Blog Veja Agora | Com Junior Araujo | Página 20
Blog Veja Agora | Com Junior Araujo - Notícia com veracidade dos fatos

Veja Agora: Governo abre mais de 13 mil vagas para pré-matrícula em escolas de tempo parcial e integral

Felipe Camarão Secretário Estadual de Educação

Nesta segunda-feira (15), o Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), abrirá a pré-matrícula online para as escolas da rede pública estadual localizadas nos municípios de São Luís, Balsas, Barra do Corda, Chapadinha, Imperatriz e Itapecuru-Mirim. As vagas são destinadas para o Ensino Fundamental (São Luís) e 1ª série do Ensino Médio em escolas de tempo parcial e também escolas de tempo integral, como Iemas e Centros Educa Mais. O prazo de inscrição para as respectivas modalidades de ensino encerra no dia 19 de fevereiro.

A pré-matrícula para as escolas de tempo parcial deverá ser realizada, exclusivamente pela internet, no site da Seduc: www.educacao.ma.gov.br.

Nesta etapa, estão sendo disponibilizadas 9.698 vagas, sendo 2.644 para o Ensino Fundamental e 7.054 vagas para a 1ª série do Ensino Médio nos Centros de Ensino localizados nos municípios de São Luís e Balsas. As vagas serão preenchidas considerando a ordem cronológica de inscrição realizada no Sistema de Pré-matrícula online.

Para escolas de tempo integral foram abertas 3.701 vagas, sendo 690 vagas para 4 Unidades do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA) em São Luís e 3.011 vagas para 16 Centros Educa Mais, na capital maranhense, Chapadinha, Imperatriz, Itapecuru e Barra do Corda.

IEMA
Para o IEMA de São Luís estão sendo ofertadas 690 vagas para os Cursos Técnicos de Ensino Médio em Tempo Integral e integrado à Educação Profissional para as unidades plenas Dr. João Bacelar Portela (Vila Ivar Saldanha), Gonçalves Dias (Bairro de Fátima), Centro e Itaqui-Bacanga.

Centro Educa Mais

Ao todo, estão sendo disponibilizadas vagas para 21 Centros Educa Mais para as seguintes escolas: Almirante Tamandaré (Cohab Anil I), Barjonas Lobão (Jardim América), Dayse Galvão de Sousa (Vila Embratel), Desembargador Sarney (São Francisco), Dorilene Silva Castro (Coroadinho), Estefânia Rosa da Silva (Turu), João Francisco Lisboa (Centro), Maria Mônica Vale (Vinhais), Mário Martins Meireles (Pedrinhas), Menino Jesus de Praga (Cidade Operária), Paulo VI (Campus UEMA – Cidade Operária), Professor Ignácio Rangel (Maiobinha), Professora Joana Batista Santos Silva (Cidade Olímpica), Professora Margarida Pires Leal (Alemanha), Professora Maria Pinho (Cohatrac I) e Y Bacanga (Anjo da Guarda), em São Luís. Há vagas disponíveis também para os Centros Educa Mais Nascimento de Moraes e Tancredo de Almeida Neves (Ambos em Imperatriz); Dom Marcelino de Milão (Barra do Corda); Raimundo Araújo (Chapadinha) e Ayrton Senna (Itapecuru-Mirim).

Fonte: Seduc

Empresa já abocanhou mais de R$ 12 Milhões na Assembleia de Othelino Neto

Othelino Neto e Edwin se livraram recentemente do TCE, que estava na “cola” por causa má gestão de de recursos públicos

Empresa de comunicação já abocanhou mais de R$ 12 Milhões na gestão de Othelino Neto, na Assembleia Legislativa do Maranhão

A Assembleia Legislativa do Maranhão vem pagando cifras absurdas em publicidade e propaganda, e quem leva a bolada é a “Prompt Comunicação e Marketing Ltda”. O contrato entre a Assembleia e a Prompt foi assinado pelo presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, Othelino Neto, no começo do ano de 2019, e até o presente momento, a empresa já recebeu mais de R$ 12 Milhões de reais.

Para este ano de 2021, a Assembleia Legislativa já empenhou mais R$ 5 Milhões, 741 Mil Reais para ações de publicidade da Alema.

A parceria de San Deivid (“dono” da Prompt), Othelino Neto e Edwin Jinkings (Diretor de Comunicação da ALEMA) vem desde a época que o atual presidente da ALEMA foi secretário de Meio Ambiente no governo Zé Reinaldo. 

Veja, Eduardo Bolsonaro aproveita aglomeração em SC, provoca Lula e cobra apoio

Eduardo Bolsonaro aproveita aglomeração em SC, provoca Lula e cobra apoio

Em tom de jogral, o deputado paulista se valeu de velhos bordões para interagir com o público: “Vocês estão com saudades do BNDES mandando dinheiro para Cuba?”

“Se o Lula vier aqui vai ter esse carinho todo?”, perguntou o filho 03 de Bolsonaro a um grupo de apoiadores que se aglomerou na praia do Forte Marechal Luz, em São Francisco do Sul, para ver o presidente Bolsonaro da manhã deste domingo, 14.
Em tom de jogral, o deputado paulista se valeu de velhos bordões para interagir com o público: “Vocês estão com saudades do BNDES mandando dinheiro para Cuba?”, questionou ouvindo um sonoro “não”.
Na sequência, pergunta: “Criança na escola é para aprender sexo?”, fazendo uma referência ao tema da ideologia de gênero.
O público titubeou quando Eduardo falou sobre o recém publicado “decreto das armas”, que flexibiliza a compra de armas e munição. Os vídeos foram postados na rede social de Eduardo.
Eduardo, a esposa Heloísa e a filha do casal acompanham Bolsonaro, que passa o carnaval no litoral catarinense. Esta é a segunda passagem de Bolsonaro pelo forte em viagem particular. No mês de dezembro, acompanhando de Carlos Bolsonaro, o presidente promoveu diversos episódios de aglomeração em frente ao Forte.
As cenas gravadas por Eduardo neste domingo ocorreram no retorno de uma pescaria. Como o forte onde estão hospedados tem acesso direto para o mar, a presença do presidente alterou a rotina da praia. O acesso ao mar é controlado por seguranças e todos precisam passar por revistas.
Apesar de não se tratar de viagem oficial, um local foi reservado para a imprensa, que é orientada a não circular fora deste espaço.
Com a chegada do presidente na praia, moradores se deslocaram para lá e mais uma vez provocaram aglomeração. A maioria dos apoiadores não usa máscara, assim como o presidente e a família.
Fonte: Correio Braziliense 

“No passado podemos encontrar respostas para o sucesso futuro”, diz Marco D’Eça em encontro com ex-diretores de comunicação da Câmara

O jornalista Marco D’Eça, Diretor de Comunicação da Câmara de São Luís, se reuniu para um happy hour, com os jornalistas, blogueiros e radialistas. Entre os presentes estavam dois ex-diretores de imprensa da Casa: Djalma Rodrigues e Itamargareth Corrêa Lima, os quais juntos estiveram à frente do cargo por mais de uma década.

Segundo as informações, o encontro aconteceu na tarde deste domingo (14), no Sarará Grill, no Coroado. Além da troca de experiência, a conversa amistosa entre o trio serviu para alinhar estratégias visando fortalecer a comunicação legislativa.

Itamargareth, que dirigiu a comunicação na gestão do vereador Astro de Ogum, afirmou que além de alicerçar amizades, o encontro serviu para troca de experiências, crescimento humano e profissional.

“Esse encontro é muito significativo, pois evidência que a Câmara sempre será uma grande escola, tanto para solidificar amizades quanto para o crescimento humano e profissional. A Casa, de maneira geral, ganha muito com um profissional da envergadura de D’Eça. Não tenho dúvida que a missão de trabalhar a imagem dos vereadores e do Poder Legislativo Municipal será cumprida com o mesmo zelo e responsabilidade, características que o tornaram esse profissional que ele é “, afirmou Itamargarethe.

Djalma, que atuou no departamento durante as gestões dos vereadores Deco Soares, Chico Carvalho e Isaías Pereirinha, avaliou o encontrou e destacou a humildade em buscar experiência de alguns antecessores.

“Muito importante destacar a humildade de Marco, um dos maiores jornalistas da geração dele, em promover essa reunião. A capacidade de produção de texto é de conhecimento público e inquestionável, agora, os profissionais estão aqui reunidos com o fito propósito de ajudá-lo na árdua missão que nosso colega terá pela frente”, afirmou Djalma.

Marco D’Eça também avaliou o encontro e destacou que é gratificante poder contar com a experiência e conhecimento profissional de dois antecessores no cargo. “Além do apoio dos colegas que possuem a disponibilidade de nos ajudar, é muito importante poder contar com a experiência não só profissional, mas, também, de gestão de Djalma e Ita”, garantiu D’Eça.

O chefe da comunicação legislativa disse ainda que além de colocar o papo em dias, resolveu marcar o encontro para poder se aproximar, debater, ouvir e falar com os colegas.

“Defendo que só conseguiremos ter uma equipe forte com um trabalho desenvolvido a contento, além de profissionalismo, caso haja respeito e união, para isso, precisamos ter disponibilidade de aprender com o passado, pois lá podemos encontrar resposta para o sucesso futuro’, finalizou D’Eça.

Transparência Em março, Emet Instituto fará pesquisa aberta para presidente e governador em São Luís e Imperatriz

No dia 15 de março, quando se comemora o dia do Consumidor e da escola, o EMET, maior instituto de pesquisa em atuação no Norte e Nordeste, em mais uma iniciativa INÉDITA na política brasileira, fará pesquisa de intenção de votos para Governador e Presidente nas cidades de São Luís e Imperatriz. De maneira proposital, a data tem um duplo significado: as instituições políticas precisam aprender a respeitar a população, representada pelos economicamente ativos, no caso os consumidores e, ainda, dispensar à escola a importância transformadora que exerce no âmbito social.

Para Fernando Bastos, presidente Instituto, o País vive um caos institucional devido ao baixo nível educacional da população. Por telefone, em um bate papo, o empresário conversou com o titular do blog e deu mais detalhes sobre a pesquisa:

Boa tarde, FB o que a pesquisa irá levantar?

Boa noite, obrigado pela oportunidade. A pesquisa iniciará uma série de pesquisas eleitorais que faremos em todos os seis Estados que atuamos. Esta pesquisa GRATUITA e de acesso ABERTO aos partidos políticos que tenham seus pré-candidatos citados e ao Ministério Público Eleitoral faz parte do nosso plano de marketing pela moralização do processo político e por sua transparência. As pesquisas de intenção de voto tem um papel fundamental na elaboração de estratégias políticas, mas há anos vem sendo utilizadas como plataforma de marketing para levantar e derrubar candidatos. Pessoalmente não vejo problema nisso, mas acho que precisa ser aberta ao público desde a execução e, assim, evite fraudes. Desde a nossa fundação, temos procurado parlamentares sérios e com representação no âmbito nacional para levantarem essa bandeira de moralidade e criarem um projeto de lei que torne toda a pesquisa eleitoral monitorável pelo TSE, obrigatoriamente ABERTA, desde a sua execução, caso seja divulgada, com mecanismos modernos de controle anti-fraude. É inadmissível o Brasil ter o sistema eleitoral mais moderno do mundo e as pesquisas serem feitas com folhas de papel ou como alguns institutos, que se dizem modernos, usar o googles Docs para fazer pesquisa. Isso é simplesmente, ridículo.

FB, mas sobre a pesquisa em si, quais as questões?

As questões são simples, ou seja, espontâneas. Digo, em quem pretende votar para Governador? Em quem pretende votar para Presidente? Em quem pretende votar para Senador? Em quem pretende votar para Deputado Federal?Em quem pretende votar para Deputado Estadual? Além das questões estimuladas:
Se os candidatos ao governo forem esses, em quem pretende votar para Governador? Se os candidatos a presidente forem esses, em quem pretende votar para Presidente?

E como os partidos terão acesso ao sistema para poderem acompanhá-la em tempo real?

Os representantes deverão enviar a composição partidária para o nosso whatsapp (98) 98405-8405, será elaborado um contrato SEM CUSTO algum para o partido, deixando bem claro o que iremos disponibilizar e quais os direitos dos partidos, o mesmo deve ser assinado pelo presidente do partido e será marcada a data de nosso funcionário ir até a sede da sigla instalar o app de acompanhamento online e dar o treinamento para ensinar a sua utilização e o acesso a nossa plataforma web.Disponibilizaremos acesso ao nosso app que qualquer pessoa pode baixa na google play store, ferramenta essa que apenas nos dispomos no País. Além disso, iremos permitir o acesso web, que dará ao partido acesso as informações bem mais detalhadas em tempo real, de maneira gratuita, com intuito de demonstrar que a nossa empresa está muito a frente de qualquer instituto de pesquisa em atuação no país, e primando pela transparência e moralização do processo político partidário.

FB e quem pagas estas despesas? Sabemos que uma pesquisa desse porte, nas duas maiores cidades do Estado tem um custo altíssimo, da onde vem o capital para a sua execução?

Somos o maior instituto de pesquisa do Norte/Nordeste, com o fechamento do IBOPE talvez sejamos um dos maiores do País. Então, temos recursos próprios para estas pesquisas gratuitas. O nosso retorno é visibilidade social, é a satisfação de levar até a população uma informação verdadeira e inquestionável pelos partidos políticos ou pela justiça, já que o fazemos de forma transparente e aberta. Não temos vínculo político ou partidário, e deixamos bem claro que não queremos sequer aproximação, justamente para termos a nossa independência e contribuir para a transparência e moralização da política brasileira, que a cada dia fica mais suja e imoral. Mas ressaltamos que as portas de nossa empresa estão abertas para todo e qualquer político que queira, sem interesse escuso ou imoral, participar dessa luta pelo projeto de LEI para maior transparência nas pesquisas políticas registradas e divulgadas. Sempre estaremos abertos ao diálogo e ao contraditório, mas jamais nos curvaremos a qualquer que seja força política. O EMET não é apenas uma empresa, é um ideal, uma filosofia de vida, queremos trazer a verdade para a política.

FB queríamos saber mais sobre as pesquisas epidemiológicas, sabemos que estão realizando para várias cidades em todo Brasil e inclusive para o Governo Federal, como são essas pesquisas e qual a sua importância?

Realmente estamos fazendo pesquisas epidemiológicas para vários Estados e cidades do Brasil. Somos a única empresa no País capaz de monitorar 44 doenças em uma única pesquisa, por conta do nosso sistema exclusivo o LECAAD. Nossa equipe de saúde visita de casa em casa, fazendo aferições de saturação de oxigênio, pressão arterial, temperatura, glicemia, batimentos cardíacos e IMC, enquanto isso conjuntamente nossas técnicas, por meio de entrevistas simples, coletam as informações sobre outras 39 doenças, todas elas constantes no Guia Nacional de Vigilância Sanitária. Desta forma, monitoramos COVID-19 e mais 42 doenças, dentre elas, hipertensão, diabetes, dengue, obesidade, depressão e outras. Essa pesquisa é uma questão de saúde pública, Estados, municípios e Governo Federal estão CEGOS, tomando decisões baseadas em achismo e atendimento ambulatorial e isso vem custando vidas em todo o país, esse nível de amadorismo administrativo é inadmissível em pleno século 21.

FB, mas em quem você sustenta a importância, a obrigatoriedade dessa pesquisa?

Excelente pergunta, do ponto de vista LEGAL, além da questão moral inquestionável. Existem duas importantes leis que fundamentam e obrigam a vigilância epidemiológica, pesquisa, levantamento, etc…Lei 6.259 de 1975 e a Lei 9.808 de 1990, ambas em vigor, que regulamentam a vigilância epidemiológica e outras questões sanitárias! E ainda existe a portaria 2358 do MS e o guia Nacional de Epidemiologia que faz essa recomendação de forma clara.
A OPAS e a OMS publicam quase que diariamente orientações neste sentindo, é uma questão de falta de vontade política e irresponsabilidade social.

Ainda sobre a PESQUISA EPIDEMIOLÓGICA, a ONU irá intensificar e incentivar em todo mundo a sua realização por ter a convicção que é a mais eficiente medida PREVENTIVA para se evitar o surgimento de NOVAS EPIDEMIAS E PANDEMIAS. E isso é de conhecimento do nosso Governo Federal, Estados e Municípios basta acessar http://www4.planalto.gov.br/ods/noticias/onu-anuncia-plano-para-eliminar-doencas-transmissiveis-nas-americas-ate-2030. É o site oficial do governo, basta ler a matéria por eles publicadas. Do ponto de vista científico, aqui mesmo uma matéria fantástica da jornalista Dora Alice Silva, cita os quatro maiores especialistas mundiais, Hendrik Streeck, virologista alemão; o Nobel de Medicina , o francês Luc Montagnier; Karl Friston, neurocientista inglês; e o médico infectologista do Hospital Oswaldo Cruz, graduado e pós-graduado pela Escola Paulista de Medicina – Universidade Federal de São Paulo, o Dr. Stefan Cunha Ujvari. Nesta matéria, é citada a história da Hanseníase, que é uma doença milenar e nem por isso matou ou contaminou a humanidade. O cientista cita que era feita a pesquisa epidemiológica, aonde se identificava os doentes e os separava da sociedade, porque naquela época não havia tratamento para doença.

Confesso que não sabia disso, mas já que é lei, já que é uma orientação da ONU, da OPAS, da OMS e consenso dentre os cientistas especialistas, por que você acha que os gestores públicos não estão todos trabalhando para que estas pesquisas sejam realizadas?

Olha, a minha resposta vai desagradar muita gente, mas a verdade é que político no Brasil acha que gestão pública é fazer OBRA, saneamento básico e questões de saúde eles não investem por acharem que não dá voto!
Milhares de pessoas vêm morrendo diariamente, por isso, o MPF e demais órgãos de controle vêm ajuizando ações contra estes gestores públicos irresponsáveis e insensíveis às mortes em suas cidades. Precisamos ser justos com os pequenos municípios que realmente muitas vezes não têm recursos, mas mesmo a dificuldade financeira não pode ser obstáculo diante das questões que envolvem a saúde pública e vidas humanas.
É uma vergonha o Brasil ter o maior número de mortos todos os dias e a culpa é da péssima gestão de nossos políticos porque bilhões foram disponibilizados e são pessimamente geridos. A ciência é ignorada no Brasil e algo tão simples e milenar quanto a pesquisa epidemiológica, a vigilância sanitária e as barreiras sanitárias não são utilizadas. Isso poderia ter poupado a vida de milhares de pessoas e economizados bilhões para o país.
Infelizmente, o amadorismo administrativo dos prefeitos, governadores e, por que não dizer, do presidente causam estas mortes todos os dias. Administram baseados em achismo!
A pesquisa é a base de qualquer processo administrativo, seja ele público ou privado, municipal, estadual ou federal.

OAB/MA CONVERSA COM GERÊNCIA DO INSS DE IMPERATRIZ SOBRE REIVINDICAÇÕES DA ADVOCACIA PREVIDENCIARISTA

Com o objetivo de construir soluções para os diversos problemas manifestados pela advocacia previdenciarista que utiliza a Gerência do INSS da cidade de Imperatriz, a OAB Maranhão, através do seu presidente Thiago Diaz, de representantes da Comissão de Direito Previdenciário e de diversas Subseções, se reuniu com a Gerente Executiva do INSS, Denizia Ramos, sobre as demandas mais urgentes da área.

Atualmente, a Gerência do INSS de Imperatriz atende a profissionais de diversas regiões. Entretanto, com a chegada da pandemia e a consequente diminuição de funcionários, o guichê ficou inviável para os advogados e advogadas, ocasionando uma série de limitações ao trabalho da classe. Diante desse cenário, uma das principais solicitações feitas pela OAB/MA durante a reunião foi a implantação de um guichê para a advocacia, pois esse serviço tem necessidade de urgência.

“Essa reunião tem o objetivo de somar forças e buscar uma forma para melhorar e dar mais celeridade ao atendimento prestado pelo INSS à advocacia. O INSS de Imperatriz engloba grande parte do estado, por isso a importância de falarmos sobre o andamento desses trabalhos”, iniciou o Presidente da OAB Maranhão, Thiago Diaz.

A presidente da Comissão de Direito Previdenciário, Cacilda Martins, informou sobre as reivindicações feitas pela classe em cada região ligada à Gerência do INSS de Imperatriz. “Hoje, o Maranhão possui 4.900 advogadas e advogados cadastrados no INSS. Ou seja, é uma grande demanda para os profissionais buscarem soluções aos seus clientes. A OAB já solicitou ao INSS para disponibilizar o serviço de guichê de atendimento, da mesma forma como acontece em São Luís”, explicou Cacilda Martins.

Sobre essas pautas, a Gerente Executiva do INSS, Denízia Ramos, informou que já estão sendo providenciadas as devidas correções. Será disponibilizada uma sala para a advocacia na Gerência Executiva do INSS de Imperatriz. O guichê será feito na Gerência, justamente pela facilidade de substituições de servidores quando necessário. Em relação à conduta dos servidores, será marcada uma reunião para avaliar a postura de cada um.

“Nesse novo formato, nós vamos disponibilizar uma sala onde ficarão servidores rotativos. Estes servidores terão uma linha exclusiva para atendimento de advogados e advogadas da regional de Imperatriz. Além da linha telefônica, será disponibilizado um e-mail para atendimento. Sobre a má conduta dos servidores, nós vamos tomar as providências para que isso não aconteça mais. Será feita uma reunião com os servidores. O nosso lema é atender bem, sempre olhando para o cidadão”, informou a Gerente.

A ampliação dos serviços disponibilizados para a advocacia, tendo em vista a grande demanda de atividades realizadas, foi mais uma pauta do encontro. Nas cidades de Açailândia, Santa Inês e Balsas, o serviço é limitado. Luísa Karoline Santiago, advogada que milita na cidade de Açailândia há cinco anos, trouxe a perspectiva da jovem advocacia. Segundo ela, a atual situação está causando consequências ruins e prejudicando advogadas e advogados. As principais delas são: ausência de servidores, falta perícia, assistência social, não há guichês para advogados e advogadas.

Em relação à Açailândia, Denízia trouxe atualizações sobre a gerência e do novo prédio que será entregue. “Quanto à Açailândia, houve mudança na Gerência. Estamos aguardando a mudança para o novo prédio que está prestes a ser entregue. Lá, vamos providenciar uma sala. Vamos nos debruçar sobre essa pauta para atender todas as solicitações. Tudo já está sendo encaminhado para a inauguração do prédio”, explicou.

Outro ponto levantado pela OAB/MA durante a reunião foi em relação às falhas da plataforma do MEU INSS. Os representantes da Ordem disseram que ela é necessária, mas que não exclui a importância da manutenção do atendimento presencial, uma vez que nem todos os advogados e advogadas estão preparados para utilizar o canal virtual.

Sobre esse ponto, Denízia concordou e afirmou que vê várias possibilidades de melhora para concluir todas as demandas da melhor forma, juntamente com o apoio da OAB Maranhão.

No fim da reunião, o presidente Thiago Diaz agradeceu ao INSS pelo diálogo aberto e franco. A respeito de todas as demandas, Denízia falou que dará mais respostas na próxima semana, após reunião entre a Gerência do INSS e os servidores. Para tomar conhecimento desse retorno, a OAB/MA já marcou reunião para a próxima quinta-feira, 18/02, com a presença dos responsáveis das agências.

“Nós queremos detectar todos os problemas e resolvê-los. Estamos fazendo o máximo para melhorar todas as condições de trabalho para a advocacia previdenciarista. Estamos à disposição para ouvir cada um de vocês em busca do aperfeiçoamento do trabalho desenvolvido pela Gerência do INSS”, pontuou Denízia, destacando ainda a importância que a advocacia tem para todo o país.

Estiveram presentes na reunião: o presidente da OAB Maranhão, Thiago Diaz; o diretor tesoureiro da OAB Maranhão, Kaio Saraiva; a presidente da Comissão de Direito Previdenciário, Cacilda Martins; a presidente da Subseção de Santa Inês, Karine Sarmento; o Vice-Presidente da Subseção de Imperatriz, Judson Silva; além de advogadas e advogados representantes das Subseções de Açailândia e Santa Inês.

SÃO JOÃO BATISTA!!!! Membros da Secretária da Mulher vem a São Luís em busca de Políticas para o género Feminino

Na tarde do dia (10/02/2021), reuniram-se na sede da Secretaria Estadual da Mulher SEMU a senhora Nayra Monteiro Secretaria Estadual da SEMU, Antonieta Lago  – Coordenadora do Departamento de Gestão e Articulação da SEMU e Elis Técnica da DEGA, Graciele do Departamento de Gestão Econômica e Acessora do Conselho Estadual da Mulher, Priscila do Departamento de Monitoração, Avaliação e Enfrentamento à violência contra a mulher, Valquiria Duarte – Coordenadora da Coordenadoria da Mulher de Pedro do Rosário, Ana Martins – Acessora Técnica da Secretaria Municipal de Assistência Social de Pedro do Rosário, Erllem Pinto- Secretaria de Assistência Social de São João Batista, Luciana Abreu, Coordenadora da Coordenadoria da Mulher de São João Batista  para tratarem assuntos voltados às Políticas Públicas para mulheres dos municípios de São João Batista e Pedro do Rosário e a busca de apoio da Secretaria para os municípios acima citados. A reunião esclareceu dúvidas, formas de implantação das Políticas para Mulheres, orientação para elaboração de atividades e ações voltadas para o público feminino, criação do Conselho Municipal da Mulher, palestras com a Semu nos municípios, direcionamento de projetos federais e estaduais para as mulheres, formas de enfretamento à violência contra a mulher, Boletim de Ocorrência online, dentre outros assuntos. Foi firmada a parceria do Estado com os municípios e na Oportunidade a Coordenadoria da Mulher na pessoa da Luciana Abreu, a acessora técnica Ana Martins e a Secretaria de Assistência social Erllen Pinto, falaram um pouco sobre a realidade do Município e reforçaram o pedido da *Carreta da Mulher* para São João Batista e a Secretaria Nayra Monteiro atendeu ao pedido disponibilizando a Carreta no mês de Maio para o Município. De início uma Vitória para as nossas mulheres que terão acesso aos serviços ofertados pela Carreta da mulher. As parceiras foram firmadas e os trabalhos direcionados. Agradecemos o apoio do Prefeito Mecinho e seu olhar especial pelas mulheres do nosso Município…Uma nova História com Deus e com o povo sendo construído a cada dia pela nova gestão.

#Prefeturadesaojoaobatista
#SecretariadeassisteciaSocial
#cuidandodanossagente
#Mecinho

Timon: Oposição Contínua Firme, Unida e Sólida

O grupo de oposição que nas eleições passadas obteve 34.198 votos de eleitores timonenses com a candidatura de Schnneyder e Henrique Júnior para prefeito e vice-prefeito, respectivamente, segue unido e se fortalecendo na construção de uma opção sólida na política do município.

No início da tarde desta sexta-feira, 12, o grupo participou de um almoço no bairro Novo Tempo em Timon, onde estiveram presentes o Comandante Schnneyder, Henrique Júnior, Jaconias Morais, Leandro Bello, além dos vereadores Juarez Morais, Helber Guimarães e Kaká do Frigo Sá. Entre os temas debatidos no encontro estão as próximas ações a serem empreendidas a nível local e estadual pelo grupo teve teve papel protagonista nas últimas eleições municipais em Timon.

Schnneyder ressaltou que o que prevalece no grupo, acima de qualquer sentimento, é o respeito e o compromisso com o futuro do município de Timon. “Tivemos hoje mais um ótimo diálogo com os amigos que engrandecem a oposição no município de Timon. Ressaltamos que esse diálogo é fundamental e que buscamos sempre manter a unidade, com muito respeito”, disse Schnneyder.

Em Tempo:

A diferença da eleição majoritária de Timon foi por apenas 300 votos, por isto ainda existe um sentimento muito forte de mudança. Leandro que é aliado de primeiras horas do Comandante Schnneyder que foi o candidato da objeção, vai consolidando cada dia mais  projetos do grupo. Um deles  é conquistar uma cadeira para Bello na Assembléia legislativa do Maranhão, para o progresso de Timon que está jogado as traças

Pedido de Astro de Ogum a Codevasf beneficia mulheres agricultoras na zona rural

No total, 20 kits de irrigação que facilitará na produção de hortaliças, foi entregue às filiadas da AMA

Aconteceu no final da tarde desta quinta-feira(11), na localidade no Calemb, na zona rural da Grande São Luís, a solenidade de entrega de 20 kits de irrigação por gotejamento de 500m2 , doado pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba- CODEVASF.

À doação, cujo pleito foi uma articulação do vereador Astro de Ogum(PCdoB) junto ao senador Roberto Rocha(PSDB), e que também incluiu 20 caixas d’água de 500L, beneficiou à Associação das Mulheres Agricultoras- AMA. De acordo com o parlamentar, que esteve representado pela líder comunitária Jeanne Medeiros, o investimento de pouco mais de R$ 17 mil reais, ajudará na produção de legumes e verduras.

“Além de hortaliças para comercializar nas feiras, iremos produzir, também, alimentos que poderão ser adquiridos pelo Poder Público e destinados à merenda escolar “, disse. Na oportunidade, Jeane explicou que o material havia entregue pela Companhia anteriormente, mas a distribuição aconteceu agora para não infringir a legislação eleitoral.

DEPUTADO JOSIVALDO JP INTEGRA COMITIVA DO PRESIDENTE JAIR BOLSONARO PARA ENTREGA DE TÍTULOS DE PROPRIEDADE NO MARANHÃO

O Governo Federal entregou, na quinta-feira, 11, 125 títulos de propriedade para famílias quilombolas e moradores de agrovilas, em Alcântara-MA. A Agrovila Pepital também recebeu um ponto de internet do programa Wi-Fi Brasil. O serviço, que oferece conexão de alta velocidade e ilimitada, foi disponibilizado à população local durante o evento.

Na comitiva oficial que veio ao Maranhão com o presidente Jair Bolsonaro, estavam o deputado federal Josivaldo JP, o senador Roberto Rocha, vários ministros e outras autoridades.

Durante mais de 30 anos cada família esperava pela documentação de seus imóveis. Como deputado federal do Maranhão, estado que amo tanto, fazer parte da comitiva do presidente Bolsonaro para ser testemunha desse momento me deixa muito feliz”, declarou o deputado Josivaldo JP.

O senador Roberto Rocha disse que “o evento simboliza o compromisso do Governo Federal em trazer vida nova para a população˜.

A comitiva chegou ao Maranhão vinda de Brasília, e a cerimônia aconteceu no CLA, Centro de Lançamento de Alcântara, pela manhã.  A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, foi uma das autoridades presentes. Em seu discurso, ela afirmou que “cuidar de vidas e fortalecer as famílias é a maior obra do governo Bolsonaro”.

O presidente da República Jair Bolsonaro lembrou, durante a cerimônia, que a entrega dos títulos é uma questão de dignidade com os mais humildes e que é algo histórico para o Governo Federal.

“Sei das dificuldades das cidades pequenas e nós devemos ajudar os seus moradores, essa é uma forma de dar dignidade ao homem do campo. Não existe preço portar em suas mãos um título de propriedade para dizer que é seu, que pode investir, buscar recursos e melhorar aquilo que agora é meu. Esse é o nosso trabalho”, afirmou o presidente.

Os beneficiados viviam na área da base de Alcântara e na década de 80 foram realocados para a construção do Centro de Lançamento de Alcântara. As famílias foram transferidas para agrovilas com eletrificação rural, casa de farinha, poço artesiano, sistema de distribuição de água, escola, campo de futebol, posto de saúde, igreja e estradas vicinais. Após a desapropriação, cada uma recebeu uma gleba rural de 15 hectares, um lote urbano de 1.000 m² com uma residência de 72 m² em alvenaria. Mas elas não possuíam o título da propriedade. Hoje, receberam o título da gleba e outro do lote urbano.

“Com a entrega dos títulos de propriedade, o Governo Federal cumpre uma função que é de todos nós, que prestamos serviço para a população. A missão de valorizar a tecnologia social, que é o ato de aliar os avanços tecnológicos, como é a estação de lançamento de foguetes de Alcântara, com o bem-estar social da população. Estou muito emocionado em ver a alegria de cada um que pegou o seu documento de propriedade definitiva em mãos”, afirmou o deputado federal Josivaldo JP.