corrêa Moreira, mais conhecido como Dr. Damasceno deixa o PSL, por onde já foi vereador de São Luís, para concorrer a uma das duas vagas ao Senado

Com um histórico de luta, vida e trabalho ilibado, o advogado João Damasceno Corrêa Moreira, mais conhecido como doutor Damasceno, deixará o PSL e se filiará ao PSDC, por onde concorrerá a uma das duas vagas ao Senado Federal.

Ficha limpa, sem processos que desabonem sua conduta e sua moral, Dr. Damasceno será de fato, um excelente nome que o maranhense poderá escolher na próxima eleição, será a vez dos eleitores mudarem efetivamente, os atuais senadores que aí estão não representam o direito do povo.

Talvez um dos melhores criminalistas do Brasil, Dr. Damasceno pretende iniciar sua pré-campanha ao Senado, levando a discussão à população sobre o nosso ultrapassado Código Penal brasileiro, criando fóruns de discussão que possam diminuir a criminalidade e propor uma atualização da Leis que não punem criminosos no Brasil.

 

Vereador Edson Gaguinho solicitou melhorias de ruas do Residencial Primavera

Vereador solicitou serviços de drenagem profunda, pavimentação asfáltica, meio fio e esgotamento para o Residencial Primavera

Requerimento aprovado pela Câmara, por intermédio do vereador Edson Gaguinho, deve levar melhorias para o Residencial Primavera, que fica localizado na Área Itaqui-bacanga.

A solicitação foi feita na semana passada, dia 23 de outubro, os serviços são para serem realizada a drenagem profunda de vias, pavimentação asfáltica, meio-fio e esgotamento sanitário para nas ruas do Cajueiro, Amor e Bom Jesus, localizadas no Residencial Primavera na Vila Embratel.

“Essas ruas do Residencial Primavera estão complicadas, sem nada e a minha solicitação ao prefeito Edivaldo é que seja feita uma ampla infraestrutura nas vias. Recebi várias reclamações dos moradores e por isso estou apresentando esta indicação”, disse o vereador.

“Com a recuperação destas ruas vamos por fim a esse problema que assola centenas de famílias”, finalizou Edson Gaguinho.

Veja Agora!!!!! Projeto de regulamentação do Uber – PLC 28 é alterado e volta para a Câmara

O Plenário do Senado aprovou com alterações, nesta terça-feira (31), o projeto (PLC 28/2017) para regulamentar os serviços de transporte que usam aplicativos, como Uber, Cabify e 99. Foram 46 votos favoráveis, 10 contrários e uma abstenção. O relator de Plenário, senador Eduardo Lopes (PRB-RJ), acatou três das 20 emendas apresentadas e o texto volta para análise da Câmara dos Deputados.

Duas das mudanças aprovadas foram decididas por acordo dos líderes partidários. Elas retiram a obrigatoriedade do uso de placas vermelhas e a exigência de que o condutor seja proprietário do veículo.

Também foi aprovada emenda que atribui ao município apenas a competência para fiscalizar o serviço dos aplicativos. A prefeitura não terá o papel de autorizar o exercício da atividade como estava previsto no texto original da Câmara.

O aplicativo será obrigado a mandar para a prefeitura a sua base de dados, o seu cadastro. A prefeitura vai ter acesso a quantos são os motoristas do Uber, onde estão e quem são. Se houver alguma dúvida do poder público em relação a algum ponto, ele entra em contato com o Uber e decide se a pessoa sai do serviço ou continua — explicou o relator.

Com essa alteração, caiu o ponto principal do PLC 28/2017, do deputado Carlos Zarattini (PT-SP), que estabelecia que empresas como o Uber são prestadoras de serviço público, dependentes de regulamentação, e que os motoristas precisariam de permissão para trabalhar.  Pelo texto, cada município (e o governo do Distrito Federal) cobrariam os devidos impostos.

O texto ainda prevê que os motoristas devem possuir Carteira Nacional de Habilitação na categoria B (automóvel, caminhonete, utilitário) ou superior; inscrição como contribuinte individual no INSS; e contratação de seguros de Acidentes Pessoais a Passageiros (APP) e Obrigatório de Danos Pessoais causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres (DPVAT).

A favor do projeto da Câmara, os senadores do PT Lindbergh Farias (RJ), Gleisi Hoffmann (PR) e Humberto Costa (PE) declararam que o partido não quer a extinção do Uber. No entanto, eles defenderam a regulamentação do serviço para proteção dos direitos dos trabalhadores e dos usuários. Eles ainda criticaram a empresa pelo valor percentual cobrado dos motoristas.

Não pode o Uber entrar aqui e achar que pode levar 25% do trabalhador, até porque o motorista é responsável pela manutenção do carro, pelo seguro, pela gasolina. Não tem direito trabalhista, não paga INSS, não vai ter direito à previdência e ainda tem que pagar 25% para usar uma plataforma? — questionou Gleisi Hoffmann.

Contra o PLC 28, os senadores Ricardo Ferraço (PSDB-ES) e Reguffe (sem partido–DF) entendem que a proposta é uma forma de estatizar o serviço dos aplicativos e interfere na livre escolha dos usuários, podendo reduzir a oferta, causar desemprego e restringir o uso do transporte pelo aplicativo.

O PLC tem viés intervencionista em atividade privada. Não estamos tratando de concessão pública, não devemos ultrapassar o limite do bom senso. Não afastemos a capacidade empreendedora e a liberdade das pessoas decidirem, de fazer suas escolhas, disse Ricardo Ferraço, autor das três emendas acatadas.

Caminhada outubro rosa foi um sucesso em todos os sentidos

Com o objetivo de prevenir o câncer de mama, projeto Viva Bem Mais realizou caminhada pelas comunidades da Vila Luizão, Sol e Mar e Planalto Turu

No último sabádo (28), o projeto Viva Bem Mais realizou a I CAMINHADA OUTUBRO ROSA VIVA BEM MAIS, com o claro objetivo de concientizar a população do respeito à prevenção ao cancer de Mama.

A caminhada teve como ponto de partida a praça da Vila Luizão e percorreu as principais avenidas dos bairros Vila Luizão, Sol e Mar e Planalto Turu, onde se finalizou o evento. Durante o percurso houve palestras educativas sobre a prevenção ao cancer e muita animação.

O encerramento contou com apresentações dos alunos do projeto viva bem mais, com as modalidades de Jiu Jitsu, Ballet e Hip Hop e um aulão de zumba para os presentes.

A caminhada contou com o apoio da Secretaria de Saúde do Municipio de São Luís – SEMUS, Vereador Marquinhos, Secretaria de Saúde do Estado do Maranhão – SES, Secretaria da Mulher, Corpo de Bombeiros e Policia Militar do Estado do Maranhão.

Veja Agora!!!!! Maioria da bancada maranhense vota a favor de Temer

O presidente Michel Temer (PMDB) escapou hoje (25) de uma segunda denúncia formulada pelo ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot.

O peemdebista foi acusado pelo Ministério Público Federal (MPF) de obstrução da Justiça. Segundo o PGR, ele integra uma organização criminosa que teria recebido ao menos R$ 587 milhões em propina. Os seus comparsas seriam os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Secretaria-Geral).

Com a rejeição da denúncia pela Câmara, o processo fica suspenso, até o fim do mandato do presidente.

Abaixo, a lista de votos dos deputados federais maranhenses.

MARANHÃO

Aluisio Mendes (Podemos) – SIM

André Fufuca (PP) – SIM

Cleber Verde (PRB) – SIM

Eliziane Gama (PPS) – NÃO

Hildo Rocha (PMDB) – SIM

João Marcelo Souza (PMDB) – SIM

José Reinaldo (PSB) – SIM

Julião Amin (PDT) –  NÃO

Junior Marreca (PEN) – SIM

Juscelino Filho (DEM) – SIM

Luana Costa (PSB) – AUSENTE

Pedro Fernandes (PTB) – SIM

Rubens Pereira Júnior (PCdoB) – NÃO

Sarney Filho (PV) – SIM

Victor Mendes (PSD) – SIM

Waldir Maranhão (Avante) – NÃO

Weverton Rocha (PDT) – NÃO

Zé Carlos (PT) – NÃO

Prefeito Luizinho Barros recebe motoniveladora para abertura de ruas em São Bento

Equipamento será utilizado pelo município para a bertura de ruas e estradas vicinais

Prefeito Luizinho pilota a patrol novinha

O Prefeito de São Bento, Luizinho Barros, recebeu das mãos do governador Flávio Dino (PC do B), uma Motoniveladora novinha em folha, a cerimônia de entrega aconteceu no Palácio Henrique de La Rocque.

O equipamento será utilizado pelo município principalmente para o nivelamento de ruas e estradas vicinais.

A distribuição integra as ações do Caminhos da Produção, programa do Governo do Maranhão que tem como objetivo melhorar as condições de tráfego, acessibilidade e mobilidade urbana nos municípios do interior do Maranhão.