BLOG VEJA AGORA - Notícias com veracidade dos fatos

UMES lança Nota em desagravo ao aumento da passagem

NOTA

Diante da decisão da SMTT – Secretaria Municipal de Trânsitos e Transportes de aplicar reajuste na tarifa de transporte dos ônibus coletivos de São Luís, viemos a público repudiar veemente a forma como a citada secretaria vem adotando para tomar  medidas que atinge diretamente a classe trabalhadora e estudantil da nossa capital.

O reajuste das tarifas foi discutido único e exclusivamente com a classe empresarial a portas fechadas através do Secretário Canindé Barros, em nenhum momento as tentativas de diálogo com os usuários do sistema de transporte foram atendidas . Além de que já há um certo tempo o secretário tem tomado decisões que só vem prejudicar as conquistas que ao longo do tempo foram dadas a cidade de São Luís .

Enumeramos aqui por exemplo algumas dessas medidas arbitrárias:

  1. Bilhete Único – Não há qualquer tipo de fiscalização por parte da secretaria apesar de diversas reclamações e denúncias que o sistema de bilhetagem não está sendo cumprido por quem gerencia o sistema que é no SET – Sindicato da Empresas de Transportes.

2- Terminais Integração – Ao longo dos anos e através de várias gestões passadas São Luís foi contemplada por 5 terminais, e que de forma irresponsável a SMTT entregou aos consórcios a administração dos mesmos alegando economia de custo. Todos nós sabemos que empresários visam lucros, e não teria uma outra forma da classe empresarial assumir obra pública senão fosse com um único e exclusivo da interesse de obter lucros . A sociedade precisa saber o que está por trás dessa concessão que se quer passou pela câmara municipal .

3 – Lei Fim das Filas – Há uma lei municipal aprovada pela Câmara Municipal e sancionada pelo prefeito que trata do fim das filas nos postos de recarga de cartão, estipulando prazo e horário de funcionamento, mas uma conquista que não está sendo obedecida põe quem gerencia e nem fiscalizado pela secretaria, deixando milhares de usuários novamente debaixo de sol e chuva em filas intermináveis.

4- Reajuste da tarifa de transporte – O secretário aproveitou período de recesso na câmara municipal de Vereadores para arquitetar junto a classe empresarial aumento na tarifa de transporte sem dialogar com a câmara e nenhum setor representativo da classe de usuários.

Desta forma conclamamos toda sociedade para somar forças junto conosco a fim de que possamos exigir um diálogo imediato para discutirmos o reajuste e a garantia desses direitos que estão sendo violados por conta de uma gestão arbitrária e obscura que o secretário Canindé Barros vem fazendo a frente da SMTT.

Na segunda feira estaremos dando entrada em um documento no ministério público que pede intervenção no sistema de transporte público de São Luís, e estaremos ao longo do processo visitando a câmara municipal de São Luís para pedir que se realize Audiência Pública para tratar sobre o assunto, além de que estaremos realizando de forma pacífica Pit Stop em vários terminais, realizando ações que venham a chamar o poder público a ouvir a voz que vem das ruas .