BLOG VEJA AGORA - Notícias com veracidade dos fatos

Veja, Se eleição fosse hoje, Haddad venceria Bolsonaro por 42% a 36%, indica Datafolha

Bolsonaro e Haddad

Se o segundo turno da eleição para presidente da República fosse hoje, Fernando Haddad (PT) seria eleito com 42% dos votos, contra 36% de Jair Bolsonaro (PSL), indica pesquisa Datafolha divulgada nesta segunda-feira (2). Outros 18% votariam branco ou nulo e 4% não souberam responder.

Em 28 de outubro do ano passado, no segundo turno da disputa, Bolsonaro foi eleito presidente com 55,13% dos votos válidos (excluídos brancos, nulos e indecisos). Haddad obteve 44,87%.

Passados oito meses de governo, o Datafolha aponta que a reprovação do presidente subiu de 33% para 38% em relação ao levantamento anterior do instituto, feito no início de julho, e diversos indicadores apontam uma deterioração de sua imagem. Foram ouvidas 2.878 pessoas com mais de 16 anos em 175 municípios.

A aprovação de Bolsonaro também caiu, dentro do limite da margem de erro de dois pontos percentuais para mais ou menos, de 33% em julho para 29% agora. A avaliação do governo como regular ficou estável, passando de 31% para 30%.

Entre quem declarou preferência por Bolsonaro no ano passado, 74% manteriam o voto se a eleição fosse hoje. Um total de 10% migraria para Haddad, e 13% votariam branco ou nulo. Já 88% dos eleitores do petista manteriam seu voto hoje. Somam 4% os que mudariam o voto para Bolsonaro e 6% os que votariam nulo ou branco.

Um total de 68% de quem votou branco ou nulo na eleição manteria essa opção hoje. Mas 21% deles mudaria para Haddad e 6% para Bolsonaro.

O presidente Bolsonaro já deixou claro que pretende concorrer à reeleição em 2022. Durante a campanha eleitoral, ele disse que trabalharia pelo fim da reeleição presidencial.

Em julho passado, o discurso foi outro: “Pegamos um país quebrado moral, ética e economicamente, mas se Deus quiser nós conseguiremos entregá-lo muito melhor para quem nos suceder em 2026”.

De olho na reeleição, Bolsonaro tem adotado estratégias como manter inflada a polarização vista no ano passado e atacar possíveis adversários da centro-direita, como o governador João Doria (PSDB) e o apresentador Luciano Huck.

O PT, por sua vez, continua a reboque do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), preso em Curitiba pela operação Lava Jato desde abril de 2018. O ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT) é considerado o principal líder da sigla e provável presidenciável em 2022, como alternativa a Lula.

Caso o segundo turno ocorresse agora, o petista abre vantagem em diferentes segmentos da sociedade.

Considerando os desempregados que buscam emprego, hoje 52% votariam em Haddad contra 26% em Bolsonaro —19% votariam nulo ou branco. Entre os empresários, a vantagem se inverte: 61% quereriam Bolsonaro eleito e 26% escolheriam Haddad.

Os aposentados elegeriam Bolsonaro por 43% a 33%. Já os estudantes preferem Haddad, por 50% a 32%. O petista também vence entre assalariados sem registro, funcionários públicos e pessoas que fazem bico.

Se a eleição fosse hoje, Haddad venceria entre pardos (43% a 36%), pretos (53% a 26%), amarelos (44% a 30%) e indígenas (40% a 34%). Porém perderia entre os brancos (36% a 43%).

Mulheres também preferem o petista por 44% a 32%. Outras 20% votariam branco ou nulo. Bolsonaro e Haddad empatam tecnicamente entre os homens.

Entre os evangélicos, 47% votariam em Bolsonaro e 32% em Haddad. O petista tem maioria entre os católicos, 46% a 33%.

O presidente manteria a dianteira, se a eleição fosse hoje, em todas as regiões do Brasil, com exceção do Nordeste, que elegeria Haddad por 57% a 23%. A maior vantagem de Bolsonaro é no Sul: 43% a 32%.

Em relação a faixa etária, Haddad teria maior vantagem entre os mais jovens, chegando a 51% contra 31% entre os que têm de 16 a 24 anos. O petista perderia entre os maiores de 60 anos por 34% a 41%.

Se a eleição fosse hoje, aqueles com ensino fundamental e médio elegeriam Haddad, por 45% a 33% e 42% a 37%, respectivamente. Para quem tem ensino superior, há empate dentro da margem de erro, com 40% de Bolsonaro e 38% de Haddad.

O presidente Bolsonaro venceria em todas as faixas de renda, com exceção daqueles que ganham até dois salários mínimos. Esses de menor renda elegeriam Haddad por 49% a 28%.

Bolsonaro abriria maior distância entre os que ganham de cinco a dez salários mínimos: venceria por 53% contra 27%.

A pesquisa Datafolha ouviu 2.878 pessoas entre 29 e 30 de agosto. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos, e o intervalo de confiança é de 95%.

Fonte: Folha de São Paulo

Vereador Joãozinho Freitas faz visita ao Vinhais Velho, com o presidente da AGEM

O vereador Joãozinho Freitas acompanhou o presidente da Agência Executiva Metropolitana – AGEM, Lívio Jonas, em à Vila Progresso e Vila Marinha

O vereador Joãozinho Freitas (PTB), acompanhou ontem (5), o presidente da Agência Executiva Metropolitana – AGEM, Lívio Jonas, em visita técnica à Vila Progresso e Vila Marinha, localizada no bairro Vinhais Velho.

Na oportunidade, o vereador solicitou empenho do órgão a viabilização da construção de uma ponte e uma área de lazer, com o intuito de melhorar a infraestrutura e a mobilidade urbana dos moradores daquela importante região.

O vereador Joãozinho Freitas prometeu que visitará várias comunidades de São Luís, para elaborar requerimentos, indicações e solicitações à Prefeitura de São Luís, bem como ao governo do estado, para que posa garantir melhorias do povo de São Luís.

Luciano Genésio promove mudanças em seu secretariado

 

Secretaria de infraestrutura , tem sido a principal pasta do prefeito Luciano e que em 2019 será a que mais terá investimentos

Como anunciado no fim de 2018, o prefeito de Pinheiro, Luciano Genésio, realiza a reforma administrativa, visando uma melhor organização da prefeitura, e claro, enxugando a casa. A mudança aconteceu no primeiro escalão de secretariado.

Nós estamos a cada dia trabalhando com expectativa de melhorar cada vez mais a nossa cidade de Pinheiro. A gente analisa muito, tudo o que acontece ao redor da gente, na hora que tiver que mexer, a gente mexe, quem ”tá” saindo, não ta saindo do governo, vai para outra função. Assim vamos construindo uma equipe, e principalmente, um grupo unido em prol de um único objetivo que é a nossa reeleição”, declarou o prefeito Luciano.

Fred Lobato deixa a Secretaria de Governo e assume a Secretaria Municipal de Saúde, no lugar de Lucyane Freitas, que passa a ser assessora da pasta encabeçada por Fred.

”Eu recebo essa secretaria de saúde com muita tranquilidade, com muita serenidade e acima de tudo, responsabilidade. Essa secretaria é uma caixa de surpresa, ela pode ser o ápice de uma gestão, mas como pode ser um ponto negativo”, afirmou Fred Lobato, novo secretário de saúde do município.

Já na Secretaria de Governo e Articulação Política, assume Anselmo Milton Cruz Sá, pasta comandada anteriormente por Fred Lobato.

”A gente recebe com entusiamo, temos a intenção de trabalhar com todos os secretários e todos os vereadores, que a gente possa desenvolver esse trabalho, de forma que venha contento a todos e que possamos ajudar o prefeito Luciano a alcançar suas metas para o ano de 2019”, declarou Milton.

Uma das mais importantes da gestão municipal, a Secretaria de Infraestrutura- comandada anteriormente por Rafael Cordeiro, filho do vice-prefeito Stélio Cordeiro-, tem sido a principal pasta do prefeito Luciano e que em 2019 será a que mais terá investimentos, e João batista Segundo tem a responsabilidade de tocar essa secretaria em 2019 e claro, com a plena confiança.

”O prefeito Luciano me fez esse convite para o ajudar na construção de uma nova Pinheiro, e como ele disse que quer fazer este ano o ano da infraestrutura. Afirmou.

VÍDEO: PREFEITA CONCEIÇÃO CASTRO REALIZA FESTA DE NATAL PARA AS CRIANÇAS

A Prefeita de São Vicente ferrér Conceição Castro juntamente com a organização da Rádio Planície  FM realizou nesta sábado , (15), uma grande festa de Natal para todas as crianças do município.

Como a festa é de Natal, a figura do Papai Noel não poderia faltar. O bom velhinho distribuiu presentes a todas as crianças, o evento contou ainda com a turma da Mônica, tiririca, pula-pula, e a distribuição de brinquedos, salgados e  pirulito.

“Este momento é muito gratificante e único, principalmente pra mim, pois tive o privilégio de ver o sorriso no rosto de cada um recebendo o presente e brincando”, afirmou a prefeita.

Pedro Lucas Fernandes É O Novo Líder Do PTB Na Câmara Para 2019

Roberto Jefferson (E), Pedro Lucas Fernandes (centro) e Jovair Arantes (D)

O deputado eleito Pedro Lucas Fernandes (PTB-MA) foi escolhido líder do partido na Câmara para o ano de 2019. A escolha foi feita por aclamação pelos deputados federais do partido que tomarão posse em 1º de fevereiro do ano que vem.

A reunião ocorreu na sede do PTB em Brasília e contou com a participação do atual líder da bancada, Jovair Arantes (GO), do presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, e de deputados da atual bancada na Câmara.

“É uma satisfação muito grande ter Pedro Lucas Fernandes me sucedendo na liderança que ocupei por tantos anos”, declarou Jovair Arantes. Disse ainda que, apesar de jovem, a bancada dos novos deputados deu uma prova de maturidade ao escolher o futuro líder por aclamação e debatendo a importância do partido no Parlamento.

Para Roberto Jefferson, a escolha de Pedro Lucas “fortaleceu a bancada que, apesar de pequena, demonstra consenso e qualidade”.

Assim que foi aclamado, Pedro Lucas Fernandes afirmou que pretende contribuir para fortalecer o PTB na Câmara e manter diálogo aberto com os demais partidos representados na Casa.

“O PTB não é um partido qualquer. O PTB tem história, tem futuro e agora será composto por 10 novos parlamentares que vêm com muita energia”, disse o futuro líder.

União

Para 2019, Pedro Lucas Fernandes quer manter o PTB na Câmara unido, embora saiba que possa haver divergências na bancada. Para resolver os problemas, defende o debate com o objetivo de chegar a um consenso.

“O debate é salutar dentro da liderança, mas espero que possamos votar unidos. Até agora, é uma bancada pequena, de 10 parlamentares. Então, temos que buscar essa unificação constantemente, para que o partido não se divida e possa ter o espaço que merece”, afirmou.

Alternância de poder

O futuro líder do PTB na Câmara também disse que vai manter o que foi acordado com os futuros deputados: alternância de poder na liderança. A cada ano, o partido terá um novo líder.
A ideia é oxigenar a liderança e permitir essa rotatividade entre os deputados.

“Neste primeiro ano, estarei ouvindo todos e levando a melhor proposta para o bem do PTB e para o bem do Brasil”, destacou.

Transparência

Pedro Lucas também assumiu o compromisso de fazer uma liderança com base na transparência, ouvindo todos os demais deputados do PTB e colocando em discussão as melhores ideias.

E disse que pretende, neste ano de liderança, aproximar ainda mais os cidadãos de todos os cantos do Brasil das votações que serão feitas na Câmara dos Deputados em 2019.

Biografia

Vereador de São Luís (MA) por dois mandatos consecutivos, Pedro Lucas Fernandes foi eleito deputado federal com 111.538 votos.É administrador de empresas e especialista em Planejamento Governamental. Também é filho do deputado federal Pedro Fernandes (PTB-MA).

Pedro Lucas foi presidente da Agência Executiva Metropolitana (Agem), criada por lei estadual em 2015 para gerir a Região Metropolitana da Grande São Luís, que engloba Alcântara, Axixá, Bacabeira, Cachoeira Grande, Icatú, Morros, Presidente Juscelino, Paço do Lumiar, Raposa, Rosário, Santa Rita, São José de Ribamar e São Luís.

 

Escândalo!!! Prefeitura de São Bento vai gastar R$ 1,8 milhão em combustíveis

A Prefeitura de São Bento, administrada por Luís Gonzaga Barros, contratou o Posto de Combustível El Shadday, de propriedade de Aldelice Rodrigues Barros Pereira e Florisvaldo Mauro Pacheco Pereira, por cifras milionárias.

Segundo o Diário Oficial, o valor do contrato foi orçado em R$ 1.803.879,00 (um milhão, oitocentos e três mil e oitocentos e setenta e nove reais).

O acordo contratual foi assinado em 14 de setembro de 2018 pelo Secretário Municipal de Finanças, Raimundo Nonato Oliveira Rodrigues.

O Posto El Shadday fornecerá combustíveis por 12 meses à Prefeitura de São Bento.

Confira a relação dos suplentes de deputado estadual e federal no Maranhão

SUPLÊNCIA DO CHAPÃO (PCdoB / PRB / PPS / SD / PROS / PTC / PTB / PSB / DEM / AVA / PPL)

1° – EDIVALDO HOLANDA PTC (32.916 votos)

2° – HEMETERIO WEBA PP (votação não computada)

3° – ARISTON AVA (31.314 votos)

4° – ZITO ROLIM PDT (30.647 votos)

5° – VALÉRIA MACEDO PDT (29.650 votos)

6° – BELEZINHA PR (28.793 votos)

7° – RAIMUNDO CUTRIM PCdoB (26.403 votos)

8° – FRANCISCA PRIMO PCdoB (25.748 votos)

9° – AUGUSTO DE JESUS PRB (24.093 votos)

10° – SERGIO FROTA PR (23.331 votos)

11° – JUNIOR VERDE PRB (21.641 votos)

12° – KLEBER TRATORZÃO PP (20.869 votos)

13° – ROGERIO CAFETEIRA DEM (18.754 votos)

14° – MANOEL RIBEIRO PRB (16.836 votos)

15° – DR. LEVI PONTES PCdoB (16.646 votos)

COLIGAÇÃO (MDB / PV / PSD / PSC / PMB / PRP)

1° – SOCORRO WAQUIM MDB (19.521 votos)

2° – LEO CUNHA PSC (17.543 votos)

3° – ANDREA MURAD PRP (17.233 votos)

4° – BARBARA SOEIRO PSC (16.470 votos)

5° – FATIMA AVELINO MDB (11.701 votos)

6° – SOLINEY SILVA MDB (11.486 votos)

7° – CORONEL EGIDIO MDB (7.431 votos)

8° – ISAAC DIAS FILHO MDB (4.654 votos)

COLIGAÇÃO (SOLIDARIEDADE / PATRIOTA)

1° – FABIO BRAGA SD (28.973 votos)

2° – TOCA SERRA PATRI (24.230 votos)

3° – JOTA PINTO PATRI (24.185 votos)

4° – SERGIO VIEIRA SD (19.537 votos)

5° – MARLEIDY BERNABE PATRI (14.575 votos)

6° – CABO CAMPOS PATRI (8.714 votos)

7° – DR. AIRTON SD (6.861 votos)

8° – CORONEL PEREIRA SD (6.202 votos)

COLIGAÇÃO (PTB / PROS / PPS / PPL)

1° – MARCOS CALDAS PTB (27.322 votos)

2° – DRª SÔNIA PTB (6.435 votos)

3° – CÂNDIDO DE MADUREIRA PTB (5.393 votos)

4° – DR MAURO CÉSAR PTB (3.551 votos)

5° – HENRIQUE VIGILANTE PPL (3.028 votos)

COLIGAÇÃO (PMN / PHS)

1° – PASTOR RIBINHA PMN (14.638 votos)

2° – ROSE SALES PMN (9.966 votos)

3° – SOLDADO LEITE PMN (8.130 votos)

4° – PR. ALEX PMN (6.106 votos)

5° – HENRIQUE JÚNIOR PMN (5.950 votos)

SUPLÊNCIA DO PRTB QUE SAIU SOZINHO

1° – BETEL GOMES PRTB (21.687 votos)

2° – MARCIAL LIMA PRTB (20.669 votos)

3° – DR. GUTEMBERG PRTB (11.133 votos)

SUPLÊNCIA DO PSL QUE SAIU SOZINHO

1° – BINÉ FIGUEIREDO PSL (NÃO FOI COMPUTADO)

2° – FABIO CÂMARA PSL (14.838 votos)

3° – MARIANA CARVALHO PSL (13.781 votos)

4° – TENENTE MAURO PSL (7.582 votos)

SUPLÊNCIA DO PT QUE SAIU SOZINHO

1° – LUIZ HENRIQUE LULA DA SILVA PT (18.722 votos)

2° – HONORATO PT (16.799 votos)

3° – AURELIO PT (15.176 votos)

SUPLÊNCIA DO PSDB QUE SAIU SOZINHO

1° – GUILHERME PAZ PSDB (20.390 votos)

2° – ANTUNES MACÊDO PSDB (6.010 votos)

3° – DR. BENTIVI PSDB (2.616 votos)

RELAÇÃO DOS DEPUTADOS FEDERAIS

SUPLÊNCIA DO CHAPÃO (PCdoB / PRB / PPS / SOLIDARIEDADE / PROS / PTC / PTB / PSB / DEM / AVANTE / PPL)

1° – SIMPLÍCIO ARAÚJO SD (74.058 votos)

2° – GASTÃO VIEIRA PROS (57.864 votos)

3° – DR.ELIZABETH GONÇALO AVA (56.108 votos)

4° – LEANDRO BELLO DEM (12.873 votos)

5° – JACONIAS MORAES PROS (10.979 votos)

COLIGAÇÃO (PDT / PP / PR / PATRI)

1° – PAULO MARINHO JUNIOR PP (55.755 votos)

2° – DEOCLIDES MACEDO PDT (39.328 votos)

3° – ILDON MARQUES PP (37.558 votos)

4° – JULIÃO AMIN PDT (31.537 votos)

5° – DAVI ALVES SILVA JUNIOR PR (27.605 votos)

COLIGAÇÃO (MDB / PV / PSD / PSC / PMB / PRP)

1° – WOLMER ARAUJO PV (64.619 votos)

2° – VICTOR MENDES MDB (61.136 votos)

3° – LUANA COSTA PSC (31.966 votos)

4° – RICARDO MURAD PRP (NÃO FOI COMPUTADO)

5° – DR. DANIEL FIIM PV (22.400 votos)

6° – TRINCHÃO PSD (16.175 votos)

COLIGAÇÃO (PMN / PHS)

1° – JOSIVALDO JP PHS (23.113 votos)

2° – PROF. SÁ MARQUES PHS (23.050 votos)

3° – JARDEL BOMJARDIM PHS (17.256 votos)

4° – EDUARDO SÁ PHS (9.252 votos)

COLIGAÇÃO (PSDB / REDE / PODE / DC)

1° – Sebastião Madeira (34.821 votos)

2° – WALDIR MARANHÃO PSDB (21.254 votos)

3° – CHIQUINHO PSDB (8.273 votos)

4° – FRAZÃO OLIVEIRA REDE (4.451 votos)

SUPLÊNCIA DO PT QUE SAIU SOZINHO

1° – DR. ZE FRANCISCO PT (14.456 votos)

2° – DR. ORLANDO PT (9.963 votos)

3° – MONTEIRO PT (9.390 votos)

 

São Paulo elege palhaço, general, príncipe e ator pornô

A galeria de eleitos para integrar a bancada paulista na Câmara dos Deputados tem general, palhaço, príncipe e astro de filme pornô. Os novos deputados assumem em fevereiro para mandatos de quatro anos.

Num discurso em dezembro de 2017, o comediante Tiririca (PR) avisou que não tentaria a reeleição, se dizendo “decepcionado com a política”, mas recuou da decisão e conseguiu se manter no Legislativo.

Teve votos de sobra para se reeleger (445 mil), o quinto mais votado, mas bem menos do que obteve em 2014 (1 milhão). Nas últimas eleições, a votação foi suficiente para carregar para a Câmara outros candidatos, de desempenho pior, o que inspirou o que se chama hoje de “efeito Tiririca”.

O ator Alexandre Frota (PSL), de filmes pornográficos, surfou na onda de Jair Bolsonaro, também de seu partido, e obteve 152 mil votos.

Ele é conhecido por se envolver em polêmicas. Em 2015, foi acusado de fazer apologia ao estupro. Num programa de TV, o “Agora é Tarde”, relatou ter feito sexo com uma mulher desacordada.

Depois que fez cenas com a ex-chacrete Rita Cadilac, afirmou ter sido como “transar com a avó”.

Num vídeo, em tom descontraído, Bolsonaro chegou a sugerir Frota para ministro da Cultura em seu eventual governo. Com a repercussão da declaração, ele explicou que isso não acontecerá até porque pretende extinguir a pasta.

Cogitado para vice na chapa do presidenciável do PSL, Luiz Philippe de Orleans e Bragança (PSL), descendente da família real brasileira, acabou não emplacando na vaga, mas concorreu a uma cadeira na Câmara e teve sucesso, com 116 mil votos.

Conhecido como “príncipe”, ele é trineto da Princesa Isabel, tetraneto de dom Pedro 2º e hexaneto de dom João 6º.

Outro eleito, também do partido de Bolsonaro, o general Sebastião Peternelli também vai integrar a bancada paulista. Teve 73 mil votos.

Indicado para presidir a Funai (Fundação Nacional do Índio), ele acabou sendo desconvidado após protestos de movimentos indígenas.

Em uma página na internet, em março de 2016, homenageou o golpe militar de 1964: “52 anos em que o Brasil foi livre do maldito comunismo. Viva nossos bravos militares! O Brasil nunca vai ser comunista”, diz a postagem, compartilhada por 750 internautas.

O campeão de votos em São Paulo foi Eduardo Bolsonaro (PSL), filho do candidato à Presidência. Ele teve 1,8 milhão de votos.

Em segundo lugar, também do mesmo partido, aparece Joice Hasselmann, com 1 milhão de votos.

Líder do MBL (Movimento Brasil Livre), Kim Kataguiri foi o quarto mais votado, com 465 mil votos, atrás de Celso Russomano, o terceiro do ranking, com 521 mil.

E ainda dizem que o nordestino que não sabe votar…

Da folha

Lobão e Sarney Filho são recebidos pela juventude

Em grande Plenária da Juventude, Sarney Filho e Lobão foram recebidos por jovens universitários, secundaristas e por lideranças comunitárias

Presentes à uma grande plenária da juventude que reuniu estudantes universitários, secundaristas e lideranças comunitárias de várias regiões da Ilha do Maranhão, os senadores Edison Lobão Filho e o deputado federal Sarney Filho, explanaram suas ideias e propostas para os mais de 300 líderes presentes, o evento foi realizado pela Juventude Guerreira.

Sarney Filho que é candidato ao Senado, proferiu seus importantes projetos para a juventude beneficiando em ações efetivas quando esteve ministro de Meio Ambiente por duas vezes. Falou também da importância da prevenção ao meio ambiente e suas relações com o aquecimento global.

“Sinto-me muito feliz em reunir com a juventude de meu estado, não apenas para fazer propostas, mas, para falar o que muito já fiz aos maranhenses, quando da minha passagem por duas vezes como Ministro de Meio Ambiente”, afirmou Sarney Filho.

Ele falou também da importância de ter um Senador experiente no Senado Federal, que conheça os meandros de Brasília para garantir importantes investimentos ao Maranhão.

O Senador Edison Lobão Filho, falou para a plenária de jovens e disse que o seu sentimento sempre foi o de trazer investimentos ao estado, ele afirmou que no Senado os importantes projetos de desenvolvimento do estado sempre foram aprovados pelo seu pai, que garantiu o programa ‘Luz para Todos’ que levou luz para todas as famílias maranhenses, foi o criador de lei de apoio a reestruturação ao ajuste fiscal dos estados, criou mecanismos para compensar perdas de receita do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério – FUNDEF.

Ele falou também da importância de garantir uma profissionalização aos jovens.

“Nós temos a oportunidade de mudar tudo o que está aí, de quem prometeu fazer uma revolução no Maranhão e trouxe desemprego, aumento na conta de energia, apreensão de veículos, que acabou com o ‘Primeiro Emprego’ o Viva Luz e muitos outros importantes programas sociais deixados por nós”, afirmou o Senador Edison Lobão Filho.

Os dois candidatos ao Senado disseram que recebem com muita alegria a demonstração de entusiasmo da juventude em torno de suas candidaturas.