Assalto
Blog Veja Agora | Com Junior Araujo - Notícia com veracidade dos fatos

Vereador Marquinhos e deputado Wellington na luta pela seguranças de motoristas de app

Audiência Pública discute violência contra motorista de aplicativos na Capital

O vereador Marquinhos (DEM), participou de importante audiência pública juntamente com o deputado estadual Wellington (PSDB), cobrando mais ação das autoridades maranhenses para garantir a segurança para os profissionais que arriscam suas vidas todos os dias em busca do sustento de suas famílias, principalmente os que prestam serviços de motoristas de aplicativos, como o UBER, que que na noite do último domingo (6), um motorista morreu após ser baleado no bairro da Liberdade.

A audiência pública aconteceu na sede da OAB – Maranhão, na tarde de ontem, quinta-feira (10), em que se fizeram autoridades da área da segurança pública com o claro intuito de criar ações para reduzir a violência contra os motoristas de veículos de transporte de passageiros em geral.

O vereador Marquinhos, solicitou na audiência, uma ação mais efetiva das autoridades de segurança para os trabalhadores.

“Vim aqui participar e contribuir para a efetividade das ações a serem desenvolvidas pelas autoridades de segurança pública para dar uma basta à esta onda de crimes contra estes trabalhadores que arriscam suas vidas todos os dias em busca do sustento de suas famílias”, disse o vereador Marquinhos.

O deputado Wellington, que puxou esta importante discussão à OAB, disse recebeu solicitação dos motoristas de aplicativos para ajudar a classe que é alvo de criminosos.

“Recebemos a solicitação dos motoristas e aqui estamos para, no âmbito das nossas atribuições, lutar para combater a criminalidade. Hoje em dia, o trabalhador sai e não sabe se volta vivo pra casa. O Estado deve sim se posicionar para que a violência seja atenuada. São homens e mulheres que utilizam os aplicativos para sustentar as suas famílias”, afirmou o deputado Wellington.

Insegurança Geral: Assalto e mortes em Humberto de Campos

Caso aconteceu durante uma festa no povoado Onça, na madrugada de domingo. Entre os mortos, um comerciante e o DJ que animava o evento

Alex-Flavio-Ribamar-38-anos.

Um assalto durante uma festa no povoado Onça, município de Humberto de Campos, há 153 km de distância de São Luís (MA), resultou em ao menos duas pessoas mortas e oito feridas nesse fim de semana.

Testemunhas que estavam na festa relataram à polícia, que pelo menos cinco suspeitos armados e encapuzados, os suspeitos já chegaram anunciando a ação: ‘Assalto, assalto, assalto. Entrega, entrega, entrega’.

O dono da tenda – Domingos Carlos Furtado, de 49 anos – questionou o que estava acontecendo, e os criminosos dispararam contra ele, que morreu no local. A segunda vítima foi o DJ da festa – conhecido como ‘DJ Alexsandro, o predador’ –, que ao perceber que algo estranho estava acontecendo, pediu o reforço da segurança, e também foi atingido por muitos disparos.

Os feridos, foram levados para hospitais em Barreirinhas e São Luís.