Blog Veja Agora | Com Junior Araujo - Notícia com veracidade dos fatos

Após aumento de impostos, Luizinho Barros dá adeus a sua reeleição

Nos bastidores, Luizinho já articula uma desistência na disputa deste ano

Luizinho Barros foi preso e apontado como o 2º Prefeito mais corrupto do Brasil

O prefeito de São Bento tem confidenciado a aliados mais próximos que pretende desistir de concorrer à reeleição em São Bento na eleição deste ano, totalmente desgastado após três mandatos como chefe do executivo e sem muita coisa para mostrar, sondagens internas apontam que Luizinho amarga apenas a terceira colocação, tecnicamente empatado com o quarto pré-candidato na disputa.

Todos os caminhos levam Luizinho Barros a desistir da sua candidatura, ainda mais agora, que alterou o Código Tributário Municipal, aumentando impostos a serem pagos pela população de São Bento. Tudo foi feito com a subserviência de vereadores aliados a seu projeto político de poder.

E o pacote de maldades não para por aí, Luizinho articula aumentar também a alíquota da Contribuição de Iluminação Pública – CIP, que vem nas contas de energia de milhares de sambentuenses que a partir de março deste ano devem pagar mais nas já absurdas contas de luz.

Em tempo: o prefeito Luizinho ficou conhecido nacionalmente por ser o 2º colocado na lista de corrupção da CGU (Controladoria Geral da União), por conta de desvios de recursos públicos que superaram os R$26 milhões.

E mais: ele foi apontado como o prefeito mais corrupto do Maranhão, os desvios de verbas segundo a CGU, foram desviados da educação, saúde, turismo, infraestrutura, combate a fome e desenvolvimento social.

Atenção São Bento!!! Veja o extrato da conta da prefeitura de 01 a 31 de janeiro

No Total, a Prefeitura Municipal de São Bento arrecadou R$ 31.531.651,58 (Trinta e Um Milhões, Quinhentos e Trinta e Um Mil Reais), em verbas federais e estaduais. Os Valores relativos a convênios não estão inclusos

 

01/02/2019SISBB – Sistema de Informações Banco do Brasil11:03:11

 

SAO BENTO – MA
FPM – FUNDO DE PARTICIPACAO DOS MUNICIPIOS
DATAPARCELAVALOR DISTRIBUIDO
10.01.2019PARCELA DE IPIR$ 166.970,53 C
PARCELA DE IRR$ 803.799,03 C
RETENCAO PASEPR$ 9.707,69 D
RFB-PREV-OB CORR$ 1.600,00 D
RFB-PREV-OB DEVR$ 126,88 D
RFB-PREV-PARC60R$ 50.054,66 D
RFB-RET DARFR$ 25.027,35 D
DEDUCAO SAUDER$ 145.615,42 D
DEDUCAO FUNDEBR$ 194.153,90 D
TOTAL:R$ 544.483,66 C
18.01.2019PARCELA DE IPIR$ 64.708,32 C
PARCELA DE IRR$ 322.358,90 C
RETENCAO PASEPR$ 3.870,66 D
DEDUCAO SAUDER$ 58.060,07 D
DEDUCAO FUNDEBR$ 77.413,44 D
 TOTAL:R$ 247.723,05 C
30.01.2019PARCELA DE IRR$ 1.062.205,60 C
RETENCAO PASEPR$ 10.622,05 D
DEDUCAO SAUDER$ 159.330,84 D
DEDUCAO FUNDEBR$ 212.441,12 D
TOTAL:R$ 679.811,59 C
TOTAISPARCELA DE IPIR$ 231.678,85 C
PARCELA DE IRR$ 2.188.363,53 C
RETENCAO PASEPR$ 24.200,40 D
RFB-PREV-OB CORR$ 1.600,00 D
RFB-PREV-OB DEVR$ 126,88 D
RFB-PREV-PARC60R$ 50.054,66 D
RFB-RET DARFR$ 25.027,35 D
DEDUCAO SAUDER$ 363.006,33 D
DEDUCAO FUNDEBR$ 484.008,46 D
DEBITO FUNDOR$ 948.024,08 D
CREDITO FUNDOR$ 2.420.042,38 C
FEP – FUNDO ESPECIAL DO PETROLEO
DATAPARCELAVALOR DISTRIBUIDO
22.01.2019COTA-PARTER$ 30.639,88 C
RETENCAO PASEPR$ 306,39 D
TOTAL:R$ 30.333,49 C
TOTAISCOTA-PARTER$ 30.639,88 C
RETENCAO PASEPR$ 306,39 D
DEBITO FUNDOR$ 306,39 D
CREDITO FUNDOR$ 30.639,88 C
ITR – IMPOSTO TERRITORIAL RURAL
DATAPARCELAVALOR DISTRIBUIDO
10.01.2019RETENCAO PASEPR$ 0,48 D
DEDUCAO SAUDER$ 9,14 D
DEDUCAO FUNDEBR$ 12,19 D
ITR-NAO CONVENR$ 60,96 C
TOTAL:R$ 39,15 C
18.01.2019RETENCAO PASEPR$ 0,57 D
DEDUCAO SAUDER$ 10,78 D
DEDUCAO FUNDEBR$ 14,37 D
ITR-NAO CONVENR$ 71,88 C
TOTAL:R$ 46,16 C
TOTAISRETENCAO PASEPR$ 1,05 D
DEDUCAO SAUDER$ 19,92 D
DEDUCAO FUNDEBR$ 26,56 D
ITR-NAO CONVENR$ 132,84 C
DEBITO FUNDOR$ 47,53 D
 CREDITO FUNDOR$ 132,84 C
ICS – ICMS ESTADUAL
DATAPARCELAVALOR DISTRIBUIDO
07.01.2019COTA-PARTER$ 5.622,55 C
DEDUCAO SAUDER$ 843,38 D
DEDUCAO FUNDEBR$ 1.124,51 D
 TOTAL:R$ 3.654,66 C
14.01.2019COTA-PARTER$ 34.664,21 C
DEDUCAO SAUDER$ 5.199,62 D
DEDUCAO FUNDEBR$ 6.932,82 D
TOTAL:R$ 22.531,77 C
21.01.2019COTA-PARTER$ 11.294,74 C
DEDUCAO SAUDER$ 1.694,20 D
DEDUCAO FUNDEBR$ 2.258,94 D
TOTAL:R$ 7.341,60 C
28.01.2019COTA-PARTER$ 197.829,05 C
DEDUCAO SAUDER$ 29.674,35 D
DEDUCAO FUNDEBR$ 39.565,81 D
TOTAL:R$ 128.588,89 C
TOTAISCOTA-PARTER$ 249.410,55 C
DEDUCAO SAUDER$ 37.411,55 D
DEDUCAO FUNDEBR$ 49.882,08 D
DEBITO FUNDOR$ 87.293,63 D
CREDITO FUNDOR$ 249.410,55 C
FUS – FUNDO SAUDE
DATAPARCELAVALOR DISTRIBUIDO
07.01.2019REF.ICMS ESTADOR$ 843,38 C
10.01.2019ORIGEM FPMR$ 145.615,42 C
ORIGEM ITRR$ 9,14 C
ORIGEM IPMR$ 280,95 C
TOTAL:R$ 145.905,51 C
14.01.2019REF.ICMS ESTADOR$ 5.199,62 C
18.01.2019ORIGEM FPMR$ 58.060,07 C
ORIGEM ITRR$ 10,78 C
TOTAL:R$ 58.070,85 C
21.01.2019REF.ICMS ESTADOR$ 1.694,20 C
ORIGEM IPMR$ 102,46 C
 TOTAL:R$ 1.796,66 C
28.01.2019REF.ICMS ESTADOR$ 29.674,35 C
30.01.2019ORIGEM FPMR$ 159.330,84 C
TOTAISORIGEM FPMR$ 363.006,33 C
REF.ICMS ESTADOR$ 37.411,55 C
ORIGEM ITRR$ 19,92 C
ORIGEM IPMR$ 383,41 C
DEBITO FUNDOR$ 0,00 D
CREDITO FUNDOR$ 400.821,21 C
IPM – IPI EXPORTACAO – COTA MUNICIPIO
DATAPARCELAVALOR DISTRIBUIDO
10.01.2019DEDUCAO SAUDER$ 280,95 D
IPM IPI-MUNICR$ 1.498,41 C
TOTAL:R$ 1.217,46 C
21.01.2019DEDUCAO SAUDER$ 102,46 D
IPM IPI-MUNICR$ 546,51 C
TOTAL:R$ 444,05 C
TOTAISDEDUCAO SAUDER$ 383,41 D
IPM IPI-MUNICR$ 2.044,92 C
DEBITO FUNDOR$ 383,41 D
CREDITO FUNDOR$ 2.044,92 C
CID – CIDE-CONTRIB. INTERVENCAO DOMINIO ECONOMICO
DATAPARCELAVALOR DISTRIBUIDO
11.01.2019PASEP MUNICIPIOR$ 103,77 D
COTA-MUNICIPIOR$ 10.377,90 C
TOTAL:R$ 10.274,13 C
TOTAISPASEP MUNICIPIOR$ 103,77 D
COTA-MUNICIPIOR$ 10.377,90 C
DEBITO FUNDOR$ 103,77 D
CREDITO FUNDOR$ 10.377,90 C
FUNDEB – FNDO MANUT DES EDUC BASICA E VLRIZ PROF EDUC
DATAPARCELAVALOR DISTRIBUIDO
02.01.2019ORIGEM IPVAR$ 1.157,83 C
07.01.2019ORIGEM IPVAR$ 4.052,44 C
ORIGEM ITCMDR$ 404,26 C
ORIGEM ICMS ESTR$ 9.178,40 C
ORIGEM ICMS-ESTR$ 2.816,10 C
TOTAL:R$ 16.451,20 C
10.01.2019ORIGEM ITRR$ 122,25 C
ORIGEM IPI-EXPR$ 4.705,54 C
ORIGEM FPER$ 284.048,75 C
ORIGEM FPMR$ 172.894,23 C
RED.COMP.UNIAOR$ 8.774.117,88 C
EST.COMP.UNIAOR$ 8.774.805,93 D
REDISTRIB.ITRR$ 5.200,34 C
ESTORNO ITRR$ 5.200,74 D
REDISTRIB.IPVAR$ 325.310,12 C
ESTORNO IPVAR$ 325.335,64 D
REDISTRIB.ITCMDR$ 13.135,65 C
ESTORNO ITCMDR$ 13.136,66 D
REDIST.IPI-EXPR$ 50.055,75 C
ESTORNO IPI-EXPR$ 50.059,63 D
REDIST.ICMS ESTR$ 4.921.000,25 C
ESTORN.ICMS ESTR$ 4.921.386,11 D
REDISTRIB. FPER$ 4.902.423,19 C
ESTORNO FPER$ 4.902.807,57 D
REDISTRIB. FPMR$ 3.006.792,98 C
ESTORNO FPMR$ 3.007.028,79 D
REDIST.LEI87/96R$ 23.334,85 C
ESTORN.LEI87/96R$ 23.336,72 D
REDIST.ICMS ESTR$ 374.455,15 C
ESTORN.ICMS ESTR$ 374.484,56 D
RED.COMP.U.PISOR$ 974.901,95 C
EST.COMP.U.PISOR$ 974.978,40 D
TOTAL:R$ 459.938,13 C
14.01.2019ORIGEM IPVAR$ 10.424,21 C
ORIGEM ITCMDR$ 850,47 C
ORIGEM ICMS ESTR$ 65.268,37 C
ORIGEM ICMS-ESTR$ 21.538,85 C
TOTAL:R$ 98.081,90 C
18.01.2019ORIGEM ITRR$ 27,54 C
ORIGEM IPI-EXPR$ 1.823,60 C
ORIGEM FPER$ 113.256,50 C
ORIGEM FPMR$ 68.936,73 C
TOTAL:R$ 184.044,37 C
21.01.2019ORIGEM IPVAR$ 4.816,84 C
ORIGEM ITCMDR$ 281,43 C
ORIGEM ICMS ESTR$ 21.377,82 C
ORIGEM ICMS-ESTR$ 7.022,89 C
TOTAL:R$ 33.498,98 C
22.01.2019ORIGEM IPVAR$ 4.668,56 C
28.01.2019ORIGEM IPVAR$ 9.306,43 C
ORIGEM ITCMDR$ 170,73 C
ORIGEM ICMS ESTR$ 369.441,29 C
ORIGEM ICMS-ESTR$ 123.008,20 C
TOTAL:R$ 501.926,65 C
30.01.2019ORIGEM ITRR$ 19,07 C
ORIGEM FPER$ 306.895,75 C
ORIGEM FPMR$ 189.179,01 C
TOTAL:R$ 496.093,83 C
31.01.2019COMPLEM. UNIAOR$ 2.921.507,13 C
COMP.UNIAO PISOR$ 324.611,90 C
TOTAL:R$ 3.246.119,03 C
TOTAISCOMPLEM. UNIAOR$ 2.921.507,13 C
ORIGEM ITRR$ 168,86 C
ORIGEM IPVAR$ 34.426,31 C
ORIGEM ITCMDR$ 1.706,89 C
ORIGEM IPI-EXPR$ 6.529,14 C
ORIGEM ICMS ESTR$ 465.265,88 C
ORIGEM ICMS-ESTR$ 154.386,04 C
ORIGEM FPER$ 704.201,00 C
ORIGEM FPMR$ 431.009,97 C
RED.COMP.UNIAOR$ 8.774.117,88 C
EST.COMP.UNIAOR$ 8.774.805,93 D
REDISTRIB.ITRR$ 5.200,34 C
ESTORNO ITRR$ 5.200,74 D
REDISTRIB.IPVAR$ 325.310,12 C
ESTORNO IPVAR$ 325.335,64 D
REDISTRIB.ITCMDR$ 13.135,65 C
ESTORNO ITCMDR$ 13.136,66 D
REDIST.IPI-EXPR$ 50.055,75 C
ESTORNO IPI-EXPR$ 50.059,63 D
REDIST.ICMS ESTR$ 4.921.000,25 C
ESTORN.ICMS ESTR$ 4.921.386,11 D
REDISTRIB. FPER$ 4.902.423,19 C
ESTORNO FPER$ 4.902.807,57 D
REDISTRIB. FPMR$ 3.006.792,98 C
ESTORNO FPMR$ 3.007.028,79 D
REDIST.LEI87/96R$ 23.334,85 C
ESTORN.LEI87/96R$ 23.336,72 D
REDIST.ICMS ESTR$ 374.455,15 C
ESTORN.ICMS ESTR$ 374.484,56 D
COMP.UNIAO PISOR$ 324.611,90 C
RED.COMP.U.PISOR$ 974.901,95 C
EST.COMP.U.PISOR$ 974.978,40 D
DEBITO FUNDOR$ 23.372.560,75 D
CREDITO FUNDOR$ 28.414.541,23 C
SNA – SIMPLES NACIONAL
DATAPARCELAVALOR DISTRIBUIDO
02.01.2019SIMPLES NACION.R$ 283,31 C
04.01.2019SIMPLES NACION.R$ 5,26 C
07.01.2019SIMPLES NACION.R$ 13,16 C
09.01.2019SIMPLES NACION.R$ 10,86 C
10.01.2019SIMPLES NACION.R$ 927,73 C
11.01.2019SIMPLES NACION.R$ 20,00 C
14.01.2019SIMPLES NACION.R$ 33,03 C
16.01.2019SIMPLES NACION.R$ 27,36 C
21.01.2019SIMPLES NACION.R$ 202,44 C
22.01.2019SIMPLES NACION.R$ 1.112,94 C
23.01.2019SIMPLES NACION.R$ 703,14 C
24.01.2019SIMPLES NACION.R$ 172,90 C
25.01.2019SIMPLES NACION.R$ 49,04 C
28.01.2019SIMPLES NACION.R$ 28,47 C
30.01.2019SIMPLES NACION.R$ 23,42 C
31.01.2019SIMPLES NACION.R$ 27,61 C
TOTAISSIMPLES NACION.R$ 3.640,67 C
DEBITO FUNDOR$ 0,00 D
CREDITO FUNDOR$ 3.640,67 C
TOTAL DOS REPASSES NO PERIODO
DEBITO BENEF.R$ 24.408.719,56 D
CREDITO BENEF.R$ 31.531.651,58 C

 

Escândalo em São Bento!!! Prefeito aditiva mais R$ 1 milhão e meio com empresa de iluminação

Prefeito Luizinho Barros vai pagar mais R$ 1. 498. 128,27 (Um Milhão, quatrocentos e noventa e oito mil, cento e vinte oito reais), à empresa J C Martins e CIA 

O prefeito Luizinho Barros (PCdoB), que quer aumentar a alíquota da Contribuição de Iluminação Pública – CIP, aditivou em mais R$ 1,5 milhão, contrato com a empresa J C Martins e Cia Ltda, para prestar “serviços” de manutenção na iluminação pública de São Bento – enquanto isso, a cidade está numa escuridão total.

A empresa J C Martins e Cia funciona numa sala no centro comercial do Shopping da Ilha em São Luís, o Blog entrou em contato mas não conseguiu pelos números que estão informados à Receita Federal.

A J C Martins e Cia, tem vários contratos firmados com prefeituras da Baixada e do Litoral Ocidental do Maranhão.

Entramos em contato com o prefeito Luizinho para que ele explicasse qual o tipo de manutenção na iluminação pública está sendo desenvolvida, uma vez que os moradores da cidade reclamam diariamente das ruas escuras e falta de iluminação pública.

A CIP é taxa que os moradores pagam junto com a Conta de Energia da CEMAR, em média, cada Unidade Consumidora ou Conta Contrato paga R$ 10 (Dez Reais).