Blog Veja Agora | Com Junior Araujo - Notícia com veracidade dos fatos

Bomba:💣💣💣💣 Prefeitura de São Mateus já pagou quase R$ 85 milhões a empresa de terceirização; há suspeita de fraude e favorecimento em contratos

Ex Prefeito de São Mateus, Miltinho Aragão e atual Prefeito e Presidente da Famem Ivo Rezende

Em mais uma matéria investigativa exclusiva, do Blog , inicia a revelação de uma série de possíveis irregularidades nas gestões municipais de São Mateus do Maranhão, que podem envolver o ex-prefeito Miltinho Aragão e o atual prefeito Ivo Rezende. De acordo com informações obtidas e denúncias recebidas, parece haver uma complexa teia de contratos questionáveis naquele município.

Após uma série de denúncias, investigamos e chegamos a empresa, Prime Prestadora LTDA, que até o momento movimentou cerca de R$ 85 milhões no município de São Mateus. A empresa esteve ativa durante a última gestão do ex-prefeito Miltinho Aragão e continuou a operar sob a administração de seu sucessor e sobrinho, Ivo Rezende.

Os serviços oferecidos pela Prime Prestadora são variados, indo desde limpeza hospitalar e higienização até a terceirização de mão de obra para toda a administração e operações municipais. Essa terceirização é especialmente preocupante, uma vez que permite ao município burlar os limites de gastos permitidos com a folha de pagamento, por ser reconhecida como uma prestação de serviço. Além disso, os cargos abertos pela empresa terceirizada ficam à disposição do atual prefeito e seu antecessor, Miltinho Aragão, que usam os empregos politicamente, dessa forma eles se esquivam da responsabilidade de executar seletivos ou concurso público.

O histórico da Prime Prestadora também é digno de atenção. O ex-proprietário da empresa foi previamente investigado pelo Ministério Público por suspeitas de fraude em contrato no município de Candido Mendes. Após ganhar muita repercussão as operações com outra empresa, o proprietário originário da Prime Prestadora Lindomar Pereira de Sá, transferiu o empreendimento para o nome do filho, Leilton Feitosa de Sá, potencialmente numa tentativa de desviar a atenção das investigações.

Em São Mateus a Prime Prestadora se deu de bem e já faturou milhões e fizemos o levantamento dessas informações e trazemos em primeira mão para os nossos leitores.

Segue abaixo a tabela dos valores JÁ PAGOS pela prefeitura de São Mateus à Prime Prestadora LTDA:

2023: R$ 11.370.775,91 (onze milhões trezentos e setenta mil setecentos e setenta e cinco reais e noventa e um centavos);
2022: R$ 30.796.123,00 (trinta milhões setecentos e noventa e seis mil cento e vinte e três reais);
2021: R$ 17.390.053,59 (dezessete milhões trezentos e noventa mil e cinquenta e três reais e cinquenta e nove centavos);
2020: R$ 14.570.641,31 (quatorze milhões quinhentos e setenta mil seiscentos e quarenta e um reais e trinta e um centavos);
2019: R$ 8.825.274,32 (oito milhões oitocentos e vinte e cinco mil duzentos e setenta e quatro reais e trinta e dois centavos);
2018: R$ 1.137.403,15 (um milhão cento e trinta e sete mil quatrocentos e três reais e quinze centavos);
TOTAL: R$ 84.090.271,28 (oitenta e quatro milhões noventa mil duzentos e setenta e um reais e vinte e oito centavos).

Interessante notar é que as operações da Prime Prestadora aumentaram drasticamente em 2022, ano de eleição no qual Miltinho Aragão tentou, sem sucesso, obter uma vaga na Assembleia Legislativa do Maranhão. Existe a suspeita de que a Prime Prestadora possa ter sido utilizada para angariar fundos para a campanha eleitoral milionária de Miltinho.

Hoje, Miltinho é diretor-geral da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (FAMEM), mas exercer de fato a presidência da instituição, tornando-se o primeiro ex-prefeito a comandar a instituição. Para engrossar o caldo, a FAMEM não dispõe de um portal de transparência nem de mecanismos que permitam aos cidadãos fiscalizar seus gastos e atividades financeiras. Aparentemente, práticas obscuras de São Mateus parecem ter se infiltrado na FAMEM.

A nossa investigação continua. A cidade de São Mateus do Maranhão merece transparência nos gastos públicos. Acompanhe o nosso blog para atualizações contínuas sobre este caso.

 

Fonte: Blog Joerdson Rodrigues