Blog Veja Agora | Com Junior Araujo - Notícia com veracidade dos fatos

Nota à população maranhense

Eu, Júnior Araújo, venho por meio desta nota agradecer à população maranhense por Centenas de  votos de confiança recebidos nessas eleições.

Com muita honestidade segui a minha campanha a custo zero e sem nenhum auxílio de fundo partidário, fui com a cara e a coragem  onde apresentei minhas propostas, obtendo ainda este número de votos limpos e honestos.

Quero agradecer todo o apoio recebido do meu deputado estadual eleito, Osmar Filho, que recebeu mais de 50 mil votos, obtendo uma vitória extraordinária; a população maranhense está em excelentes mãos.

Agradeço também a parceria forte com minha deputada federal eleita, Roseana Sarney, com mais de 90 mil votos. Sua amizade e apoio nesta jornada foram de grande valor, obrigado, minha eterna governadora.

A todos os maranhenses, meu eterno carinho, a chama deste sonho continuará acesa em meu coração; com muita garra, suor, honestidade e humildade seguirei lutando por cada cidadão, pois meu amor por nossa gente ultrapassa os limites de um mandato, está em minha alma. Obrigado, Maranhão.

Racismo! Agente temporário agride e tenta contra a vida do editor do Blog

Racismo e Agressão é crime previsto em Lei Federal

Agente temporário tentou contra a vida e agrediu a honra do editor do Blog; Racismo declarado

O titular do Blog Veja Agora, jornalista e blogueiro Júnior Araújo foi covardemente agredido por um agente penitenciário temporário, na manhã deste domingo (27).

Na ocasião, a Associação Maranhense dos Blogueiros – AMABLOG, o qual o titular é membro e diretor da entidade, EMITIU NOTA DE DESAGRAVO E REPÚDIO, VEJA ABAIXO,  A NOTA E OS VÍDEOS NA ÍNTEGRA.

https://youtube.com/shorts/n9July0eWcY?feature=share

 

 

NOTA DESAGRAVO E REPÚDIO

A Associação Maranhense de Blogueiros – AMABLOG vem a público manifestar desagravo e repúdio à Secretaria de Segurança Pública – SSP e à Secretaria de Administração Penitenciária do Estado do Maranhão – SEAP, em relação aos recentes ataques velados e agressivos praticados por agentes públicos destas duas secretarias e pugnar que o Governo do Estado Maranhão tome as devidas providências.

Em recente caso, ANTONIO MANOEL DOS REIS LEITE JUNIOR, Agente Penitenciário Temporário, Matrícula nº 00874187-0, lotado na Supervisão de Segurança Interna – SSI, atentou contra a vida do jornalista, DRT 002130 – MA, blogueiro, administrador e líder comunitário, Carlos Roberto D. Araújo, conhecido por assinar o Blog Veja Agora, com Júnior Araújo, e também por ter agredido a esposa do blogueiro com socos e pontapés.

Neste lamentável caso, o jornalista e Blogueiro Júnior Araújo vinha conduzindo o seu veículo quando o paralama da carrocinha em que carregava mantimentos, desprendeu-se e caiu na avenida do Araçagi, próximo à UPA, quando Júnior Araújo desceu do veículo, o agente temporário foi logo agredindo-o verbalmente, sendo que o veículo do agente não foi colidido com a peça desprendida e não sofreu nenhuma avaria, além de ter sofrido agressões com chutes, socos e pontapés pelo agente penitenciário, que também é professor de defesa pessoal do Centro de Formação de Vigilantes –  CLAM, localizado no centro de São Luís, foi duramente agredido com injúrias raciais, pelo fato de ser negro e também foi discriminado, após se identificar como, ex-agente penitenciário, militar da reserva do Exército Brasileiro, líder comunitário, Administrador e Jornalista.

“UM PRETO DESSE, UM VERME, QUE NÃO SABE NEM O BÊ A BÁ, VEM ME DIZER QUE É ISSO TUDO, EU DEVIA ERA TER QUEBRADO A TUA CARA TODA, SEU PRETO NOJENTO, E UMA PUTA DESSA AINDA AFIRMA”, disse o agente penitenciário temporário, se referindo à esposa do jornalista que também foi agredida.

Após a chegada de viatura ao local, a esposa do agente penitenciário, que também foi agredida pelo agente, após tentar apaziguar a situação, ainda chegou a tentar subornar o jornalista “para deixar isso de mão”, haja vista que o agente temporário já responde a sindicância administrativa disciplinar, em face de ter agido com negligência, deixando seu posto de trabalho e disparado arma de fogo nas dependências da fábrica do Complexo Penitenciário de São Luís, colocando a vida dos demais em risco, fato ocorrido no dia 11/01/2019, consoante informações contidas no MEMO 047/2019-GAB/SASPE/SEAP.

O caso foi encaminhado ao Plantão Central do Cohatrac, a pedido do jornalista.

Caso Maldine Vieira

Em outro caso, uma suposta viatura da Polícia Militar (velada) com três homens armados, se dirigiu até à residência dos avós do Blogueiro Maldine Vieira, que assina o Blog com o mesmo nome, para supostamente entregar uma intimação, sendo que a entrega de quaisquer documentos de busca e intimação é restritamente ao Poder Judiciário, através de Oficial de Justiça e caracterizado para tal.

Após tomar ciência do ocorrido, Maldine recebeu uma ligação dos supostos policiais que queriam “conversar” pessoalmente com o blogueiro, um caso, escabroso de ameaça velada.

A AMABLOG reitera que em hipótese alguma, aceitará ameaças por partes de agentes públicos, que são pagos com recursos públicos, e por estarem investidos em cargos, tentam macular a imagem de profissionais que trabalham sob a Lei e para a Lei.

Afirmamos ainda, que não cederemos às ameaças de quem quer que seja, a Lei é para todos e lutamos diariamente pela Democracia, A Liberdade de Imprensa e pelo Estado Democrático de Direito.

Jadson Pires

Presidente da AMABLOG

Luís Cardoso

Presidente de Honra

Cursinho preparatório para o Enem, Uema,CFO e Concursos público, através do Instituto Antônio Marcos Silva lança edital com 300 vagas gratuitamente

Vagas são voltadas para alunos de escolas públicas ou alunos de escolas particulares com bolsa integral.

Foi divulgado o edital do aprova concursos que será realizado através do instituto Antônio Marcos Silva e Viva Bem Mais, São 300 vagas para alunos que terão aulas preparatórias de forma gratuita.

Você pode conferir aqui o edital ou no Instragam do projeto Viva bem Mais.

Em Brasília, vereadores solicitam retorno da Lei dos 30 Minutos em São Luís

Osmar Filho e Pavão Filho também dialogaram com deputados e senadores acerca de novos investimentos para capital e participaram do lançamento da Frente Parlamentar em Defesa do Patrimônio Histórico Nacional.

O presidente da Câmara Municipal de São Luís, vereador Osmar Filho, e o vereador Pavão Filho, ambos do PDT, estiveram, nesta quarta-feira (04), na sede do Supremo Tribunal Federal (STF), em Brasília, pleiteando o retorno da Lei Municipal nº 6.113/2016, que garante gratuidade de até 30 minutos nos estacionamentos privados da capital maranhense.

Osmar e Pavão também reuniram-se com o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia.

De autoria do próprio Pavão, a Lei foi suspensa em junho deste ano por decisão monocrática do ministro Ricardo Lewandowski, que atendeu pedido feito pela Associação Brasileira de Shopping Centers (ABRASCE).

“Trata-se de um dispositivo importante, que beneficia o cidadão e garante seu direito. Solicitamos um novo entendimento e estamos confiantes que o Pleno do STF mudará esta decisão monocrática e atenderá o recurso que já foi interposto pelo Município”, disse o presidente da Câmara, que estava acompanhado dos deputados federais Pedro Lucas Fernandes (PTB) e Gil Cutrim (PDT).

Pavão Filho também classificou a visita como muito proveitosa. “Esta Lei foi uma grande conquista do povo de São Luís. Repudiamos a decisão liminar que a suspendeu e estamos esperançosos no sentido de revertermos o entendimento do ministro Lewandowski”.

Os vereadores participaram do lançamento da Frente Parlamentar em Defesa do Patrimônio Histórico Nacional. Na oportunidade, Osmar e Pavão dialogaram com a presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Kátia Bogéa; elogiaram a sua gestão; e pleitearam novos investimentos para capital e o estado.

Osmar e Pavão também foram recebidos pelo presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM- RJ), e pelo senador Weverton Rocha (PDT).

Vereadores discutiram com a classe política sobre novos investimentos para capital

Maia e o presidente da Câmara de São Luís iniciaram tratativas que resultarão, em breve, em um parceria institucional que modernizará, ainda mais, o Parlamento Ludovicense através de ações no setor de comunicação.

Os parlamentares acompanharam Weverton em uma reunião com policiais rodoviários federais, que apresentaram vários pleitos feitos pela categoria.

Os pedetistas, juntamente com o deputado federal Juscelino Filho e o deputado estadual Neto Evangelista, ambos do DEM, reuniram-se com o vice-presidente da Fiberhome Brasil (empresa que fabrica componentes tecnológicos), Chris Li, que estuda a possibilidade de instalar uma unidade no Maranhão e desenvolver o projeto de Cidade Inteligente – que usa tecnologia para otimizar serviços como wifi, socorro de saúde, policiamento e educação, por exemplo.

Arraiá na vila idealizado por vereador Marquinhos reúne centenas de pessoas na Diveneia!!!!

Duas noites para manter a tradição com diversão e alegria na 6ª edição do Arraiá na Vila, realizado na sexta, (22) e sábado, (23), no bairro divineia  em São Luís. Dezessete atrações culturais fizeram a festa para centenas de pessoas que visitaram o arraial.

O evento foi organizado pelo vereador Marquinhos (DEM) com o apoio do grupo Garp, Projeto Viva Bem Mais e do vereador Pedro Lucas Fernandes (PTB).

Segundo o organizador do arraial, esse tipo de evento traz lazer para população e mantém viva a chama cultura popular.

“Manter e defender a tradição é um dos pontos principais do meu mandado na Câmara Municipal. Tenho certeza que a população da ária do Turu se divertiu muito nesses dias de festa. Isso só reforça o apoio e o compromisso que tenho com as comunidades”, destacou.

Quem visitou o ‘Arraiá da Vila’ teve oportunidade de prestigiar quadrilhas, cacuriás, bumba bois de diversos sotaques e outras atrações culturais, além de saborear comidas típicas que também são uma marca do período junino.

Banco do Brasil é condenado por omitir informações sobre verbas públicas no MA

Atendendo ao pedido do Ministério Público do Maranhão, o Poder Judiciário condenou o Banco do Brasil a pagar indenização de R$ 500 mil por danos morais coletivos em virtude da recusa sistemática em fornecer informações sobre as contas bancárias com movimentação de recursos públicos.

A sentença determina, ainda, que a instituição financeira forneça a associações sindicais, conselhos constituídos e cidadãos em geral, sempre que requisitada, no prazo máximo de 15 dias, os dados referentes às movimentações das contas bancárias, independente de ordem judicial.

Caso a medida não seja atendida, o banco será obrigado a pagar multa diária de R$ 10 mil, relacionada a cada requisição não atendida.

A Ação Civil Pública (ACP) com pedido de liminar foi ajuizada em abril de 2016 pelo promotor de justiça Xilon de Souza Júnior. A sentença é de novembro de 2017, assinada pela juíza Cristina Meireles, mas o Ministério Público só foi notificado em janeiro deste ano.

Na ação, o membro do MPMA destacou que o Banco do Brasil, em reiteradas vezes, recusou-se a fornecer informações sobre os recursos públicos nas contas bancárias, causando embaraço ao exercício do controle social e aos princípios da publicidade e moralidade da administração pública.

“O banco despreza a circunstância de que, em virtude do princípio da publicidade, os dados em questão são de domínio público, conforme jurisprudência, a eles devendo ser dado acesso não somente aos órgãos de controle e fiscalização da aplicação dos recursos públicos, como a qualquer cidadão interessado”, afirmou, na ACP, o titular da Promotoria de Justiça de Esperantinópolis.

Segundo o promotor de justiça, tal situação é “extremamente perniciosa à defesa do patrimônio público, ao combate à corrupção e à transparência na Administração Pública”.

TRANSPARÊNCIA
Um dos exemplos da recusa do Banco do Brasil em fornecer os dados ocorreu no município de São Roberto, termo judiciário de Esperantinópolis. Em 2014, o presidente do Conselho do Fundeb solicitou informações sobre a movimentação bancária dos recursos na conta-corrente do referido fundo, mas o banco se recusou a atender.

“Ora, se compete ao conselho o acompanhamento e o controle social sobre a distribuição, a transferência e a aplicação dos recursos do Fundeb, é inaceitável a postura do banco demandado ao se negar a fornecer dados públicos. Como o conselho pode aferir a regularidade das movimentações financeiras realizadas pelos gestores da educação se tais dados são inacessíveis a essas entidades?”, questionou Xilon de Souza Júnior.

Projeto ‘Viva Bem Mais’ apoiado pelo vereador Marquinhos é modelo em São Luís

O projeto tem várias modalidades, entre elas a que faz bastante sucesso são os aulões de Zumba para centenas de pessoas na Vila Luizão

Centenas de pessoas se inscreveram e participam dos aulões de Zumba que ocorrem de forma itinerante em várias localidades desta vez foi na Divinéia / Vila Luizão, importante região de São Luís.

Ontem (27), aconteceu mais uma edição, na Escola Municipal João de Sousa Guimarães, a atividade visa a saúde da comunidade em geral, a Zumba dita o ritmo e as atividades contam ainda com profissionais de fisioterapia, enfermeiros, nutricionistas e com uma equipe de logística para garantir a saúde dos participantes.

Os profissionais de fisioterapia contam com plataformas vibratórias de ultima geração para atender os participantes das aulas.

Com mais de 700 inscritos, na sua maioria mulheres donas de casas, a aula é ministrada pelos professores Kethene Miranda e Igor Crystian, e por onde passa é 100% aprovada pelo público presente.

A expectativa é de que o número aumente, pois agora a divulgação será a de boca a boca pelas pessoas que fizeram e expressaram sua satisfação em participar deste tipo novo de atividade física embalado pelos ritmos latinos e que já é sucesso em todo Brasil.

O aulão contou com a parceria do diretor da Escola Municipal, Carlos Sampaio e da coordenadora pedagógica Luciana Campos, que cederam o espaço da escola para garantir esta importante integração escola / comunidade.

O coordenador geral do Projeto ‘Viva Bem Mais’, Rubens Ferraz agradeceu a parceria e disse que estas importantes ações todos tem a ganhar, especialmente a comunidade.