BLOG VEJA AGORA - Notícias com veracidade dos fatos

Juventude do PTC se fortalece em São Luís

Nesta quinta – feira(03), em reunião na sede do partido, foi instituída a juventude do PTC – Partido Trabalhista Cristão. A ideia nascida no coração do seu líder estadual Júnior Verde, deixou bem claro que o PTC, tem tudo para dar uma nova cara para política maranhense, resgatando a volta do protagonismo juvenil na sociedade.


Segundo Verde, o PTC tem história, quando se trata dos jovens na política ludovicense. ” Os jovens tem a garra que as vezes supera a experiência.” “Precisamos fortalecer a nossa juventude, criando espaços na sociedade, para que os mesmos possam elaborar ações que ajudam as causas sociais da capital.” Afirmou Júnior Verde.

Para a liderança da juventude do partido, foi escolhido o jovem Paulo Neto, mais conhecido como “Paulinho Guilherme”, que desde da adolescência é envolvido com ações sociais da Igreja do Evangelho Quadrangular do Monte Castelo.

Atualmente Paulinho é membro da IEQ Monte Castelo e ao lado do líder municipal do PTC, o vereador Antônio Garcez, elaboram projetos em benefício ao povo de São Luís.

Por Cristopher

VEJA, UNISOCIAL LEVA AÇÃO SOCIAL PARA O BAIRRO JARDIM TROPICAL EM RIBAMAR

Na tarde do último domingo (29), o grupo Unisocial em Ribamar coordenado pelo Pastor Augusto de Jesus juntamente com vários projetos da Igreja Universal do Reino de Deus como o grupo da EVG (Evangelismo), coordenado pelo Pastor Edivaldo realizaram uma grande ação social no bairro Jardim Tropical na cidade de São José de Ribamar, levando atendimento a mais de mil pessoas que estiveram no local, durante a programação os moradores tiveram a sua disposição atendimentos Jurídicos, varios serviços na área da saúde, beleza, palestras com a equipe Maria da Penha, recreação para a criançada, sorteio de cestas básicas para todos os presentes.

Para o pastor Augusto de Jesus “tal ação é de grande importância para levar até as pessoas várias atendimentos que venham ajudar não somente na orientação mas no cuidado da saúde que é um dos fatores fundamentais”, estiveram presente varios pastores da cidade de Ribamar como também o Pastor Renan responsável pelo Unisocial no estado do Maranhão que deu uma palavra de fé e incentivo à todos os presentes.

Veja Agora! Cara nova na Política: Rejanny Braga está sendo cotada para ser candidata a vereadora de São Luís

Cara nova na Política: Rejanny Braga está sendo cotada para ser candidata a vereadora de São Luís

Hoje o blog  foi ao encontro da Rejanny braga que está sendo cotadíssima para a disputa de uma vaga no legislativo da Câmara Municipal de São Luís.

blog cesar: Rejanny, como você recebeu esse carinho do povo ludovicense ao mencionar o seu nome como pré-candidata a vereadora de São Luís?

Rejanny: Estou surpresa em ter meu nome mencionado na opinião pública para pré-candidata a vereadora no município de São Luís. Já estou há um bom tempo afastada da mídia, e hoje me dedico ao trabalho da construção civil e ao término do meu curso de engenharia. Lógico que continuo com meus trabalhos sociais e acredito que essa questão tenha contribuído para surgimento do meu nome como pre candidata a vereadora de sao Luís.

Blog: Você é filiada em algum partido político?

Rejanny: Não. Até porque desde que terminei o ensino médio, onde atuava em todos os movimentos possíveis, me afastei da questão política. Na época pensei seriamente em me filiar em um partido, mas diante da minha opção profissional, não dei continuidade à ideia.

Blog: Agora, diante do desejo de vários políticos e comunidades em ter você como pré-candidata  a vereadora no município de São Luís, você tem algum partido de preferência?

Rejanny: Amigo , ainda não caiu a ficha sobre essa questão da minha pré-candidatura. Estamos eu e meus familiares conversando sobre os prós e os contras, porém acredito que se optarmos em dar seguimento a ideia política, iremos analisar cada convite e ver qual a proposta que realmente se encaixa em nossas realidades. Essa questão partidária tem que ser bem analisada, pois as regras políticas para as eleições de 2020 foram modificadas e acredito que para melhor. Nessas condições, temos que analisar a realidade de cada partido, pois essas eleições serão uma das mais bem disputadas de todos os tempos, e a questão da escolha partidária é primordial para as pretensões de uma boa vitória.

Blog: Rejanny, hoje como cidadã, você tem uma causa que poderia levar para ser discutida em plenário como vereadora do município de São Luís?

Rejanny: Diante do auto índice de feminicídio, estou disposta a lutar pelas mulheres que, mesmo com a lei Maria da Penha, a questão tem se agravado diuturnamente e, para isso, teríamos que elaborar projetos de prevenção para a diminuição da violência contra as mulheres.

Blog: O blog agradece a entrevista e desde já desejamos que você realize o sonho de todos e venha para a disputa dessa eleição Municipal de 2020.

Rejanny: Obrigada a toda a sua equipe pela entrevista e acredito que se o desejo dos amigos tiverem a benção do nosso senhor Jesus, será feita a vontade de Deus.

Bem amigos, a verdade é que essas eleições municipais são uma verdadeira incógnita tanto na majoritária como no legislativo. O jogo já começou e prova disso são as inúmeras perseguições ao vereador Astro de Ogum. Nós eleitores precisamos de pessoas como você Rejanny para contribuir com a moral dessa nossa política, já tão desacreditada pelo povo como todo.

É ISSO.

Por: Cesar Durans

Pedro Lucas recomenda a aprovação de projeto das Agências Reguladoras

Estabelecer a obrigatoriedade de realização de Análise de Impacto Regulatório (AIR) pelas agências reguladoras no âmbito da Administração Federal. Esse é o objetivo da proposta aprovada por unanimidade, nesta quarta-feira (2), na Comissão de Trabalho, por recomendação do líder do PTB na Câmara dos Deputados, Pedro Lucas Fernandes (MA).

O parlamentar foi o relator do Projeto de Lei 1539/15, que requer a obrigatoriedade de realização do relatório a fim de subsidiar e orientar a tomada de decisões pelas Agências Reguladoras, e garantir o monitoramento de tais decisões. A iniciativa visa dar maior transparência no processo de decisões das Agências Reguladoras no País. O projeto estabelece uma série de etapas de estudo a fim de organizar as medidas regulatórias a serem adotadas.

“Hoje, é verificado baixíssima uniformidade nos procedimentos adotados pelas agências, ao invés de um efetivo relatório de impacto regulatório, e por isso a necessidade de se impor a obrigatoriedade”, lembrou o líder. A relevância do processo de Análise de Impacto Regulatório, pode ser medida pelo anúncio da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), quando cita o AIR como uma das ferramentas essenciais para a melhoria regulatória de seus países membros.

Brasil

Acompanhando as movimentações do cenário mundial sobre o tema, o Brasil editou o Programa de Fortalecimento da Capacidade Institucional para Gestão da Regulamentação. Assim, desde 2008, passou-se a difundir a proposta para que, ao menos, parte dos procedimentos virassem rotina nas Agências. Atualmente, das dez Agências Reguladoras Federais, apenas a Agência Nacional de Águas (ANA) ainda não adota a AIR, mas as Agências seguem suas diretrizes internas.

Regulamentação

Hoje, a previsão do AIR pelas agências Reguladoras é restrita, sem a preocupação em acompanhar seus impactos e a sua efetividade no curto, médio e longo prazo. “Nesse sentido, é importante que a realização da Análise de Impacto Regulatório se torne obrigatória para as Agências Reguladoras Federais e passe a fazer parte, de forma efetiva, da rotina de suas deliberações”, reforçou o líder.

Pinheiro adquire mais duas ambulâncias de suporte avançado para os hospitais de referência do município

O prefeito de Pinheiro, Luciano Genésio, entregou nesta terça-feira (01) mais duas ambulâncias de suporte avançado para os hospitais do município. A cidade é a única da baixada com ambulâncias no perfil de UTI MÓVEL.

“Quando assumi a prefeitura, encontramos apenas 3 ambulâncias básicas para atender esta região. Com muito trabalho e compromisso com a saúde, estamos ampliando a frota de ambulâncias. Adquirimos mais 7 em nossa gestão, e 3 são unidades de suporte avançado. E essa nova conquista para o povo de Pinheiro veio com recursos próprios da prefeitura”, destacou Luciano.

Ao lado do prefeito, a deputada estadual Dra. Thaiza Hortegal participou da entrega das ambulâncias que servirão aos hospitais Materno Infantil e Antenor Abreu. Ela destacou o planejamento e eficiência da prefeitura na garantia de constantes investimentos na saúde pública.

“Vejo a gestão de Luciano uma gestão de compromisso e eficiência, características dele, sempre preocupado, principalmente, com a saúde da região, porque somos referência para dezenas de municípios. E essas unidades de suporte avançado garantirá mais segurança na transferência de pacientes em casos mais graves. É uma grande conquista para Pinheiro, única cidade da baixada com UTIs MÓVEIS à disposição do povo”, comemorou a parlamentar.

Por: Marcelo Vieira

Justiça condena Estado a pagar R$ 1,5 mi à família do médico Luiz Alfredo

O Juiz Marco Aurélio Barreto Marques, da 4ª Vara da Fazenda Pública, de São Luís, condenou o Estado do Maranhão a indenizar a família do médico Luiz Alfredo Guterres – assassinado em 2014 – em mais de R$ 1,5 milhão.

Pela decisão, são R$ 300 mil para a viúva do médico e igual valor a cada um dos quatro filhos, além de pensão vitalícia mensal de mais de R$ 29 mil – com pagamento de 13º salário de pouco mais de R$ 5 mil.

Luiz Alfredo foi assassinado em novembro de 2014, quando tentava proteger um dos filhos após a invasão da sua casa por criminosos . Na decisão, o magistrado destaca que um dos assaltantes já era condenado, e estava em liberdade condicional.

“No presente caso, é inconteste a existência de dano moral, que está consubstanciado na dor, sofrimento, angústia, presumíveis em ocorrências dessa natureza, não sendo razoável supor que as partes Autoras tenham passado incólume, intrinsecamente, após ter perdido seu pai e marido assassinado dentro de sua própria residência”, destacou Marco Aurélio Marques.

Ele explicou também que definiu o valor de R$ 300 mil de indenização com base no valor aproximado que o médico recebia por ano em decorrência da sua atividade profissional.

“Decorria de tanto um comprovado rendimento anual de R$ 350.486,87 (trezentos e cinquenta mil quatrocentos e oitenta e seis reais e oitenta e sete centavos), ou R$ 29.207,23 (vinte e nove mil duzentos e sete reais e vinte e três reais), mensais, que, medianamente, se esperaria que perdurasse até o momento em que o renomado médico atingisse os 70 (setenta) anos de idade”, pontuou.

Da decisão, cabe recurso do Estado.

Baixe aqui a íntegra.

Fonte: Gilberto leda 

Vídeo: Josimar de Maranhãozinho se altera em show de forró

O deputado federal Josimar de Maranhãozinho (PL) envolveu-se numa confusão e reagiu com fúria durante um show da banda de forró Saia Rodada na cidade de Araguanã, interior do Maranhão, no fim de semana.

A assessoria de Josimar – diz que o deputado tentou intervir numa confusão entre seguranças e público. Sem ser reconhecido, teria sido agredido.

nota oficial da assessoria do parlamentar.

O deputado federal Josimar Maranhãozinho (PL), teve uma reação inesperada na noite de ontem (29), no encerramento do Festival do Peixe de Araguanã. Ao chegar no camarote dos artistas, o deputado se deparou com os fãs da banda Saia Rodada sendo tratados de maneira grosseira pelos seguranças, o que gerou um clima de insatisfação do parlamentar que reagiu imediatamente.

O tiro e a toga

Gilmar Mendes e Rodrigo Janot

Por José Sarney

O grande escritor e jornalista, que modernizou a imprensa brasileira, Odylo Costa, filho, contava uma história dos antigos tempos, do início do século XX, no tempo das intervenções salvacionistas, passada com um interventor do Piauí, violento e autoritário, como eram as autoridades daquela época e naquelas circunstâncias ditatoriais. Num Tribunal do Piauí, seu pai, o Desembargador Odylo Costa, foi testemunha da invasão da Corte por um grupo de policiais, que vinha com a ordem do Governo comunicando aos desembargadores que, se concedessem um habeas corpus a um preso que o Interventor tinha mandado encarcerar, ele dissolveria o tribunal.

Mesmo sob essa ameaça, a Casa resolveu conceder o habeas corpus. Foi o quanto bastou para que a polícia entrasse no recinto da Corte, caísse de tiros e dissolvesse a sessão.

Contava Odylo que, graças à prudência do seu pai, eles ainda o tiveram vivo por muitos anos, para alegria de toda a família. É que o velho Odylo, sentindo o clima, foi um dos primeiros a retirar-se. Muito mal dera-se um colega seu, retardatário, que saiu correndo, teve sua toga presa na maçaneta de uma porta e, sem olhar para trás, gritava: “Me larga, soldado, que eu votei contra o habeas corpus.” Outro colega, menos prudente, pegou um tiro nas partes pudendas.

Odylo, numa crônica deliciosa para o “Diário de Notícias”, do Rio de Janeiro, contou esse episódio, que já deve ter uns cem anos.

Recordei-me desse fato pensando que isso era um fóssil jurídico da história da magistratura no Brasil. Não é que agora, para perplexidade nacional, um ex-Procurador-Geral da República diz que foi a uma sessão do STF preparado, com premeditação e bala na agulha, para matar um ministro do Supremo Tribunal Federal. Fato que, graças a Deus, não aconteceu, para a sorte do País, mantendo presente e defendendo os direitos individuais o Ministro Gilmar Mendes; e o Dr. Janot, tomando tranquilamente seu aperitivo, quando podia, por um gesto de ira, ter ido fazer companhia ao colega Fernandinho Beira-Mar no complexo da Papuda.

E nós nos lembramos do provérbio do rei Salomão, que diz: “Nada existe de novo debaixo do sol.”

Mas, certamente, o velho Odylo nunca teve medo da bala dos seus colegas, nem dos representantes da sociedade, função do Ministério Público.

Agora eu acho que, por prudência, como tinha aquele velho magistrado piauiense, não só os juízes, mas também os advogados, devem apegar-se com os santos e com o cumprimento do Estatuto das Armas, exigindo que a Polícia não admita porte de armas nos tribunais e em nenhuma das serventias judiciais, porque senão, em vez de surgir a Justiça que todos vão buscar, pode-se encontrar a bala, que, em vez da vida, traz a morte.

E a deusa da Justiça, que está à frente dos tribunais com os olhos vedados, deve tirar a venda, porque senão ela pode ser atingida por uma bala perdida.

JEFFERSON PORTELA RECEBE MEDALHA NA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA

Uma lista interminável de autoridades, inclusive o vice-governador do Estado, Carlos Brandão, se fez presente à Assembleia Legislativa para homenagear o Delegado de carreira da Polícia Civil que, na condição de Secretário de Segurança Pública, mudou toda a configuração do Sistema de Segurança do Estado. Jefferson Portela estava ali para receber a Medalha do Mérito Timbira Manoel Beckman, a mais alta comenda do Poder Legislativo. Foi, talvez, a mais concorrida solenidade de mérito da história da Assembleia em muitos anos.

A entrega da comenda atendeu a requerimento do deputado Duarte Júnior, cujo gabinete produziu um vídeo que estabeleceu a distância abissal entre o que foi a segurança pública nesse Estado antes e depois do delegado Jefferson Portela. Mostrou que quando Jefferson assumiu a Secretaria de São Luís figurava entre as 50 cidades mais violentas do mundo. Destacou os 15 mil novos policiais que passaram a integrar a PM, a Polícia Civil e o Corpo de Bombeiros com o advento do governo Flávio Dino, sem contar 9.000 promoções que se achavam travadas pela inapetência administrativa de governos anteriores. Nove novos batalhões, 12 novas delegacias, 2 Centros Táticos Aéreos e 11 colégios militares passaram a integrar o Sistema Estadual de Segurança.

Em seu discurso, Duarte Júnior estendeu a homenagem aos familiares do Secretário de Segurança e disse de sua grande honra e orgulho em ver tanta gente naquele espaço, testemunhando, na figura de Jefferson Portela, a luta diária dos homens públicos por um Brasil mais justo e um Maranhão melhor. Registrando a redução de 63 % dos homicídios no Estado, em comparação ao ano de 2014, o deputado Duarte Júnior garantiu que o Sistema de Segurança terá todo seu apoio dentro da Assembleia Legislativa do Maranhão.

APLAUDIDO DE PÉ

Invocando a Deus como regente de nossas vidas e afirmando que prefere uma morte sagrada a uma vida indigna, o Secretário de Estado da Segurança Pública do Maranhão, Jefferson Portela, dividiu com os demais secretários a honraria recebida porque “No governo Flávio Dino sempre fizemos tudo de forma coletiva”. Ele exortou a função pública afirmando que “Na vida pública nós só podemos fazer o que manda a lei”.

Para o homenageado e novo comendador, a vida só tem sentido se for em comunhão. Aplaudido de pé, Jefferson Portela disse que “Essas palmas vão ficar ecoando para sempre dentro da minha alma”. Para ele nenhum sistema de segurança pode confundir coragem com arbítrio e toda a força usada tem que ser legitimada pela dignidade humana.

O secretário declarou ainda que bandidos jamais virão de outros estados com fuzis desfilar no Maranhão. Ele também lembrou que antes de assumir a Secretaria de Segurança, “Assim como São Luís estava entre as 50 cidades mais violentas do mundo, São José de Ribamar era apontada entre as 10 cidades mais violentas do Brasil. Hoje, São Luís e São José de Ribamar estão fora destas estatísticas”, orgulhou-se. Registrou, ainda, que em 2014 chegamos a ter 14 explosões de agências bancárias em um único mês e 21 policiais foram assassinados.

Ao final, ainda exaltando a honra e a dignidade da atividade policial, desejou que cada um dos policiais presentes recebesse a Medalha do Mérito Timbira. “Mas como isso não é possível, peço que guardem essa medalha em suas almas”, finalizou.

Jefferson Portela será homenageado na Assembleia nesta quinta-feira

O secretário estadual de Segurança Pública, Jefferson Portela, será homenageado em sessão solene nesta quinta-feira, 26 de setembro, às 11 horas, na Assembleia Legislativa do Maranhão.

Na ocasião, será entregue a Medalha Manoel Beckman, a maior honraria cedida pelo Poder Legislativo a cidadãos que contribuíram ou contribuem para o desenvolvimento do Maranhão ou do Brasil.

A homenagem é resultado de requerimento do estadual Duarte Jr, que é vice-presidente da Comissão de Segurança Pública da Assembleia. “Será o justo reconhecimento ao secretário que vem diminuindo índices de violência em todo o Estado”, diz Duarte Jr.

O homenageado

Jefferson Miler Portela está no cargo desde 2015. É delegado de Polícia Civil formado em Direito pela Universidade Federal do Maranhão, especialista em Criminologia pela Faculdade São Luís. Iniciou carreira como delegado no município de Bequimão. Também foi titular da Delegacia Regional de Itapecuru-Mirim e, em São Luís, das delegacias dos bairros Bom Jesus/Coroadinho e do Bequimão, além de Delegado-Geral de Polícia Civil do Maranhão. Compôs a comissão criada e instalada para apurar o crime organizado no Maranhão. Em 2016, foi eleito Presidente do Colégio Nacional de Secretário de Segurança Pública (CONSESP). Confira abaixo alguns números da segurança pública desde que Portela assumiu a secretária.