Blog Veja Agora | Com Junior Araujo - Notícia com veracidade dos fatos

Vereador Umbelino visita a comunidade da Vila Isabel Cafeteira

Vereador Umbelino visita a Vila Isabel Cafeteira e vai ajudar na reforma de ponte 

O vereador Umbelino Júnior (Cidadania), a pedido do líder comunitário Ramires, a comunidade da Vila Isabel Cafeteira, importante comunidade de São Luís, situada na região da Cohab, Anil e Aurora. Durante a visita, o vereador observou uma ponte improvisada pelos próprios moradores para conseguirem se atravessar e ter acesso as escolas, pontos de ônibus e tornarem a vida mais acessível.

A ponte foi totalmente construída em madeira e precisa urgentemente de reparos. Umbelino se colocou à disposição da comunidade para modificar por completo a realidade de homens, mulheres e crianças que vivem naquela acolhedora comunidade da Vila Isabel Cafeteira. Pelas redes sociais, o vereador um Umbelino fez um compromisso com aquela localidade.

“Recentemente, estive na Vila Isabel Cafeteira, a convite do amigo Ramires. Uma comunidade acolhedora, mas que enfrenta muitos problemas. Os próprios moradores fizeram uma ponte improvisada para conseguirem atravessar. Me coloquei à disposição para juntos conseguirmos uma estrutura melhor para comunidade. Contem comigo!”, publicou o vereador Umbelino em suas redes sociais.

Vereador Umbelino diz que Moacir Feitosa é incoerente e imaturo

Secretário Moacir Feitosa em entrevista na Mirante AM

Em entrevista ao Blog, o vereador Umbelino Júnior (PPS), disse que o secretário municipal de educação, Moacir Feitosa, é no mínimo incoerente e imaturo, porque a coletividade na lei está acima dos interesses pessoais.

A declaração foi feita por Umbelino, após ser informado, por parte da imprensa que o secretário Moacir Feitosa teria dito que a greve por parte do sindicato dos professores tem cunho pessoal.

Ainda segundo o vereador, o secretário de educação não poderia de forma alguma, mesmo que fosse pessoal, deixar crianças sem aulas e sem  a ausência de políticas públicas acarretam a falta de atenção por parte do município.

Umbelino comparou ainda a morte das crianças na zona rural de São Luís, com o que ocorre na educação municipal falta de empenho e ausência de políticas públicas.