Blog Veja Agora | Com Junior Araujo - Notícia com veracidade dos fatos

Prefeito Eduardo Braide acompanha mais uma entrega de cestas alimentares do Programa Brasil Fraterno

O prefeito Eduardo Braide acompanhou, na manhã desta quarta-feira (4), a entrega de mais 600 cestas do Programa Brasil Fraterno, que destinou 10 mil cestas de alimentos a famílias em situação de vulnerabilidade social no território do quilombo urbano da Liberdade. A primeira parada aconteceu na quadra do Residencial Jackson Lago, na Fé em Deus, onde todos os 320 moradores receberam suas cestas.

“Fazemos questão de entregar as cestas diretamente nas casas dos beneficiados, para garantir que chegue a quem realmente precisa. Cada vez que participo das entregas, sinto orgulho do compromisso das equipes em fazer chegar alimento à mesa de milhares de famílias. Assim, vamos continuar com a ação de ajuda, neste momento de desafios provocados pela pandemia. “, destacou o prefeito.

As outras 280 cestas foram destinadas às entregas na região da Liberdade, nas ruas das Patacas, Rachid Abdalla, Joaquim Serra e parte da Portelinha, uma invasão também localizada no quilombo urbano. “Finalizamos a área da Liberdade e da Fé em Deus e agora vamos iniciar as entregas no Diamante, sempre entregando as cestas diretamente nas casas das pessoas cadastradas, seguindo a orientação do prefeito Eduardo Braide”, frisou o titular da Secretaria Municipal de Segurança Alimentar (Semsa), Júnior Vieira.

Famílias agradecidas

Sustentando sozinha a família de cinco pessoas com a sua aposentadoria, dona Maria Ivanize Pinheiro, de 70 anos, comemorou ao receber em casa a sua cesta de alimentos. “Uma cesta grande dessa ajuda muito, porque as coisas estão muito caras”, disparou a aposentada.

Vilma Costa mora em um dos apartamentos do Residencial Jackson Lago, na Fé em Deus, e como está desempregada, está aliviada por alguns dias. “Na minha casa somos só duas pessoas, então uma cesta dessa, farta assim, vai dá pra gente comer quase o mês todo”, afirmou a moradora.

A alegria de Vilma é a mesma de Paula Vitória Serra, que também está desempregada e vive de pequenas vendas como autônoma. “Somos três pessoas na minha casa e essa cesta ajuda muito, pois já alivia a gente por uns dias”, disse.

Para a secretária municipal da Criança e Assistência Social (Semcas), Rosângela Bertoldo, o trabalho que vem sendo desenvolvido, com o cadastro prévio feito pelas equipes da Semcas, garante o sucesso do Programa. “Seguindo a orientação do prefeito Eduardo Braide, nossas equipes fazem o levantamento das famílias em situação de vulnerabilidade, então recebem uma senha e no dia programado recebem em casa a cesta de alimentos”, pontuou a titular da pasta.

Programa Brasil Fraterno

As 10 mil cestas que estão sendo distribuídas foram adquiridas pela Prefeitura de São Luís por meio da iniciativa Brasil Fraterno, do Governo Federal, com articulação do Ministério da Cidadania, Fundação Cultural Palmares e parceria do Sistema S, com o objetivo de arrecadar e doar cestas de alimentos para pessoas em situação de vulnerabilidade social e insegurança alimentar decorrente dos efeitos econômicos provocados pela pandemia da Covid-19.

As cestas são destinadas às famílias que moram na região do Quilombo Urbano da Liberdade, que agrega ainda os bairros da Camboa, Fé em Deus e Diamante. Cada cesta conta com 5kg de arroz, 2k de feijão, 1kg de açúcar, quatro pacotes de macarrão, três pacotes de leite, um pacote de flocão de milho, um pacote de flocão de arroz, um litro de óleo de cozinha e 1kg de farinha branca.

 
Acompanhe o Blog Veja Agora também pelo Facebook.
Categoria: Uncategorized