BLOG VEJA AGORA - Notícias com veracidade dos fatos

Veja Agora, Umbelino destina 322 mil em emendas ao Aldenora Bello

O vereador Umbelino Junior (Cidadania 23) destinou R$ 322 mil reais em emendas parlamentares para Fundação Antônio Dino, instituição mantenedora do Hospital Aldenora Bello em São Luís. O recurso poderá ser aplicado na compra de novos materiais e medicamentos utilizados no tratamento de doenças.

“Só quem conhece a realidade e as dificuldades de quem passa pelo tratamento na luta contra o câncer sabe o quanto é necessário um atendimento ágil e com uma importante estrutura. Já vivi de perto essa realidade quando minha mãe foi diagnosticada com câncer e curada. Nossa emenda está sendo destinada com o intuito de salvar vidas e garantir que a instituição continue realizando esse importante serviço”, garantiu o parlamentar.
O Hospital Aldenora Bello é o pioneiro no tratamento de câncer no Maranhão. A unidade conta com 175 leitos de internação, divididos em enfermarias clínica, cirúrgica, pediatria, UTI e apartamentos. Por ano, são diagnosticados mais de 3.500 novos casos de câncer, onde são realizadas mais de 56.756 consultas, 896 cirurgias, 30.141 quimioterapias e 6.025 radioterapias.
“O Aldenora Bello conta com uma grande estrutura, muitas pessoas passam pela unidade diariamente. É importante lembrar que esse recurso só está sendo destinado graças ao orçamento impositivo que foi aprovado ano passado na Câmara. Um feito inédito durante os 400 anos da Casa, onde capitaniei junto aos demais colegas essa vitória. Precisamos fazer a nossa parte e ajudar a manter esse importante serviço”, avaliou Umbelino.

Assembleia Legislativa aprova Orçamento do Governo do Maranhão para 2020

O Plenário da Assembleia Legislativa aprovou, na sessão desta quarta-feira (11), o Projeto de Lei 484/2019, de autoria do Poder Executivo, que prevê o Orçamento do Estado do Maranhão para o exercício financeiro de 2020. De acordo com a matéria, o Orçamento para o próiximo ano estima uma receita global no valor de R$ 19.959.908.806,00 (dezenove bilhões, novecentos e cinquenta e nove milhões, novecentos e oito mil e oitocentos e seis reais).

O Projeto de Lei encaminhado ao Poder Legislativo pelo governador Flávio Dino contempla todos os setores da administração pública, assim como também prevê recursos para o pagamento dos servidores em geral, especialmente dos pensionistas e aposentados, no exercício de 2020.

Na Mensagem Governamental 081 encaminhada à Assembleia, o governador Flávio Dino reafirma a política de austeridade fiscal e explica os principais aspectos considerados para a elaboração do projeto, que estima receita e fixa a despesa do Estado do Maranhão para 2020.

No PL 484/2019, o Governo do Estado explica que o projeto do Orçamento, formulado em consonância com o Plano Plurianual – PPA 2020/2023, compreende a programação dos Orçamentos Fiscal, da Seguridade Social e dos Investimentos das Empresas nas quais o Estado do Maranhão detém a maioria do capital social, abrangendo as ações de todos os órgãos e entidades dos três Poderes.

A Mensagem do Executivo à Assembleia Legislativa afirma que “o último quadriênio tem sido marcado por uma grave crise econômica e política, que reduziu a qualidade de vida dos brasileiros, possibilitando o retorno do desemprego, dentre outros problemas sociais”.

Na justificativa do projeto, o governador argumenta ainda que, “diante deste difícil cenário, o Maranhão tem sido, nos últimos quatro anos, um dos poucos Estados do país que conseguiram enfrentá-lo sem abrir mão da expansão dos serviços públicos, investindo em infraestrutura, melhorando diversos indicadores, em especial nas áreas da educação e segurança. As taxas de investimento público do Maranhão, em face da Receita Corrente Líquida, estão entre as mais altas do país, dado que sublima o enorme esforço que tem sido feito”.

Flávio Dino ressalta também que, desde que assumiu o Governo do Estado, vem adotando um conjunto de medidas que combinam a responsabilidade fiscal e social com o objetivo de reduzir as desigualdades, melhorar a qualidade de vida dos maranhenses, sem comprometer o equilíbrio das contas públicas.

Defesa do projeto

O líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado Rafael Leitoa (PDT), ocupou a tribuna, durante o encaminhamento da votação da matéria, para defender o projeto. “Tanto o Projeto de Lei do Plano Plurianual 2020/2023 quanto o Projeto da Lei Orçamentária Anual 2020 apresentam uma projeção que organiza políticas públicas e relaciona todos os programas, ações e metas da administração estadual”, frisou.

Rafael Leitoa foi enfático ao afirmar que, mesmo com a crise financeira, o Maranhão tem mantido o aumento de investimentos em áreas prioritárias como Saúde, Educação e Segurança. O líder do governo acrescentou ainda que “o atual cenário de incertezas na economia nacional impõe vários desafios aos Estados”.

Saúde

Na Saúde, o valor previsto chega a mais de R$ 2,34 bilhões, o que permitirá manter o funcionamento dos dez grandes novos hospitais que o Governo do Maranhão abriu desde 2015, além de gerir diversas outras unidades espalhadas pelo Estado.

A Educação chegou ao montante previsto de R$ 2,76 bilhões, sem contar o Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA), a Universidade Estadual do Maranhão (UEMA) e a Universidade Estadual da Região Tocantina do Maranhão (UemaSul), que tiveram aumentos expressivos.

Para o IEMA, a elevação foi de 7,7%, chegando a um total de R$ 221 milhões. Já para as universidades, o aumento foi ainda maior: 35,7% pra a UemaSul e 35,5% para a Uema. Juntos, os dois orçamentos somam R$ 721 milhões.

O líder do governo argumentou ainda que, de acordo com a Mensagem Governamental, o Plano Plurianual foi concretizado a partir de diálogo com todas as regiões do estado, quando, seguindo a diretriz do governo Flávio Dino, equipes da Secretaria de Estado de Planejamento e Orçamento (Seplan)  e da Secretaria de Estado de Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop) estiveram em todas as regiões do Maranhão ouvindo da população as prioridades para cada território.

Críticas ao projeto

Durante o encaminhamento da votação, os deputados Adriano Sarney (PV), Wellington do Curso (PSDB) e César Pires (PV) ocuparam a tribuna para criticar a matéria, defendendo a modificação do projeto original com emendas de remanejamento do orçamento.

Em seu discurso, o deputado Adriano Sarney chegou a chamar o projeto do governo de “peça de ficção”. Os outros dois deputados da bancada de oposição, César Pires e Wellington do Curso, também criticaram a proposta orçamentária e apresentaram emendas, que foram rejeitadas pelo Plenário.

Luizinho Barros, O Prefeito Cara de Pau!!!! tem Projeto de lei que aumenta tributos para moradores de São Bento Aprovado pela Câmara!!!!

Em caráter de urgência, um projeto do prefeito Luizinho Barros foi aprovado ontem na Câmara de Vereadores de São Bento. O projeto, que aumenta a carga tributária para os moradores, foi aprovado sem nenhuma Audiência Pública e sem nenhuma tramitação nas comissões.

Mais de 100 taxas foram criadas neste novo projeto sem que a população fosse chamada para debater e conhecer todas elas. O vereador Gentil Garcês, que votou contra o projeto ao lado dos parlamentares da Oposição, disse que as taxas são abusivas e que mesmo sem a precisão de votar com urgência, a proposta foi aprovada pelos parlamentares da Base de Apoio ao prefeito.

Em Tempo: O Blog Veja Agora vai mostrar aqui em outro post todos os vereadores que votaram a favor da lei.

Prefeito Luciano autoriza pagamento do 13º dos efetivos nesta quarta-feira

O prefeito de Pinheiro, Luciano, anunciou nesta terça-feira, 10, que autorizou o pagamento do 13º salário dos servidores públicos municipais para esta quarta-feira dia 11. Os efetivos do município já poderão sacar logo cedo os seus proventos – “Ganham os servidores, que terão mais tempo para as compras de Natal, e a economia pinheirense, que se manterá aquecida”, pontuou o prefeito Luciano.

O prefeito Luciano vem trabalhando de maneira incansável para contornar o período econômico de grandes turbulências, mas com planejamento e organização o município deve fechar o ano com todas as contas pagas para começar 2020 com o pé direito.

Queremos movimentar o nosso comércio e também garantir mais fôlego para nossa receita no final do ano, para conseguir cumprir todos os compromissos assumidos. Mesmo diante de dificuldades orçamentárias, nossa prioridade continua sendo o compromisso com o servidor público”, destaca o prefeito Luciano Genésio.

Com o cofre abarrotado! São Bento recebeu quase R$ 3 Milhões em menos de 12 horas

Verba extra da emenda constitucional rendeu R$ 1 Milhão e 100 Mil para os cofres de São Bento

O prefeito Luizinho Barros tem motivos de sobra para comemorar, ontem, segunda-feira, dia (9), ele recebeu a quantia de R$ 1 Milhão e 111 Mil (veja abaixo), nos cofres da prefeitura. O dinheiro veio da Emenda Constitucional 55, que garantiu 1% da arrecadação do Imposto sobre Produtos Industrializados – IPI e do Imposto de Renda – IR, arrecadados pelo Governo Federal e distribuídos aos municípios.

O dinheiro caiu na conta às 18 horas de ontem, segunda-feira e em menos de seis horas, caiu mais R$ 1 Milhão e 774 Mil referente ao primeiro decêndio do Fundo de Participação do Município – FPM (referente à primeira parcela do FPM). Veja abaixo, após o último parágrafo!

O motivo a mais para comemorar é que ainda faltam mais duas parcelas do FPM a serem recebidas, a segunda, na sexta-feira (20), e no dia (30), vai cair a terceira parcela. Se você pensa que já acabou, não acabou, no mesmo dia 30 de dezembro, São Bento vai receber mais R$ 2 Milhões 700 Mil, referente ao leilão do pré sal.

O prefeito Luizinho vai ter como honrar o pagamento dos servidores que estão em atrasos, os credores que estão batendo à porta.

Em apenas 30 dias, somente com REPASSES FEDERAIS, a prefeitura vai arrecadar mais de R$ 6 Milhões e 500 Mil.

Veja abaixo, quanto caiu nesta terça-feira (10), na conta da prefeitura de São Bento

DEMONSTRATIVO DE DISTRIBUIÇÃO DA ARRECADAÇÃO
10/12/2019 SISBB – Sistema de Informações Banco do Brasil 13:59:06
SAO BENTO – MA
FPM – FUNDO DE PARTICIPACAO DOS MUNICIPIOS
DATA PARCELA VALOR DISTRIBUIDO
10.12.2019 PARCELA DE IPI R$ 164.814,44 C
PARCELA DE IR R$ 930.599,43 C
RETENCAO PASEP R$ 10.954,13 D
RFB-PREV-OB COR R$ 12.714,19 D
RFB-PREV-OB DEV R$ 2.537,06 D
RFB-PREV-PARC60 R$ 53.859,88 D
RFB-RET DARF R$ 26.929,95 D
DEDUCAO SAUDE R$ 164.312,07 D
DEDUCAO FUNDEB R$ 219.082,76 D
TOTAL: R$ 605.023,83 C
TOTAIS PARCELA DE IPI R$ 164.814,44 C
PARCELA DE IR R$ 930.599,43 C
RETENCAO PASEP R$ 10.954,13 D
RFB-PREV-OB COR R$ 12.714,19 D
RFB-PREV-OB DEV R$ 2.537,06 D
RFB-PREV-PARC60 R$ 53.859,88 D
RFB-RET DARF R$ 26.929,95 D
DEDUCAO SAUDE R$ 164.312,07 D
DEDUCAO FUNDEB R$ 219.082,76 D
DEBITO FUNDO R$ 490.390,04 D
CREDITO FUNDO R$ 1.095.413,87 C
ITR – IMPOSTO TERRITORIAL RURAL
DATA PARCELA VALOR DISTRIBUIDO
10.12.2019 RETENCAO PASEP R$ 0,40 D
DEDUCAO SAUDE R$ 7,67 D
DEDUCAO FUNDEB R$ 10,23 D
ITR-NAO CONVEN R$ 51,18 C
TOTAL: R$ 32,88 C
TOTAIS RETENCAO PASEP R$ 0,40 D
DEDUCAO SAUDE R$ 7,67 D
DEDUCAO FUNDEB R$ 10,23 D
ITR-NAO CONVEN R$ 51,18 C
DEBITO FUNDO R$ 18,30 D
CREDITO FUNDO R$ 51,18 C
FUS – FUNDO SAUDE
DATA PARCELA VALOR DISTRIBUIDO
10.12.2019 ORIGEM FPM R$ 164.312,07 C
ORIGEM ITR R$ 7,67 C
TOTAL: R$ 164.319,74 C
TOTAIS ORIGEM FPM R$ 164.312,07 C
ORIGEM ITR R$ 7,67 C
DEBITO FUNDO R$ 0,00 D
CREDITO FUNDO R$ 164.319,74 C
FUNDEB – FNDO MANUT DES EDUC BASICA E VLRIZ PROF EDUC
DATA PARCELA VALOR DISTRIBUIDO
10.12.2019 ORIGEM ITR R$ 240,72 C
ORIGEM IPVA R$ 1.700,28 C
ORIGEM IPI-EXP R$ 4.644,78 C
ORIGEM FPE R$ 313.000,74 C
ORIGEM FPM R$ 195.093,40 C
TOTAL: R$ 514.679,92 C
TOTAIS ORIGEM ITR R$ 240,72 C
ORIGEM IPVA R$ 1.700,28 C
ORIGEM IPI-EXP R$ 4.644,78 C
ORIGEM FPE R$ 313.000,74 C
ORIGEM FPM R$ 195.093,40 C
DEBITO FUNDO R$ 0,00 D
CREDITO FUNDO R$ 514.679,92 C
TOTAL DOS REPASSES NO PERIODO
DEBITO BENEF. R$ 490.408,34 D
CREDITO BENEF. R$ 1.774.464,71 C

Veja Agora, Welker Rolim é alvo de Ação por superfaturamento em Paço do Lumiar

O proprietário da Rolim & Rolim Ltda, Welker Carlos Rolim, foi acionado pelo Ministério Público por superfaturamento em contratos de R$ 3.128.990,00 milhões firmados com a Prefeitura de Paço do Lumiar.

Investigações apontam que irregularidades nos procedimentos realizados em janeiro de 2017 pelo Executivo Municipal para fornecimento de combustíveis para as Secretarias de Administração e Finanças (Semaf), Desenvolvimento Social (Semdes), Saúde (Semus) e Educação (Semed)

Tambem foram acioandos o prefeito Domingos Dutra, os ex-titulares da Semaf (Nubia Dutra), Semed (Fábio Pereira Campos), Semdes (Nauber Meneses) e Semus (Raimundo Nonato Cutrim e Elizeu Costa), o ex-pregoeiro do Município, Márcio Gheysan Souza, a ex-servidora comissionada Ana Cláudia Belfort.

Entre as irregularidades encontradas no pregão presencial nº 003/2017 consta o termo de referência que contém preços informados em 13 de janeiro daquele ano. Também não há comprovante de recebimento de solicitações de cotações de preços, feitas em 11 de janeiro.

Um ano após a licitação, em janeiro de 2018, uma comparação entre os preços estimados no pregão e contratados demonstrou superfaturamento e danos ao erário municipal.

Para o MPMA, isso ocorreu porque a estimativa de preços foi baseada em uma suposta cotação de preços, demonstrando que a prefeitura não buscou contratar preços vantajosos.

O fato também resultou em denúncia sobre fraudes em preços à Ouvidoria do MPMA, relatando que, enquanto consumidores pagavam entre R$ 3,54 e R$ 3,79 pelos combustíveis, a Prefeitura de Paço do Lumiar pagou R$ 3,82.

Baixada Maranhense recebe reforço no serviço de melhoramento das rodovias

Prefeita de São Vicente Ferrer Conceição Castro ao Lado do Governo Flávio Dino.

O Programa de Recuperação de Rodovias do Governo do Maranhão está sendo implementado na regional Pinheiro, e em mais 12 cidades que são interligadas pela MA-014, uma das principais vias de acesso para a Baixada Maranhense.

As equipes da Secretaria de Estado da Infraestrutura (Sinfra) trabalham na recuperação da pavimentação em mais de 160 quilômetros da via. Os trechos entre os municípios de São Bento até o povoado de Três Marias e entre os municípios de São Vicente a São Bento estão sendo beneficiados.

Outras frentes de serviço realizam intervenções na MA-313, entre São Vicente de Férrer e Cajapió. Na MA-317, onde os serviços se concentram na cidade de Viana, no entroncamento da MA-014 e no município de Cajari. A via de acesso entre São Bento e Bacurituba, na MA-310, também está sendo contemplada com serviços de melhoramento.

O secretário da Sinfra, Clayton Noleto, destaca que, desde o início do ano, o Governo Flávio Dino tem dado atenção a todas as regiões do Maranhão, com melhorias e reconstrução de trechos importantes nas rodovias do Estado. Ações contínuas que interligam cidades, povoados e garantem acesso com segurança.

“A população maranhense por muitos anos esteve isolada ou com rodovias intrafegáveis. Nós estamos fazendo várias intervenções e, aos poucos, temos caminhado para ver o avanço da malha viária do estado. Essas ações possibilitam o acesso aos serviços públicos e melhores condições para escoar a produção. O asfalto muda a rotina das pessoas, traz segurança, conforto e mais acessibilidade”, completou.

Para atender as demandas também da regional de Santa Quitéria, que inclui mais dez municípios interligados por mais de cinco rodovias estaduais. As esquipes de manutenção trabalham na recuperação de trechos importantes, atendendo à solicitação de várias comunidades.

Mais de 33 quilômetros na MA-110, entre Magalhães de Almeida chegando até São Bernardo, recebem reparos. Já pela MA-034, as equipes trabalham entre São Bernardo até Pirangi, em mais de 70 quilômetros. Uma outra área que recebe manutenção pela MA-034 é no trecho Buriti a Duque Bacelar e Palestina até Buriti. As ações também se estendem na MA-315, entre os municípios de Tutóia até Paulino Neves e pela MA-345, do entroncamento da BR-402 até Araioses.

Em todo o Maranhão, as equipes estão divididas em 12 grandes regionais para realizar trabalhos que contemplam mais de 2.000 quilômetros. A previsão é que no primeiro semestre de 2020, todas essas áreas estejam com pavimentação reestruturada.

Vídeo: Julinho parabeniza a Vila Palmeira pelo seus 51 anos de existência

 

O suplente de vereador Julinho, que é morador da comunidade, parabenizou pelas redes sociais o aniversário de 51 anos da Vila Palmeira e desejou muita felicidade aos moradores do bairro

Breve histórico do Bairro

A Vila Palmeira foi fundada por Decreto, em 8 de dezembro de 1968. O bairro tem hoje mais de 40 mil habitantes e um contingente de 15 mil eleitores.

O bairro é um dos bairros mais antigos de São Luís, encontrando-se a aproximadamente 20 km do centro da capital Ludovicense. Inicialmente, moravam trabalhadores rurais, descendentes de escravos, entre outras pessoas pobres que se encontravam à margem do desenvolvimento urbano.

A ocupação da área foi marcada pelo crescimento desordenado e pelo inchaço provocado pelo êxodo rural. Isto levou as famílias a construírem suas casas nas margens do rio Anil, que cruza a capital e que constituía o principal corpo hídrico da cidade naquela época.

Veja Agora, Três suplentes de deputados federais do MA devem assumir nos próximos meses

Elizabeth no lugar de Cleber; Júnior na vaga de Fufuquinha e Wolmer na cadeira de Edilázio.

Das 18 cadeiras pertencentes ao Maranhão na Câmara Federal pelo menos três delas serão alteradas nos próximos meses. Um trio de primeiros suplentes deve assumir o mandato.

O primeiro será o ex-prefeito de Pastos Bons, Dr. Antônio Elizabeth Gonçalo. O irmão do prefeito de Santa Rita assume o posto esta semana no lugar do deputado federal Cleber Verde (PRB), que pediu licença por motivo de saúde.

Lá por janeiro ou no início de fevereiro, o vice-prefeito do município de Caxias, Paulo Marinho Junior, irá ocupar o lugar do deputado federal André Fufuca (PP), que se afastará para cuidar de assuntos de interesses pessoais.

Mais adiante, será a vez do também primeiro suplente Wolmer Araújo, o advogado “pesqueiro” – filho do deputado estadual Edson Araújo – ficará no lugar do deputado federal Edilázio Júnior. Aliás, esta semana Wolmer assinou a ficha de filiação partidária do PSD, presidido no Maranhão exatamente por Edilázio. A dupla firmou uma série de acordos em diversos municípios maranhenses.

Veja, Doleiro Dario Messer teria pago propina a procurador de Curitiba

Jornal GGN – O doleiro Dario Messer, considerado pelas autoridades brasileiras o “doleiro dos doleiros”, afirmou em troca de mensagens com a namorada que pagou propina a procurador da Lava Jato em Curitiba, Januário Paludo.

De acordo com a reportagem exclusiva do UOL, mensagens de agosto de 2018, apreendidas por fase deflagrada pela Lava Jato do Rio de Janeiro mostra que a namorada do doleiro, Myra Athayde, afirmou que Paludo estava entre os procuradores que recebem pagamentos mensais em troca de “proteção” de investigados.

O assunto surge quando Messer afirma ter conhecimento de que uma testemunha de acusação contra ele teria reunião com Paludo. Na sequência, a namorada diz: “Sendo que esse Paludo é destinatário de pelo menos parte da propina paga pelos meninos todo mês.”

Os meninos seriam os também doleiros Claudio Fernando Barbosa de Souza, o Tony, e Vinicius Claret Vieira Barreto, o Juca, hoje delatores da Lava Jato no Rio.

Ao MP carioca, Tony e Juca afirmaram ter pago US$ 50 mil (cerca de R$ 200 mil) por mês ao advogado Antonio Figueiredo Basto em troca de proteção a Messer na PF e no Ministério Público. Basto foi advogado de Messer e, segundo o UOL, um dos advogados mais próximos da Lava Jato.

Em resposta, a força-tarefa de Curitiba saiu em defesa de Paludo.

Disse que o doleiro foi investigado por outro procurador, que trabalhou com “absoluta independência” e que o caso é de “possível exploração de prestígio por parte de advogado do investigado, fato que acontece quando o nome de uma autoridade é utilizado sem o seu conhecimento.”

“O doleiro Dario Messer é alvo alvo de investigação na Lava Jato do Rio de Janeiro, razão pela qual não faz sequer sentido a suposição de que um procurador da força-tarefa do Paraná poderia oferecer qualquer tipo de proteção.”

Além disso, a Lava Jato em Curitiba reiterou “a plena confiança no trabalho do procurador Januário Paludo, pessoa com extenso rol de serviços prestados à sociedade e respeitada no Ministério Público pela seriedade, profissionalismo e experiência.”