Blog Veja Agora | Com Junior Araujo - Notícia com veracidade dos fatos

“Hoje recebemos da SEAP o primeiro lote de uniformes escolares para os estudantes da rede púbica estadual” diz Felipe Camarão

Mais uma vez, o Maranhão sai na vanguarda no trabalho de ressocialização realizado com pessoas que cumprem pena no Sistema Penitenciário. hoje (07/01), a Secretária de administração penitência entregou o primeiro lote de uniformes escolares para os estudantes da rede púbicas estadual. Esse primeiro momento  é relativo à URE SLZ. Por isso a entrega foi realizada na própria unidade para facilitar separação e entrega para os respectivos gestores. todo o fardamento escolar entregue pelo Governo do Maranhão para estudantes da rede pública estadual será confeccionado por presos. A ação é fruto de parceria firmada entre as Secretarias de Estado de Educação (Seduc) e de Administração Penitenciária (SEAP).

Ao todo, cerca de 700 mil uniformes serão produzidos com mão de obra carcerária, reforçando o trabalho de ressocialização realizado com presos e a valorização da educação pública, ofertando para estudantes fardamentos totalmente gratuitos. A produção dos uniformes dentro do Sistema Penitenciário representará uma economia de aproximadamente 30% para os cofres públicos.

“O governador Flávio Dino inovou ao entregar gratuitamente fardamentos, demonstrando seu compromisso e preocupação em proporcionar equidade e pertencimento aos estudantes da rede pública estadual. Agora com a fabricação de todo o fardamento com mão de obra carcerária, continuamos oferecendo para mais de 300 mil estudantes uniformes gratuitamente, sem que suas famílias tenham que gastar com a compra dos mesmos, e tudo isso com o resultado de um trabalho belíssimo que está sendo executado dentro dos presídios maranhenses, ressocializando centenas de presos por meio da oportunidade de trabalho digno”, destacou o secretário de Estado de Educação, Felipe Camarão.

 
Acompanhe o Blog Veja Agora também pelo Facebook.
Categoria: Uncategorized

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*