Blog Veja Agora | Com Junior Araujo - Notícia com veracidade dos fatos

Veja, Cabines de desinfecção construídas por detentos beneficiam órgãos públicos do Maranhão

Um grupo de 40 internos do Sistema Penitenciário do Maranhão está construindo cabines de desinfecção e as urnas de sanitização com lâmpadas UVC, para o enfrentamento da Covid-19 no ambiente prisional. O projeto foi desenvolvido pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (SEAP).

Até o momento, já foram produzidas, com a utilização de mão de obra carcerária, 15 cabines de desinfecção e 42 urnas de UVC. A meta é que sejam feitas mais 35 cabines ainda este mês. Os equipamentos de prevenção ao novo coronavírus são desenvolvidos e supervisionados por uma equipe técnica da SEAP.

“A equipe técnica da SEAP acompanha toda a construção dos equipamentos pelos internos. Nossa ideia é que as cabines possam atender aos órgãos estaduais e municipais e que, em cada unidade prisional, sejam instaladas tanto a cabine como as caixas de UVC, equipamentos de proteção e prevenção à Covid-19”, anuncia o secretário de Estado de Administração Penitenciária, Murilo Andrade de Oliveira.

Cabines de desinfecção já foram cedidas a órgãos públicos como o Instituto de Proteção e Defesa do Cidadão e Consumidor do Maranhão (Procon/MA),  Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran-MA) e Prefeitura de Colinas, que estão utilizando o equipamento como procedimento de proteção ao novo coronavírus em suas unidades.

As cabines de desinfecção foram desenvolvidas pela equipe técnica da SEAP, que supervisiona todas as etapas de construção feita por 10 internos, que vão desde a fase da serralheria, pintura, instalação elétrica e hidráulica, finalizando com a montagem.

Na oficina de marcenaria, foi realizada a confecção das 42 urnas com as lâmpadas UVC por 30 internos, que desenvolveram a montagem e instalação elétrica.

Os equipamentos produzidos pelos internos já estão sendo utilizados na Portaria Unificada do Complexo Penitenciário de São Luís e sendo distribuídos ao Centro de Triagem de São Luís (COCTS), a Penitenciária Regional de São Luís, bem como as demais unidades prisionais de ressocialização no interior do estado.

As caixas de UVC possuem a função de esterilizar objetos, por meio de lâmpadas ultravioletas, com capacidade em erradicar vírus, fungos e bactérias através da luz. As cabines realizam o mesmo objetivo, mas o procedimento é para desinfeccionar todo o corpo de quem passa pelo procedimento antes de ter acesso às unidades prisionais.

Todo o processo de execução dos equipamentos foi criado e supervisionado pela equipe técnica da SEAP, que desenvolveu um protótipo com baixo custo.

“A construção dos equipamentos pelos internos possui uma economicidade bem maior do que se fosse adquirida no mercado, além de contribuir para a ressocialização das Pessoas Privadas de Liberdade”, pontua o supervisor da unidade Gestora de Manutenção e Automação (UGMA), Fabrício Ferreira Gomes.

 
Acompanhe o Blog Veja Agora também pelo Facebook.
Categoria: Uncategorized