BLOG VEJA AGORA - Notícias com veracidade dos fatos

PREFEITO JOSEMAR CONTINUA INVESTINDO NA EDUCAÇÃO DE PAÇO

Josemar-Concurso

A Prefeitura de Paço do Lumiar reafirmou o compromisso com a qualidade na gestão pública e convocou os candidatos aprovados no Concurso Público para preenchimento de cargos efetivos na administração municipal.

O Edital nº 001/2016 informa a relação dos convocados e as regras para posse. Esta já é a 5ªconvocação do concurso, realizado em outubro de 2014.

“Garantir qualidade e profissionalismo na gestão pública é algo que busco desde o início da minha gestão. Apesar das dificuldades que enfrentamos, não poupo esforços para melhorar os serviços prestados à nossa população”, destacou o prefeito.

Buscando proporcionar ainda mais qualidade na Educação do município, entre os cargos dos novos servidores estão os de professores dos níveis infantil e fundamental, reforçando a política de valorização da área educacional.

Os demais cargos que serão preenchidos na administração municipal são de merendeiro (a) e motorista categoria D no nível fundamental; agente administrativo, auxiliar de desenvolvimento infantil, técnico em enfermagem e técnico em higiene dental no nível médio; e enfermeiro, pedagogo, psicólogo, psicopedagogo e professor de ensino fundamental, no nível superior.

Acesse www.pacodolumiar.ma.gov.br e veja a relação nominal e a lista de documentos que devem ser apresentados.

Ministério libera R$ 194,5 mil para testes de gravidez no Maranhão

Autorização foi publicada em portaria no DOU nesta segunda-feira (21).
Repasses serão pagos em parcela única à gestão estadual.

O Ministério da Saúde autorizou nesta segunda-feira (21) a liberação de R$ 194,5 mil para custear os testes rápidos de gravidez por meio do Sistema Único de Saúde (SUS) ao Estado do Maranhão. A autorização dos repasses, que serão pagos em parcela única ao gestor local, foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) por meio da portaria nº 323.

O teste rápido de gravidez é indicado para mulheres adultas, jovens e adolescentes que apresentem atraso menstrual igual ou superior a sete dias e está disponível em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) do País.

Com os resultados do teste, os profissionais de saúde podem detectar precocemente a gravidez para início do pré-natal em tempo oportuno, identificar situações para uso de anticoncepção de emergência (caso tenha havido relação desprotegida em até cinco dias), orientar sobre o planejamento reprodutivo e acolher as mulheres adultas, jovens, adolescentes e casais que estão em situação de gravidez indesejada.

Além disso, é um bom momento para detectar gestação de risco, identificar situações de exposição a infecções sexualmente transmissíveis, HIV e hepatites virais e também para oferecer testes rápidos de HIV e sífilis à mulher e à parceria sexual.

Zika vírus
Em função dos casos de microcefalia associados ao vírus Zika, o Ministério da Saúde reforça, com os testes rápidos, a importância do diagnóstico precoce de gravidez e as ações de planejamento reprodutivo com o devido acompanhamento pré-natal, essencial para a qualidade de vida da mãe e da criança.

No pré-natal, são oferecidos todos os exames, vacinas e acompanhamentos necessários para uma boa gestação, além de ser o momento ideal para investigar sinais de infecção por zika vírus e outras doenças, com os devidos registros na Caderneta da Gestante e no prontuário médico

'A gente tem que restabelecer a paz', diz Lula em ato na Avenida Paulista

Ex-presidente afirma que volta ao governo não para brigar, mas para ajudar.
Ato reuniu 380 mil segundo CUT e 80 mil de acordo com a PM.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse em discurso em ato em apoio ao governo federal, na Avenida Paulista, em São Paulo, nesta sexta-feira (18), que voltou ao governo não para brigar, mas para ajudar a presidente Dilma Rousseff a fazer o que tem que ser feito no Brasil. “Eu entrei pra ajudar a presidenta Dilma, porque precisamos restabeler a paz e a esperança e provar que esse país é maior que qualquer coisa no planeta terra”, disse Lula.

Ele afirmou ainda que “tem gente que prega a violência contra nós 24 horas por dia” e que “não existe espaço para ódio nesse país.”

A CUT, organizadora do ato em defesa democracia, estimou o público em 380 mil pessoas na Paulista no início da noite.  A PM afirmou que o protesto reuniu 80 mil pessoas. Segundo o Datafolha, foram 95 mil participantes na manifestação.

O ato começou às 16h. Lula chegou por volta das 19h. Em seu discurso, ele também repetiu o bordão dos grupos que apoiam o governo federal e são contra o impeachmente da presidente Dilma: “Não vai ter golpe!”, afirmou Lula.

“Eu aceitei entrar no ministério porque faltam dois anos e seis meses pra Dilma acabar o mandato dela e é tempo suficiente pra gente mudar este país”, afirmou Lula. Ele disse que se não estiver ainda impedido por liminares da Justiça, vai começar as funções como ministro na terça-feira

Além de se manifestarem em defesa da presidente Dilma e do ex-presidente Lula, os manifestantes gritaram palavras de ordem e exibiram cartazes contra a TV Globo.

No pico da manifestação, 11 dos 23 quarteirões da Paulista estavam ocupados. Pela manhã, a PM dispersou o ato contra o governo federal iniciado na quarta-feira, quando Lula foi nomeado Ministro da Casa Civil, e que fechou a Paulista por 39 horas.

Lula voltou a discursar na Avenida Paulista quase 14 anos depois do discurso que fez quando foi eleito presidente pela primeira vez, em 2002.

Ele chegou ao local por volta de 19h, subiu no carro de som e fez discurso inflamado. “Eu espero que seja uma lição para aqueles que não acreditam na capacidade do povo brasileiro. Eu espero que seja uma lição para aqueles que nos tratam como cidadão e cidadã de segunda classe”, afirmou Lula.

 “Democracia não é um direito morto. O povo não quero que democracia seja apenas uma palavra escrita”, disse.

“Eu vim para cá pensando em falar como não ficar nervoso. Quando a companheira Dilma me chamou, relutei muito, desde agosto do ano passado, a voltar ao governo. Quando aceitei ir ao governo, voltei a ser Lulinha paz e amor. Não vou ao governo para brigar. Eu vou lá para ajudar a companheira Dilma a fazer as coisas que tem que fazer por esse país”, disse Lula.

“Em época de crise, a gente junta todo mundo e come o que tem, faz o que pode naquele momento que estão vivendo. Por isso, vou ajudar a companheira Dilma a fazer o que precisa fazer.

Lula falou sobre as manifestações de grupos contrários ao governo e pregou a convivência pacífica. “Precisa entender que democracia é a convivência da diversidade. Não quero que quem votou na Aécio goste de mim. Eu quero que a gente aprenda a conviver de forma civilizada com as nossas diferenças”, disse.

“Alguns setores ficaram dizendo que nós somos os violentos e tem gente que prega violência contra nós 24 horas por dia. Companheiros e companheiras, tem gente nesse país que falava em democracia da boca pra fora.”

Ao mesmo tempo, Lula afirmou que sempre respeitou os resultados nas urnas. “Eu perdi eleição em 1989, em 1994, em 1998. Já tinha perdido em 1982 para o governo de São Paulo. Em nenhum momento vocês viram eu ir para a rua protestar contra quem ganhou.”

“Eles acreditavam que ia ganhar. Eles não imaginavam que no segundo turno ia aparecer a juventude, os intelectuais apoiando a Dilma. Eles que se dizem pessoas estudadas não aceitaram o resultado e faz um ano e três meses que estão atrapalhando Dilma a governar esse país.”

“Eles vestem amarelo e verde pra dizer que são mais brasileiros do que nós”, afirmou. “Eles não são mais brasileiros que nós. Eles são o tipo de brasileiro que gostariam de ir pra Miami fazer compras todo dia. Nós somos o tipo de brasileiro que compra na 25 de março [rua de comércio popular em São Paulo]”.

Em certo momento, Lula olhou para o público e gritou: “Não vai ter golpe!”.

Antes de encerrar, Lula disse: “Essas pessoas que estão aqui não estão aqui porque tiveram metrô de graça, não estão aqui porque foram convocadas pelos meios de comunicação a semana inteira, estão aqui porque sabem o valor da democracia, estão aqui porque sabem o que é uma filha de uma empregada doméstica chegar a uma universidade, porque sabem o que é um jovem que não tinha esperança fazer um curso técnico, essas pessoas que estão aqui sabem o valor que é um coveiro de cemitério que estuda e vira um diplomata, um médico. É esse país que essa pessoas querem.”

“A nossa bandeira verde e amarela está dentro da nossa consciência e do nosso coração, está dentro do nosso ambiente de trabalho.”

Lula deu ainda recado aos militantes para não aceitar provocação de grupos contrários. “Vocês foram e são a melhor coisa que esse pais já produziu, a sua gente, é o nosso jeito alegre, e nosso jeito de lidar com a diversidade. Não aceite provocação na volta pra casa. Quem quiser ficar com raiva, que morda o próprio dedo.”

O ex-presidente deixou o local acompanhado de vários simpatizantes.

César Bombeiro juntamente com Grupo Desperta Liberdade, combate criadouros de aedes eagypti em construção de quadra abandonada pela Prefeitura de São Luís

A Prefeitura de São Luís decidiu inexplicavelmente abandonar as obras de construção de uma quadra coberta na comunidade Japão, no bairro da Liberdade. Segundo lideranças do movimento Desperta Liberdade, a quadra é uma aspiração da comunidade e garantida na campanha passada pelo prefeito Edivaldo Holanda Júnior. Depois de muita cobrança, as obras tiveram início, mas logo paralisadas, e que segundo os comentários dominantes na comunidade teria sido a falta de repasses financeiros para a empreiteira, que inclusive aplicou calote em vários trabalhadores.

            Para César Bombeiro, um dos lideres do movimento Desperta Liberdade, o prefeito Edivaldo Holanda Júnior recebeu na eleição passada importante apoio das comunidades integrantes do bairro da Liberdade e de lideranças. Todos pediram como resposta, obras de infraestrutura básica e regularização fundiária das mais diversas comunidades, o que infelizmente não foi levado a sério pelo prefeito, diz o integrante do movimento comunitário.

        Com o abandono das obras da quadra e o inverno bem presente nas últimas semanas, tem proporcionado o acúmulo de água dentro da quadra em situação irregular nas imediações, tornando os locais bem propícios para criadouros do aedes eagypti. Diante dos sérios riscos, moradores e integrantes do grupo Desperta Liberdade, decidiram dar uma atenção para o local até como prevenção a focos do mosquito, diz César Bombeiro.

Prefeitura de Alto Parnaíba realiza concurso público

Concurso substituirá servidores que estão contratados irregularmente.
Certame provém de acordo entre a Prefeitura e o Ministério Público.

A Prefeitura de Alto Parnaíba, a 986 km de São Luís, realizará no próximo dia 17 de abril um concurso público para preencher 136 vagas efetivas na administração municipal. As inscrições podem ser feitas até 24 de março.

A decisão de realizar o certame partiu de um acordo entre o Ministério Público e o prefeito da cidade, Itamar Nunes Vieira, para não manter funcionários não concursados no quadro. O Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) foi firmado  em dezembro de 2015.

Após 60 dias da homologação do concurso público, todos os contratos irregulares serão anulados. O descumprimento do acordo prevê multa de R$1 mil diários à Prefeitura.

Seguindo o exemplo da Prefeitura, a Câmara dos Vereadores de Alto Parnaíba também realizará pela primeira vez um concurso público para o preenchimento de 10 cargos efetivos. As inscrições também devem ser realizadas até o dia 24 de março.

Estranho, Prefeitura de Codó gasta mais de R$ 4 milhões com material elétrico!

A Prefeitura de Codó mais uma vez celebrou contratos duvidosos e volumosos. No dia 11 de fevereiro deste ano, o Município firmou quatro parcerias com o objetivo de fornecimento de material elétrico, hidráulico, construção e ferragens em geral para atender as ‘necessidades’ das secretarias.

A ‘prestação de serviço’ vai gerar um rombo de R$ 4.136.622,35 (quatro milhões, cento e trinta e seis mil, seiscentos e vinte e dois reais e trinta e cinco centavos) nos cofres públicos. Os acordos foram firmados com as empresas A. Costa Nascimento-Comércio, detentora de dois contratos com valor total de R$ 250.465,40; com a J.Gonçalves dos Santos Filho & CIA, ganhadora do maior contrato (R$3.511.945,43); e A.F Lobo Mendes Comércio e Serviços (R$374.211,52).

À frente da prefeitura de Codó, Zito Rolim já arranjou diversas parcerias suspeitas, que torraram ciras milionárias.A lista é extensa e continua aumentando. Foi constatado, inclusive, pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (COAF), o envolvimento do Município em irregularidades financeiras.

extrato

Cesar Bombeiro com um pé na Câmara de São Luís

César Bombeiro, que é suplente de vereador, é cotado para assumir uma vaga na Câmara de São Luís

César Bombeiro, que é suplente de vereador, é cotado para assumir uma vaga na Câmara de São Luís

Com uma história de lutas na classe sindical, de origem humilde, morador do bairro da Liberdade, o sindicalista César Bombeiro, promete ser uma grande revelação nas eleições de outubro próximo. Com uma grande experiência na área da segurança pública, César já conseguiu muitos benefícios para a classe que representa, mais especificamente, a dos agentes penitenciários do estado do Maranhão.

Sempre em busca da melhoria para as comunidades que presta apoio, Bombeiro, vem na luta para disputar uma das 31 vagas na Câmara Municipal de São Luís.

Em tempo: César Bombeiro é suplente de vereador em São Luís pelo partido dos trabalhadores, e tem recebido vários convites para se filiar em partidos de menor proporcionalidade, o que lhe garantia um mandato de vereador na capital do Maranhão.

HÁ 205 DIAS PARA A ELEIÇÃO, CANDIDATOS A VEREADORES SE MOVIMENTAM EM SÃO LUÍS

DENIS

Dênis Carter, à esquerda faz sinal da vitória

Empresário do Grupo Locar, Dênis Carter (sem partido), está de olho nas eleições de São Luís. Dênis não esconde dos aliados mais próximos a vontade de ser candidato a vereador na eleição que se aproxima.

Com uma forte atuação nas comunidades periféricas da Ilha, Denis aposta ter uma votação expressiva e numa coligação com bons nomes o pré-candidato pode brigar por uma das 31 vagas no legislativo ludovicense.

“tenho convicção que o meu trabalho que desenvolvo nas comunidades será valorizado e o povo que me segue diariamente, estará comigo”. Disse o pré-candidato.

FÁBIO CÂMARA É O CANDIDATO A PREFEITO DE TERCEIRA VIA

Fábio Câmara se consolida como terceira via na eleição do dia 2 de outubro próximo. Fábio é candidato a prefeito em São Luís, ele é mais ou menos assim: se você não quiser tudo que está aí, vote no Fábio Câmara, as pesquisas mostram isso.

fabio

O vereador Fábio Câmara (PMDB), pré-candidato a prefeito de São Luís, passou o dia de ontem reunido com especialistas em desempenho eleitoral. E eles ficaram euforicamente surpresos com os dados de uma avaliação de desempenho realizada em São Luís. Para os analistas, o vereador tem condições de se consolidar como terceira-via na capital maranhense.

Seu desempenho até agora, segundo o avaliado, é tão significativo quanto o do deputado estadual Bira do Pindaré (PSB), que já foi candidato a senador e se põe na disputa pela prefeitura há pelo menos três eleições.

– Tenho convicção de que estou pronto para decidir as eleições na capital maranhense. As avaliações mostram isso e o PMDB sabe disso, e as lideranças estaduais do PMDB, hoje, têm esta mesma convicção – comemorou Câmara.

Desde 2015, cotado como opção para vários partidos, Câmara descarta deixar o PMDB e garante que vai para a disputa municipal.

– Sou candidato a prefeito de São Luís, cada vez mais convicto, e amparado cientificamente, das minhas chances – disse o vereador.

A avaliação qualitativa em torno de Fábio Câmara – na comparação com outros nomes envolvidos na disputa – será apresentada oficialmente às lideranças peemedebistas, como forma de garantir a legenda para a campanha.