Blog Veja Agora | Com Junior Araujo - Notícia com veracidade dos fatos

Veja Agora, Fábio Câmara deixa o PSL e deve entrar na disputa da prefeitura de São Luís

O suplente de deputado estadual Fábio Câmara deixou o PSL e deve se filiar a outra sigla para disputar a prefeitura de São Luís .

No pleito de 2016 , Titio Fábio, que era 15 , teve uma excelente votação , deixando de concorrer uma vaga de vereador para disputar à prefeitura da capital , obteve 19.045 votos tendo 3,69% dos votos válidos, ficando em quinto lugar dos noves que disputaram o pleito .

Fábio câmara ao lado da presidente da Funasa Maura Jorge

Câmara também disputou a eleição de 2018 para o cargo de deputado estadual, teve mais de 10 mil votos dentro da capital , o que lhe colocou na primeira suplência do PSL . Ontem foi assinada pelo presidente do PSL sua carta de anuência que libera sua saída .

Fábio Câmara ao lado do Senador Roberto Rocha

Vale destacar que Fábio tem ampla relação com referências do governo federal, tais como : Hildo Rocha( Dep. Federal ) , Roberto Rocha ( Senador ) e Maura Jorge ( FUNASA – MA) .

Sabe-se também nos bastidores da política que o suplente de deputado , recebeu convite da prefeiturável Detinha (PL) para ser seu vice-prefeito.

Câmara de São Luís recebe de promotor sugestões sobre Plano Diretor

O promotor de Justiça de Proteção do Meio Ambiente, Luís Fernando Cabral Barreto, esteve, nesta quinta-feira (27), na Câmara Municipal de São Luís. Na oportunidade, ele se reuniu com o presidente da Comissão de Constituição e Justiça, vereador Pavão Filho (PDT), e com o procurador geral da Casa, Vítor Cardoso, e entregou documento contendo sugestões do Ministério Público a serem integradas ao projeto de lei, de autoria do Executivo, que trata sobre o novo Plano Diretor da capital. A matéria será votada pelos vereadores em breve.

“É uma contribuição de um fiscal da lei, que está acompanhando todo o processo de reconstrução do Plano Diretor, desde quando a proposta saiu do Executivo e veio para Câmara. Após uma análise, o promotor entendeu que havia necessidade de fazer algumas adequações. As recomendações vão instruir a melhor forma de como os vereadores devem votar”, relatou o procurador.

De acordo com Pavão Filho, as sugestões são a opinião do Ministério Público e visão contribuir com a proposta de revisão urbanística.

“A Câmara não decide sobre o Plano Diretor, sem ouvir recomendações do Ministério Público, da sociedade e a opinião de cada vereador que faz parte deste parlamento. É uma decisão democrática e transparente. Se ela necessitar de ajustes, com certeza serão feitos para melhorar o pLano, que vai valer para os próximos 10 anos na nossa cidade”, argumentou.

Plano Diretor

O Plano Diretor orienta a ocupação do solo urbano, tomando como base, os interesses coletivos e difusos, como a preservação da natureza e da memória, e os interesses particulares dos moradores da cidade.

Em uma ação inédita, o Legislativo Municipal realizou, ano passado, uma série de oito audiências públicas com o objetivo de ouvir sugestões da população de São Luís a respeito do projeto de lei.

José Sarney sai em defesa da democracia e do congresso

Em declaração à jornalista Tereza Cruvinel do Brasil 247, o ex-presidente José Sarney também fez a defesa do Congresso e da democracia, diante das manifestações convocadas contra o Congresso, com o compartilhamento de um vídeo pelo presidente Jair Bolsonaro.

– Passei 52 anos no Parlamento, mais da metade da minha vida. E afirmo com a certeza da experiência que sem Parlamento forte não há democracia forte. Sem Congresso, não há democracia.

Comedido, evitando citar nominalmente Jair Bolsonaro, ele recordou ainda seu papel na instauração das bases da democracia brasileira:

– Conduzi a transição democrática e  entreguei o país com instituições fortes, que precisam ser preservadas.

Sarney disse não ter sido procurado por ninguém para tratar de um manifesto a ser assinado por todos os presidentes vivos, como chegou a ser noticiado.

Eleitor tem até 6 de maio para regularizar título junto à Justiça Eleitoral

Quem perder o prazo não poderá votar nas eleições municipais.

No ano passado, cerca de 2,4 milhões de eleitores tiveram seus títulos cancelados porque deixaram de votar e justificar a ausência por três eleições seguidas. No Maranhão, o Tribunal Regional Eleitoral concluiu o recadastramento biométrico obrigatório dos eleitores de todas as 217 cidades do Maranhão, após 10 anos de atividade, e aquele eleitor que, por algum motivo, não tem dados biométricos – sejam eles foto, digitais e assinatura, cadastrados até 6 de maio de 2020, ficará impedido de votar nas eleições de outubro, além de ter que enfrentar outras consequências. O mesmo prazo aplica-se aos eleitores que não votaram nem justificaram ausência às urnas por 3 eleições consecutivas.

A irregularidade também pode gerar dificuldades para investidura e nomeação em concurso público, renovação de matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo e obtenção de certidão de quitação eleitoral ou qualquer documento perante repartições diplomáticas a que estiverem subordinados. Os nomes dos eleitores e os números dos respectivos documentos cancelados serão disponibilizados pela Justiça Eleitoral no começo do mês de junho.

Para a justiça eleitoral cada turno de um pleito corresponde a uma eleição. O Maranhão possui 105 zonas eleitorais responsáveis pelas 217 cidades do estado. Encerrado o prazo obrigatório, em que o TRE montou estrutura própria de atendimento em cada município individualmente durante esses 10 anos com apoio dos poderes executivo e legislativo.

Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em 2018 estavam aptos a votar 4.159.572 eleitores. O maior colégio eleitoral do Maranhão está na capital, com 636.919, seguido por Imperatriz com 149.551 eleitores. Em Caxias são 97.795 votantes. O município com o menor número de eleitores está em São Pedro dos Crentes que possui apenas 3.426 eleitores.

Regularização

O eleitor que precisa regularizar situação deve comparecer à sede da zona eleitoral a qual pertence preencher o Requerimento de Alistamento Eleitoral (RAE) e apresentar um documento oficial com foto.

Cada turno que o eleitor deixou de comparecer gera uma multa de R$ 3,51. Para verificar horário, localização e cidades de cada zona é só acessar a aba “zonas eleitorais” disponível na guia “O TRE” do endereço eletrônico www.tre-ma.jus.br. Algumas zonas tem horários de funcionamento diferenciados.

Cada eleitor pode consultar a própria situação no site do Tribunal Superior Eleitoral, na área de Serviços ao Eleitor, acessando o link Situação eleitoral – consulta por nome ou título. Após preencher o nome completo e a data de nascimento, o serviço indicará se o título está regular ou irregular. Dúvidas e mais informações podem ser tiradas pelo telefone 0800 098 5000, de segunda a sexta, entre 8h e 18h. Pelo perfil @tremaranhao do Instagram também é possível acessar vários conteúdos inerentes ao assunto.

Multa

Se a situação do eleitor estiver irregular será necessário pagar uma multa no valor aproximado de R$ 3,50 e, em seguida, comparecer ao cartório eleitoral mais próximo, apresentando documento oficial com foto, comprovante de residência e o título, se ainda o possuir.

Para economizar tempo, a Justiça Eleitoral permite que o início do processo de regularização ocorra pela internet. Para tanto, basta seguir o seguinte caminho na página do TSE: Eleitor > Serviços ao eleitor > Título de eleitor > Quitação de multas.

Após o preenchimento dos dados pessoais, a página possibilitará a emissão de Guia de Recolhimento da União (GRU) para a quitação da multa. Depois de emitir a GRU e realizar o pagamento da pendência, o eleitor precisará se dirigir apenas uma vez ao cartório eleitoral para regularizar a situação.

Vereador Marquinhos aproveita o feriado prolongado para apoiar e visitar retiros evangélicos.

Nesse  período carnavalesco, muita gente aproveita os dias para participar da programação alternativa às festividades que acontecem na cidade. Por esse motivo, igrejas evangélicas  realizam retiro de Carnaval ou acampamentos espirituais. E o vereador Marquinhos tirou todos esses dias para apoiar e visitar os mais diversos retiros promovidos por várias congregações e denominações. 

Longe da folia, jovens evangélicos, aproveitam muito os dias de folga do feriado prolongado para uma programação de lazer, mas também regrada de muito louvor e adoração a Deus para assim cuidar também da vida espiritual. A música, o esporte, brincadeiras, dinâmicas e todo momento de reflexão na Bíblia Sagrada, completam a receita da alegria em retiro que se transforma em momento de confraternização.

“A nossa visão, é mostrar o caminho do Senhor. E esta é uma oportunidade de tirar nosso jovens desse fluxo e mostrar pra eles, que é possível viver uma verdadeira alegria, distante daquilo que tem sido caminho para que, muitos jovens se percam, é algo de muita alegria estarmos na presença do senhor”. Disse o Vereador Marquinhos

Bloco do Jacaré percorre as ruas de São Vicente Férrer e arrasta multidão

O bloco do Jacaré arrastou uma multidão de foliões  que percorreram as ruas de São Vicente, na segunda feira de carnaval (24).

O bloco foi liderado pela Prefeita Conceição Castro e pelo jovem Adriano Freitas, A atração carnavalesca iniciou com uma concentração no Posto Noele e se apresentou pelas ruas da cidade de e mais uma vez fez a alegria dos vicentinos.

‘Mais uma vez e agora com mais energia, o Bloco do Jacaré mostrou alegria e animação, com a participação de milhares de vicentinos. Agradeço a cada um, que recebeu o nosso convite e participou de nossa festa’, disse Conceição Castro.

A festa continua hoje na Praça de Eventos, com uma programação de várias bandas, organizado pela Prefeitura Municipal.

Uma multidão acompanhou o “Bloco dos Lisos”, comandado por Dr. Júnior, em Peritoró

Uma verdadeira multidão acompanhou o “Bloco dos Lisos” em Peritoró

O próximo prefeito de Peritoró, Dr. Júnior comandou um verdadeiro arrastão que aglutinou uma multidão em Peritoró, com o “Bloco dos Lisos”, que é realizado todos os anos. A concentração teve inicio no começo da tarde pela região central da cidade com a participação dos artistas locais, Asas Mel, Almeida Santos e Rany Aráujo no trio elétrico e o Paredão Pânico.

Milhares de pessoas seguiram o arrastão pela cidade até o centro, formando um imenso tapete humano de folia, alegria e curtição. Quem encerrou a festa foi o cantor maranhense Pepê Júnior que embalou a noite com músicas atuais e foi bastante festejado pela galera presente.

O evento contou com a presença do deputado federal André Fufuca, que esteve acompanhando todo o percurso do Bloco dos Lisos.

Cachaça solidária

Colaboradores do Bloco dos Lisos inovaram e trouxeram para as ruas de Peritoró uma Caixa D’água com 500 litros de Cachaça – na verdade era uma caipirinha feita com cachaça da terra que foi distribuída. Não deu para quem quis.

Novos aliados

O Dr. Júnior vai conquistando a cada dia mais aliados, tiveram ontem na organização do arrastão do Bloco dos Lisos, James Dean e Lidivam Monteiro, que são de Independência e comandam eventos culturais em Peritoró.

Bloco Solidário

Dr. Júnior inovou na cidade e entregou cerca de 3 mil abadás, a condição para receber era doar 2 quilos de alimento não perecível, que serão doados na semana santa aos peritoroenses em estado de vulnerabilidade social.

Veja Agora! ‘Pé no Chão’ assume vaga de vereador em São Luís

José Policarpo Lopes, o ‘Pé no Chão’ (PTB), assumiu a vaga de vereador em São Luís. Ele entra no lugar do vereador Joãozinho Freitas, que se licenciou.

Muito conhecido nos bairros periféricos da capital, ele obteve 2,942 votos e ficou na segunda suplência, atrás de Pedro Lucas (se elegeu deputado federal) e Joãozinho.

Outro que assumiu também na condição de suplente foi Dr. Ubirajara, no lugar do vereador Pereirinha.

Assembleia instala CPI da Educação para apurar práticas abusivas na rede privada de ensino

A Assembleia Legislativa do Maranhão instalou, nesta quarta-feira (19), os trabalhos da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), que visa apurar, no prazo de 120 dias, uma série de irregularidades e práticas abusivas cometidas na rede privada de ensino do Maranhão. Os deputados Roberto Costa (MDB) e Fernando Pessoa (Solidariedade) foram eleitos presidente e vice-presidente da Comissão, respectivamente. A relatoria ficou com o deputado Rafael Leitoa (PDT). A primeira convocação da CPI está marcada para o dia 3 de março, às 14h30, na Sala das Comissões.

Além dos três parlamentares que irão dirigir os trabalhos, participaram da reunião para a composição da CPI, os deputados Duarte Júnior (Republicanos), Wendel Lages (PMN) e Zito Rolim (PDT).

De acordo com o presidente da CPI, Roberto Costa, a CPI da Educação vai apurar diversas denúncias feitas por pais de alunos matriculados em escolas particulares. Dentre os relatos, destacam-se a aplicação de sistema bilíngue sem prévias justificativas e com valores acima dos praticados no mercado; a adoção de sistema de ensino com vendas exclusivas nas escolas; cobranças de taxas genéricas em materiais de uso exclusivo coletivo e reajustes abusivos e injustificados nos valores das mensalidades.

 A referida Comissão Parlamentar de Inquérito deriva da Resolução Administrativa 92, de 12 de fevereiro de 2019, de autoria da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa. Logo após a instalação da CPI, o deputado Roberto Costa fez o comunicado oficial ao presidente da Casa, Othelino Neto (PC do B).