Blog Veja Agora | Com Junior Araujo - Notícia com veracidade dos fatos

Vídeo! em plena pandemia, prefeito realiza carreata, com direito a foguete e “jingle” de campanha eleitoral

Mortes por coronavírus são ignoradas com carreata, foguetório e “jingle” de campanha no interior do Maranhão

Tem gestor municipal que não está nem um pouco incomodado com as mortes e a dor das famílias vítimas da Covid-19. Ontem, quarta-feira (17), aliados do prefeito Dr. Marcone, realizaram uma carreata pelos bairros do município de Cajapió. Com o intuito de comemorar o recebimento de ambulância, fruto de emenda do deputado federal Juscelino Filho, o ato se transformou num verdadeiro palanque político, com direito a carreata, foguetório e até “jingle”, de campanha eleitoral.

O Ministério Público Eleitoral já está de posse deste vídeo, divulgado em primeira mão aqui neste Blog. Já não bastasse os crimes eleitorais, não respeitam sequer a dor dos familiares que tem enfermos ou perderam seus entes queridos. 

Justiça! Juiza indefere ameaças de censura imposta contra este blog

Sabidamente, juíza faz valer a Constituição Federal e jurisprudência do Supremo Tribunal Federal 

A juíza PATRICIA DA SILVA SANTOS LEÃO, Titular da Vara Única da Comarca de São Vicente Férrer, indeferiu ontem mesmo, dia (10), a tentativa de censura e ameaças interpostas por advogados e pelo prefeito do município de Cajapió, MARCONE PINHEIRO MARQUES, contra o o titular deste blog, que apenas divulgou “release”, da Operação da Polícia Federal “Cobiça”, em que nomeou a prefeitura de Cajapió como investigada nas compras de insumos com uma quadrilha presa pela PF.

A meritíssima, baseando-se à Luz da Constituição Federal e Jurisprudência do Supremo Tribunal Federal – STF, decidiu por NEGAR a Censura prévia interposta pelo prefeito de Cajapió – acertadamente. Veja abaixo, um resumo de sua decisão:

“Decido. Segundo a redação do art. 300, caput, do NCPC, “a tutela de urgência será concedida quando houver elementos que evidenciem a probabilidade do direito e o perigo do dano ou o risco ao resultado útil do processo”.

Após a análise sumária dos fatos, fundamentos e provas, verifico não haver substrato suficiente a lastrear a verossimilhança das alegações aventadas, pelo menos em sede de cognição sumária, de modo a fazer incidir a gravosa medida de intervenção no conteúdo de matéria de cunho jornalístico, em clara restrição aos princípios fundamentais da liberdade de expressão e da liberdade de imprensa, basilares de um Estado que se intitula democrático e de direito.

“Não podemos olvidar que vivemos em um país livre, em que é plenamente vedado a censura à informação”, diz a juíza.

“A partir do momento em que o requerente assume o múnus público de autoridade máxima do executivo municipal, o seu nome e imagem desvinculam-se da esfera meramente privada para atingir um status público, quando relacionada, obviamente, ao exercício das suas funções”.

Como dito, analisando friamente os dados colacionados, apenas sumariamente, sem pretensão de esgotar o debate, não visualizo excesso por parte do portador de veículo informação ao postar imagem do requerente em matéria pertinente à sua condição de chefe do poder executivo. Outrossim, o próprio requerente informa na inicial que o blogueiro demandando teria retirado as informações postadas de publicação veiculada no sítio da Polícia Federal. O perigo de dano, por sua vez, está patentemente afastado, na medida em que também não observo a existência de graves ofensas ou risco à integridade do requerente que possa justificar a limitação ao direito de informação, em todas as suas nuances. Ressalto, ainda, que após ler os comentários feitos pelos internautas no bojo da matéria impugnada, anexada pelo requerido, além de alguns posicionamentos negativos, típicos do mundo cibernético, constam também várias mensagens de apoio ao requerente.

Neste sentindo, a fim de conferir maior lastro ao posicionamento ora firmado, lembro que a jurisprudência do Supremo Tribunal Federal é no sentido de que deve haver uma maior tolerância quanto às matérias de cunho potencialmente lesivo à honra de agentes públicos, especialmente quando existente interesse público.

Afinal de contas, a Constituição protege o direito de retificação, resposta e reparação, mas não o de retirada de crítica plausível. Nessa senda, não tenho como presentes os requisitos autorizadores da medida antecipatória, pelo que indefiro o pedido de tutela de urgência pleiteado.

Covid-19: em menos de 60 dias, Prefeitura de São Bento já recebeu mais de R$ 8 Milhões e Saúde está na UTI

Prefeitura de São Bento já arrecadou mais de R$ 8 Milhões durante a pandemia

Prefeito Luizinho já ganhou o título de Prefeito mais corrupto do Brasil, pela CGU

Em menos de 60 dias, Prefeitura Municipal de São Bento já recebeu R$ 8.074.901,65 (Oito Milhões e Setenta e Quatro Mil Reais), em repasses federais. Apenas com recursos de apoio aos municípios, recurso extra da pandemia da Covid-19, já caiu na conta do município administrado pelo prefeito Luizinho Barros (PC do B), a quantia de R$ R$ 248.664,87 (Duzentos e Quarenta e Oito Mil Reais).

Mesmo já tendo sido preso em pelo menos duas operações policiais, o prefeito Luizinho Barros, não toma jeito e denúncias pipocam nas redes sociais contra sua administração.

Este Blog já divulgou que o prefeito Luizinho Barros foi apontado pela Controladoria Geral da União – CGU, como o 2º Prefeito mais corrupto do Brasil, por desvios na alimentação escolar de crianças do município.

Veja abaixo, o extrato do Banco do Brasil com os valores recebidos pelo Município de São Bento

22/05/2020SISBB – Sistema de Informações Banco do Brasil11:17:07
SAO BENTO – MA
FPM – FUNDO DE PARTICIPACAO DOS MUNICIPIOS
DATAPARCELAVALOR DISTRIBUIDO
09.04.2020PARCELA DE IPIR$ 122.130,69 C
PARCELA DE IRR$ 714.715,67 C
RETENCAO PASEPR$ 8.368,45 D
RFB-PREV-OB CORR$ 19.096,14 D
RFB-PREV-OB DEVR$ 2.618,32 D
RFB-PREV-PARC60R$ 58.264,31 D
RFB-RET DARFR$ 35.426,66 D
DEDUCAO SAUDER$ 125.526,95 D
DEDUCAO FUNDEBR$ 167.369,26 D
TOTAL:R$ 420.176,27 C
20.04.2020PARCELA DE IPIR$ 52.174,32 C
PARCELA DE IRR$ 166.167,25 C
RETENCAO PASEPR$ 2.183,41 D
DEDUCAO SAUDER$ 32.751,22 D
DEDUCAO FUNDEBR$ 43.668,31 D
TOTAL:R$ 139.738,63 C
30.04.2020PARCELA DE IPIR$ 20.919,85 C
PARCELA DE IRR$ 747.254,28 C
RETENCAO PASEPR$ 7.681,73 D
DEDUCAO SAUDER$ 115.226,11 D
DEDUCAO FUNDEBR$ 153.634,82 D
TOTAL:R$ 491.631,47 C
08.05.2020PARCELA DE IPIR$ 127.366,48 C
PARCELA DE IRR$ 931.998,75 C
RETENCAO PASEPR$ 10.593,64 D
RFB-PREV-OB CORR$ 3.790,00 D
RFB-PREV-PARC60R$ 70.853,29 D
RFB-RET DARFR$ 35.426,66 D
DEDUCAO SAUDER$ 158.904,78 D
DEDUCAO FUNDEBR$ 211.873,04 D
TOTAL:R$ 567.923,82 C
20.05.2020PARCELA DE IPIR$ 30.408,94 C
PARCELA DE IRR$ 193.464,80 C
RETENCAO PASEPR$ 2.238,72 D
DEDUCAO SAUDER$ 33.581,06 D
DEDUCAO FUNDEBR$ 44.774,74 D
TOTAL:R$ 143.279,22 C
TOTAISPARCELA DE IPIR$ 353.000,28 C
PARCELA DE IRR$ 2.753.600,75 C
RETENCAO PASEPR$ 31.065,95 D
RFB-PREV-OB CORR$ 22.886,14 D
RFB-PREV-OB DEVR$ 2.618,32 D
RFB-PREV-PARC60R$ 129.117,60 D
RFB-RET DARFR$ 70.853,32 D
DEDUCAO SAUDER$ 465.990,12 D
DEDUCAO FUNDEBR$ 621.320,17 D
DEBITO FUNDOR$ 1.343.851,62 D
CREDITO FUNDOR$ 3.106.601,03 C
FEP – FUNDO ESPECIAL DO PETROLEO
DATAPARCELAVALOR DISTRIBUIDO
24.04.2020COTA-PARTER$ 31.853,55 C
RETENCAO PASEPR$ 318,53 D
TOTAL:R$ 31.535,02 C
27.04.2020COTA-PARTER$ 697,17 C
RETENCAO PASEPR$ 6,97 D
TOTAL:R$ 690,20 C
21.05.2020COTA-PARTER$ 21.538,36 C
RETENCAO PASEPR$ 215,38 D
TOTAL:R$ 21.322,98 C
22.05.2020COTA-PARTER$ 479,65 C
RETENCAO PASEPR$ 4,79 D
TOTAL:R$ 474,86 C
TOTAISCOTA-PARTER$ 54.568,73 C
RETENCAO PASEPR$ 545,67 D
DEBITO FUNDOR$ 545,67 D
CREDITO FUNDOR$ 54.568,73 C
ITR – IMPOSTO TERRITORIAL RURAL
DATAPARCELAVALOR DISTRIBUIDO
20.04.2020RETENCAO PASEPR$ 0,15 D
DEDUCAO SAUDER$ 2,91 D
DEDUCAO FUNDEBR$ 3,88 D
ITR-NAO CONVENR$ 19,41 C
TOTAL:R$ 12,47 C
30.04.2020RETENCAO PASEPR$ 0,05 D
DEDUCAO SAUDER$ 0,95 D
DEDUCAO FUNDEBR$ 1,27 D
ITR-NAO CONVENR$ 6,39 C
TOTAL:R$ 4,12 C
08.05.2020RETENCAO PASEPR$ 0,27 D
DEDUCAO SAUDER$ 5,21 D
DEDUCAO FUNDEBR$ 6,95 D
ITR-NAO CONVENR$ 34,75 C
TOTAL:R$ 22,32 C
TOTAISRETENCAO PASEPR$ 0,47 D
DEDUCAO SAUDER$ 9,07 D
DEDUCAO FUNDEBR$ 12,10 D
ITR-NAO CONVENR$ 60,55 C
DEBITO FUNDOR$ 21,64 D
CREDITO FUNDOR$ 60,55 C
ICS – ICMS ESTADUAL
DATAPARCELAVALOR DISTRIBUIDO
06.04.2020COTA-PARTER$ 7.852,58 C
DEDUCAO SAUDER$ 1.177,88 D
DEDUCAO FUNDEBR$ 1.570,51 D
TOTAL:R$ 5.104,19 C
09.04.2020COTA-PARTER$ 2.327,51 C
DEDUCAO SAUDER$ 349,12 D
DEDUCAO FUNDEBR$ 465,50 D
TOTAL:R$ 1.512,89 C
13.04.2020COTA-PARTER$ 992,69 C
DEDUCAO SAUDER$ 148,90 D
DEDUCAO FUNDEBR$ 198,53 D
TOTAL:R$ 645,26 C
20.04.2020COTA-PARTER$ 27.797,31 C
DEDUCAO SAUDER$ 4.169,59 D
DEDUCAO FUNDEBR$ 5.559,46 D
TOTAL:R$ 18.068,26 C
27.04.2020COTA-PARTER$ 156.654,11 C
DEDUCAO SAUDER$ 23.498,11 D
DEDUCAO FUNDEBR$ 31.330,82 D
TOTAL:R$ 101.825,18 C
04.05.2020COTA-PARTER$ 7.418,86 C
DEDUCAO SAUDER$ 1.112,82 D
DEDUCAO FUNDEBR$ 1.483,77 D
TOTAL:R$ 4.822,27 C
08.05.2020COTA-PARTER$ 1.035,24 C
DEDUCAO SAUDER$ 155,28 D
DEDUCAO FUNDEBR$ 207,04 D
TOTAL:R$ 672,92 C
11.05.2020COTA-PARTER$ 5.279,71 C
DEDUCAO SAUDER$ 791,95 D
DEDUCAO FUNDEBR$ 1.055,94 D
TOTAL:R$ 3.431,82 C
15.05.2020COTA-PARTER$ 30.272,04 C
DEDUCAO SAUDER$ 4.540,80 D
DEDUCAO FUNDEBR$ 6.054,40 D
TOTAL:R$ 19.676,84 C
TOTAISCOTA-PARTER$ 239.630,05 C
DEDUCAO SAUDER$ 35.944,45 D
DEDUCAO FUNDEBR$ 47.925,97 D
DEBITO FUNDOR$ 83.870,42 D
CREDITO FUNDOR$ 239.630,05 C
FUS – FUNDO SAUDE
DATAPARCELAVALOR DISTRIBUIDO
06.04.2020REF.ICMS ESTADOR$ 1.177,88 C
09.04.2020ORIGEM FPMR$ 125.526,95 C
REF.ICMS ESTADOR$ 349,12 C
TOTAL:R$ 125.876,07 C
13.04.2020REF.ICMS ESTADOR$ 148,90 C
20.04.2020ORIGEM FPMR$ 32.751,22 C
REF.ICMS ESTADOR$ 4.169,59 C
ORIGEM ITRR$ 2,91 C
ORIGEM IPMR$ 79,51 C
TOTAL:R$ 37.003,23 C
27.04.2020REF.ICMS ESTADOR$ 23.498,11 C
30.04.2020ORIGEM FPMR$ 115.226,11 C
ORIGEM ITRR$ 0,95 C
ORIGEM IPMR$ 31,88 C
TOTAL:R$ 115.258,94 C
04.05.2020REF.ICMS ESTADOR$ 1.112,82 C
08.05.2020ORIGEM FPMR$ 158.904,78 C
REF.ICMS ESTADOR$ 155,28 C
ORIGEM ITRR$ 5,21 C
TOTAL:R$ 159.065,27 C
11.05.2020REF.ICMS ESTADOR$ 791,95 C
15.05.2020REF.ICMS ESTADOR$ 4.540,80 C
20.05.2020ORIGEM FPMR$ 33.581,06 C
21.05.2020ORIGEM IPMR$ 46,34 C
TOTAISORIGEM FPMR$ 465.990,12 C
REF.ICMS ESTADOR$ 35.944,45 C
ORIGEM ITRR$ 9,07 C
ORIGEM IPMR$ 157,73 C
DEBITO FUNDOR$ 0,00 D
CREDITO FUNDOR$ 502.101,37 C
IPM – IPI EXPORTACAO – COTA MUNICIPIO
DATAPARCELAVALOR DISTRIBUIDO
20.04.2020DEDUCAO SAUDER$ 79,51 D
IPM IPI-MUNICR$ 424,08 C
TOTAL:R$ 344,57 C
30.04.2020DEDUCAO SAUDER$ 31,88 D
IPM IPI-MUNICR$ 170,04 C
TOTAL:R$ 138,16 C
21.05.2020DEDUCAO SAUDER$ 46,34 D
IPM IPI-MUNICR$ 247,17 C
TOTAL:R$ 200,83 C
TOTAISDEDUCAO SAUDER$ 157,73 D
IPM IPI-MUNICR$ 841,29 C
DEBITO FUNDOR$ 157,73 D
CREDITO FUNDOR$ 841,29 C
CID – CIDE-CONTRIB. INTERVENCAO DOMINIO ECONOMICO
DATAPARCELAVALOR DISTRIBUIDO
09.04.2020PASEP MUNICIPIOR$ 96,09 D
COTA-MUNICIPIOR$ 9.609,23 C
TOTAL:R$ 9.513,14 C
TOTAISPASEP MUNICIPIOR$ 96,09 D
COTA-MUNICIPIOR$ 9.609,23 C
DEBITO FUNDOR$ 96,09 D
CREDITO FUNDOR$ 9.609,23 C
FUNDEB – FNDO MANUT DES EDUC BASICA E VLRIZ PROF EDUC
DATAPARCELAVALOR DISTRIBUIDO
06.04.2020ORIGEM IPVAR$ 7.730,27 C
ORIGEM ITCMDR$ 259,38 C
ORIGEM ICMS ESTR$ 18.921,51 C
ORIGEM ICMS-ESTR$ 5.835,39 C
TOTAL:R$ 32.746,55 C
09.04.2020ORIGEM ITRR$ 31,38 C
ORIGEM IPVAR$ 2.941,91 C
ORIGEM ITCMDR$ 89,56 C
ORIGEM IPI-EXPR$ 3.725,68 C
ORIGEM ICMS ESTR$ 5.370,21 C
ORIGEM ICMS-ESTR$ 1.729,61 C
ORIGEM FPER$ 276.357,88 C
ORIGEM FPMR$ 168.294,02 C
TOTAL:R$ 458.540,25 C
13.04.2020ORIGEM ICMS-ESTR$ 737,68 C
20.04.2020ORIGEM ITRR$ 8,41 C
ORIGEM IPVAR$ 3.401,03 C
ORIGEM ITCMDR$ 114,21 C
ORIGEM IPI-EXPR$ 1.591,61 C
ORIGEM ICMS ESTR$ 62.246,61 C
ORIGEM ICMS-ESTR$ 20.656,70 C
ORIGEM FPER$ 72.104,53 C
ORIGEM FPMR$ 43.909,58 C
TOTAL:R$ 204.032,68 C
27.04.2020ORIGEM IPVAR$ 2.747,08 C
ORIGEM ITCMDR$ 63,31 C
ORIGEM ICMS ESTR$ 349.482,11 C
ORIGEM ICMS-ESTR$ 116.412,61 C
TOTAL:R$ 468.705,11 C
30.04.2020COMPLEM. UNIAOR$ 1.353.969,14 C
ORIGEM ITRR$ 28,89 C
ORIGEM IPI-EXPR$ 638,17 C
ORIGEM FPER$ 253.296,40 C
ORIGEM FPMR$ 154.483,68 C
COMP.UNIAO PISOR$ 150.441,02 C
COMPL UNIAO AJR$ 209.404,64 D
TOTAL:R$ 1.703.452,66 C
04.05.2020ORIGEM IPVAR$ 4.150,55 C
ORIGEM ITCMDR$ 185,48 C
ORIGEM ICMS ESTR$ 17.082,02 C
ORIGEM ICMS-ESTR$ 5.513,09 C
TOTAL:R$ 26.931,14 C
08.05.2020ORIGEM ITRR$ 26,09 C
ORIGEM IPI-EXPR$ 3.885,40 C
ORIGEM ICMS-ESTR$ 769,30 C
ORIGEM FPER$ 349.841,91 C
ORIGEM FPMR$ 213.043,68 C
TOTAL:R$ 567.566,38 C
11.05.2020ORIGEM IPVAR$ 2.258,44 C
ORIGEM ITCMDR$ 339,06 C
ORIGEM ICMS ESTR$ 12.955,16 C
ORIGEM ICMS-ESTR$ 3.923,44 C
TOTAL:R$ 19.476,10 C
15.05.2020ORIGEM IPVAR$ 8.396,54 C
ORIGEM ITCMDR$ 563,11 C
ORIGEM ICMS ESTR$ 68.147,01 C
ORIGEM ICMS-ESTR$ 22.495,71 C
TOTAL:R$ 99.602,37 C
20.05.2020ORIGEM ITRR$ 7,99 C
ORIGEM IPI-EXPR$ 927,65 C
ORIGEM FPER$ 73.256,92 C
ORIGEM FPMR$ 45.022,12 C
TOTAL:R$ 119.214,68 C
TOTAISCOMPLEM. UNIAOR$ 1.353.969,14 C
ORIGEM ITRR$ 102,76 C
ORIGEM IPVAR$ 31.625,82 C
ORIGEM ITCMDR$ 1.614,11 C
ORIGEM IPI-EXPR$ 10.768,51 C
ORIGEM ICMS ESTR$ 534.204,63 C
ORIGEM ICMS-ESTR$ 178.073,53 C
ORIGEM FPER$ 1.024.857,64 C
ORIGEM FPMR$ 624.753,08 C
COMP.UNIAO PISOR$ 150.441,02 C
COMPL UNIAO AJR$ 209.404,64 D
DEBITO FUNDOR$ 209.404,64 D
CREDITO FUNDOR$ 3.910.410,24 C
SNA – SIMPLES NACIONAL
DATAPARCELAVALOR DISTRIBUIDO
01.04.2020SIMPLES NACION.R$ 10,13 C
02.04.2020SIMPLES NACION.R$ 0,79 C
03.04.2020SIMPLES NACION.R$ 5,21 C
07.04.2020SIMPLES NACION.R$ 5,00 C
08.04.2020SIMPLES NACION.R$ 57,45 C
09.04.2020SIMPLES NACION.R$ 5,00 C
15.04.2020SIMPLES NACION.R$ 23,48 C
17.04.2020SIMPLES NACION.R$ 5,00 C
20.04.2020SIMPLES NACION.R$ 10,00 C
22.04.2020SIMPLES NACION.R$ 5,00 C
23.04.2020SIMPLES NACION.R$ 414,42 C
24.04.2020SIMPLES NACION.R$ 5,00 C
27.04.2020SIMPLES NACION.R$ 203,87 C
29.04.2020SIMPLES NACION.R$ 38,91 C
04.05.2020SIMPLES NACION.R$ 14,13 C
05.05.2020SIMPLES NACION.R$ 289,44 C
06.05.2020SIMPLES NACION.R$ 27,95 C
08.05.2020SIMPLES NACION.R$ 42,78 C
12.05.2020SIMPLES NACION.R$ 410,81 C
13.05.2020SIMPLES NACION.R$ 15,00 C
18.05.2020SIMPLES NACION.R$ 5,00 C
20.05.2020SIMPLES NACION.R$ 85,53 C
21.05.2020SIMPLES NACION.R$ 5,00 C
22.05.2020SIMPLES NACION.R$ 729,39 C
TOTAISSIMPLES NACION.R$ 2.414,29 C
DEBITO FUNDOR$ 0,00 D
CREDITO FUNDOR$ 2.414,29 C
AFM – APOIO FINANCEIRO AOS MUNICIPIOS
DATAPARCELAVALOR DISTRIBUIDO
14.04.2020RETENCAO PASEPR$ 1.302,09 D
APOIO FIN. MUN.R$ 130.209,21 C
TOTAL:R$ 128.907,12 C
07.05.2020RETENCAO PASEPR$ 1.184,55 D
APOIO FIN. MUN.R$ 118.455,66 C
TOTAL:R$ 117.271,11 C
TOTAISRETENCAO PASEPR$ 2.486,64 D
APOIO FIN. MUN.R$ 248.664,87 C
DEBITO FUNDOR$ 2.486,64 D
CREDITO FUNDOR$ 248.664,87 C
TOTAL DOS REPASSES NO PERIODO
CREDITO BENEF.R$ 8.074.901,65 C

Câmara Municipal de São Luís concede honraria a Álvaro Pires

Alvaro receberá a maior honraria da Câmara Municipal de São Luís, a Medalha Simão Estácio da Silveira 

Por proposição do vereador Nato Júnior (Progressistas), a Câmara Municipal de São Luís concederá a maior honraria para as pessoas que mantém serviços prestados em São Luís, a Medalha Simão Estácio da Silveira ao jovem político Álvaro Pires.   

O vereador justificou a entrega da honraria, mediante aos serviços prestados no qual Álvaro Pires vem desenvolvendo em várias comunidades São Luís.

A honraria está marcada para ser entregue na próxima quarta-feira (18), data em que se encerra o período legislativo na Câmara Municipal de São Luís.  

Com o cofre abarrotado! São Bento recebeu quase R$ 3 Milhões em menos de 12 horas

Verba extra da emenda constitucional rendeu R$ 1 Milhão e 100 Mil para os cofres de São Bento

O prefeito Luizinho Barros tem motivos de sobra para comemorar, ontem, segunda-feira, dia (9), ele recebeu a quantia de R$ 1 Milhão e 111 Mil (veja abaixo), nos cofres da prefeitura. O dinheiro veio da Emenda Constitucional 55, que garantiu 1% da arrecadação do Imposto sobre Produtos Industrializados – IPI e do Imposto de Renda – IR, arrecadados pelo Governo Federal e distribuídos aos municípios.

O dinheiro caiu na conta às 18 horas de ontem, segunda-feira e em menos de seis horas, caiu mais R$ 1 Milhão e 774 Mil referente ao primeiro decêndio do Fundo de Participação do Município – FPM (referente à primeira parcela do FPM). Veja abaixo, após o último parágrafo!

O motivo a mais para comemorar é que ainda faltam mais duas parcelas do FPM a serem recebidas, a segunda, na sexta-feira (20), e no dia (30), vai cair a terceira parcela. Se você pensa que já acabou, não acabou, no mesmo dia 30 de dezembro, São Bento vai receber mais R$ 2 Milhões 700 Mil, referente ao leilão do pré sal.

O prefeito Luizinho vai ter como honrar o pagamento dos servidores que estão em atrasos, os credores que estão batendo à porta.

Em apenas 30 dias, somente com REPASSES FEDERAIS, a prefeitura vai arrecadar mais de R$ 6 Milhões e 500 Mil.

Veja abaixo, quanto caiu nesta terça-feira (10), na conta da prefeitura de São Bento

DEMONSTRATIVO DE DISTRIBUIÇÃO DA ARRECADAÇÃO
10/12/2019SISBB – Sistema de Informações Banco do Brasil13:59:06
SAO BENTO – MA
FPM – FUNDO DE PARTICIPACAO DOS MUNICIPIOS
DATAPARCELAVALOR DISTRIBUIDO
10.12.2019PARCELA DE IPIR$ 164.814,44 C
PARCELA DE IRR$ 930.599,43 C
RETENCAO PASEPR$ 10.954,13 D
RFB-PREV-OB CORR$ 12.714,19 D
RFB-PREV-OB DEVR$ 2.537,06 D
RFB-PREV-PARC60R$ 53.859,88 D
RFB-RET DARFR$ 26.929,95 D
DEDUCAO SAUDER$ 164.312,07 D
DEDUCAO FUNDEBR$ 219.082,76 D
TOTAL:R$ 605.023,83 C
TOTAISPARCELA DE IPIR$ 164.814,44 C
PARCELA DE IRR$ 930.599,43 C
RETENCAO PASEPR$ 10.954,13 D
RFB-PREV-OB CORR$ 12.714,19 D
RFB-PREV-OB DEVR$ 2.537,06 D
RFB-PREV-PARC60R$ 53.859,88 D
RFB-RET DARFR$ 26.929,95 D
DEDUCAO SAUDER$ 164.312,07 D
DEDUCAO FUNDEBR$ 219.082,76 D
DEBITO FUNDOR$ 490.390,04 D
CREDITO FUNDOR$ 1.095.413,87 C
ITR – IMPOSTO TERRITORIAL RURAL
DATAPARCELAVALOR DISTRIBUIDO
10.12.2019RETENCAO PASEPR$ 0,40 D
DEDUCAO SAUDER$ 7,67 D
DEDUCAO FUNDEBR$ 10,23 D
ITR-NAO CONVENR$ 51,18 C
TOTAL:R$ 32,88 C
TOTAISRETENCAO PASEPR$ 0,40 D
DEDUCAO SAUDER$ 7,67 D
DEDUCAO FUNDEBR$ 10,23 D
ITR-NAO CONVENR$ 51,18 C
DEBITO FUNDOR$ 18,30 D
CREDITO FUNDOR$ 51,18 C
FUS – FUNDO SAUDE
DATAPARCELAVALOR DISTRIBUIDO
10.12.2019ORIGEM FPMR$ 164.312,07 C
ORIGEM ITRR$ 7,67 C
TOTAL:R$ 164.319,74 C
TOTAISORIGEM FPMR$ 164.312,07 C
ORIGEM ITRR$ 7,67 C
DEBITO FUNDOR$ 0,00 D
CREDITO FUNDOR$ 164.319,74 C
FUNDEB – FNDO MANUT DES EDUC BASICA E VLRIZ PROF EDUC
DATAPARCELAVALOR DISTRIBUIDO
10.12.2019ORIGEM ITRR$ 240,72 C
ORIGEM IPVAR$ 1.700,28 C
ORIGEM IPI-EXPR$ 4.644,78 C
ORIGEM FPER$ 313.000,74 C
ORIGEM FPMR$ 195.093,40 C
TOTAL:R$ 514.679,92 C
TOTAISORIGEM ITRR$ 240,72 C
ORIGEM IPVAR$ 1.700,28 C
ORIGEM IPI-EXPR$ 4.644,78 C
ORIGEM FPER$ 313.000,74 C
ORIGEM FPMR$ 195.093,40 C
DEBITO FUNDOR$ 0,00 D
CREDITO FUNDOR$ 514.679,92 C
TOTAL DOS REPASSES NO PERIODO
DEBITO BENEF.R$ 490.408,34 D
CREDITO BENEF.R$ 1.774.464,71 C

San Deivid e Ary Engracia comandam milhões da Assembleia Legislativa do Maranhão

San Devid e Ary Engracia comandam orçamento milionário na Assembleia Legislativa do Maranhão

San Devid Marinho Silveira, antigo proprietário da “Centopéia” em São Luís, de uma hora para outra virou um milionário sócio na agencia de comunicação Prompt, que foi criada e registrada em 31 de outubro de 2017, na cidade de Ribeirão Preto, estado de São Paulo, juntamente com o seu sócio Ary Engracia Garcia Neto.

 

A Assembleia Legislativa do Maranhão já pagou mais de R$ 10 Milhões, dos mais de 12 Milhões contratados apenas neste ano de 2019, para a agência de comunicação Prompt Comunicação e Marketing Ltda.

Levantamento realizado pelo blog aponta que, a Prompt originou no bairro do Cohajap em São Luís, por meio da “Centopéia” antiga produtora de vídeos de propriedade de San Devid Marinho Silveira, hoje proprietário da agencia Prompt.

VEJA, UNISOCIAL LEVA AÇÃO SOCIAL PARA O BAIRRO JARDIM TROPICAL EM RIBAMAR

Na tarde do último domingo (29), o grupo Unisocial em Ribamar coordenado pelo Pastor Augusto de Jesus juntamente com vários projetos da Igreja Universal do Reino de Deus como o grupo da EVG (Evangelismo), coordenado pelo Pastor Edivaldo realizaram uma grande ação social no bairro Jardim Tropical na cidade de São José de Ribamar, levando atendimento a mais de mil pessoas que estiveram no local, durante a programação os moradores tiveram a sua disposição atendimentos Jurídicos, varios serviços na área da saúde, beleza, palestras com a equipe Maria da Penha, recreação para a criançada, sorteio de cestas básicas para todos os presentes.

Para o pastor Augusto de Jesus “tal ação é de grande importância para levar até as pessoas várias atendimentos que venham ajudar não somente na orientação mas no cuidado da saúde que é um dos fatores fundamentais”, estiveram presente varios pastores da cidade de Ribamar como também o Pastor Renan responsável pelo Unisocial no estado do Maranhão que deu uma palavra de fé e incentivo à todos os presentes.

Veja Agora, Assembleia Legislativa homenageia PMs que ampararam menino humilhado por vender “geladinho”

A Assembleia Legislativa concedeu, na manhã desta quarta-feira (25), a Medalha do Mérito Manuel Beckman, maior comenda do Poder Legislativo do Maranhão, a três policiais militares: os soldados Célio Henrique Lima Alves, Wesleyson Alves de Oliveira e Roberto Henrique da Silva Lima.

Eles foram condecorados durante cerimônia realizada no Salão Nobre da Assembleia Legislativa, graças a um Projeto de Resolução Legislativa proposto pelo deputado Neto Evangelista (DEM), aprovado por unanimidade pelo Plenário da Casa.

Os três policiais militares foram homenageados pelo fato de terem amparado, em plena via pública, o menino Adão Nunes de Sousa, de 14 anos, logo após ter sido constrangido por outros garotos por vender “geladinho” em uma das ruas da cidade de Grajaú. O vídeo com cenas do episódio viralizou nas redes sociais, nas última semanas. Assim como os três policiais militares, Adão Nunes de Sousa também foi homenageado.

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Othelino Neto (PCdoB), e o deputado Neto Evangelista abriram a solenidade com palavras elogiosas aos três policiais militares e de bastante carinho ao menino Adão Nunes de Sousa, que foi presenteado com vários livros.

Em seu discurso, Othelino Neto fez questão de parabenizar o deputado Neto Evangelista pela iniciativa de prestar homenagem aos três policiais militares que, sensibilizados com a situação de Adão, arrecadaram dinheiro para comprar todos os geladinhos e distribuíram como forma de enaltecer o esforço e dedicação do menino.

“Este episódio, que viralizou na internet por causar espanto, indignação e, por outro lado, admiração também, passa para todos nós uma mensagem muito importante, ou seja, a de que devemos ter uma Polícia assim: que serve para prestar segurança pública, mas deve servir também para fazer ações solidárias como esta, que serve de exemplo para toda a sociedade”, discursou Othelino.

O deputado Neto Evangelista, autor da proposição, disse que a condecoração com a Medalha do Mérito Legislativo Manuel Beckman é uma justa homenagem aos três soldados PMs como reconhecimento pelo amor à profissão e à causa pública demonstrado por eles. “Estes policiais merecem a homenagem desta Casa porque são profissionais que valorizam a vida, sabem respeitar as pessoas e têm um olhar solidário. Neste episódio, mostraram que, além do senso de segurança pública, têm a exata dimensão do senso de humanidade”, enfatizou Evangelista.

Acompanhado de familiares, o menino Adão Nunes de Sousa emocionou-se durante a solenidade e foi às lágrimas diante das manifestações de carinho feitas pelos parlamentares presentes no Salão Nobre.

Ao final da solenidade, o soldado Roberto Henrique da Silva Lima proferiu palavras de agradecimento, em seu nome e em nome dos outros dois PMs condecorados.

“Nós três estamos aqui nesta Casa muito felizes neste momento. Nós nos sentimos muito honrados e emocionados por esta importante homenagem, que para nós é uma coisa gigantesca, que ganhou uma proporção que nenhum de nós imaginava. A emoção é muito grande e devo dizer muito obrigado a todos, pois o nosso sentimento é de dever cumprido”, discursou o soldado Roberto Henrique da Silva Lima.

Além de diversos integrantes de batalhões da PMMA, também participaram da solenidade o secretário de Estado da Segurança Pública, Jefferson Portela; o comandante-geral da Polícia Militar do Maranhão, coronel Ismael de Souza Fonseca; e os deputados Duarte Jr (PCdoB), Andrea Rezende (DEM), Daniella Tema (DEM), Mical Damasceno (PTB), Fábio Macedo (PDT), Antônio Pereira (DEM), Professor Marco Aurélio (PCdoB), Adelmo Soares (PCdoB), Zito Rolim (PDT), Wellington do Curso (PSDB) e Rigo Teles (PV).

Veja, Se eleição fosse hoje, Haddad venceria Bolsonaro por 42% a 36%, indica Datafolha

Bolsonaro e Haddad

Se o segundo turno da eleição para presidente da República fosse hoje, Fernando Haddad (PT) seria eleito com 42% dos votos, contra 36% de Jair Bolsonaro (PSL), indica pesquisa Datafolha divulgada nesta segunda-feira (2). Outros 18% votariam branco ou nulo e 4% não souberam responder.

Em 28 de outubro do ano passado, no segundo turno da disputa, Bolsonaro foi eleito presidente com 55,13% dos votos válidos (excluídos brancos, nulos e indecisos). Haddad obteve 44,87%.

Passados oito meses de governo, o Datafolha aponta que a reprovação do presidente subiu de 33% para 38% em relação ao levantamento anterior do instituto, feito no início de julho, e diversos indicadores apontam uma deterioração de sua imagem. Foram ouvidas 2.878 pessoas com mais de 16 anos em 175 municípios.

A aprovação de Bolsonaro também caiu, dentro do limite da margem de erro de dois pontos percentuais para mais ou menos, de 33% em julho para 29% agora. A avaliação do governo como regular ficou estável, passando de 31% para 30%.

Entre quem declarou preferência por Bolsonaro no ano passado, 74% manteriam o voto se a eleição fosse hoje. Um total de 10% migraria para Haddad, e 13% votariam branco ou nulo. Já 88% dos eleitores do petista manteriam seu voto hoje. Somam 4% os que mudariam o voto para Bolsonaro e 6% os que votariam nulo ou branco.

Um total de 68% de quem votou branco ou nulo na eleição manteria essa opção hoje. Mas 21% deles mudaria para Haddad e 6% para Bolsonaro.

O presidente Bolsonaro já deixou claro que pretende concorrer à reeleição em 2022. Durante a campanha eleitoral, ele disse que trabalharia pelo fim da reeleição presidencial.

Em julho passado, o discurso foi outro: “Pegamos um país quebrado moral, ética e economicamente, mas se Deus quiser nós conseguiremos entregá-lo muito melhor para quem nos suceder em 2026”.

De olho na reeleição, Bolsonaro tem adotado estratégias como manter inflada a polarização vista no ano passado e atacar possíveis adversários da centro-direita, como o governador João Doria (PSDB) e o apresentador Luciano Huck.

O PT, por sua vez, continua a reboque do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), preso em Curitiba pela operação Lava Jato desde abril de 2018. O ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT) é considerado o principal líder da sigla e provável presidenciável em 2022, como alternativa a Lula.

Caso o segundo turno ocorresse agora, o petista abre vantagem em diferentes segmentos da sociedade.

Considerando os desempregados que buscam emprego, hoje 52% votariam em Haddad contra 26% em Bolsonaro —19% votariam nulo ou branco. Entre os empresários, a vantagem se inverte: 61% quereriam Bolsonaro eleito e 26% escolheriam Haddad.

Os aposentados elegeriam Bolsonaro por 43% a 33%. Já os estudantes preferem Haddad, por 50% a 32%. O petista também vence entre assalariados sem registro, funcionários públicos e pessoas que fazem bico.

Se a eleição fosse hoje, Haddad venceria entre pardos (43% a 36%), pretos (53% a 26%), amarelos (44% a 30%) e indígenas (40% a 34%). Porém perderia entre os brancos (36% a 43%).

Mulheres também preferem o petista por 44% a 32%. Outras 20% votariam branco ou nulo. Bolsonaro e Haddad empatam tecnicamente entre os homens.

Entre os evangélicos, 47% votariam em Bolsonaro e 32% em Haddad. O petista tem maioria entre os católicos, 46% a 33%.

O presidente manteria a dianteira, se a eleição fosse hoje, em todas as regiões do Brasil, com exceção do Nordeste, que elegeria Haddad por 57% a 23%. A maior vantagem de Bolsonaro é no Sul: 43% a 32%.

Em relação a faixa etária, Haddad teria maior vantagem entre os mais jovens, chegando a 51% contra 31% entre os que têm de 16 a 24 anos. O petista perderia entre os maiores de 60 anos por 34% a 41%.

Se a eleição fosse hoje, aqueles com ensino fundamental e médio elegeriam Haddad, por 45% a 33% e 42% a 37%, respectivamente. Para quem tem ensino superior, há empate dentro da margem de erro, com 40% de Bolsonaro e 38% de Haddad.

O presidente Bolsonaro venceria em todas as faixas de renda, com exceção daqueles que ganham até dois salários mínimos. Esses de menor renda elegeriam Haddad por 49% a 28%.

Bolsonaro abriria maior distância entre os que ganham de cinco a dez salários mínimos: venceria por 53% contra 27%.

A pesquisa Datafolha ouviu 2.878 pessoas entre 29 e 30 de agosto. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos, e o intervalo de confiança é de 95%.

Fonte: Folha de São Paulo

Emancipalistas pedem apoio da Assembleia Legislativa do Maranhão

Emancipalistas pedem apoio da Assembleia Legislativa para a criação de novos municípios no Maranhão

Deputado Wellington do Curso recepcionou as caravanas de vários lugares do Maranhão

Representantes do Movimento Pró Emancipação – MOPROEMA, que defendem a emancipação de vários municípios maranhenses estão neste momento na Assembleia Legislativa do Maranhão, para pedirem apoio aos deputados estaduais, aceleração nas medidas que estabelece novas regras para a criação de Municípios. Aprovada por uma comissão especial em março, a proposta prevê plebiscito e estudos de viabilidade municipal para criação, incorporação, fusão e desmembramento de Municípios.

O deputado Wellington do Curso fez questão de ir ao encontro do grupo e recepcionou as caravanas de vários rincões do Maranhão e disse que apoia a causa dos emancipalistas.

Município de Independência do Maranhão 

Já bastante antecipado com documentos, estudos de viabilidade econômica, assinaturas dos munícipes, o distrito de Independência, em Peritoró, bem como a comissão de integrantes que estão na Assembleia Legislativa, aguardam apenas uma definição de plebiscito para se consolidarem como o mais novo município do estado, passando a ser chamado de “Independência do Maranhão”.

Gastos

Os defensores da proposta rebatem os argumentos de que novos Municípios vão gerar mais despesas e afirmam que os critérios para emancipação são mais exigentes e vão garantir a sobrevivência dos novos Municípios.