Blog Veja Agora | Com Junior Araujo - Notícia com veracidade dos fatos

Veja, Vereador Marquinhos mostra empenho para retomada das aulas na rede municipal de São Luís

Presidente da Comissão de Educação da Câmara Municipal de São Luís, o vereador Marquinhos (DEM), concedeu entrevista a uma rádio local nesta sexta-feira (31), onde falou sobre o planejamento da volta das aulas presenciais na rede municipal de ensino.

Marquinhos disse que o tema é de grande relevância, tanto que a CMSL já realizou neste mês, uma sessão extraordinária remota com o sec. de Educação, Moacir Feitosa, para discutir o assunto e buscar uma solução para este impasse que diz respeito a milhares de estudantes e suas famílias.

 Segundo o vereador, a previsão de retorno foi feita para o mês de setembro, mas não há confirmação de que os alunos possam voltar as aulas neste período. “Sabemos que a comunidade estudantil está na expectativa da volta as aulas, mas por outro lado, as autoridades de saúde recomendam cautela. No tocante a educação municipal, são mais de 85 mil alunos, que estão sem aulas e que precisam de continuidade do ano letivo. É um grande desafio, mas temos que buscar meios não prejudicar anda mais nossos estudantes”, ressaltou.

A adoção de medidas sanitárias rígidas é uma das observações feitas por Marquinhos como forma de estabelecer protocolos sanitários seguros diante da retomada das aulas. “São 98 escolas da educação infantil, 201 escolas de ensino fundamental e 56 anexos que precisam ter distribuição de kits individuais com máscara, disponibilização de álcool em gel em todas as unidades, controle de temperatura e demarcação de lugares visando o distanciamento”.

Marquinhos ainda avaliou que a economia que está sendo feita na pasta da educação, poderia estar sendo revertida na formação de continuada de professores e melhorias na estrutura das escolas da rede municipal. ”Com a suspensão das aulas desde o mês de março a prefeitura tem economizado muitos recursos da educação, sobretudo com a compra da merenda escolar e despesas gerais, e estes recursos que estão sendo economizados, poderiam ser investidos na reforma das  escolas, pois muitas delas já apresentavam extrema necessidade de reforma antes mesmo do início da pandemia”, observou.

Fonte: Reinaldo Luzan

 
Acompanhe o Blog Veja Agora também pelo Facebook.
Categoria: Uncategorized