BLOG VEJA AGORA - Notícias com veracidade dos fatos

Prefeitura gasta dinheiro público e não entrega feira e matadouro de São Bento

Prefeitura de São Bento gasta dinheiro público em matadouro que não funciona

Abatedouro público consumiu dinheiro público e está abandonado

O prefeito Luizinho Barros não tem mais comando na cidade de São Bento. A prefeitura municipal já gastou muito dinheiro do povo sambetuense e até agora não foi entregue o Matadouro e o Mercado Municipal da cidade.

O Ministério Público do Maranhão já ajuizou uma nova ação contra o prefeito Luizinho Barros. Desta vez, o MP em caráter liminar, o requer que o Município de São Bento interdite o abatedouro clandestino que mantém no centro da cidade, no prazo de 30 dias, a decisão é do dia 20 de novembro deste ano. No mesmo período, o novo abatedouro municipal, no povoado Iguarapiranga, deve ser adequado obedecendo às normas do Regulamento Industrial e Sanitário de Inspeção de Produtos de Origem Animal (Riispoa).

Também em 30 dias, o Município deve criar o Serviço de Inspeção Municipal (SIM) para dar respaldo legal às atividades do matadouro, e capacitar os manipuladores para que estes adotem medidas de higiene pessoal do estabelecimento e dos instrumentos, visando garantir um produto de boa qualidade e assegurar a saúde do consumidor.

Em caso de descumprimento da medida imposta, o MPMA pede que seja fixada multa pessoal e diária de R$ 20 mil ao prefeito Luiz Gonzaga Barros.

Veja como funciona matadouro clandestino aprovado por Luizinho Barros

 

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*