Blog Veja Agora | Com Junior Araujo - Notícia com veracidade dos fatos

Prefeito Dr. Marcone Visita Obras de Reforma da Unidade Básica de Saúde no Povoado Boa Esperança

Na manhã da última quarta-feira (10), o prefeito de Cajapió, Dr. Marcone, visitou as obras de reforma e ampliação da Unidade Básica de Saúde no povoado Boa Esperança. Os serviços, que estão em ritmo acelerado, em breve serão concluídos e entregues à comunidade.

A reforma e ampliação da unidade de saúde representam um importante avanço para a população local, trazendo mais dignidade e qualidade no atendimento à saúde. Segundo Dr. Marcone, “Essa obra é fundamental para oferecer um atendimento de saúde mais eficiente e humanizado, atendendo às necessidades da nossa comunidade com maior dignidade”.

A entrega desta unidade reformada e ampliada é aguardada com grande expectativa pelos moradores de Boa Esperança, que terão acesso a um espaço mais adequado e equipado para receber os cuidados necessários. O compromisso da gestão municipal com a saúde da população reflete-se em ações como esta, que buscam melhorar a qualidade de vida e o bem-estar de todos os cajapioenses.

A previsão é que as obras sejam concluídas em breve, permitindo que a unidade comece a atender a população local com toda a estrutura e recursos necessários para um atendimento de qualidade.

Veja Agora: Senado Federal aprova Lei Geral das Atividades Espaciais: Maranhão se destaca com o Centro de Lançamento de Alcântara

https://youtu.be/W3k3-c35NEg?si=vZfv3CPK6_iOfnXC
Que grande notícia para o Brasil e, especialmente, para o Maranhão! A aprovação da Lei Geral das Atividades Espaciais pelo Senado Federal é um marco significativo para o desenvolvimento do setor espacial no país. O Centro de Lançamento de Alcântara, no Maranhão, tem um enorme potencial para se tornar um dos principais polos de atividades espaciais, atraindo parcerias internacionais, investimentos e fomentando o desenvolvimento de novas tecnologias.
A autoria da proposta pelo deputado federal Pedro Lucas (União Brasil) e sua aprovação no Senado são passos importantes para fortalecer a posição do Brasil no cenário espacial global. Parabéns a todos os envolvidos por essa conquista!
Grande dia para o mercado espacial brasileiro! “Hoje, o Senado Federal aprovou a nossa proposta que institui a Lei Geral das Atividades Espaciais. O Brasil, em especial o Maranhão, que possui o Centro de Lançamento de Alcântara, tem muito a ganhar, podendo firmar mais parcerias, garantir investimentos e desenvolver novas tecnologias.
Agradeço aos senhores senadores por esta aprovação. Agora o PL 1006/22 segue para sanção presidencial” disse o Deputado Federal Pedro Lucas (União Brasil).
https://youtu.be/W3k3-c35NEg?si=vZfv3CPK6_iOfnXC

Veja Agora: Daniella submete-se a cirurgia e Remy Soares assume chapa de oposição em Presidente Dutra

Deputada Daniella

Nesta quarta-feira, a assessoria de comunicação da deputada Daniella (PSB) divulgou uma nota oficial informando que a parlamentar será submetida a um procedimento cirúrgico na região dos seios, em São Paulo, seguindo recomendações médicas. A saúde de Daniella está completamente controlada e estável, assegurou a assessoria.

Antes de seguir para São Paulo, a deputada cumpriu uma agenda política na cidade de Presidente Dutra, onde se reuniu com correligionários. Durante o encontro, Daniella anunciou o adiamento de seu sonho de trabalhar por sua terra natal à frente do executivo municipal, um desejo que vinha alimentando ao longo de sua carreira política.

Em uma decisão coletiva, foi acordado que o deputado federal Remy Soares assumirá a liderança da chapa de oposição. Soares será responsável por dar continuidade ao trabalho de representar e levar a voz da esperança aos cidadãos de Presidente Dutra.

A decisão de Daniella de adiar sua candidatura ao Executivo Municipal foi recebida com compreensão por seus apoiadores, que manifestaram solidariedade e desejaram uma recuperação rápida e completa para a parlamentar.

Casal é Preso por Envolvimento na Morte do Empresário Josival Cavalcante, o Pacovan

A Superintendência de Homicídio e Proteção à Pessoa (SHPP) prendeu na tarde desta quarta-feira, 10 de julho, em um hotel na Avenida Litorânea, em São Luís, o madeireiro Francisco Heydyne do Nascimento, conhecido como “Cearense”, e sua namorada Fernanda Costa. O casal é acusado de envolvimento na morte do empresário Josival Cavalcante da Silva, o Pacovan, executado a tiros no dia 14 de junho no interior do posto Joyce (antigo Cavalo de Aço), no município de Zé Doca.

A prisão do casal foi efetuada após a emissão de mandados de prisão pelo juiz Marcelo Moraes Rego de Sousa, da 1ª Vara de Zé Doca. As investigações foram conduzidas pela Delegacia Geral de Polícia Civil, sob o comando do delegado Jair Paiva, com o apoio da SHPP e do Serviço de Inteligência da Polícia Civil.

Antônio Noberto Participa de Solenidade e Comenta sobre Futuro na Política

Em um evento significativo para a comunidade do Maranhão, o inspetor da Polícia Rodoviária Federal e pré-candidato a vereador de São Luís, Antônio Noberto (Partido Novo), marcou presença na solenidade de entrega do título de cidadão maranhense ao secretário de segurança pública do estado, Maurício Martins.

Noberto, que tem se destacado por sua atuação na segurança pública, expressou sua satisfação em participar da homenagem ao amigo e colega de trabalho. “Participei da solenidade de entrega do título de cidadão maranhense ao secretário de segurança pública do estado do Maranhão, o amigo Maurício Martins,” disse Noberto, ressaltando a importância do evento e a relevância do trabalho de Martins para o estado.

Com o cenário político em São Luís se desenhando, Noberto, que se prepara para disputar uma cadeira na Câmara Municipal, surge como um forte candidato. Sua trajetória na Polícia Rodoviária Federal e seu compromisso com a segurança pública têm lhe conferido reconhecimento e apoio popular. Observadores políticos apontam que Noberto tem chances reais de se eleger, considerando sua experiência e a conexão com a população local.

A participação de Noberto na solenidade reforça sua postura de reconhecimento e valorização das contribuições de profissionais dedicados à segurança e bem-estar da comunidade. Seu engajamento em eventos como esse destaca sua disposição em se envolver ativamente nas questões que impactam a sociedade maranhense.

À medida que as eleições se aproximam, a expectativa em torno da candidatura de Antônio Noberto cresce, alimentada por seu histórico de serviço público e pela confiança que tem conquistado entre os eleitores de São Luís.

Fred Maia Substitui Osmar Filho e Assume Mandato de Deputado Estadual

Screenshot

O ex-prefeito de Trizidela do Vale, Fred Maia (PDT), assumirá uma cadeira como deputado estadual nesta semana. O anúncio foi feito pelo próprio Fred Maia nesta quarta-feira (10), por meio de uma publicação em suas redes sociais. Na foto compartilhada, Maia aparece ao lado da presidente da Assembleia Legislativa, Iracema Vale (PSB), e do deputado Osmar Filho, titular da vaga.

“Com muita alegria que comunico ao povo do Maranhão que estarei assumindo o mandato de deputado estadual na próxima terça-feira. Só gratidão a Deus!” escreveu Maia em sua postagem.

Segundo informações apuradas pelo Blog, Osmar Filho ficará afastado por 120 dias (quatro meses), permitindo que Maia assuma temporariamente a vaga na Assembleia Legislativa.

Fred Maia, que recebeu 31.678 votos nas eleições de 2022, ficou na primeira suplência para o cargo de deputado estadual. Com a licença de Osmar Filho, Maia agora terá a oportunidade de representar a população do Maranhão na Assembleia Legislativa.

Veja Agora: PF e RF combatem importação ilegal de produtos no MA

A Polícia Federal, em ação conjunta com a Receita Federal do Brasil, deflagrou nesta quarta-feira, 10/7, a Operação Corisco Turbo, com o objetivo de desmantelar uma organização criminosa responsável por importar ilegalmente grandes quantidades de mercadorias de origem estrangeira sem qualquer pagamento de tributos.

Cerca de 250 policiais federais e 100 servidores da Receita Federal cumprem, em São Paulo, Goiás, Paraná, Santa Catarina, Maranhão, Rio Grande do Norte e no Distrito Federal, 51 mandados de busca e apreensão, 25 ordens de sequestro de bens imóveis, 42 ordens de sequestro de veículos, além do bloqueio de 280 milhões de reais nas contas dos alvos da operação.

Os mandados foram expedidos pelo Juízo da 12ª Vara Federal do Distrito Federal, que também determinou medidas cautelares diversas da prisão em desfavor dos principais investigados, tais como proibição de se ausentarem do país, com a entrega dos passaportes em 24 horas, proibição de se ausentarem do município de domicílio, comparecimento mensal ao Juízo Federal para informar suas atividades e proibição de manterem contato uns com os outros.

As investigações apontam que a organização criminosa se subdividia em núcleos responsáveis pela negociação e venda de produtos eletrônicos, transporte/armazenamento, constituição de empresas fictícias, envio de dinheiro para o exterior e receptação dos produtos para revenda em comércios.

Os investigadores também encontraram indícios de ocorrência dos crimes de lavagem de dinheiro e de evasão de divisas por meio de doleiros e de transferência de criptomoedas.

Segundo as investigações, há indícios da remessa ilegal de mais de R$ 1,6 bilhão ao exterior, estimando-se que foram internalizados no país mais de 500 mil telefones celulares pela organização criminosa nos últimos 5 anos.

Os suspeitos devem responder pelos crimes de falsidade ideológica, descaminho, evasão de divisas, lavagem de dinheiro e organização criminosa, que possuem penas máximas que podem chegar a 37 anos de reclusão.

Felipe Camarão veta projeto que permite que pais proíbam filhos de participarem de atividades pedagógicas de gênero, nas escolas

O governador em exercício, Felipe Camarão, vetou nesta terça-feira (9) o Projeto de Lei Ordinária nº 441/2023, que objetivava assegurar aos pais e responsáveis o direito de vedarem a participação de seus filhos em atividades pedagógicas de gênero no âmbito das escolas do Estado do Maranhão. O projeto, de autoria da deputada Mical Damasceno, previa ainda a aplicação de penalidades às instituições de ensino que descumprissem os termos da lei.

Conforme embasado no texto do veto, o Supremo Tribunal Federal já havia declarado inconstitucional uma lei similar do Estado de Alagoas, que instituía no sistema educacional o programa Escola Livre. A jurisprudência do STF é firme no sentido de reconhecer a inconstitucionalidade de leis que proíbam o tratamento de gênero e educação sexual no ensino, consolidando a decisão de que legislar sobre diretrizes e bases da educação nacional é competência da União, conforme dispõe o artigo 22, inciso XXIV, da Constituição.

“Legislar sobre as diretrizes e bases da educação nacional é competência da União, conforme dispõe o artigo 22, inciso XXIV, da nossa Constituição. E é nosso dever, enquanto Estado, assegurar um ensino plural, que prepare os indivíduos para a vida em sociedade, sem violação à liberdade de ensinar e de aprender”, destacou o governador em exercício, Felipe Camarão, em trecho da mensagem enviada à presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, Iracema Vale, explanando o motivo do veto. “Por essas razões, oponho veto total ao Projeto de Lei visto que não foram atendidas as disposições do artigo 22 e do artigo 206, ambos da Constituição Federal”, complementou a mensagem.

Por meio de parecer técnico, a Supervisão de Participação Social da Secretaria de Estado a Educação (Seduc) já havia se manifestado acerca do PL, destacando que a proposta afrontava os preceitos constitucionais, censurava atividades culturais, a laicidade do Estado e o pluralismo de ideias. “Concluímos que não compete aos Estados e Municípios legislarem sobre assuntos educacionais, que somente a esfera federal possui a prerrogativa de orientações dos conteúdos trabalhados em sala de aula”, destaca trecho do parecer técnico emitido pela Secretaria. Em caso de descumprimento, o PL propunha que as escolas estariam sujeitas a pagamento de multa entre R$ 1.000,00 a R$ 10.000,00 por aluno participante, suspensão temporária de suas atividades e até cassação da autorização de funcionamento.