Murilo Andrade
Blog Veja Agora | Com Junior Araujo - Notícia com veracidade dos fatos

Seap: Pagamento de salários atrasados

O blog Veja Agora teve acesso a denuncias de que os Servidores da seap (secretaria estadual de administração penitenciária) que renovaram contrato nos meses de novembro e dezembro de 2019, denunciam que até na data de hoje, depois de 01 (um) ano e 03 (tres) meses, ainda não receberam seus salário referente aos meses citados acima.

A seap através do setor de pagamento vem protelando esse vencimento em atraso , mesmo os servidores seguindo o procedimento que a eles foi passado através de requerimento dando entrada na própria secretaria.

Depois de já 01 (um) e 03 (tres) meses sem receber esse pagamento, relatam que quando entram em contato com o setor de pagamento, todas as vezes eles usam de desculpas desfarrapadas .

E nessa situação os servidores se sentem humilhados por estarem procurando o que é seu de direito,seus salários e não obterem um retorno positivo.

E aí seap, pra onde foi o pagamento desses servidores ?

Denúncia!! Fugas de presos viraram rotina no sistema prisional do Maranhão

Murilo Andrade Secretário da Siap

O BLOG VEJA AGORA recebeu uma grave denúncia de que presos da Unidade Prisional de São Luís UPSL1 realizam fugas constantes. O fato é assunto proibido nos corredores e é recorrente por conta da gravíssima fragilidade no sistema de segurança da Unidade que já tem mais de 60 anos.

Ainda de acordo com a fonte sigilosa do BLOG, sempre quando ocorrem casos de novas fugas, agentes e funcionários temporários são exonerados para evitar repercussão negativa sobre a fragilidade da Unidade, que ainda possui paredes de barro e muros considerados baixos para o sistema penitenciário.

A última fuga registrada foi no dia 29 de janeiro por conta dessa fragilidade, não há câmeras de segurança e nem refletores; três servidores que trabalhavam na guarita acabaram sendo exonerados sem receber nenhum tipo de aviso ou documentação.

A direção tenta varrer para debaixo do tapete um problema que, além de comprometer a segurança popular, desnuda o fracassado sistema prisional do Maranhão.

O secretário de Administração Penitenciária, Murilo Andrade, ciente de tantos escândalos, não consegue mais esconder sua preocupação de perder o cargo a qualquer momento e começar, muito em breve, a arrumar as malas para voltar a Minas.

Após receber as graves denúncias o titular do BLOG VEJA AGORA tem recebido ameaças de morte e de prisão, no entanto, o mesmo afirma que não se intimidará com as tais ameaças pois não tem nenhum tipo de condenação com a justiça. O BLOG VEJA AGORA trabalha com a verdade e com apuraçao dos fatos. Sua intenção é manter a população bem informada.

Desabafo de um Policial Penal

Murilo Andrade Secretário da Siap

“Venho através deste Blog denunciar os diretores: Herbert Klaus Costa Santos (diretor geral), Stélio Guimarães Penha (diretor de segurança e disciplina) e Ivan ( diretor administrativo). Eles são os diretores da UPRSLZ REGIONAL onde ocorreu o fato do preso que foi encontrado morto e só foi achado 24 horas depois. O preso morreu no sábado e só foi achado no domingo dentro do banheiro da quadra do pavilhão Alfa. O que acontece é que a direção desta unidade prisional está levando pressão do Joãozinho (sub secretário da SEAP), do Murilo Andrade(secretário) e do delegado Larrar (serviço de inteligência da SEAP). Pois bem, ontem os diretores da Regional, em uma forma humilhante e constrangedora, mandaram tirar todas as cadeiras da cadeia, deixando os agentes e auxiliares em pé, como uma forma de punição pela morte do preso. Acontece que nessa cadeia, são 900 presos para pouquíssimos funcionários. Eles estão ameaçando os funcionários temporários de exoneração. Essa prática é constante como já foi citado aqui nesse blog. Queria saber onde se encontram os defensores dos direitos humanos nesse momento? O juiz da VEP (Vara de Execuções Penais)? Por que não se manifestam contra esse abuso? Somos humilhados e perseguidos diuturnamente e nada acontece. Fica aqui o meu Desabafo” disse o Policial Penal que não quis se indetificar

Bomba!!!!!! Internos são tratados como escravos na indústria da Seap e Secretaria fatura milhões

Murilo Andrade Secretário da Siap

O BLOG VEJA AGORA recebeu informações de que a Penitenciária Regional de Ressocialização de São Luís se transformou em uma fábrica com produções de espumaflex, móveis de malharia e blocos de premoldados produzidos pelos internos, até então, tudo bem, o problema é que de acordo com essas informações, os internos que produzem o material são explorados de forma absurda.

Além dos presos, os agentes penitenciários recebem constantemente ameaças dos próprios internos e dos seus superiores, tanto de morte quanto de exoneração, pois os mesmos são obrigados a colocar os presos para trabalhar. Quando surge algum problema com os internos, os agentes também são obrigados a fazerem uma ocorrência, para insatisfação dos presidiários.

Os presos são tratados como escravos, na maioria dos casos, eles passam seis meses trabalhando pesado e quando precisam sacar dinheiro para as famílias acabam recebendo apenas 15 reais. Através da exploração de agentes e detentos, a Seap fatura milhões de forma suja e humilhante.

Apos denúncia do BLOG VEJA AGORA, Secretaria de Administração Penitenciária emite Nota sobre morte de detento

Diego Garcia Moraes vulgo Matemático

Após o BLOG VEJA AGORA divulgar com exclusividade a denúncia do detento encontrado morto no banheiro da quadra da Penitenciária Regional de Ressocialização de São Luís, na manhã de ontem (15), 24 horas após seu desaparecimento, a Secretaria de Estado e Administração Penitenciária (Seap) decidiu se pronunciar sobre o caso confirmando o assassinato através de uma Nota.

A vítima, identificada como Diego Garcia Moraes (26), o Matemático da Liberdade, tomava banho de sol com outros presos quando foi morto, ainda não há informações sobre o crime. A Polícia Civil investiga o caso e afirma que medidas cabíveis foram tomadas. A Seap esclareceu ainda que está prestando todas as informações necessárias para elucidação do ocorrido.

Confira a nota da Seap:

A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) confirma o assassinato do interno da Penitenciária Regional de Ressocialização de São Luís,Diego Garcia Moraes, de 26 anos. Ele estava no pátio com outros presos, tomando banho de sol, e foi encontrado morto dentro do banheiro, na manhã do último domingo (14).

A Polícia Civil já investiga o caso e todas as medidas cabíveis já foram tomadas. A Seap esclarece, ainda, que está prestando todas as informações necessárias para a elucidação do ocorrido.

Escândalo! Blog Veja agora vai revelar farra de cargos e acúmulos de função na Seap

A farra de cargos comissionados parece estar liberada na Secretaria de Estado de Administração Penitenciária do Maranhão (Seap), seu secretário Murilo Andrade parece não fazer mais questão de esconder o descalabro que toma conta do sistema penitenciário do estado.

Após realizar um seletivo de agentes temporários para o presídio feminino em meio a crise, o secretário tirou os policiais penais do seu “peito” unidades para desfilarem  na Secretaria com cargos acumulados, enquanto muitos do coração do secretário concursados de 2017 nunca pisaram nas unidades prisionais.

O BLOG também recebeu informações de que o secretário Murilo Andrade persegue os auxiliares, deprecia os policiais mais antigos xingando de “entulho improdutivo”, causando pânico, sérios problemas psicológicos e de depressão nos trabalhadores.

Enquanto Murilo Andrade está milionário morando na Península e seus Diretores  com mansões no Araçagy, a Seap vive os seus piores momentos.

Em breve, o BLOG VEJA AGORA vai revelar mais escândalos sobre a farra dos cargos comissionados e acúmulos de funções com servidores da Secretaria ocupando dois cargos ao mesmo tempo.

Bomba!!!!! detento é encontrado morto em Pedrinhas

O BLOG VEJA AGORA acaba de apurar informações exclusivas de que um detento foi encontrado morto na manhã desta segunda-feira (15), no Complexo Penitenciário de Pedrinhas.

De acordo com a fonte, o detento morreu no sábado, dia 13, e foi achado no banheiro da quadra onde os presos tomam banho de sol somente na manhã desta segunda. Funcionários só perceberam sua falta 24 horas após seu desaparecimento.

Um fato que chama muito atenção é o silêncio do secretário de Administração Penitenciária Murilo Andrade, que mandou abafar a grave notícia. O triste episódio confirma que o sistema penitenciário do estado entrou em colapso e que o problema se agrava a cada dia.

Conforme já publicado pelo BLOG VEJA AGORA, os agentes penitenciários além de serem mal remunerados, trabalham sob pressão e muita humilhação do secretário, tudo isso porque a Seap virou uma verdadeira indústria prisional com imposicão de metas aos funcionários e pagamento de bonificações somente para diretores.

Abafar a morte do detento é jogar para debaixo do tapete o sistema prisional precário e falido que o estado tem oferececido para a população.

Escândalo!!!!! Secretária de Administração Penitenciária virou uma Indústria Prisional

Murilo Andrade Secretário

A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) virou um grande negócio para o seu secretário Murilo Andrade. O órgão público se transformou em uma empresa particular com imposição de metas a serem cumpridas por seus Diretores através dos atendimentos aos presos. O cumprimento dessas metas garantem benefícios, mas isso só é possível mediante muito trabalho para alcançar tais resultados.

De acordo com informações obtidas pelo BLOG VEJA AGORA, muitos servidores estão doentes com problemas psicológicos por conta da pressão imposta por Murilo Andrade, que descarta os trabalhadores que não se portarem de acordo com suas ordens, a Seap se transformou em uma indústria prisional.

Além dos servidores, os agentes prisionais, principalmente os temporários, sofrem diversas humilhações e constantes ameaças de demissão sem falar que eles não tem direito ao porte de arma.

Outro fato escandaloso apurado pelo BLOG denuncia que em tempos de COVID-19, a Secretaria paga para seus Gestores uma bonificação através de um tal Programa de Remuneração de Resultados, criado exclusivamente para esbanjar dinheiro público.

O programa tem o objetivo de pagar a bonificação somente para o diretor geral, diretores administrativos e de segurança com a garantia do pleno funcionamento das unidades prisionais. Que as autoridades possam tomar sérias providências em relação a este absurdo que é a atual Secretaria de Estado de Administração Penitenciária.