BLOG VEJA AGORA - Notícias com veracidade dos fatos

Empossada a Mesa Diretora da Câmara Municipal de São Vicente Férrer

Empossada a Mesa Diretora da Câmara Municipal de São Vicente Férrer

A Câmara Municipal de São Vicente realizou solenidade de posse da Mesa Diretora para o biênio 2019/2020. A Cerimônia foi realizada ontem, terça-feira (22), no plenário. O Vereador Jailson Santos Ferreira, foi eleito presidente.

A Mesa Diretora da Câmara foi composta pelo Segundo-Vice, Raimundo Mendes Filho; Primeiro-Secretário Lucinaldo Abreu; Segundo-Secretário, José de Ribamar Galvão (Zeca do Parú).

Na solenidade estiveram presentes várias autoridades do município, como o Secretário de Finanças, Fábio Santos e demais secretários municipais.

Em agradecimento da tribuna, Jailson Ferreira assumiu o compromisso de trabalhar com transparência e menos burocracia junto aos demais membros da chapa, sempre com o objetivo de melhorar a vida dos cidadãos vicentinos.

Absurdo!!! Prefeito Luizinho Barros vai torrar mais de R$ 1 Milhão em peças de veículos

Prefeito Luizinho Barros vai torrar R$ 1.060, 916,35 (Hum Milhão, Sessenta Mil, Novecentos e Dezesseis Reais), com peças para veículos

Prefeitura de São Bento firmou Contrato com a empresa ShopGás para fazer manutenção e troca de peças de veículos das secretarias, contudo, um fato muito estranho chamou a atenção deste blog, a divulgação do contrato no Diário Oficial do Maranhão, só foi lançada, 7 (sete) meses, após a assinatura do mesmo.

O prazo da prestação dos serviços é de 12 (meses), a contar a da assinatura do Contrato, que foi feito no dia 20 de março de 2018, restando apenas 2 (meses), para a conclusão e mesmo assim, a população de São Bento denuncia que as viaturas que prestam serviços ao município estão todas velhas, no prego e sucateadas.

Veja abaixo, o Extrato do Contrato entre a Prefeitura de São Bento e a AG da Cruz Comércio (SHOPGÁS), publicado com um atraso de 7 (sete), meses após assinatura do mesmo.

 

Bomba!!! Vereador de São Vicente Férrer pode parar atrás das grades

O vereador responde a 4 processos propostos pelo Ministério Público do Maranhão, por Enriquecimento Ilícito, Dano ao Erário, Improbidade Administrativa e Indisponibilidade dos bens

O Blog vai elencar em uma série de reportagens investigativas os processos criminais de vereadores do município de São Vicente Férrer, localizado a 280 Km da Capital maranhense. Esta primeira matéria é relacionada ao vereador Manoel Rocha (PTN), onde os desvios de dinheiro público segundo o Ministério Público do Maranhão, podem chegar à ordem de R$ 1 Milhão. Veja abaixo, no infográfico extraído do Tribunal de Justiça do Maranhão.

Ainda segundo uma das 4 ações contra o vereador, que foi pregoeiro na gestão da ex-prefeita Maria Raimunda, que também é ré em outros processos juntamente com o parlamentar. O Ministério Público acusa o vereador por Enriquecimento Ilícito, Dano ao Erário, Improbidade Administrativa e pediu ainda a Indisponibilidade dos seus bens.

Os desvios praticados pelo vereador Manoel Rocha, segundo o MP foram na contratação ilícita de empresas fantasmas na compra de Material Gráfico, Merenda Escolar e Combustível.

Nas próximas postagens vamos mostrar os desvios a que o Ministério Público se baseou para torna-lo Réu nas 4 ações que responde na Justiça do Maranhão.

Brandão e ministro da Infraestrutura dialogam sobre duplicação da BR-135

Amistosidade e unidade marcaram o primeiro encontro da bancada federal maranhense com o ministro de Infraestrutura, Tarcísio Freitas, nesta quarta-feira (9). O governador interino, Carlos Brandão, que liderou o encontro, esteve acompanhado, além de deputados federais e recém-eleitos, da senadora eleita Eliziane Gama, dos prefeitos Cleomar Tema (Tuntum) e Sidrack Feitosa (Morros), e de membros do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT). Juntos, dialogaram sobre a obra para concluir a duplicação da BR-135.
Carlos Brandão e os demais presentes apresentaram questões importantes para a conclusão do serviço, como: urgência na resolutividade da logística para distribuição de produtos, com a chegada de novos investimentos internacionais para o Maranhão; trechos intrafegáveis (de Miranda a São Mateus, por exemplo); além do fato do Maranhão hoje ter a única capital brasileira sem uma BR principal de escoamento finalizada, por conta da duplicação que ainda não foi concluída.
Outro ponto importante foi a abordagem da problemática histórica da BR-226. Muitos destacaram que a rodovia federal, além de nunca ter tido avanço em sua concretização, está há dois anos sem manutenção e representa um grande problema para o Maranhão e outros estados que dela dependem para trafegar e escoar suas produções, como é o caso do Tocantins e do Rio Grande do Norte.
Dois aspectos delicados foram abordados pela comitiva maranhense durante a reunião com o ministro, que pediu atenção especial das autoridades federais para a questão das comunidades tradicionais quilombolas que se localizam ao longo da área de construção da duplicação; além da inexequibilidade das obras por questões de licitação e orçamento para isso. Também foram abordados os problemas derivados do abandono das obras, incluindo os de responsabilidade da Hytec Construções Terraplanagem na BR-226.
Soluções viáveis
O ministro Tarcísio Freitas se mostrou interessado em resolver todas as questões o quanto antes. “É uma honra, uma alegria muito grande receber a bancada maranhense. A alocação do financiamento para continuação das obras será negociada. A estratégia: concentrar a estrutura em uma ação. Por isso, sentar com a bancada é tão importante”, ressaltou o ministro.
Na ocasião, ele esclareceu que as malhas viárias possuem níveis diferentes de demandas e recursos. Os trechos muito prejudicados serão priorizados, dentro da perspectiva dos recursos disponíveis para esse ano. Por fim, Tarcísio Freitas destacou que o Maranhão leva vantagem nas atenções do Ministério pela capacidade futura de escoar produtos para o restante do Brasil. “Quero registrar o excelente trabalho desenvolvido pela Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap). O Maranhão é expoente e tem se preparado para ter um grande destaque na logística portuária e rodoviária de nosso país”, afirmou.
O ministro destacou que a oitiva prévia das comunidades quilombolas deve ser atendida; e que as resoluções para os impasses na conclusão da BR-135 serão realizadas em conjunto com a gestão estadual, sendo o primeiro passo a intermediação do licenciamento ambiental pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais (Sema). O governador interino destacou que a Sema dará a celeridade necessária na análise do licenciamento para que o governo federal faça a sua parte. “A Sema dará o conforto para o DNIT reiniciar os seus trabalhos”, ponderou Carlos Brandão.
Quanto ao processo de conclusão da BR-226, tão debatida e cobrada ao longo dos anos por gestores municipais e até mesmo por Carlos Brandão, no período em que esteve na Câmara Federal, o ministro Tarcísio Freitas foi categórico: “Seremos intolerantes com empresas com adimplemento de contrato”. Ele reconheceu que, no caso das obras da BR-226, o orçamento era inexequível. “Estudaremos a atuação da Hytec Construções Terraplanagem e tomaremos as medidas legalmente cabíveis”, garantiu.
Participaram da reunião com o ministro Tarcísio Freitas, os deputados federais Márcio Jerry, Aluísio Mendes, Bira do Pindaré, Hildo Rocha, Juscelino Filho, Júnior Lourenço, Pastor Gildenemyr, Pedro Fernandes e André Fufuca.

Pedro Lucas Fernandes É O Novo Líder Do PTB Na Câmara Para 2019

Roberto Jefferson (E), Pedro Lucas Fernandes (centro) e Jovair Arantes (D)

O deputado eleito Pedro Lucas Fernandes (PTB-MA) foi escolhido líder do partido na Câmara para o ano de 2019. A escolha foi feita por aclamação pelos deputados federais do partido que tomarão posse em 1º de fevereiro do ano que vem.

A reunião ocorreu na sede do PTB em Brasília e contou com a participação do atual líder da bancada, Jovair Arantes (GO), do presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, e de deputados da atual bancada na Câmara.

“É uma satisfação muito grande ter Pedro Lucas Fernandes me sucedendo na liderança que ocupei por tantos anos”, declarou Jovair Arantes. Disse ainda que, apesar de jovem, a bancada dos novos deputados deu uma prova de maturidade ao escolher o futuro líder por aclamação e debatendo a importância do partido no Parlamento.

Para Roberto Jefferson, a escolha de Pedro Lucas “fortaleceu a bancada que, apesar de pequena, demonstra consenso e qualidade”.

Assim que foi aclamado, Pedro Lucas Fernandes afirmou que pretende contribuir para fortalecer o PTB na Câmara e manter diálogo aberto com os demais partidos representados na Casa.

“O PTB não é um partido qualquer. O PTB tem história, tem futuro e agora será composto por 10 novos parlamentares que vêm com muita energia”, disse o futuro líder.

União

Para 2019, Pedro Lucas Fernandes quer manter o PTB na Câmara unido, embora saiba que possa haver divergências na bancada. Para resolver os problemas, defende o debate com o objetivo de chegar a um consenso.

“O debate é salutar dentro da liderança, mas espero que possamos votar unidos. Até agora, é uma bancada pequena, de 10 parlamentares. Então, temos que buscar essa unificação constantemente, para que o partido não se divida e possa ter o espaço que merece”, afirmou.

Alternância de poder

O futuro líder do PTB na Câmara também disse que vai manter o que foi acordado com os futuros deputados: alternância de poder na liderança. A cada ano, o partido terá um novo líder.
A ideia é oxigenar a liderança e permitir essa rotatividade entre os deputados.

“Neste primeiro ano, estarei ouvindo todos e levando a melhor proposta para o bem do PTB e para o bem do Brasil”, destacou.

Transparência

Pedro Lucas também assumiu o compromisso de fazer uma liderança com base na transparência, ouvindo todos os demais deputados do PTB e colocando em discussão as melhores ideias.

E disse que pretende, neste ano de liderança, aproximar ainda mais os cidadãos de todos os cantos do Brasil das votações que serão feitas na Câmara dos Deputados em 2019.

Biografia

Vereador de São Luís (MA) por dois mandatos consecutivos, Pedro Lucas Fernandes foi eleito deputado federal com 111.538 votos.É administrador de empresas e especialista em Planejamento Governamental. Também é filho do deputado federal Pedro Fernandes (PTB-MA).

Pedro Lucas foi presidente da Agência Executiva Metropolitana (Agem), criada por lei estadual em 2015 para gerir a Região Metropolitana da Grande São Luís, que engloba Alcântara, Axixá, Bacabeira, Cachoeira Grande, Icatú, Morros, Presidente Juscelino, Paço do Lumiar, Raposa, Rosário, Santa Rita, São José de Ribamar e São Luís.

 

Vereador Marquinhos vai quebrar a caixa-preta da CEMAR em São Luís

Vereador Marquinhos luta contra cobranças indevidas na conta de energia de milhares de famílias ludovicenses

O vereador Marquinhos (DEM), vai atuar em uma ampla frente contra a Companhia Energética do Maranhão – CEMAR, segundo o vereador a empresa está fazendo cobrança absurdas e abusivas contra milhares de clientes.

Ainda segundo o vereador, a companhia está elevando os preços de suas tarifas sem nenhum controle e o pior, não tem um órgão fiscalizador que tome alguma providência.

Os casos mais absurdos são constatados na cobrança da Contribuição de Iluminação Pública – em que a Lei Municipal Nº 4.135 estabelece critérios no consumo de KW/h. 

O parlamentar solicitou uma audiência pública para tratar de forma mais enérgica o assunto.

A audiência deve acontecer antes do recesso e serão convidados, a Promotoria do Consumidor e o PROCON, além da sociedade civil organizada e a imprensa em geral. O vereador conta com o apoio dos seus pares e está confiante que a CEMAR, terá por parte do parlamento municipal a cobrança devida para que ela explique as suas cobranças “indevidas”.

Beto do Comércio vai assumir na Câmara Municipal de São Luís

Beto do Comércio vai assumir na Câmaraunicipal de São Luís 

O Blog recebeu informações de bastidores que o suplente de vereador Beto do Comércio (PHS), vai assumir por cerca de 4 meses na Câmara Municipal de São Luís.

Beto do Comércio é da comunidade do Lira e teve quase 2 mil votos na última eleição municipal, em 2016. Ele assume na vaga do vereador Sá Marques, que deve tirar licença de 120 dias para tratamento de saúde.

Escândalo!!! Prefeitura de São Bento vai gastar R$ 1,8 milhão em combustíveis

A Prefeitura de São Bento, administrada por Luís Gonzaga Barros, contratou o Posto de Combustível El Shadday, de propriedade de Aldelice Rodrigues Barros Pereira e Florisvaldo Mauro Pacheco Pereira, por cifras milionárias.

Segundo o Diário Oficial, o valor do contrato foi orçado em R$ 1.803.879,00 (um milhão, oitocentos e três mil e oitocentos e setenta e nove reais).

O acordo contratual foi assinado em 14 de setembro de 2018 pelo Secretário Municipal de Finanças, Raimundo Nonato Oliveira Rodrigues.

O Posto El Shadday fornecerá combustíveis por 12 meses à Prefeitura de São Bento.

Bomba!!! Vereador diz que vai entrar na justiça para quebrar caixa-preta da SMTT e da Semosp

Marquinhos quer quebrar a Caixa-preta da Contribuição de Iluminação Pública e de valores arrecadados com multas e apreensões de veículos 

O vereador Marquinhos anunciou da Tribuna da Câmara Municipal de São Luís, que vai pedir informações para as secretarias de Trânsito e Transportes e Obras do município, sobre os recursos arrecadados com multas, convênios e outros orçamentos da SMTT, dos recursos do Fundo de iluminação pública da Semosp.

O vereador quer informações detalhadas  de quanto foi arrecadado e quanto foi gasto em benefício do povo de São Luís. Afirmou ainda que se não forem passadas as informações, vai entrar na justiça contra o município para que obrigue o prefeito a presta esclarecimentos.

 

Ouça agora, o áudio em que o vereador falou da Câmara municipal de São Luís, na última quarta-feira (24).

Prefeitura de Cururupu vai gastar R$ 442 mil em camisas

A Prefeitura de Cururupu vai cifras altíssimas com a empresa J.R.F Silva Indústria e Comércio, de nome fantasia Malharia M. Lony, localizada naquela cidade.

O contrato firmado entre ambas as partes prevê a confecção de camisas padronizadas para servidores das Secretarias Municipais.

O valor disponibilizado pela Prefeitura é de R$ 442.000,00 (quatrocentos e quarenta e dois mil reais). O contrato foi assinado no dia 1º de agosto de 2018 pelo responsável legal da Empresa, José Ribamar Fonseca Silva e pela prefeita municipal, Rosaria de Fátima Chaves.